Pular para o conteúdo

Jesus barrado no conclave dos Cardeais

11/03/2013

                             

Cardeais da Igreja Católica vieram de todas as partes do mundo, cada qual carregando as angústicas e as esperanças de seus povos, alguns martirizados pela Aids e outros atormentados pela fome e pela guerra. Mas todos mostravam certo constrangimento e até vergonha pois vieram à luz os escândalos, alguns até criminosos, ocorridos em muitas dioceses do mundo, com os padres pedófilos; outros implicados na lavagem de dinheiro de mafiosos e super-ricos italianos que para escapar dos duros ajustes financeiros do governo italiano, usavam o bom nome do Banco Vaticano para enviar milhões de Euros para a Alemanha e para os USA. E havia ainda escândalos sexuais no interior da Cúria bem como intrigas internas e disputas de poder.

Face à gravidade da situação, o Papa reinante sentiu que lhe faltavam forças para enfrentar tão pesada crise e constatando o colapso de sua própria teologia e o fracasso  do modelo de Igreja, distanciado do Vaticano II, que, sem sucesso, tentou implementar na cristandade, acabou honestamente renunciando. Não era covardia de um pastor que abandona o rebanho mas a coragem de deixar o lugar para alguém mais apropriado para sanar o corpo ferido da Igreja-instituição.

Finalmente chegaram todos os Cardeais, alguns retardatários, à sede de São Pedro para elegerem um novo Papa. Fizeram várias reuniões prévias para ver como enfrentariam este fato inusitado da renúncia de um Papa e o que fariam com o volumoso relatório do estado degenerado da administração central da Igreja. Mas em fim decidiram que não podiam esperar mais e que em poucos dias deveriam realizar o Conclave.

Juntos rezaram e discutiram o estado da Terra e da Igreja, especialmente a crise moral e financeira que a todos preocupava e até escandalizava. Consideraram, à luz do Espírito de Deus, qual deles seria o mais apto para cumprir a dificil missão de “confirmar os irmãos e as irmãs na fé”, mandato que o Senhor conferira a Pedro e a seus sucessores e recuperar a moralidade perdida da instituição eclesiástica.

Enquanto lá estavam, fechados e isolados do mundo, eis que apareceu um senhor que pelo modo de vestir e pela cor de sua pele  parecia ser um semita. Veio à porta da Capela Sistina e disse a um dos Cardeais retardatários: ”posso entrar com o Senhor, pois todos os Cardeais são meus representantes e preciso urgentemente falar com eles”.

O Cardeal, pensando tratar-se de um louco, fez um gesto de irritação e disse-lhe benevolamente: “resolva seu problema com a guarda suiça”. E bateu a porta. Então, este estranho senhor, calmamente se dirigiu ao guarda suiço e lhe disse:”posso entrar para falar com os Cardeais, meus representantes”?

O guarda o olhou de cima para baixo e não acreditando no que ouvira, pediu, perplexo, que repetisse o que dissera. E ele o fez. O guarda com certo desdém lhe disse: “aqui entram somente cardeais e ninguém mais”.

Mas esta figura enigmática insistiu: “eu até falei com um dos Cardeais e todos eles são meus representantes, por isso, me permito  de estar com eles”.

O guarda, com razão, pensou estar diante de um paranóico destes que se apresentam como Cesar ou Napoleão. Chamou o chefe da guarda que tudo ouvira. Este o agarrou pelos ombros e lhe disse com voz alterada: ”Aqui não é um hospital psiquiátrico. Só um louco imagina que os Cardeais são seus representantes”.

Mandou que o  entregassem ao chefe de polícia de Roma. Lá, no prédio central, repetiu o mesmo pedido: “preciso falar urgentemente com meus representantes, os Cardeais”. O chefe de polícia nem se deu ao trabalho de ouvir direito. Com um simples gesto determinou que fosse retirado. Dois fortes policiais  o jogaram numa cela escura.

De lá de dentro continuava a gritar. Como ninguém o fizesse calar, deram-lhe murros na  boca e muitos socos. Mas ele, sangrando, continuava a gritar:”preciso falar com meus representantes, os Cardeais”. Até que irrompeu cela adentro um soldado enorme que começou a golpeá-lo sem parar até que caisse desmaiado. Depois amarrou-lhe os braços com um pano e o dependurou em dois suportes que havia na parede. Parecia um crucificado. E não se ouviu mais gritar:”preciso falar com meus representantes, os Cardeais”.

Ocorre que este misterioso personagem não era cardeal, nem patriarca, nem metropolita, nem arcebispo, nem bispo, nem padre, nem batizado, nem cristão, nem católico. Era um simples homem, um judeu da Galiléia. Tinha uma mensagem que poderia salvar a Igreja e toda a humanidade. Mas ninguém quis ouvi-lo. Seu nome é Jeshua.

Qualquer semelhança com Jesus de Nazaré, de quem os Cardeais se dizem representantes, não é mera coincidência mas a  pura verdade.

“Veio para os seus, e os seus não o receberam” observou mais tarde e  tristemente um seu evangelista.

172 Comentários leave one →
  1. 11/03/2013 16:29

    Reblogged this on O LADO ESCURO DA LUA.

    Curtir

  2. 11/03/2013 16:39

    nossaaaaaaaaaa

    Curtir

  3. Mauricio Branda Lacerda permalink
    11/03/2013 16:44

    Sábado,09/03/2012 às 00:27
    Atualização de status De Mauricio Branda Lacerda
    ‘Tava, ouvindo, aqui, atrás de mim, o Jornal da Globo dizer que os cardeais têm de preencher um papelzinho: “Eu elejo o Papa….”. Brigaram com Jesus Cristo (ungido;eleito), por que ele perdoou pecados. De Jesus, que era o Cristo, falaram: “Quem é voce para perdoar pecados? Só quem perdoa os pecados é Deus!” Perderia toda a credibilidade senão falasse pro aleijado, posto à sua frente, pelo teto: “Pega a tua cama e vai!”. Perguntaria aos cardeais: “Quem sois vós para eleger quem seja o vigário do filho de Deus?”

    Curtir

    • mariluce dos santos permalink
      12/03/2013 10:46

      Caro leonardo boff, acredito somente em Deus e jesus. Comparando o velho e o novo testamento, em virtude do poder,que sempre existiu até hoje os homens tanto almejam.O que eu percebo é que os homens estão falando em nome do poder e não em nome de jesus.E no dia em que eles perceberem que jesus està a frente de tudo, o amor e a paz reinará no mundo.Quando assim uma atitude for tomada com sabedoria.

      Curtir

  4. 11/03/2013 16:55

    Quando vou á missa,sinto-me como Jeshua,quando o padre diz,no momento de passar ´frente para comungar: “podem passar os que estão preparados para comungar”.Por preparados entende-se os que estão em dia com os sacramentos,como tenho dois filhos e não sou mais casada fico constrangida de ir lá “receber o corpo de cristo”.Minha igreja,me deixa lá,sentada,calada,só olhando a tudo e a todos.Triste realidade!

    Curtir

    • Robson permalink
      12/03/2013 8:03

      que igreja é essa??? não pode ser a do mestre de nazare, que comeu com pecadores, perdoou a adultera, foi a casa de zaqueu…e estes que comem crianças impedem o fiel devoto de se aproximar do altar…

      Curtir

    • Jaqueline permalink
      12/03/2013 8:10

      rooliveira, resolve isso com “teu Deus” não com o “deus deles” tua preparação precisa estar no teu coração, porque é nele que Jeshua habita e habitará sempre, mesmo sem os sacramentos se tu O amar…Grande abraço. Não esquece o Nazareno veio para dar o Maior mandamento….”amai-vos uns aos outros’a lei do sabado ele ignorou em nome da vida….

      Curtir

    • Luciana permalink
      12/03/2013 8:42

      Não se sinta assim, minha amada! Você é preciosa para Deus, foi por mim e por você que Jesus morreu na cruz. Não foi padre, não foi pastor, não foi anjo, Deus mandou o melhor, seu Filho Amado. A sua realidade é filha do Deus Altissimo. Procure uma congregação onde você se sentirá aconhida, um lugar para adorar e louvar o Deus vivo. Nunca se esqueça! Nós somos a igreja de Cristo, o Espirito Santo habita dentro de nós. E o que Deus tem para as nossas vidas é Tremendo!!!!! Que o Espirito Santo mova a sua vida, em nome de Jesus! Amém!!!!

      Curtir

    • ana permalink
      12/03/2013 9:23

      Na realidade as pessoas ainda não entenderam a mensagem de Jesus,quando ele diz “Meus discípulos serão conhecidos por muito se amarem.”Eu também não entendo as atitudes da igreja católica em relação as pessoas que se separam,eles acham que são indignos de receber Jesus,isso é uma discriminação total.Pois disse Jesus eu vi para os doentes e cansados.Por isso e por outras coisas encontrei no Espiritismo as respostas a minhas dúvidas e o Evangelho de Jesus vivido na sua íntegra.Onde procuramos ser melhor a cada dia.Leia minha querida o Livro O Evangelho Segundo o Espiritismo e vc vai ver como se deve tratar um irmão.Boa sorte.

      Curtir

      • Mônica permalink
        13/03/2013 11:26

        Jesus veio pregar a ressureição e não reencarnação.
        Aliás, desde o antigo testamento DEUS ABOMINA o espiritismo. Vide: Deuteronômio 18.
        As intenções de tratar bem o irmão, fazer caridade etc, pregadas pelo espiristmo, são válidas e seguem, de fato, a vontade de Jesus.
        Contudo, tal religião consulta mortos, e prega a reencarnação: ensinamentos totalmente contrários aos de Jesus Cristo. Portanto, se querem mesmo ser de Cristo, saiam fora da religião espírita. Vcs não precisam consultar mortos (enganação inventada por Satanás pra enganar as pessoas de bom coração) para serem bons e caridosos. Até ateus podem ser muito bons.
        Todos devemos tratar bens às outras pessoas, bem como ajudar a quem precisa. Mas, além disso, para obtermos a salvação, é preciso aceitar Jesus como nosso único Senhor e Salvador, e acreditar apenas no que ELE ensina, pois Ele é o caminho, a verdade e a vida, e não o sr. Kardec.
        Com todo o respeito que eu digo isso!
        Mas senti-me na obrigação de dizer, ao ver uma pessoa aqui fazendo sincretismo entre cristianismo e evangelho interpretado à luz do espiritismo.

        Curtir

    • 12/03/2013 10:27

      rooloveira, não é a ceia do Senhor uma celebração dos que uma vez perdoados foram feitos por Cristo, dignos de comer do pão, seu corpo repartido por amor de nós e beber do vinho, seu sangue derramado que nos lavou e purificou? Se não for na sua igreja, que seja onde for, tomai e comei. Abraços de seu irmão Valmir Bodruc

      Curtir

    • 12/03/2013 11:52

      Ro, nao deixe que a religiao te impeça de ter um relacionamento com Deus, se vc nao esta conseguindo crescer espiritualmente na sua igreja procure outra, os nossos pecados tem o mesmo tamanho perante Deus, mas a verdadeira perdição e afastar-se de Deus, arrependa-se e volte aos caminhos do senhor.somos todos pecadores, nao se intimide com isso, Deus apaga nossos pecados.. ouça a musica de lazaro – eu te amo tanto, e ouvira as palavras que Deus quer te dizer, fique com Deus!!

      Curtir

    • RSousa permalink
      12/03/2013 14:00

      rooliveira, quem te nega a comunhão é apenas uma “religião, procure Jesus em outro lugar e jamais lhe será negado o direito de cear com seus irmãos de fé.

      Curtir

    • Jocelei Braggio permalink
      12/03/2013 14:10

      Sai dessa amiga…junte-se a nós os excluidos das sinagogas (graças à Deus), pois o bom Pastor não faz acepssão de pessoas e incluiu no reino, (pela obra da cruz) todo aquele que n’ele crêr…dizendo: vinde a mim vós todos, os cansados e sobrecarregados e eu vos aliviarei….muitas vezes nos acomodamos em lugares onde sequer o Senhor andou..pense nisso…deixo a vc um site para vc conhecer a graça! abraços http://www.caiofabio.net

      Curtir

    • 12/03/2013 14:27

      Minha filha oq vc estar fazendo ainda nesse ambiente chamado de ”Igreja”leia os evangelhos e veja se Jesus deixou alguém de fora,só esses q se dizem ”representantes” é q deixam,mas,eles não tem esse poder,ande conforme Cristo e ele estará com vc sempre…abraçoos.

      Curtir

    • Alexandre permalink
      12/03/2013 14:30

      Ro se eu fosse você iria lá e comungaria com Jesus…

      Curtir

    • 12/03/2013 16:13

      ROOLIVEIRA …. venha conosco na nossa comunidade compartilhar o corpo de Cristo participar e não se sentir excluída e sim sentir a SUA presença e a SUA alegria.

      IBAB –

      http://www.ibab.com.br

      Faebook/ibab

      Teremos o prazer de estar na sua companhia pq Deus não exclui seus filhos, Ele os une!

      Lúcia Renata

      Curtir

    • adriano / gordo Campinas- permalink
      12/03/2013 20:32

      Será que o novo papa terá coragem de mudar isso?
      Que o Espírito Santo o ilumine.

      Curtir

    • Frederico permalink
      12/03/2013 20:39

      Conheço muita gente nesta situação e é lamentável! Mas faça uma coisa: Leia o Evangelho e veja se Jesus tratou alguém assim! Muito pelo contrário…Ora, se não é como Jesus será igual a quem ou ao quê? No evangelho até agora só vi os fariseus tratando o povo assim. Tenha Jesus como chave hermenêutica para o entendimento de todo o evangelho. Leia este site aqui caso queira ampliar seu entendimento. NÃO É CATÓLICO E NEM EVANGÉLICO, NEM DE NENHUMA OUTRA RELIGIÃO…APENAS ENSINA O EVANGELHO NA SUA PUREZA E PLENITUDE. http://www.caiofabio.net ABRAÇO.

      Curtir

    • Alessandra permalink
      13/03/2013 12:59

      cara irmã, não conheço bem a situação que você vive, mas você já procurou conversar com algum sacerdote? talvez o fato de estar divorciada não seja impedimento para receber o Cristo na Eucaristia… estou na dúvida agora de qual o posicionamento da Igreja sobre essa questão. Alguém mencionou abaixo o fato de Cristo ter ido cear com pecadores… é verdade, e em especial nesse momento da preparação para a Páscoa esse evangelho será trazido na liturgia. Não podemos, contudo, esquecer que Ele dava o perdão e ordenava que não pecasse mais… vivemos em condição de pecado, pois é da natureza humana, mas temos por obrigação combater o pecado no dia a dia. Não sei em que condições você se viu para chegar ao divórcio, e isso não é da minha conta, nem da de nenhum de nós… não nos convém julgar. Certamente Deus a ama do jeito que é. Estar impedida de comungar do Corpo de Cristo deve ser uma dor profunda para que O deseja com ardor, mas lembre-se que nosso Cristo está nos altares para ser adora, em Espírito, em Verdade, em Corpo e Sangue e Realeza. “achega-te confiantemente!” abraço fraternal!

      Curtir

    • Marcelo permalink
      13/03/2013 22:52

      Ro quem está te impedindo de receber Jesus e você mesma. Pelo teu relato nada te impede de ir lá e receber Jesus. A menos que existe algo mais o fato de ter filhos ou de não ser mais casada não te impede de receber a eucaristia não.

      Curtir

      • Rosa permalink
        15/03/2013 1:13

        Concordo! Vá em frente, pois Jesus já nos perdoou a todos, com seu imenso amor. Um grande abraço!

        Curtir

  5. Tatipitica permalink
    11/03/2013 16:55

    Que nós tenhamos sabedoria, amor e humildade suficientes para não repetirmos essa história em nossas vidas. Abços

    Curtir

  6. 11/03/2013 17:00

    impressiona-me o seu ressentimento amargo relativamente à Igreja oficial e, tenho pena que, frequentemente, esse ressentimento lhe tire a objectividade para fazer uma crítica justa.

    Curtir

    • 12/03/2013 1:12

      Maria Ines
      Vc precisa aprender a ler. Não guardo nenhuma mágoa, não por virtude, porque fui criado assim.
      A mágoa esatá nos olhos de quem lê porque antes estava em sua cabeça
      lboff

      Curtir

      • Ana Maria Galli Miranda permalink
        12/03/2013 10:30

        Nossa!!Que grosseria!!!Tem certeza que o Senhor se refere a Jesus Cristo?…Perdi meu tempo…

        Curtir

      • 12/03/2013 14:38

        Grande professor e humilde mestre, Leonardo Boff. Fui seminarista desta Igreja, a qual ainda amo por tudo que representa! Nos tempos de Formação, já no Propedêutico, me apresentaram teus escritos (…); rapidamente, passei a ser leitor assíduo dos ensinamentos de sua teologia e da Teologia da Libertação. No Seminário Arquidiocesano da Paraíba, me impuseram a pecha de TL e de que só sabia ler L. Boff. Todavia, sem constrangimento algum, sempre advoguei esta linha de reflexão por acreditar ser a mais lúcida e plausível para uma Igreja inserida no meio do Povo, igual à Igreja dos Atos dos Apóstolos. Parabenizo-o por toda grandeza reflexiva, pela contribuição que nos dás e pela coragem de propor temas tão necessários e urgentes, os quais, infelizmente, ainda são ignorados pela hierarquia (cúria) romana. AVANCE SEMPRE PARA ÁGUAS MAIS PROFUNDAS e construa mais reflexões de tal profundidade. Abraço.
        Ismael C. Cunha

        Curtir

      • 12/03/2013 14:51

        O texto parece muito envolto em miticismo libertário. Dizer que o Santo Padre (hoje Papa Emérito) Bento XVI renunciou pois sua teologia falhou me parece ser ressentimento e mágoa sim. A teologia do Cardeal Ratzinger, muito aceita pelo Papa Bento XVI, fez com que jovens voltassem ao centro do Cristianismo (que é Cristo e não um ser social), a Cúria não é toda podre, os Cardeais não são todos ignorante do fato de que a Igreja precisa ser reformada, mas a reforma necessária é voltar (não adotar conceitos secularistas), voltar ao tempo do amor e da graça da Igreja Primitiva. Salvo engano, acho que o texto é bom, muito bem escrito, mas em nada acrescenta, não condiz com a realidade.

        Curtir

      • Carlos Sergio permalink
        12/03/2013 15:21

        Me desculpe mas se fosse na igreja evangélica, não seria diferente, ao menos com uma boa oferta no bolso ou bem vestido e uma boa cultura seria aceito. A inversão dos valores não está apenas dentro do catolicismo. Para quem se acha ”igreja”, esses tempos, mais do que nunca, é de unidade a Cristo e aos que o apoiam. De divisão, já basta a igreja evangélica, com seus pastores e ”pensadores” divisores de água e multiplicadores de ”novos evangelhos”.

        Curtir

      • Rafael Silva de Oliveira permalink
        12/03/2013 15:29

        Impressionante como a religiosidade cega. Seja católico, evangélico etc…
        Como que a Igreja-instituição passa por cima da Igreja – Corpo de Cristo.

        Curtir

      • Regina Ramos permalink
        12/03/2013 18:31

        Obrigada, Leonardo Boff…teus escritos fazem com que meus olhos brilhem de novo, na doce esperança de ver chegar o dia sagrado em que não precisaremos mais nos posicionar…eu sou desta RELIGIÃO…o outro é daquela outra…o outro ainda da outra…ah! meu querido Leonardo Boff…dia virá em que a única RELIGIÃO pela humanidade propagada será a do AMOR. Um grande e fraterno abraço.

        Curtir

    • Pe. Carlos Afonso Gonçalves de Sousa permalink
      12/03/2013 6:04

      Shalom! Maria Ines, gostei muito de seu pequeno comentario! Admiro a personalidade e inteligencia do Leonardo, posso escuta-lo por horas e sempre com muito prazer… Mas esse ressentimento precisava ser tratado… Precisa lembrar q o Jeshua morreu numa cruz perdoando quem o matava… Não podemos jogar a agua da banheira suja, com menino e tudo! A nossa igreja é linda e tem e traz muitos beneficios ao mundo! Tudo depende de mim! Um bj minha irmã e que Jeshua nos abençoe!

      Curtir

      • Sérgio Lopes Garcia permalink
        13/03/2013 21:17

        Meu caro padre…
        Muito menos que os escândalos de pedofilia, econômicos, etc e tal, o que tem me afastado da Igreja é ver e ouvir padres como você! Penso que 80% dos padres brasileiros não têm a menor intimidade com o Evangelho! Isso é que me assusta!
        Os padres de hoje, com raras excessões, pregam nas igrejas com 20% de saber um pouco além do catecismo onde aprendemos a fazer o sinal da cruz, a rezar Ave-Marias e… CONTINUAR, como faziam os Inquisidores do período das trevas, a propor que os que “dão a cara a tapa” precisam de “tratamento”.
        Chamar de ‘ressentimento” o que deve ter se passado na cabeça de LBoff após ser “torturado” em nome de Deus?
        Quantos séculos se passaram enquanto Galileu era “tratado” para se adequar à ignorância da Igreja que o ameaçava com a fogueira?
        Quantas vezes foi recomendado a Joana D’Arc que “se tratasse” até que a fogueira a conssumisse?
        Ao afirmar que “tudo depende de mim” , você está desprezando a graça de Deus ou colocando “cabresto” no Espírito Santo, para que Ele se manifeste de acordo com as suas conveniências?
        Já experimentei a “renovação” carismática… até escutar que se eu “não treinasse, jamais falaria línguas…”
        Tenha dó! Objecitividade é o cacete!
        Crítica é crítica. A falta de objetividade está nos olhos de quem não suporta receber críticas.

        Curtir

    • Primórdios permalink
      12/03/2013 14:18

      Maria, Igreja Oficial que não obedece nem os mandamentos básicos de Deus? Não façam para si imagens de escultura e nem se prostem diante de outros deuses? Igreja oficial foi aquela que Jesus chamou da morte para a vida! Foi a Igreja que Roma Perseguiu e matou milhares! Essa Igreja dita Oficial, é justamente a Igreja que se prostituiu no ano de 323 DC e depois em 538 DC quando o reinado do papado começou! Perseguiram e mataram mais de 40 milhões de pessoas que seguiam a Cristo com simplicidade, sem dogmas de homens! Mas graças a Deus está chegando o tempo em que Deus a julgará! Leia Apocalipse capitulo 18 !

      Curtir

    • Marina permalink
      12/03/2013 14:39

      Eu li bem de uma internauta? Igreja Oficial? Há Igreja Oficial? Então quer dizer que grupo que se reuni em nome de Deus, é igreja não oficial, são igrejas piratas? Será que a minha busca por Deus está sendo inútil? Sempre entendi na bíblia que igreja eram pessoas, e sempre aprendi que placas não salvam ninguém, e muito menos os que estão na igreja se realmente não servem o Deus vivo serão salvos. Creio que esse texto não serve apenas para Cardeais, para nós também que muitas vezes não vemos ou não ouvimos o que Jesus nos diz, nos embebedamos em nossas certezas e sofismas. Quantas vezes Jesus pede para falar conosco e simplesmente o passamos para outros, como se não fosse com a gente.
      Leonardo, gostei muito do seu texto, me coloco no lugar dos Cardeais, não só na escolha de líderes, mas em tudo, a forma a qual escutamos a voz de Jesus, se é que escutamos a quem deveria ser nossa cabeça. Enfim, um texto que me faz refletir além da sopinha de letras.

      Curtir

    • José permalink
      12/03/2013 15:12

      Maria Inês, pelo que seu “objectividade” deves ser de origem portuguesa. De qualquer forma, como brasileiro, peço-lhe desculpas pela falta de fineza da resposta. Boff é um excelente pensador e respeitado pelo Mundo e inclusive por mim, ínfimo pensador como ele quer dizer em suas respostas para mim, mas, como nos últimos tempos está obcecado pelo seu último “strike”, que foi a queda do Papa Bento XVI; o seu regozijo é tão grande, que às vezes age com essa falta de fineza e bondade. Tenha compaixão dele, pois, é um peregrino errante da fé em Jesus. Compaixão não é simples dó, mas algo que sai de dentro de nossas vísceras e que se misturam com a dor do outro, conforme um dominicano escreveu em seu Livro “Jesus, antes do Cristianismo”, Albert Nolan. “Só a verdade nos pode tornar livres” (Jo 8,32) e não contém a verdade quem responde para um outro semelhante, dessa forma. Foi por compaixão por nós que Jesus veio entre nós, e é por compaixão que devemos suportar nossos inimigos de fé, embora falem dela com pujança. Você sabe ler sim, é ele que não está em seu bom momento de AMOR, que parece possuir, por ser de origem de São Francisco. Maria Inês, se você se interessar pela trajetória de dor do Frei, leia em http://www.humaniversidade.com.br/…/entrevista_boff_a_igreja_mente.ht... e ali vai ver o quanto foi o seu sofrimento. E também poderá conhecer o seu primeiro “strike” contra a Igreja.

      Curtir

    • 12/03/2013 16:12

      Maria, falar a verdade da Santa Igreja doe muitos, mas o importante na vida dum Cristão é ser honesto e justo. E eu acredito que o Frei Boff esta sendo honesto e justo perante a Igreja de Cristo que somos nós os seus filhos e filhas. Paz e Bem!

      Curtir

    • 12/03/2013 23:18

      Maria Ines, que Igreja Oficial??? Acorda minha fia, no dia 15 de novembro de 1889 o Brasil deixou de ter religião oficial…faz tempo.

      Curtir

  7. simone sarmento lima permalink
    11/03/2013 17:00

    Realmente, se Jesus voltasse, eles não acreditariam.
    Que Deus os perdoem pela falta de Deus!!!

    Curtir

  8. 11/03/2013 17:07

    JESUS NÃO DEIXOU NENHUM REPRESENTANTE AQUI NA TERRA QUANDO SUBIU AO CÉU…ELE PROMETEU A VINDA DO CONSOLADOR E ASSIM ACONTECEU NO PENTECOSTES, A DESCIDA DO ESPIRITO SANTO, ESSA PESSOA SIM REPRESENTA JESUS CRISTO AQUI NA TERRA E NO UNIVERSO, POIS FAZ PARTE DA TRINDADE, DEUS PAI, FILHO E ESPIRITO SANTO, TRÊS PESSOAS E UM SÓ DEUS.

    Curtir

    • Elias Moreira permalink
      12/03/2013 16:32

      Felizmente tem alguém lendo a Bíblia para entender que o Espírito Santo é o único representante de Cristo na terra. Foi Ele quem veio para dar continuidade a obra de salvação que o Filho de Deus começou.

      Curtir

    • mirna perez permalink
      14/03/2013 1:12

      E o que eu creio e por onde eu vou JHWH seu filho YEOSHUA e a forca ativa o espirito santo, o sacrifivio de YEOSHUA na cruz me permite por intermedio Dele me aproximar de JHWH! pobre do homem que confia no homem

      Curtir

  9. Rocilene de Alcantara Fernandes Melo permalink
    11/03/2013 17:10

    Boa tarde ! Essa é uma história bem parecida com alguns século atrás. Hoje já está acontecendo e se repetindo o mesmo dilema,mas numa década horrivel de pesadelos que estamos vendo no dia de hoje .É bem assim mesmo, ele vem de uma forma mansa, humilde para enganar muitos que ainda estão cegos e fechados ao amor de Deus.vejo muitos cristãos assim sem amor ,triste,angustiados,solitarios e excluidos da sociedade. Porque tanta indiferecia no mundo de hoje? Porque?

    felicidade !

    Curtir

  10. mauricio brandolize permalink
    11/03/2013 17:28

    eu tenho uma grande admiração pelo Leonardo…
    mas no mínimo, com este artigo/parábola contendo verdades, ele comete uma injustiça com pessoas de boa vontade… Um delicioso prato para quem? ajuda a quem? não acredito que o caminho de libertação seja encontrado com este desabafo de quem se criou, se educou, viveu seu apogeu na referida instituição…

    Curtir

  11. Valtencir F. Martins permalink
    11/03/2013 17:35

    Bela imagem do Cristo… Realmente se voltasse não seria compreendido.

    Curtir

  12. Darcy Brega permalink
    11/03/2013 17:40

    Caro Professor Leonardo,
    Tenho dúvidas sobre duas questões e solicito-lhe, se possível, o favor de me orientar’
    1) a afirmação que o senhor faz no trecho que transcrevo adiante se trata de uma suposição (sua), ou foi apresentada pelo Papa ou pelo Vaticano como justificativa de sua (do Papa) renúncia?
    (…) “Face à gravidade da situação, o Papa reinante sentiu que lhe faltavam forças para enfrentar tão pesada crise e constatando o colapso de sua própria teologia e o fracasso do modelo de Igreja, distanciado do Vaticano II, que, sem sucesso, tentou implementar na cristandade, acabou honestamente renunciando.”(…).
    2) O senhor acredita que a Igreja Católica falhou gravemente e seria passível de “perdão”? O senhor perdoou o Cardeal Ratzinger e a própria Igreja?
    Atenciosamente
    Darcy Brega

    Curtir

    • 12/03/2013 1:18

      Darcy
      Não precisei perdoar porque nunca me senti ofendido. Quem defende uma poição com verdade deve poder sofrer por ela. Não digo uma verdade num lugar e outra no outro como faziam os sofistas segundo Platão.
      Sigo meu caminho com consciência tranquila
      lboff

      Curtir

  13. 11/03/2013 17:54

    A coragem para não ser dádiva de muitos! Parabéns, nobre Leonardo Boff!

    Curtir

  14. Geralda Maria Vargas permalink
    11/03/2013 18:00

    SE JESUS FOI CRUCIFICADO E MORTOI NUMA CRUZ E DEPOIS RESSUCITOU, POR QUE NÃO NOS DIAS DE HOJE, APARECER ALGUÉM, CONCLAMADO NECESSIDADE DE FALAR “COM UM DOS SEUS REPRESENTANTES…..
    ACREDITO QUE ESTE HOMEM SEJA JESUS, POR QUE NÃO! ELE RESSUCITOU E SAIU DO TUMULO SOZINHO.!!!!!!!

    NO CONCLAVE ESTÃO DISCUTINDO PODER E O DINHEIRO, O MESMO QUANDO DA EPOCA DE JESUS, OS JOGADORES JOGANDO CARTAS NOS SALÕES DOS DOS TEMPLOS E JESUS OS EXPULSOU……

    QUAL É A DIFERENÇA DESTE ATO……….
    ” SE CREDES QUE VIM PARA MUDAR ESTE MUNDO…..

    Curtir

  15. enrique brieba opazo permalink
    11/03/2013 18:24

    Así es, parece ser la característica que contrario al planteamiento de Jesús estos cardenales y Papas se encierran sobre si mismos y no se abren mas allá de su institucionalizada vida. ??Quien verdaderamente puede ufanarse de la verdad y no abrirse a los puentes de comunicación con otros que difieren y pueden observar el universo en su proceso? El pecado de la soberbia clerical no dejara que el Espíritu Santo guíe la elección de este Papa. Los electores querrán mantener su seguridad y su institución!

    Curtir

  16. 11/03/2013 18:47

    Forte o texto! Mas este é um ponto fundamental na vida dos Sacerdotes, não esquecer a quem serve, o porque de realmente estar aonde está, não se perder em si…

    Curtir

  17. Jose Carlos Trindade permalink
    11/03/2013 18:49

    Caro Leonardo Boff,
    É com muito prazer que lhe dirijo a palavra, para anunciar que vou compartilhar sua crônica no meu face, porque lhe admiro e o sigo há tempos, por ser um dos autores queridos entre nós. Mas, saiba que minha opinião sobre tudo o que está acontecendo nesse momento com a Igreja parede divergir em algum ponto do seu pensamento.É que devemos protegê-la como instituição milenar. Às vezes, não percebo que você esteja agindo nessa direção. Ou posso não estar percebendo sua real intencionalidade ao se referir ao Conclave de 2013. Barramos Jesus, quando uma vez, “injustiçados” pela Igreja, como você demonstrou na mídia que foi quando nos relatou a passagem pela cadeira de Galileu. Acompanho sua trajetória apenas pelos seu relato na mídia, e sinto que continua profetizando aos irmãos em católicos apostólicos romanos, nas sublinhas, que não a perdoemos. Principalmente nessa ora, devemos nos associar, mesmo sabendo que as teses do CV II deixaram der ser implantadas, contribuir para uma outra Igreja, mais solidária e acolhedora na missão cristã. Devemos nos associar a tantos outros padres, diáconos e leigos que a reconhecem como santa e pecadora e que precisa do perdão pela segunda característica. Cada um sabe a dor que carrega por uma perda, um projeto de vida. Mesmo assim, ao contrário, penso que na maioria das vezes, preferimos abandonar a barca de Pedro, quando na turbulência das tempestades, nos vemos atirados no mar tenebroso.
    Um fraterno abraço!
    Jose Carlos Trindade

    Curtir

  18. 11/03/2013 19:13

    Sinceramente que descrição bela! Na minha concepção é uma narrativa atualizada nobre amigo. Resumindo, “MUITOS SERÃO CHAMADOS, MAS POUCOS SERÃO “ESCOLHIDOS”. Com essas simples palavras desejo que sua jornada nas calçadas das praças do mundo seja sempre iluminada pelos os mensageiros do grande amor universal,e o o CRISTO PLANETÁRIO esteja sempre aclarando sua vida. Sincero abraço fraterno!

    Curtir

  19. Joshua permalink
    11/03/2013 19:49

    Apenas uma observação:
    Ele dizia: “deixem-me falar com aqueles que se dizem meus representantes, pois eu não os nomeei, nem a eles nem a ninguém a falar em meu nome coisas que eu nunca disse.”

    Curtir

  20. rodrigo otávio guimarães permalink
    11/03/2013 19:58

    A visão de um Cristo Humano,faz nos sentir mais próximos e senti-lo presente em nossas caminhadas da vida. Infelizmente , a igreja jogou no lixo esse Cristo,Humano, consciente politicamente, onde aTeologia da Libertação aproximou as verdades Marxistas com o Cristianismo redivivo.

    Curtir

  21. luiz sergio g rocha permalink
    11/03/2013 20:05

    E EU, SE PERGUNTADO POR ESSE JUDEU DA GALILEIA, DIRIA A MIM MESMO: COITADO, UM LOUCO, QUANTO SOFRIMENTO POR TRÁS DESSA SUA PERGUNTA….
    A QUE PONTO CHEGAMOS ! HÁ COISAS INCONCEBÍVEIS, MAS ACONTECEM…..

    Curtir

  22. 11/03/2013 20:23

    E muito triste mas absoluta verdade que a empresa Igreja tenha matado a tantos ao longo dos anos e que ainda continuara matando muitas pessoas física , moral , psicologicamente; afastando muitas de qualquer tipo de crença em Deus é nos homens que se dizem seus representantes que jaz a culpa da degradação da humanidade!!!!

    Curtir

  23. Ana Maria permalink
    11/03/2013 20:30

    Lamentavelmente, a religião se tornou um obstáculo intransponível até para o próprio Jesus. Sei que há muita gente boa na Igreja, porém, no momento, sem poder algum. Espero e oro para que esse quadro mude.

    Curtir

  24. 11/03/2013 20:47

    Bela alegoria sobre o que está acontecendo no mundo católico; reflete muito bem o que está acontecendo. Se Jesus voltasse eles não o reconheceriam….

    Curtir

  25. Antonio Costa Netto permalink
    11/03/2013 20:50

    Este texto, que prefiro intitular de parábola, traz nitidamente a forma como se trata hoje certos “representantes” das autoridades e com agudeza e espírito iluminado L. Boff mostra para nós o ensaio teológico de um conclave que está prestes a dar um novo rumo à nossa Santa Madre Igreja. Queira, Jesus, mesmo não recebido, ser complacente e dispense muitas luzes para que, através do Espírito Santo, realmente seja eleito alguém com capacidade pastoral, virtuoso, humilde e suficientemente bravo para expulsar os mercenários e comerciantes da fé.

    Curtir

  26. iolanda permalink
    11/03/2013 21:03

    Parece que o legado do concilho vaticano II foi esquecido. Peço ao cara la de cima que ilumine o pensamento desses cardeais e que possam escolher alguem que dê novo rumo a igreja de cristo.

    Curtir

  27. Adilson Morais permalink
    11/03/2013 21:14

    Caríssimo Boff… não generalize! Nao despreze as profecias!

    Curtir

  28. Cláudio Arlindo permalink
    11/03/2013 21:29

    Me entristeço com essa realidade. O pior é que igreja é que se distancia do povo quando sua prática pastoral parece estar mais preocupada com rituais. Sei que são importantes, mas falta acolhida, atitude e exemplo de uma instituição que deveria “botar a mão na massa”.
    Salve aqueles como exemplo: Pe. Rogério de Ouro Branco MG, Pe João do Carmo, Pe Juquinha e, tantos outros amigos clérigos ou leigos que olham pras pessoas com a compaixão do Senhor e mostram de fato, que a fé e seus ministérios podem perfeitamente conciliar com uma vida politica (a do cidadão da polis).
    Viver de “aparência” é uma tremenda hipocrisia, uma distorção da boa fé. Representantes da igreja devem não só anunciar o evangelho, mas vivê-lo, não devem preocupar-se somente com a orientação da fé do povo, mas de junto com ele participar das ações que de fato ajudam a transformar suas vidas,
    Que Deus nos abençoe.

    Curtir

  29. Nagir permalink
    11/03/2013 21:40

    Jesus continua batendo à porta da Igreja, mas todos, católicos e evangélicos não o reconhecem, só a graça!!!

    Curtir

  30. José permalink
    11/03/2013 21:42

    “Desde o início, sempre fui claro sobre a importância de colocar Cristo como o fundamento de toda a teologia. No discurso hegemônico da Teologia da Libertação, no entanto, eu notava que essa fé em Cristo só aparecia em segundo plano. Mas eu reagia de forma condescendente: Com o tempo, isso vai se acertar. Não se acertou”. Fonte (11/03/2013 – 04h48 – Irmão de Leonardo Boff defende Bento 16 e critica Teologia da Libertação – ALEXANDRE GONÇALVES COLABORAÇÃO PARA A FOLHA)
    Palavras de seu irmão Clodovis em uma entrevista sobre Teologia da Libertação.
    PARECE-ME QUE NA SUA ESTÓRIA ACIMA, NÃO É A ÚNICA QUE DEIXA CRISTO EM SEGUNDO PLANO, A TEOLOGIA SUA, VISTO POR SEU IRMÃO, TAMBÉM A DEIXA. ELE É QUE DISSE, E É TEÓLOGO COMO VOCÊ.

    Curtir

    • 12/03/2013 1:05

      José
      Escrevi 7 livros sobre Jesus Cristo: JC Libertador; Paixão de Cristo/paixão do mundo;A ressurreição de Cristo e a nossa na morte; O evangelho do Cristo cósmico; A via-sacra da ressurreição; a via Sagra da Justiça; dois livros infantis sobre a Páscoa de Jesus e o Natal de Jesus. Quanto saiba Clodovis Boff não escreveu nenhum livro sobre Jesus Cristo e deveria fazê-lo e ai veria o sem-razão de sua critica.
      lboff

      Curtir

  31. Tomás de Aquino Lima Fontan permalink
    11/03/2013 21:49

    Acho que ainda a humanidade está preparada …. É fato ! Seria assim de novo Frei Leonardo ?

    Curtir

  32. FLAVIO CARDOSO permalink
    11/03/2013 21:51

    Totalmente correto Boff em seu texto. Compactuo do mesmo pensamento….e vou um pouco além. 1 ) – Deus nao criou religiao alguma. 2 ) – Cristo tambem nao criou a igreja católica. 3 ) – As religioes foram criadas pelo homem, no caso da católica (Universal), foi criada por um imperador romano de nome Flavius Valerius Constantinus. 4 ) – Infelizmente Deus, Cristo e o Espirito Santo se “tornaram” patrimonio das igrejas e a competiçao pela salvaçao dos homens e simplesmente vergonhosa e deploravel…..Cristo em seu tempo expulsou a todos do templo, as ovelhas bem como os bois, derramou pelo chão o dinheiro dos cambistas, virou as mesas e disse aos que vendiam as pombas: Tirai daqui estas coisas; não façais da casa de meu Pai uma casa de negócio…(e o que temos atualmente em todas as igrejas do mundo ??? ) 5 ) – Quem tem ouvidos, ouça, visao; enxergue, boca; anuncie a verdade ….que pena que as igrejas do mundo nao vivem a verdade bíblica, escolhem alguns textos para se justificarem ( Sao apenas meias verdades )….e DEUS é o Caminho a Verdade e a Vida…..Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.
    João 14:6

    Curtir

  33. Ayda Mascarenhas Horta permalink
    11/03/2013 22:32

    Como se vê, tudo continua acontecendo! Até quando?

    Curtir

  34. JOÃO ANTONIO APELIAN (PENINHA) permalink
    11/03/2013 22:34

    A pura e crua realidade, da igreja católica hoje…

    Curtir

  35. José permalink
    11/03/2013 22:44

    “A minha suspeita é de que as criticas suscitadas por Clodovis Boff à Teologia da Libertação forneçam às autoridades eclesiásticas locais e romanas as armas para condená-la novamente e, quem sabe, bani-la definitivamente do espaço eclesial. Como as criticas devastadoras provém de dentro, de um de seus mais reconhecidos formuladores, elas podem prestar-se a tal intento infeliz. A impressão que sua argumentação provoca é de alguém que se despediu e já emigrou da Teologia da Libertação, daquela ‘realmente existente’ que, na verdade, é a única que existe e se pratica nas Igrejas. Esta teologia é atacada em seu núcleo definidor porque cometeu, segundo ele, um ‘erro de princípio, grave para não dizer fatal…falha ‘mortal’ que, levada a termo, termina pela morte da Teologia da Libertação’ (REB 1004 e 1006). Esse erro fatal – pasmem – é de ela ter colocado o pobre como ‘primeiro princípio operativo da teologia’, ou de ter substituído Deus ou Cristo pelo pobre (REB 1004). Afirma ainda que ‘do erro de princípio só podem provir efeitos funestos’. Acena para a contaminação em curso de toda ‘pastoral da libertação’ nomeadamente ‘as pastorais sociais’. Por causa deste erro fatal, se instrumentalizou a fé, fé-la cair no utilitarismo e no funcionalismo, ocasionou seu enredamento com a modernidade antropologizante e secularista, pondo em risco a identidade cristã ‘no plano teológico, eclesial e da própria fé’ (REB 1007). Tais acusações são de grande monta e nos lembram os textos acusatórios de figadais inimigos da Teologia da Libertação dos anos 80 do século XX. E pour cause!”
    Fonte: TERÇA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2008
    Leonardo Boff critica recuo de Clodovis Boff
    Pelos pobres contra a estreiteza do método. Um artigo de Leonardo Boff (Observatorio Biblico)

    EM QUE A ESTÓRIA CONTADA POR FREI LEONARDO TEM DE IGUAL NESTE TRECHO DA SUA ENTREVISTA FEITA HÁ QUASE 7 ANOS…

    Curtir

  36. Vania permalink
    11/03/2013 22:50

    Chorei!

    Curtir

  37. José permalink
    11/03/2013 22:58

    DOMINGO, 8 DE JUNHO DE 2008

    A postura de Clodovis Boff causa enorme espanto
    Teologia da Libertação após Aparecida volta ao fundamento? Entrevistas com Luiz Carlos Susin e Érico Hammes
    Luiz Carlos Susin e Érico Hammes refletem sobre a Teologia da Libertação e sobre a Vª Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano, realizado no ano passado em Aparecida, a partir do polêmico e recente artigo de Clodovis Boff.

    No ano passado, o teólogo Clodovis Boff escreveu o artigo “Teologia da Libertação e volta ao fundamento”, que foi publicado pela Revista Eclesiástica Brasileira – REB, número 268, de 2007. O texto tem, desde então, suscitado polêmica dentro da Igreja. Segundo Clodovis Boff, faltou à Teologia da Libertação, a “realmente existente, a que tem atrás de si quarenta anos de caminhada e cuja evolução já deixa ver traços exigindo crítica e retificação”, consistência epistemológica. Mais: segundo o teólogo, “por falta de uma epistemologia rigorosa e clara, a Teologia da Libertação labora em ambigüidades; laborando em ambigüidades, cai no erro de princípio. E do erro de princípio só podem provir efeitos funestos”. O sítio do IHU publicou o artigo Pelos pobres contra a estreiteza do método de Leonardo Boff, questionando o artigo de Clodovis Boff.A IHU On-Line discute o referido artigo, entrevistando Luiz Carlos Susin, por email e Érico Hammes, por telefone.

    Luiz Carlos Susin e Érico Hammes são doutores em Teologia pela Pontifícia Universidade Gregoriana.

    Leia a entrevista em Notícias do Dia – IHU On-Line: 08/06/2008.

    Para entender a polêmica, leia antes meu post de 27 de maio de 2008 Leonardo Boff critica recuo de Clodovis Boff.

    Mas quero dizer que no dia 28/11/2007, em e-mail a um colega teólogo, escrevi: “Estou abismado com o que acabei de ler no artigo dele [Clodovis] na última REB, a de outubro (Teologia da Libertação e volta ao fundamento). Só se não entendi nada, e ando vendo coisas, mas…”. E esse colega me disse, na resposta enviada no dia 02/12/2007, entre outras coisas: “A minha sensação foi a mesma que a sua. Mas a verdade é que ele já estava mudando há algum tempo…”
    Postado por airtonjo às 17:34

    PARA ELUCIDAR OS LEITORES, PARA ENTENDER A ESTÓRIA CONTADA ACIMA…PELO LBOFF. SE O CLODOVIS ESTIVER LENDO GOSTARIA DE TER ACESSO AO MATERIAL NA ÍNTEGRA, PARA PODER ME INTEIRAR DELE…GRATO

    Curtir

    • 12/03/2013 0:58

      Jose,
      Há momentos em que a compreensão é insuficiente. Precisamos da compaixão.
      lboff

      Curtir

      • José permalink
        12/03/2013 14:08

        Exatamente, Frei, é o que sinto por você: C O M P A I X Ã O…

        Curtir

      • Maria das Graças Pereira Chaves Martins permalink
        12/03/2013 19:37

        verdade linda,compaixão fonte de amor e perdão!

        Curtir

  38. Nael Morais Palhares permalink
    11/03/2013 23:01

    Este texto do Leonardo é uma reflexão feita nos nossos grupos da Igreja e poucos acreditam que é ele que estar preso, que pede agua, que aguarda sua visita, que estende a mão…….até quando vamos esperar a sua volta? ” Eis que estarei com voçês até os confins do mundo” serar que entendemos e acreditamos?

    Curtir

  39. 11/03/2013 23:19

    Caro Leonardo, sua pequena história é comovente e bem ilustrativa do que se passa na Igreja. Rezemos para que o Espírito Santo amoleça os corações de nossos pastores para que eles se sensibilizem diante da mensagem do Cristo Jesus.

    Curtir

  40. maria de fatima leal ismael permalink
    11/03/2013 23:26

    caro frei Leonardo é fato que estamos diante de uma representação teatral que se repete de tempos em tempos.Lastimo produndamente que a igreja católica tenha tomado tais rumos.Sómente uma coisa me faz insistir no caminho da fé: a minha real amizade e confiança em Nosso Senhor ,Jesus Cristo e as leituras com as quais fortaleço o meu espírito dente as quais muitas são de sua autoria.Voce é um pastor como tenho certeza que existem muitos outros e são vcs que ainda não deixaram que a igreja como o povo seguidor deste Joshua se perca no deserto.Um abraço ,Maria de Fatima ,Paz e Bem!

    Curtir

  41. Ruth permalink
    12/03/2013 0:30

    Emocionante. Grata.

    Curtir

  42. Deise Mello permalink
    12/03/2013 1:00

    Comovente seu texto Sr.Boff. Apropriadíssimo para momento.Parabéns.

    Curtir

  43. Carlos Argueta permalink
    12/03/2013 1:25

    ¿¿Como puedo leer este articulo en español??

    Curtir

  44. 12/03/2013 1:45

    Excelente sua dissertação. meu caro Leonardo Boff. Com efeito, a quem ouve os cardeais, do alto de sua suposta sapiência e legitimidade? Ouvem, com certeza os próprios interesses e os interesses do grande e corrompido Poder que se instaurou no Vaticano. Ouvem suas próprias almas atormentadas, distanciadas que estão (como tantos que os antecederam) dos verdadeiros postulados do Cristianismo. Estão distantes do Cristo. Não ouvem a sua voz. “Não ficará pedra sobre pedra que não seja derrubada.”

    Curtir

  45. Marco Barros permalink
    12/03/2013 2:54

    Quer dizer que os “os Doutores da Lei” continuam fazendo a mesma coisa? Eles ainda continuam colocando a estrutura à frente do motivo e do porquê dela?
    Modelo: “o colapso de sua própria teologia e o fracasso do modelo de Igreja”. Na prática da fé em nosso dia a dia, o que realmente conta: Modelo ou exemplo? Se modelo é a forma estruturada de agir, estamos novamente no mesmo problema: estrutura. O que é que Jesus nos trouxe: Modelo (estrutura) ou exemplo?
    Sei não: Acho que não são somente os “Doutores da Lei” que andam excluindo o Exemplo.

    Curtir

  46. José Celio permalink
    12/03/2013 3:28

    Uma bela crônica que exige de nós enquanto instituição profunda reflexão. Isso me ajuda a rezar, mas também me preocupo quando nossa crítica é ausente de caridade ou motivada pela dor ou decepção. Ainda acredito que nessa Igreja há cardeais sérios e abertos a voz do Pastor: Jesus de Nazaré.

    Curtir

  47. Sérgio Lopes Garcia permalink
    12/03/2013 3:57

    POEMINHA BÍBLICO

    “Convem
    que um povo morra
    pelo homem.”

    (12-03-13)

    Curtir

  48. jaime baquedano permalink
    12/03/2013 8:46

    Leonardo
    Leyendo el articulo no pude evitar reirme, ya que con la profundidad de sus palabras, llega casi al absurdo de una realidad no muy lejana. Imaginarme la situacion y ademas leer los titulares de los periodicos “ jesus fue expulsado del Vaticano“ no solo me hizo reir, si no que preguntarme, podemos llegar a esta realidad? Yo creo que debe haber alguien, que como en las peliculas, deja entrar a Cristo por alguna puerta trasera, y logra llegar en el momento exacto, donde logra hablar de Amor, de Caridad, de Humildad, de Paz, y es largamente aplaudido. Tengo esperanza. Tengo Fe. Un abrazo

    Curtir

  49. 12/03/2013 8:48

    Ótima atualização sobre o desprezo que Jesus de Nazaré “sofre” quase diariamente em muitas de nossas comunidades cristãs, independente do sobrenome que tenha. Valeu, caro Boff.

    Curtir

  50. 12/03/2013 8:49

    Caro Grande Irmão Leonardo Boff,
    No calor dos fatos, qual exemplo essa estrutura de poder da Igreja daria para a Governança Corporativa no mundo globalizado? Como refletir a Ética Corporativa , sendo que esta mesma Ética fora originada no pensamento teológico e filosófico ocidental , sem causar espanto? Seria possível você abordar essa questão à luz do momento para um publicação no Portal Lumturo Strido Compliance Consulting? http://lumturo.blogspot.com.br/

    Quero parabenizá-lo pela coerência intelectual que tem desde que se tornou um homem público e por ter continuado sua missão de evangelizador do pensamento. Suas colocações são demasiadas pertinentes e leva à reflexão mais profunda de questões delicadas da Igreja sem a pretensão de escandalizá-la. Certamente a muitos, tudo o que disse e escreveu pareceu escândalo, mais porque o escândalo fora por eles colocado mediante uma verdade revelada. Tenho certeza de que não somente a consciência do Grande Irmão está tranquila diante de Deus e do Mundo; mas que à de Deus e muitos homens estão taquilhas diante de você. Deus não seria a verdade se não a permitissem de algum modo na humanidade. Inclusive, na forma de contestá-la. Como disse um Grande Homem a quem falo: “Todo ponto de vista, é a vista de um ponto.” Estamos aqui a discutir Deus e Deus está a nos amar, incondicionalmente.

    Cordialmente,
    Fabio de Freitas

    Curtir

  51. 12/03/2013 8:50

    As instituições ideologizantes de massa, dentre as quais aquelas que se constituíram com base no Evangelho de Jesus, sofrem de uma séria pandemia, patologia esta que assim como está configurada, está a prestar na verdade, um enorme desserviço à boa causa Crística, que melhor seria a União e o Amor entre todos os homens, calcado na recomendação básica de que somos todos um só!

    A IGREJA somos nós! É o nosso estado consciencial, o tijolo essencial que ajuda a manter a estrutura da edificação!

    As religiões deveriam se prestarem a serem meros andaimes, que nos ajudariam e dariam suporte instrumental, para a confecção do Majestoso edifício! Depois de certa etapa da construção o andaime, tem que ser retirado, para não atrapalhar a obra, e assim estão as nossas ordens religiosas! Cresceram demais! ficaram ricas demais! E tudo que é demais atrapalha! Até os dinossauros caíram em ex1tinção em função do exagero

    “Religare” tem de estar centrado no Sujeito e não em Instituições!

    A raiz do sofrimento humano reside no APEGO e na IGNORÂNCIA, como nos ensina a sábia doutrina Védica! E é pouco provável que tenhamos o poder e eficácia, de transformar as religiões, para que tenhamos condições de termos um templo humilde e que seja de fato um espelho para se mostrar como tem de se fazer para embrenharmos como Guerreiros do Coração e peitar o caminho estreito!

    Daí, sob tais pretextos ,só nos resta entender que a jornada é solitária, e melhor refletir na recomendação do Mestre Nazareno do que é que o mesmo queria passas nos aconselhando imperativamente a deixarmos os mortos enterrar seus mortos! Luzes!

    Curtir

  52. Edmilson Luiz Muoio permalink
    12/03/2013 8:58

    Caro Leonardo, eu não sei se Deus agiria dessa forma tão direta. Mas acredito que em algum lugar lá perto do Vaticano em alguma sala escura ou em um canto esquecido alguém está gritando para que seja ouvido o eco dos clamores do povo de Deus.

    Curtir

  53. maria ligia da costa almeida permalink
    12/03/2013 9:08

    “A VERDADE VOS LIBERTARÁ”. CHEGOU A HORA!

    Curtir

  54. Fátima Marangon permalink
    12/03/2013 9:15

    Parabéns por sua coragem em denunciar, em abrir nossos olhos, em confirmar e desnudar aquilo que está no íntimo de cada cristão verdadeiro. Eu sinto muito e peço perdão por tudo isso. O que nos resta fazer? Purificar-nos para purificar a humanidade, para permitir que a iluminação inspire nossas ações e a Igreja. Sou grata. Te amo.

    Curtir

  55. 12/03/2013 9:22

    CARA IRMÃ EM CRISTO,Maria Inês d’orey , EU JÁ FUI COMO VC, QUE ACHAVA QUE A PALAVRA DITA PELO CLERO ROMANO, JAMAIS DEVERIA, SER QUESTIONADA, OU CRITICADA, MAS OLHANDO PARA O ONTEM E O HOJE DO CATOLICSMO ROMANO, É IMPOSSIVEL FECHAR OS OLHOS E NÃO PERCEBER QUE ” A BARCA ESTA FURADA” E QUE NESTE CASO, ELE NÃO DORME NA PRO, MAS O JOGARAM PARA FORA DA BARCA!! ANALIZE OS FATOS E SEJAMOS SENSATOS COM A VERDADE, PROF. LEONARDO, REFLETE O INTERIOR DO VERDADEIRO POVO DE JESUS.. DEIXADO AMARGEM PELOS SEUS, QUE SE DIZEM”DIGNATÁRIOS”

    Curtir

  56. 12/03/2013 9:27

    Prezado frei Leonardo, shalom! O seu artigo repercutiu de maneira extraordinária entre irmãos que, como eu, buscamos restaurar as raízes bíblicas da Igreja do 1º século. Hoje, me considero um Católico Apóstolico, mas não Romano. Isto por razões históricas óbvias que partem desde as nossas lutas pelos Direitos Humanos, quando nos conhecemos pessoalmente. Parabéns, vá em frente e que o Senhor em muito o abençoe!

    Curtir

  57. josi permalink
    12/03/2013 9:34

    Quem de no’s acreditaria se alguem chegasse dizendo que e’ jesus. Ate porque Jesus e’ humilde, nao chrgaria implorando para q acreditassem nele. So’ entendem a igreja catolica quem faz parte dela. Como posso criticar algo que nao conheco?

    Curtir

  58. Ana karla permalink
    12/03/2013 9:41

    Parabéns pelo belo texto!

    Curtir

  59. Gilson Alves Barbosa permalink
    12/03/2013 9:52

    Igreja Católica (instituição/Sacerdotes) hoje e Jesus Cristo (Fariseus/Sacerdotes) ontem. “Qualquer coincidência é mera semelhança”.
    L. Boff perfeita a alegoria.

    Fraternal Abraço Gilson A. Barbosa

    Curtir

  60. Marco André permalink
    12/03/2013 10:43

    Em relação a Teologia da Libertação, não acho muito complexo de entender, pois a TL parte a partir do olhar de Jesus para o pobres, excluídos e marginalizados, e tenta construir perguntas e respostas afim de que possa proporcionar a libertação espiritual e “humana”.

    Um dos grandes problemas está na libertação humana, pois ao levar o povo de Deus a refletir sobre sua realidade de explorado, esse povo começa a questionar o sistema de exploração (hoje o capitalismo) e a buscar alternativas, a 30 anos existia uma alternativa real, o socialismo/marxismo. Isso não quer dizer que a teologia se baseava no Marxismo, mas o tinha como solução imediata (Como uma ponte a ser usada para aliviar a dor do dia a dia).

    Infelizmente, a hierarquia combateu, perseguiu e excluiu. Ai está o principio de todo o problema, não deixou essa nova forma de olhar para Deus e a vida tentar, errar, rever e ajustar. Diferente do que a hierarquia fez com o movimento RCC, que apesar de muitos elementos estranhos à liturgia e às escrituras, não foi fortemente combatida, talvez porque não estive em luta contra o sistema de poder vigente.

    Vivemos hoje uma falta de alternativa, que a TL poderia ser, mas não seria uma alternativa perfeita, como nada do ser humano é perfeito, mas seria uma forma nova de pensar a igreja. Durante a quaresma, vemos a coragem de Cristo frente ao problemas e a proximidade da condenação, mas nossa igreja atual tem mais medo do que esperança.

    Mas ao final vejo com orgulho a perseguição a TL e até ao L. Boff, pois por uma questão de lógica, se o mundo não está bom e a igreja de Cristo não está sendo perseguida, é porque não está cumprindo o seu papel. Quantos desses Cardeais estão sendo ameaçados de morte por denunciar a fome, ditatura, a morte, e a exploração em seus países? No inicio do ano vivemos uma guerra em São Paulo, centenas de mortos (policiais e supostos bandidos), como o nosso Dom Odilo Scherer se posicionou, liderou, se expos, mas lutar pela vida dos batizados que estavam e estão perdendo a vida?

    Curtir

  61. 12/03/2013 10:44

    Estoy completamente segura que si Jesús
    caminara con sus pies desnudos y sagrados por esta Tierra
    predicando Amor, Paz, Esperanza ; Libertad para los afligidos de corazón
    Equidad para los llantos de las madres y sus pequeños hijos;
    Equitativa Distribución de la Riqueza para Todos los Pueblos Todos;
    casi nadie lo reconocería al peregrinar por sus calles.

    Lo insultarían, lo menospreciarían, lo abuchearían
    lanzarían cáscaras de plátano, manzana, papas, melón, tomates a sus Espaldas
    a ninguno ninguno se le ocurriría nombrarlo y decir: es El, El Es.

    Y, más aún, los portones de las Iglesias se las clausurarían con gruesos cerrojos
    por temor a que interrumpiera las Prédicas en las misas de sus respectivas Parroquias
    salvo pequeñas pequeñísimas excepciones…
    tampoco permitirían que Jesús pronunciara una sola palabra
    en los Templos de sus Avenidas o en los Recovecos de las Calles de sus Sinagogas.
    (Luisa Kam (pseudónimo 2007 “Despeje Inaudito)

    Curtir

  62. Isabel Pinho permalink
    12/03/2013 10:53

    Jesus está na simplicidade?Isabel

    Curtir

  63. Lilian permalink
    12/03/2013 11:43

    Prezado Leonardo Boff,
    Suas reflexões sempre ajudam muito a cristãos que como eu se sentem órfãos, sem referência e sem acreditar mais na Igreja Instituição, uma vez que as posições arcaicas do clero, fecham a Igreja cada vez mais e a distanciam da misericórdia de Jesus.
    Essa postura arcaica nega cristo a quem discorde, a quem questione… Me pergunto, como exercer nossa espiritualidade longe da instituição, mas sem se afastar da graça e da fé, pois nesse mundo contraditório e de crise, precisamos da fé e do amor. Não seria o caso de resgatarmos a teologia da libertação, mas de forma mais orgânica, organizada??

    Curtir

  64. Inês Ferreira permalink
    12/03/2013 11:47

    Belo e profético texto!!!!! Na esperança de que Jesus não seja ignorado, blasfemado, julgado, condenado, desejo um Conclave aberto ao sopro da novidade linda e fascinante que é o Reino de Deus. O perigo é imenso, mas ainda continuo e acredito na indicação de uma liderança mais aberta aos desafios constantes de nosso mundo. Leonardo, torço de coração para que sua compaixão e amor pela sua família supere todos os obstáculos que porventura possam estar existindo. Paz e bem!

    Curtir

  65. Israel Campos permalink
    12/03/2013 11:54

    Leonardo Boff, sou grato a Deus por sua vida na Terra. Seu amor é um dos mais essencialmente cristãos que já pude perceber nessa Terra. Que Deus continue te iluminando e obrigado por existir.

    Curtir

  66. Elisa Santos permalink
    12/03/2013 12:03

    Quando me deparo com algumas pessoas que se dizem “cristãs”, rígidas nas suas crenças, nos seus pré- conceitos, nas suas leis; fico me perguntando: se Jesus de Nazaré, o homem, aparecesse hoje, será que seria defendido, seguido, respeitado, acreditado por essas mesmas pessoas que afirmam agir em Seu nome?
    Belíssimo texto, Leonardo Boff!

    Curtir

  67. Silvana Grandi permalink
    12/03/2013 12:08

    Querido Leonardo

    Este texto vale para todos que praticam a religiosidade, para todas as religiões que esqueceram-se do que é SER simplesmente um seguidor de Jesus.

    Simples assim. Grande abraço e meu respeito a você

    Curtir

  68. 12/03/2013 12:44

    Aquí es muy fácil la solución pues, Jesús la dijo

    también en su tiempo: tienen que transformar todos

    los armamentos en cucharones para la sopa; ollas,

    teteras, palitos de fósforos, cuchillos

    mantequilleros etc; y todos pero todos sus haberes ,

    incluida la estructura arquitectónica; sus reliquias;

    sus dineros guardados en los bancos deben dárselo a

    los pobres esquilmad@s de indulgencias para limpiar

    su imagen y hacer de ell@s una iglesia creíble y

    noble para los ojos de cualquier ciudadano común y

    silvestre. La iglesia es un centro de Común Unión con

    Dios y la necesitamos para fortalecer nuestro

    espíritu y dar así el alimento que el el alma pide a

    gritos Amor, sentido a nuestra existencia, valor para

    seguir luchando contra tantos poderes fácticos

    mentirosos y engañosos que nos agobian y, nos hacen

    caer en la desesperanza. Necesitamos ese espíritu de

    Fe para continuar ese camino hacia adelante y, nos

    haga reafirmar nuestros proyectos pero, con la ayuda

    de quien nos Creó por delante y NO en tercera fila.

    Asimismo, deben deshacerse de todos sus trajes

    cardenalicios estrafalarios y costosos incluido el

    Papa y, llevar vestidura digna, sencilla y

    humilde,ante los ojos de Dios y de la humanidad.

    Curtir

  69. Elisabete Hingel permalink
    12/03/2013 13:01

    Por ocasião da eleição da Dilma ,estava na praça D. Pedro , em Petrópolis , e ouvi sua palavra em favor daqueles que mais precisam do governo. Então entendi porque lhe tiraram a palavra. O senhor é um homem muito perigoso para aqueles que não gostam da verdade .Lendo este texto tão atual ,fico pensando : será que vão lhe tirar também o direito de escrever? Parabéns pelo texto corajoso que mostra a mais pura realidade.Um abraço.

    Bete

    Curtir

  70. Joaquina Conceição Gomes permalink
    12/03/2013 13:56

    Belo texto para uma profunda meditação!!!
    Jesus disse: O Reino de Deus está dentro de você e ao seu redor, não em prédios de madeira e pedra. Corte um pedaço de madeira e lá estarei. Levante uma pedra e me encontrarás. Essas foram as máximas que Jesus disse enquanto viveu. Quem descobrir o significado dessas palavras não conhecerá a morte.
    Em 1945 um pergaminho foi encontrado em Nag Hamadi que é descrito como as máximas secretas de Jesus vivente. Esse pergaminho Evangelho de S. Tomás foi reclamado por estudiosos de todo mundo por ser o registo mais próximo das palavras de Jesus.
    O Vaticano se recusa a reconhecer esse Evangelho e o descreve como Heresia!

    Caro Leonardo adorei o seu belo texto, pois também nos leva a meditar!

    Curtir

  71. 12/03/2013 14:16

    Se Jesus fosse barrado apenas no conclave dos Cardeais, seria ótimo, Jesus é constantemente barrado em nossos corações onde ele realmente gostaria de habitar… Não em instituição religiosas… Católico protestante testemunha de Jeová…etc, tudo farinha do mesmo saco…

    Curtir

  72. Camilo Ganum permalink
    12/03/2013 14:22

    Grande mestre Leonardo Boff, belo artigo tão atual quanto há dois mil anos!

    Curtir

  73. Alexandre permalink
    12/03/2013 14:39

    Muito interessante, acabo de receber esse texto atráves do mentor Caio Fabio que tem uma comunidade cristã protestante, como pró-teste, ela é uma comunidade que procura na chave hermeneutica Jesus de Nazaré, ou seja, a bíblia ou sua interpretação, são focadas na vida do cristo, apartir dai tudo se faz novo, não é a bíblia que interpreta a vida ou Jesus, mas Jesus interpreta todas as coisas, por ele e por meio dele, sendo assim tudo o que ele ensinou é na verticalidade da existencia para todas as eras, povos, tribos e nações. Tenho duas perguntas você conhece o Caio Fabio? E a segunda por que você não se achega a este grupo? Um grande abraço.

    Curtir

  74. 12/03/2013 14:53

    É errado dizer que Bento XVI renunciou por causa de qualquer tipo de pressão ou escândalo da Igreja.
    Já foi provado que ele tinha tomado essa decisão em setembro de 2011 e só veio a renunciar efetivamente agora, justamente pq na época a Igreja passava por um período muito delicado.
    É fácil criar justificativas usando só opiniões aparentemente lógicas. Mas nem sempre a verdade está no senso comum.

    Curtir

  75. gabriel permalink
    12/03/2013 15:01

    Caro, Boff.

    Eu curto suas histórias. Mas esta é muito clássica – O Jesus fraco e desprezado. Concordo que a igreja como instituição está falida, e que Jesus está nos fracos, embora não o seja. Mas Ele já foi crucificado. Agora Ele reina. E mesmo que homens ou demonios tentem possuir as rédeas do mundo, o Rei está levantando os fracos para reinarem com Ele na terra.
    “Venha o Seu Reino e seja feita a Sua vontade na terra como é no céu”.

    Abraço,

    Curtir

    • Marco André permalink
      13/03/2013 10:47

      Caro Gabriel, o “Reino” do Pai nosso, quando traduzido dos textos mais antigos também pode ter a interpretação de “conjunto de principios”, “principios do alto”, não necessariamente é o Reino que estamos acostumados a entender no uso dessa palavra, como: Realeza, composta por Rei, nobreza e povo. Abraço Marco

      Curtir

      • gabriel permalink
        13/03/2013 13:27

        Caro Marco,

        É exatamente isso. Não me refiro a “Reino” como forma de governo, embora os princípios sejam uma forma de parâmetro ou idéias norteadoras. Como você disse, são os “princípios do alto”. Que os “princípios do alto” ou do céu sejam praticados na terra.

        Abraço,

        Curtir

  76. Elizabeth de Mello Lordello permalink
    12/03/2013 15:06

    Faço minhas as palavras de Yeshua: “…é mister que estas

    coisas aconteçam…”

    Curtir

  77. Bernardo belfort permalink
    12/03/2013 15:22

    Quando morei em Roma e ia ao Vaticano, pensava sempre nessa possibilidade, de um dia Jesus ser “barrado” no vaticano. A forma como os guarda tratam os visitantes é lamentável e a forma arrogante dos cardeias idem

    Curtir

  78. Fabrício Diniz Pinto permalink
    12/03/2013 15:33

    Simples e verdadeira reflexão. Obrigado!
    Fabrício.

    Curtir

  79. Marcos permalink
    12/03/2013 15:34

    Querido irmão, texto repleto de sabedoria como sempre!!!

    Curtir

  80. Carlos Sergio permalink
    12/03/2013 15:44

    Engraçado que a bola da vez é criticar o Catolicismo. Uma critica vinda de um ateu bufão ou uma pessoa frustrada com a vida e que não conhecem a Deus é mais aceitável que de qualquer protestante á igreja Catolica. A sujeira que o protestantismo mostra( diga-se de passagem, mostra e não está nem aí) e que a Igreja Catolica esconde é sujeira. Sujeira é sujeira, escondida ou não. Não adianta Criticar métodos ou ações se fabricamos o mesmo produto(sujeira) mas de forma diferente.
    Não sou Católico e já fui protestante. Ambos criaram SUA ”tese”(religião) mas esqueceram um pouco da fonte da tese, Cristo.
    Se Jesus voltasse hoje, acho muito difícil esses que defendem SUA própria tese, acreditar que é Jesus. Para ser sincero, com o coração que temos hoje, poucos acreditaria no Jesus presente, carne e osso.

    Curtir

  81. Sonilda permalink
    12/03/2013 15:47

    Penso que Jesus está presente em todos os espaços, ele é espírito, por isso os cardeais não o poderiam barrar. Mas acho bem interessante a reflexão de Leonardo. Penso que as religiões foram criadas pelos seres humanos. Por isso acredito naquele Jesus que vive e se manisfesta dentro da mulher que sou, embora ainda necessite me ligar a uma religião. Vivemos em outros tempos sim, e o Papa foi, humilde, consciente e inteligente… por isso renunciou, diante de tantos problemas, tantas feridas abertas da igreja católica. Os representantes da igreja são- Padres, bispos, freis, irmãos… são seres humanos capazes de errar. Mas o maior problema é continuar errando, fingindo que não existem problemas. Estamos no mundo para sermos melhores, para aprendermos. Por isso reconhecer os erros e tentar corrigi-los, certamente será a maior missão deste Papa que será eleito.
    Lembrando que a terra é o espaço da aprendizagem, pois não somos daqui , isso se acreditamos sermos filhos de Deus. Jesus veio ao mundo para nos salvar, ele lembra que seu reino não é deste mundo!
    Sonilda

    Curtir

  82. 12/03/2013 15:50

    Caro Leonardo, abracos de Oslo! Qual é a possibilidade de um milagre acontecer na Capela Sixtina?

    Curtir

  83. SIDNEI ROSA CRISTIANO permalink
    12/03/2013 16:27

    Sidnei; parabéns professor Leonardo Boff pelo texto, com certeza o mundo de hoje não esta diferente dom mundo em que Jesus viveu e foi condenado, a morte de cruz, “ressuscitando” e deixando sim representantes para guiar seu povo. Porem, se faz necessário mais compromisso com o ser humano, por em pratica de fato o evangelho de Jesus Cristo e não a vontade dos homens

    Curtir

  84. Fabrício Martins Pereira permalink
    12/03/2013 16:28

    Com toda humildade eu convido a uma reflexão: “No princípio era o Verbo e o Verbo se fez Carne” Jesus é o verbo e á partir Dele, do Seu nascimento, o Verbo encarnou e proferiu palavras que devem nos orientar na hermenêutica do real Evangelho do Reino. Mas infelizmente eu vejo em quase tudo o que está escrito aqui, posicionamentos e interpretações humanas da deidade, desapartadas do entendimento espiritual. Tudo que vier à nossa mão, devemos fazer com o máximo de si, com o máximo de amor e compreensão porque no além, para onde iremos, não há sabedoria, obra, planejamento ou conhecimento algum! Desculpem o desabafo, mas não vejo fruto do Espírito nessas discussões, não vejo amor, gozo, alegria, benignidade, longanimidade, domínio próprio. É verdade sim que Jesus nem sequer seria reconhecido se andasse como homem hoje na Terra, cresçam e entendam a crônica de Boff e isso não deve ser contestado, deve ser lamentado, porque a fé, no Mundo, está ligada à religião e as religiões que estão crescendo são as fundamentalistas, o islamismo é o que mais cresce no Mundo. É tempo de para de vender esse Cristo enclaururado num “cristianismo” falido e com problemas de entendimento e relacionamento!! Encarreguem-se apenas em propagar o verdadeiro Evangelho do Reino que é baseado em amar a Deus sobre todas as coisas – inclusive de ter razão e entendimento sobre teologia ou qualquer outra ciência – e ao prõximo como a ti mesmo – e o prõximo é também ou principalmente aquele que discorda da sua opinião, das suas crenças ou crendices, enfim, da cosição cultural que vc acumulou ao longo dos anos. Perdoem o desabafo, beijos a todos e sejam felizes, alegres, distribuam amor e falem do Jesus que Salva!

    Curtir

  85. Versa permalink
    12/03/2013 16:40

    Real!

    Curtir

  86. Adriano permalink
    12/03/2013 17:08

    Vejo que Bento XVI entendeu que o lugar que ele estava ocupando, era nada mais nada menos que o mesmo posto do sacerdote que falou, vamos fazer com que esse homem que se diz Messias, sirva de exemplo para a nação, que está crendo nele e, de que, quem manda aqui somos nós, então crucifica-o. Bento XVI acordou a tempo e resolveu lavar as mãos, pois percebeu que o lugar que eles dizem ser de Pedro, nada mais é do que um cargo como o de um Presidente de um país e, nada mais que isso, as vezes quando o homem em dependendo do cargo que ocupa, passa a conhecer de verdade quem é o Messias, este homem não se importa mais com o poder da terra e passa fazer como Pedro o fez, larga a sua rede e o segue de todo o coração, que essa convicsão tenha efeito sobre ele Bento XVI, pois pra JESUS todos somos um só NELE.

    Curtir

  87. Aline Arzt permalink
    12/03/2013 17:09

    De fato Jesus está longe nos desvios como acima citado (pena que já li termos semelhantes, infelizmente todos sem citação de fonte, o que muito desejaria receber para ver o tamanho dos desafios), bem como está longe de quem amontoa fortunas falando sobre os pobres ao invés de identificar-se com eles e empoderá-los para protagonizarem uma vida mais digna, em forma de serviço ao Reino, está longe também dos que discursam sobre o respeito à diversidade e ao mesmo tempo julgam os que pensam diferente – o Vaticano é a condensação de tudo isto…

    Curtir

  88. Dionizia Menezes permalink
    12/03/2013 17:12

    Leonardo Boff, sabia que eu tinha grande esperanca na sua proposta para a instituicão. No inicio dos anos 80 lia seus livros pensando em entender a proposta do Evangelho, porque através das doutrinas não batia as informacões, nem a vivëncia. Depois aconteceu tudo com voce.

    Curtir

  89. Leo permalink
    12/03/2013 17:27

    Como sempre, seu texto é perfeito! Só faltou falar dos vendilhões do Templo…
    A Igreja tem estado cada vez mais distante das pessoas e dos ensinamentos de Cristo de humildade e amor ao próximo. Abs fraternos.

    Curtir

  90. Fernando permalink
    12/03/2013 18:18

    Nós matamos Jesus todos os dias, nas crianças que morrem no mundo a todo momento, de fome, sede, doenças curáveis; nos pobres que deixamos morrer pelas mesmas causas; e, também creio que, pelos desmatamentos e desequilíbrios ambientais que provocamos com nosso consumo desnecessário e outras faltas de cuidado com a nossa casa terrena. Afinal, com isso, podemos estar matando nossos irmãos do futuro.

    Curtir

  91. Amarildo Sperber permalink
    12/03/2013 18:47

    Bela descrição de um momento vivido pela Igreja. Pena que poucos assimilaram a mensagem.

    Curtir

  92. Maria da Glória permalink
    12/03/2013 21:35

    Não estou muito orgulhosa de ser católica neste momento. Acredito que toda essa pompa, essa mídia nada tem haver com Jesus Cristo, é uma mera disputa pelo poder. Que pena…

    Curtir

  93. Fernando permalink
    12/03/2013 23:33

    Precisamos de religiosos da categoria do Leonardo Boff. O seus ensinamentos estão fundamentados no evangelho integral ou seja o verdeiro evangelho de Cristo Jesus. Parabéns Leonardo Boff. Precisamos sim de religiosos proféticos e verdadeiros.

    Curtir

  94. Roberto Machado permalink
    12/03/2013 23:41

    Soteriologia. Até Frei Leonardo Boff me parece esquecer um pouco que “só Cristo salva”. E é aí que mora o perigo. Só pensando alto…

    Curtir

  95. Alex Meschini permalink
    12/03/2013 23:55

    Um texto bem escrito do ponto de vista literário, impressiona a riqueza de sua linguagem. Em contrapartida revela alguém ainda magoado com uma Igreja que para defender a doutrina, condenou uma heresia. Gostaria de perguntar: se Jesus “teria entrado” em uma igreja onde estivesse ocorrendo uma palestra da Teologia da Libertação? Na verdade dificilmente ele entraria pois iria confundir o local com um sindicato ou sede de um partido político.

    Curtir

    • 13/03/2013 0:21

      Alex
      vc não deve ter lido nada sobre a TL nem escutado uma palestra minha.Há duas semanas numa igreja de São Paulo, Itaquera, havia 1500 pessoas.
      Fale de experiência e não de fantasia
      lboff

      Curtir

      • Petinha permalink
        13/03/2013 6:57

        Alex, fale apenas daquilo que você conhece; leia, estude, faça parte do grupo de pessoas que aderem a TL aí sim vc vai ter o que falar. Inverdades e falta de experiência só faz vc passar vergonha.

        Curtir

      • 13/03/2013 8:39

        Parabéns Alex!
        LB, com certeza os que frequentam suas palestras, não te conhecem!
        Comprei livros que falam sobre o assunto e sinceramente não me convenceram. Sinto muito.

        Curtir

      • Marco André permalink
        13/03/2013 10:55

        Não acho que a TL tenha que convencer alguém, e também não acredito em uma forma de manifestação de nossa resposta ao amor de Deus, TL é uma delas. O problema é que dentro da nossa igreja existem pessoas lutando contra a TL e difamando … porque será? Porque não deixar existir? Apenas existir …

        Curtir

      • Petinha permalink
        14/03/2013 7:03

        Isso memso Marcos André, gostei de sua resposta: “O problema é que dentro da nossa igreja existem pessoas lutando contra a TL e difamando … porque será? Porque não deixar existir? Apenas existir …”

        Curtir

  96. 13/03/2013 0:15

    Gente como essa Maria parecem viver o conto de fadas da Igreja no formato Medieval. A Igreja de Xto precisa de vida, mas muita vida! O alimento para isso se chama VATICANO II, e, este ficou deixado de lado. Aí sim está a inspiração divina, onde, JESUS LIBERTADOR vai de encontro com os povos.

    Curtir

  97. José permalink
    13/03/2013 0:53

    Roberto Machado, pensou alto e eu escutei…Confira os documentos de Aparecida e verá que a Igreja é diferente do que L.Boff reconhece. Ele só vê coisas negativas nela a partir do silêncio obsequioso impost. Graças à Igreja, através de seus Bispos, a TdL não tem mais Cristo em segundo plano e sim em primeiro, pois Só Cristo Salva. Leia abaixo o que acha o irmão dele, Clodovis Boff, sobre a TdL, que vem ao encontro de sua frase – “Só Cristo Salva” e de encontro com o fundamento da TdL defendida pelo L.Boff e massificada às CEB´s.
    (este é final de documento extenso)….mas procure ler na íntegra via http://blog.cancaonova.com/felipeaquino/2008/06/20/clodovis-boff-e-a-teologia-da-libertacao/

    “Após todas essas observações críticas (na primeira parte) e propositivas (na segunda parte), como fica a TdL? A nosso ver, esta parece, grosso modo, estar ora se encaminhando na direção certa.

    Observa-se, em primeiro lugar, que boa parte da TdL se incorporou naturalmente na teologia, sem mais. Ela passou, assim, a fazer parte integrante da “teologia normal” e do discurso da Igreja, em geral. Insere-se no órganon da teologia geral como seu “dispositivo social”. E continuará a se reabsorver lentamente no álveo da teologia global, levando aí toda a sua substância, como um afluente no rio principal. Assim também foi com os movimentos bíblico e litúrgico, que, de movimentos particulares, antes do Concílio, se tornaram depois bens comuns de toda a Igreja.

    Que a TdL possa continuar, mesmo incorporada organicamente na teologia sine addito, arvorando a etiqueta que a designa, isso pertence ao legítimo pluralismo teológico. Poderá assim lembrar a toda teologia seu dever de integrar sempre mais a dimensão sócio-libertadora da fé, protagonizada pelos pobres. É assim também, aliás, que subsistem, na harmonia do corpo eclesial, os grupos mais diversos, cada um privilegiando um carisma particular.

    Mas é também possível que parte da TdL resista e insista em se entender como uma teologia integral à parte, construída a partir de princípios próprios. Mas então será difícil evitar certa polarização em relação à teologia em geral, quando nada porque a inevitável desambigüização dessa corrente porá em evidência o caráter aporético de seu método. Pois o pobre não poderá agüentar por muito tempo nas costas o edifício de uma teologia que o escolheu por base: cederá, antes de ser esmagado por ela, como a história não se cansa de mostrar.

    O certo é que a evolução teórica da TdL não se dará de modo automático, graças à simples “força das coisas”. Pois nenhuma situação histórica resolve por si só problemas teóricos. Problemas teóricos se resolvem teoricamente. Quando se tenta resolve-los por mera remoção (mediante repressão ou então por simples descaso), reaparecem como erva daninha, cuja raiz foi deixada.

    Daí também a razão e a intenção destas linhas. Buscando rigorizar a discussão sobre o estatuto epistemológico da TdL e procurando assim esclarecer e resolver sua problemática de fundo, talvez possam contribuir a dissolver a polarização gerada por ela e favorecer, deste modo, a catolicidade sinfônica da teologia.

    Isso só poderá redundar na felicidade dos pobres, na glória de Deus e na confusão do diabo (cf. LG 17).”

    Curitiba (PR), Brasil, agosto de 2007

    Curtir

    • 13/03/2013 8:49

      José

      Vc é um homem confuso e prolixo. E pior:quer meter gol nas duas traves.Decida seu time e jogue limpo. Discuta comigo e não com suas fantasias sobre mim.
      lboff

      Curtir

      • lucas permalink
        13/03/2013 17:57

        Caro Leonardo Boff,
        Acho que o senhor (você) tem muita paciência com esse povo chato, impertinente que, na minha opinião, visivelmente não tem intenção principal de defender nada, sondern de querer aparecer.
        Eu considero o senhor (você) um guia, uma luz uma orientação para mim, particularmente. Eu era católico de tocar na missa todo fim de semana e de ir na canção nova, mas rompi com as religiões, depois de um processo de anos meditando, vendo filmes, livros, lendo sobre a história e notícias sobre as igrejas, principalmente a católica. Acredito agora somente na Igreja-comunidade simples, a qual tem a capacidade de reunir as pessoas fraternalmente. Vc foi um dos motivos que me ajudaram a ter essa opinião de hoje, pois já li uns 7 livros seus.
        Penso em vc como um profeta vivente na nossa contemporaneidade. Eu dou graças a Deus todos os dias por ter acesso às suas palavras. Me questiono toda hora se vc está certo, se suas idéias têm bom senso. Não quero ser um fundamentalista com vc no centro. Mas até o presente momento eu tenho vc como um guia, como uma luz e como um grande profeta, que visualiza transcendentalmente a nossa situação e fala, e age.
        Eu não sei se vc é uma pessoa educada ou gentil ou paciente. Acredito que sim, não importa. Mas reconheço que vc é uma das pessoas mais importantes do mundo, e as suas profecias, pareceres e denúncias endereçadas à comunidade de todos lugares são extremamente bem-vindas e necessárias.
        E hoje digo: parabéns pela paciência.

        Curtir

  98. HEINZ permalink
    13/03/2013 2:24

    POSSO AFIRMAR O QUE O PROPRIO SENHOR JESUS FALOU-ME A PORTA DE UMA IGREJA CATÓLICA.
    ELE MANIFESTOU-SE E DISSE, COLOCANDO A MÁO NA MAÇANETA DA PORTA:
    – ELES NÃO ME DEIXAM ENTRAR.
    ENTÃO UM BANDO DE PARDAIS POUSARAM A SEUS PÊS E COMEÇARAM A GRITAR.
    ELE PEGOU PÃO E JOGOU ESFARELANDO E OS PARDAIS COMERAM ALUCINADAMENTE.
    ENTÃO VOTOU A FALAR:
    -EU NÃO OS ALIMENTEI HOJE.
    FIQUEI EXTAXIADO E SEM REAÇÃO, PERCEBI QUE ÉRA O SENHOR.
    ELE MESMO DARÃ TESTEMUNHO DO QUE DIGO É VERDADE.

    Curtir

  99. Alexandre E. S. Visconti permalink
    13/03/2013 5:40

    Muito lindo seu texto, Boff.. Se anos atrás a Igreja tivesse saído um pouco de seu pedestal teórico teológico e posto em prática a verdadeira mensagem de Jesus, haveria hoje no Brasil e no mundo menos evangélicos e ateus. A Teologia da Libertação poderia ter sido um bom “modus operandis” disso.

    Curtir

  100. 13/03/2013 7:05

    A instituição está suja e nós ficamos em volta dela como moscas..a Biblia é clara “sai dela povo meu” apocalipse 18:4 essa é a única instrução

    Curtir

    • Claudecir Flores permalink
      14/03/2013 16:07

      Como instituição que se refere pode ser suja sim, mas a Igreja Católica não é instituição mas se trata do Corpo de Cristo pois ele disse que é a Cabeça e nós somos seu corpo e as portas do inferno não prevalecerão sobre Ela.
      Talvez a sua igreja seja instituição e esteja tão suja como seu pensamento, mas isto eu não posso afirmar, mas digo que parece.

      Curtir

  101. 13/03/2013 11:17

    Belíssimo! Me lembra muito o texto clássico do Dostoiévski, sobre “O Grande Inquisidor”, colocado na voz do Ivan Karamázov, n’Os irmãos Karamázov.

    Grato. Abraço.

    Curtir

    • Ana Silva permalink
      13/03/2013 16:01

      Jesus não deixou nenhuma religião as quais são faladas e professadas.Ele deixou uma filosofia de vida baseada no amor a Deus ,ao p´roximo e a si mesmo.Bastaria ler e tentar seguir os evangelhos com os ensinamentos de Jesus.Atacar qualquer religião ou crença é faltar com a caridade e o amor a Deus,pois esta posição de se achar o melhor porque é desta ou daquela igreja ….só leva à separação.Não foi isto,não é isto que está na palavra de Jesus.
      Penso que cada um deve escolher seu caminho,sua crença sua vida e que todos devamos respeitar-nos uns aos outros independente de religião.Leonardo Boff é um grande escritor e conhecerdor do clero e da vida.ele não discrimina “religiões” e sim mostra por suas palavra as atitudes do ser humano em relação também a Cristo.

      Curtir

      • Claudecir Flores permalink
        15/03/2013 12:08

        Penso que Jesus deixou sim uma igreja, pois Ele fala a Pedro sobre ti edificarei minha igreja, ela pode hoje não estar agrandando ha muitos, mas esta ai.
        Precisamos adorar a Deus e receber seu corpo e sangue num templo pois não se encontra ou compra em farmácia ou supermercado mas sim na igreja. Pense nisso

        Curtir

  102. lucenilda permalink
    13/03/2013 14:23

    Gosto muito de Leonardo Boff, já li vários livros dele acho extremamente inteligente mais muito amargurado com a igreja, jogando muitas pedras para todo lado isso não é bom tanta mágoa, será que todos cardeais estão errado? Apenas ele tem a verdade.

    Curtir

  103. ZFigueiredo permalink
    13/03/2013 15:36

    vei nem li tudo… mas fica a dica…. “eu sou a verdade e a vida, e NINGUÉM vai ao pai se nao por mim” (Jesus Cristo)

    Busquem a Jesus!

    Curtir

  104. Eduardo Nery permalink
    13/03/2013 19:14

    PATETICO!!! Nao è possivel imaginar que um texto desse nivel tenha sido escrito por aquele que fora considerado um dos maiores teologos latino-americano! Com a inteligencia sublime que o Espirito concedeu ao querido Boff, o considero capaz de coisas mais construtivas! Basta com a critica infantil que nao ajuda a Igreja, mae dos pobres e servi-los com humildade! Se abandonasse so um pouco a presunçao ajudaria muitissimo a Igreja!!!

    Curtir

  105. 14/03/2013 5:48

    Extraordinário! Excelente!

    Curtir

  106. 14/03/2013 5:49

    Leonardo Boff, o que o senhor achou do nosso Papa Francisco I?

    Curtir

  107. manoel aquino cavalcante permalink
    14/03/2013 8:43

    Muito bom mesmo, Jesus tem sido rejeitado à bem da verdade, diga-se de passagem! Em muitos lugares que falam em nome dele, mas lá ele não entra! Por falar a verdade se torna: “Persona non grata”.

    Curtir

  108. Claudecir Flores permalink
    14/03/2013 10:19

    Pode ser que fosse realmente Jesus, mas bem antigamente quando os apóstolos estavam reunidos ele se pós no meio deles estando as portas fechadas, pergunto porque não o fez novamente?
    Não que duvide mas algo não bate, até porque Jesus sabe que é difícil para alguém aceitar sua presença física nos dias de hoje, nós temos aqui o tal inri que se diz jesus.
    abraço.

    Curtir

  109. 15/03/2013 0:36

    fantástico! excelente texto e reflexão!

    sempre imagino e reflito sobre essa ocasião, se porventura viesse acontecer novamente.
    são tantos fiéis, tantos ditos seguidores, tementes e adoradores do cristo q, qnd ele voltasse, n o reconheceriam novamente.

    e a história estaria se repetindo. pq? pq n entenderam ainda o q ele disse e veio fzr.

    todos acham q o reconheceriam, assim cm na época em q veio achavam e esperavam por ele. e no q deu? todos já sabem.

    Curtir

  110. Vicente Fumagalli permalink
    15/03/2013 14:26

    Pois é:

    Um: Como Jesus foi reconhecido pelos apóstolos como sendo o Messias? Certamente não foi pela aparência e nem pela pobreza pois se assim fosse João Batista ( este foi por um grupo reconhecido) e o primo Thiago, entre tantos, seriam igualmente reconhecidos como messias.

    Dois: A Igreja não é Cristo mas o corpo que guarda a sua mensagem e a propaga, enfim somos nós. Somos pecadores? somos – Somos limitados na compreensão do evangelho? somos – Está presente neste corpo espiritual a constante luta entre o Caim e o Abel? está.

    Três: O ente sacerdotal, representado por Set, sucumbe a tentação do poder e se resgata pela força da espiritualidade numa constante luta de aprimoramento. Isto é um fato, ontem o Set foi muito pior do que hoje, e o de anteontem era ainda mais terrível em suas falhas. Com conseguencias pra a Igreja (nós).

    Quatro: Cristo é a grande força transformadora da humanidade, é o inicio e o fim. Por Ele passam e passarão todas as religiões, se renovando e se transformando pelos seus princípios eternos e universais. Ele não é exclusivo do catolicismo e nem mesmo do dito cristianismo.

    Cinco: LBoff e os seus redescobriram uma faceta de Cristo, importante de fato, e todos os céus se rejubilaram com isto, e ele se sentiu como a ovelha resgatada, a mais importante entre todas.

    Seis: LBoff teve uma sensação legitima, só que não entendeu o texto bíblico, pois é a partir dele que tal sensação se espelha em Deus e não se reproduz nas outras ovelhas porque cada qual tem a sua importância e a sua revelação.

    Sete: Só posso concluir que LBoff não se ressente da entidade sacerdotal mas da Igreja que não o elegeu como um novo Cristo ou pelo menos como um amigo predileto Deste. Ele se tonou presa do drama do Caim e do Abel. Não fique triste Leonardo pois até Judas recebeu a primeira parte do pão na santa ceia, a parte do amigo predileto, e até hoje malham este apostolo.

    Um abraço Vicente Fumagalli

    E VIVA O NOVO PAPA FRANCISCO que tenho certeza irá dispor de todos os seus talentos, sejam quantos forem, para multiplicar riquezas para o tesouro de DEUS.

    Curtir

  111. silvia permalink
    15/03/2013 23:19

    Acho muito interessante o posicionamento “se Jesus voltasse, eles n”ao o reconheceriam”. E nós ? Será que seríamos diferentes ? Tantas pessoas se proclamando donas da verdade…

    Curtir

  112. Jorge Leite permalink
    16/03/2013 21:36

    Meu caro LB, acredito que deveriam escolhe-lo para o trono de Pedro. Só vc tem razão, conta estórias maravilhosas e gosta de nadar contra a correnteza para estar sempre em evidencia.Se CRISTO, quizesse uma Igreja perfeita, não permitiria que humanos a dirigissem e tivessem o poder ligar terra e céu. Se a Igreja caminha na escuridão os unicos culpados somos nós que não rezamos por ela.
    Nunca li tanta babozeira na minha vida.

    Curtir

  113. José Carlos Barreto da Silva permalink
    17/03/2013 11:12

    O parabenizo pela mensagem e agradeço pela palestra: “Tempo de transcendência” . O admiro como Teólogo e sempre Padre Leonardo Boff, comprometido com a verdade e com os menos favorecidos. Que esta renovação ou reedificação da Igreja (por mim ansiada), de fato aconteça com o ministério do Papa “Francisco” e tenhamos enfim de volta uma Igreja para todos, simples, comprometida e honesta; especialmente e em parte quando vivenciamos no passado: as CEBS.
    Que o Espírito Santo e intercessão de Francisco de Assis nos liberte das correntes e tradições de alguns que almejam tão somente alienar, perseguir e da manipulação egoística de alguns religiosos perversos e gananciosos por poder que até tentaram destruir a verdadeira Igreja e tornar particular. Ficam as preces de um leigo.
    Saudações!
    Carlos Barreto

    Curtir

  114. Emanuel Silva permalink
    02/05/2013 10:44

    LBoff, boa tarde!

    Estou fazendo um trabalho universitário de história, que procura mostrar a origem da cruz como referência simbólica e apresentar a evolução do conceito de cruz na cabeça dos seus devotos ao longo dos séculos.

    Quando se tratou apresentar a visão dos devotos do século XX e XXI, procurei nas palavras de D. Helder Camara e de D. Pedro, mas não procurei o que precisava. Será que você me poderia explicar qual é a visão que os devotos do século XX têm em relação à cruz de Cristo. Será uma visão militante como a tinha Grignion de montfort? será uma visão transcendente e sofritiva como a de João da Cruz?

    Acho que você me poderá dar a resposta.

    Até sempre,
    Emanuel Silva

    Curtir

Trackbacks

  1. Blog do Marcone » Jesus foi barrado no conclave dos Cardeais
  2. http://altamiroborges.blogspot.com.br/ | " F I N I T U D E "
  3. Opinião ## Jesus barrado no conclave dos Cardeais | Milton Alves
  4. Jesus barrado no conclave dos Cardeais – L. Boff « Associação Rumos

Deixe uma resposta para Elisabete Hingel Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: