Pular para o conteúdo

“Deixe a Cúria, Pedro” de D. Pedro Casaldaliga

02/03/2013

Deixa a cúria, Pedro!

Pedro Casaldáliga, Bispo.

Poema de Dom Pedro Casaldáliga, bispo emérito de S. Félix do Araguaia para reflexão pós-renúncia do papa.Ele é um pastor, um profeta e um poeta que vive ameaçado de morte por defender indígenas e camponeses. Sempre pleiteou por uma Igreja pobre, testemunhal, longe dos hábitos palacianos e principescos dos Papas, cardeais e bispos que estão a quilômetros luz do exemplo do Nazareno, carpinteiro, campones mediterrâneo, pobre e Filho de Deus encarnado em nossa miséria. Enquanto a instituição-Igreja não se espelhar nesse pobre de Nazaré andará sempre às voltas com escândalos derivados do poder que ela assumiu como eixo estruturador de toda sua organização.Vale recordar a frase do católico Lord Ancton, professor de história em Cambridge ao comentar o poder absoluto das Papas renascentistas:”Todo poder corrempe e o absoluto poder corrompe absolutamente”. É o que temos, tristemente, testemunhado no ocaso do pontificado de Bento XVI. LBoff

Deixa a Cúria, Pedro,
Desmonta o sinédrio e as muralhas,
Ordene que todos os pergaminhos impecáveis sejam alterados
pelas palavras de vida e amor.

Vamos ao jardim das plantações de banana,
revestidos e de noite, a qualquer risco,
que ali o Mestre sua o sangue dos pobres.

A túnica/roupa é essa humilde carne desfigurada,
tantos gritos de crianças sem resposta,
e memória bordada dos mortos anônimos.

Legião de mercenários assediam a fronteira da aurora nascente
e César os abençoa a partir da sua arrogância.
Na bacia arrumada, Pilatos se lava, legalista e covarde.

O povo é apenas um “resto”,
um resto de esperança.
Não O deixe só entre os guardas e príncipes.
É hora de suar com a Sua agonia,
É hora de beber o cálice dos pobres
e erguer a Cruz, nua de certezas,
e quebrar a construção – lei e selo – do túmulo romano,
e amanhecer
a Páscoa.

Diga-lhes, diga-nos a todos
que segue em vigor inabalável,
a gruta de Belém,
as bem-aventuranças
e o julgamento do amor em alimento.

Não te conturbes mais!

Como você O ama,
ame a nós,
simplesmente,
de igual a igual, irmão.

Dá-nos, com seus sorrisos, suas novas lágrimas,
o peixe da alegria,
o pão da palavra,
as rosas das brasas…
… a clareza do horizonte livre,
o mar da Galileia,
ecumenicamente, aberto para o mundo.

Pedro Casaldáliga, Bispo.

Fonte: Revista Missões.

Anúncios
33 Comentários leave one →
  1. Luciana permalink
    03/03/2013 0:10

    Lindo poema só poderia vir de tão linda história de missão. Como seria maravilhoso se nós igreja colocássemos em prática ao menos um terço da lição do “Amai-vos…”. Estamos infelizmente ainda um pouco longe desta prática.

    Curtir

  2. 03/03/2013 1:08

    A primeira vez que fui a uma Romaria da Terra foi no município de Carapebus. Eu ainda estava engatinhando na teoria da Teologia da Libertação. Tinha lido alguns livros relacionado ao tema. Nunca vou esquecer aquele 7 de setembro. Lá as Comunidades Eclesiais de Base, CEBs, mostraram suas conquistas e infelizmente, também suas derrotas. Mas mesmo no meio de derrotas o povo estava feliz, e pronto para caminhar em frente. Descobri lá em Carapebus a Teologia da Libertação na prática. Nesta época estava no seminário estudando para ser padre. Sai de Carapebus renovado. Conheci várias canções de Zé Vicente e a vida e obra Dom Pedro Casaldáliga e do santo vivo (na época vivo) Dom Helder Câmara.

    Curtir

  3. 03/03/2013 1:14

    Vale a pena lembrar tb a frase de Jung: “Onde o amor impera, não há desejo de poder; e onde o poder predomina, há falta de amor. Um é a sombra do outro”.

    Curtir

  4. Cleonilton Feitosa Jr permalink
    03/03/2013 2:07

    Realmente, tbm tive um sonho no qual via que há um abismo entre as pompas e nobreza que envolve a cúpula da igreja e a maioria do povo necessitado (áfrica, oriente, américa, dentre outros), e Cristo, abraçando o seu povo, olhava para a igreja e pedia de mão estendida para que ela os abraçasse, assim como Ele os abraçava. Somente, isto poderá ocorrer se a Igreja descer do pedestal ao qual se encontra hj em dia. Rever dogmas, entregar-se a pobreza, levar Cristo e aproximar os povos será o grande desafio do próximo pontífice!

    Curtir

  5. Sandra permalink
    03/03/2013 8:17

    Puxa…me emocionou demais.
    Pensei em Pedro…pescador..
    Pensei em Jesus..abandonado…
    Muito correto…muito lindo…triste
    ….e forte.
    Como chegamos a isso?
    E o que mais me aborrece é qd vejo tantas pessoas
    Com bandeirinhas na mao acenando para um papa que…pra mim…tao longe do Nazareno…é um intelectual bem vestido de vida palaciana.
    É muita cegueira….e ingenuidade ….tvz boa fé…dessas pessoas.
    Tenho esperanças qd sei que alguem como Pedro de Casaldaglia existe e brada forte atraves de tao linda poesia. É uma força que vibra. Pra ele sim…eu aceno com minhss bandeirinhas esperançosas. Jesus estä entre os pequeninos.

    Curtir

  6. Maria das Graças Coelho Simões permalink
    03/03/2013 8:33

    Tão lindo e puro, como o é D. Pedro!

    Curtir

  7. socorro vidal permalink
    03/03/2013 8:36

    È esta igreja que o povo, está almejando, implorando para que ela renasça das cinza e vá ao seu encontro,para juntos reestabelecer a paz,a justiça, o verdadeiro pertecimento de um povo explorado e sofrido em busca deste povo é que estamos caminhando.

    Curtir

  8. MARIA INÊS permalink
    03/03/2013 8:54

    EXCELENTE! CONCORDO PLENAMENTE.

    Curtir

  9. Antonio permalink
    03/03/2013 9:23

    Neste meio em que vivemos, realmente é difícil ser Cristão pleno, tudo que nos rodeia é ganância, desonestidade, falta de amor, ternura. Tudo isto porque a verdadeira mensagem do Cristo não foi entendido.

    Curtir

    • Luiz Arruda permalink
      13/03/2013 7:55

      Antonio, quem não entende “a verdadeira mensagem do Cristo” tem a atitude de ver nos outros “ganância, desonestidade, falta de amor, ternura”. São indivíduos que nunca observam seu eu interior, aliás, buscam sempre esconder de si próprios a condição de sua vida de cristão.

      Curtir

  10. Ana Maria de Carvalho permalink
    03/03/2013 9:33

    Caro Lleonardo Boff. Tenho um irmão sacerdote…missionário servo dos pobres mais pobres…e ele vive com e como os pobres no momento la na terras do Mato Grosso.Essa poesia me fez lembrar essa escolha dele e sua vocação ala São Francisco de Assis original…eu o admiro por isso. Mas sei que ele recebe muitas críticas negativas da parte pomposa dos coirmãos. Agradeço essa meditação que serve para nós todos, leigos também que somos conscientes da mensagem de Cristo por uma vida mais simples, solidária e desapegada .Um carinhoso abraço:
    Ana Maria de Carvalho

    Curtir

  11. 03/03/2013 12:42

    É isso aí!

    Curtir

  12. Jose permalink
    03/03/2013 16:15

    DOM PEDRO, É UM RESILIENTE POR EXCELÊNCIA – VALE LEMBRAR ROMANOS 12:12 PARA DEFINÍ-LO: ALEGRAI-VOS NA ESPERANÇA, SEDE PACIENTES NA TRIBULAÇÃO, PERSEVERAI NA ORAÇÃO…

    Curtir

  13. 03/03/2013 16:37

    É tudo que precisávamos ouvir e falar nesse momento!

    Curtir

  14. simone sarmento lima permalink
    03/03/2013 17:09

    Além de lindo, poético!! Deus abençoa um cântico assim!!!

    Curtir

  15. Maria José Lopes Barros permalink
    03/03/2013 17:15

    Sempre emudeço com poemas de Dom Pedro,esse reafirma em mim a importancia de esparramar sonhos e esperanças, de romper barreiras e amar.

    Curtir

  16. Antonio Costa Netto permalink
    03/03/2013 19:25

    O homem com poesia transcende a antureza humana, imagine na defesa dos mais humildes e desfavorecidos? Sem palavras a respeito deste texto maravilhoso, bendito sejas D. Casaldáliga

    Curtir

  17. Alfredo dos Santos Junior permalink
    04/03/2013 1:33

    Palavras de um profeta, que D. Pedro, é efetivamente.

    Curtir

  18. Rodrigo Massi permalink
    04/03/2013 8:59

    Deixo aqui meu silêncio, diante de tanta santidade, Dom Pedro Casaldaglia…….

    Curtir

  19. joao antonio apelian permalink
    04/03/2013 21:34

    Como é bom ler, conteúdos de esperança dentro da igreja ,neste mundo de hoje tão materialista e complacente com tudo…amém…

    Curtir

  20. Paulo José Penalva Mancini permalink
    06/03/2013 0:28

    Agradeço ao Boff e ao D. Pedro por esta perseverança em anunciarem a Boa Nova, mesmo quando ela é apenas uma esperança. Agradeço ao Ricardo Guarani-Kaiowa Galleta, pela citação esplêndida de Jung: ” Onde há amor, não há desejo de poder. Onde o poder predomina, falta amor. Um é a sombra do outro.” Isto me explica melhor pq o Boff quando ditor das Vozes (não sei bem se era este o cargo) providenciou para que as obras completas deste luminoso humanista suiço fosse integralmente traduzida e publicada para alegria de nós brasileiros. Que bom que é poder bem servir ao Senhor, bem servindo à seus Filhos, né?

    Paulo Mancini

    Curtir

  21. Roberto Belleza permalink
    06/03/2013 22:37

    Querido irmão e amigo Leonardo: Pedro é pastor, profeta e poeta. Profetiza nos versos e na vida. Complementando, outro querido pastor Dom José Maria Pires declarou neste final de semana: “o novo Papa deveria comprar uma casa na favela e ir morar lá, para ficar perto do povo. O Vaticano serviria no máximo para receber chefes de Estado”. Fraterno abraço, Roberto Belleza.

    Curtir

  22. Valtencir F. Martins permalink
    09/03/2013 18:21

    Alguém uma vez me disse… eu era criança… que percebemos quando Deus fala e quando o padre fala. Obrigado pela reflexão.

    Curtir

  23. Geneci Dias permalink
    14/03/2013 16:55

    D. Pedro é o Cara há muito tempo. Viva D. Pedro e Milton Nascimento.

    Curtir

  24. Rosangela Bruno de Souza permalink
    15/03/2013 10:08

    Quando me lembro que tive a honra de minha filha, na época com mais ou menos 10 anos, em São Félix do Araguaia-Mt, receber a primeira comunhão de Dom Pedro e ainda ler este poema tão simples e tão rico me deixa lisonjeada, completando um Papa Franciscano simbolizando a pureza, simplicidade e todos os adjetivos pertinente, acredito que estamo começando a vivenciar uma nova história do catolicismo.

    Curtir

  25. edgar pereira louzi permalink
    19/03/2013 12:03

    Me falta conhecimento para comentar tamanha grandeza de conteúdo em sabedoria. Contudo, não me falta sentimento para perceber que minha alma capitou uma leveza de forte vontade de D.Pedro ir ainda mais fundo, e aí é só ele mesmo para expressar. Vou com meu minúsculo poder de memorizar, recitar todos os dias, essa bela oração, que representa para mim, uma conversa explosiva em forma poética para receber as bençãos de Deus.

    Curtir

  26. celso permalink
    11/04/2013 23:57

    Caros irmãos em cristo, eu tive a honra de estar bem perto do grande profeta DOM PEDRO CASALDALIGA na Romaria da Terra do Maranhão em 16 -09-1886 na cidade de Vargem Grande / Ma., Lá eu percebi o carinho pastoral que Casaldalida tem pela sua missão. São esses testemunhos (exemplos) que fortalecem nossa caminhada na defesa da vida humana e do planeta. ELE sera eternizado na mente dos cristãos que vivem com coerência .os valores evangélicos pregado pelo mestre , JESUS..

    Curtir

  27. Medeiros Braga permalink
    16/06/2013 13:18

    DOM PEDRO CASALDÁLIGA
    COM A MORTE ANUNCIADA

    “De um lado estava a igreja,
    Índio, posseiro, peão,
    Do outro, governo, exército,
    Fazendeiro, batalhão,
    E ainda pra completar
    A milícia do lugar,
    A justiça de então.”
    …………………………
    ………………………….
    Por toda América Latina
    Esse sistema opressor,
    Servil ao imperialismo,
    Toda fúria desfechou…
    Para alcançar o seu dote
    Nem Dom Romero da morte
    Em El Salvador escapou.

    E Dom Pedro Casaldáliga
    Nas ações libertadoras,
    Por seu apoio às causas
    Das pessoas sofredoras,
    Sem tergiversar no rito,
    Estava sempre em conflito
    Com forças conservadoras.

    Sofreu ataques brutais
    Com ameaças de morte,
    De processos de expulsão
    Teve cinco, para sorte,
    Cada um mais firme e novo
    Mas, resistiu pelo povo
    Sem se curvar ao mais forte.

    E dizia crer “na hora
    Escura do amanhecer”,
    Na mudança que, na luta,
    Vai um dia acontecer;
    No processo que, de fato,
    Cada passo com seu ato
    Já ninguém pode deter.
    ………………………….

    Curtir

  28. Joseph permalink
    03/07/2013 13:52

    Prezado Irmão Leonardo,
    Não seja revanchista. Abra seu coração e veja a grande contribuição do humilde servo de Deus, o papa emérito Bento XVI. Por favor, não distorça as belas palavras do poema do querido Pedro Casaldáliga, como fizeste em seu intróito à poesia. “Corrupção pelo poder” é o réves do que sugere você como característica do pontificado de Bento XVI. Um “corrompido” pelo poder JAMAIS renunciaria a um pontificado assim. Apenas uma pessoa desapegada dos vícios do poder seria capaz e atitude tão nobre. Me entristece ver uma pessoa tão inteligente como você, que é exemplo e referência para tantos, adotar postura tão revanchista e tão pouco dialética. Deixe a poesia do querido Dom Pedro Casaldáliga, com toda sua beleza e profundidade, falar por si. Não a ofusque com sua interpretação inviesada e encharcada de mágoas. Que jesus continue iluminando seus passos.
    Fraterno Abraço

    Curtir

  29. 31/07/2014 13:59

    Dom Pedro Casaldáliga e Leonardo Boff, Dois mestres que conhecem a Palavra de Deus e são obedientes a ela. Dom Pedro Casaldáliga por sua coragem em denunciar atrocidades cometidas contra os índios e o os trabalhadores sem Terra e sem Teto, além de questionador, como nos diz Leonardo Boff dos Bispos e Padres midiáticos. Sobre Leonardo Boff é um orgulho poder falar deste estudioso em todos os sentidos. Já participei em uma de suas palestras e acesso e assisto a todos os DVDs que encontro. Inclusive motivo meus alunos a assisti-los pois fala deste Deus à Escologia, da Pré-História do Homem à escatologia. Aliás nunca conheci um homem com tanta clareza, espírito sereno e olhar tranquilo como quem sabe o que diz e sustenta as teses que defende. Tenho quase todos os seus livros e o mais importante,nasci perto de Concórdia/SC, cidade onde Leonardo Boff nasceu. Inclusive sou ex-padre e suas explicações e convicções me fizeram superar a saída de sacerdote. Casaldáliga e Leonardo Boff, um dia nos veremos pessoalmente! Grato, Odanir Pedro Bonissoni.

    Curtir

  30. João Bosco de Paula permalink
    17/08/2017 15:11

    Poema maravilhoso!!!
    Pedro casaldáliga seus poemas, livros e frases é o nosso antetérmico

    Curtir

Trackbacks

  1. Reflexões de esperança a espera de um novo Papa | Empreender e Teologar
  2. Combate ao Racismo Ambiental » Casaldáliga diz que temia outro Papa e elogia escolha de Francisco

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: