Skip to content

Quem envergonhou o Brasil aqui e lá fora?

17/06/2014

          Pertence à cultura popular do futebol a vaia a certos jogadores, a juízes e eventualmente a alguma autoridade presente. Insultos e xingamentos com linguagem de baixo calão que sequer crianças podem ouvir é coisa inaudita no futebol do Brasil. Foram dirigidos à mais alta autoridade do pais, à Presidenta Dilma Rousseff, retraída nos fundos da arquibancada oficial.

Esses insultos vergonhosos só podiam vir de um tipo de gente que ainda têm visibilidade do pais, “gente branquíssima e de classe A, com falta de educação e sexista’ como comentou a socióloga do Centro Feminista de Estudos, Ana Thurler.

Quem conhece um pouco a história do Brasil ou quem leu Gilberto Freyre, José Honório Rodrigues ou Sérgio Buarque de Hollanda sabe logo identificar tais grupos. São setores de nossa elite, dos mais conservadores do mundo e retardatários no processo civilizatório mundial, como costumava enfatizar Darcy Ribeiro, setores que por 500 anos ocuparam o espaço do Estado e dele se beneficiaram a mais não poder, negando direitos cidadãos para garantir privilégios corporativos. Estes grupos não conseguiram ainda se livrar da Casa Grande que a tem entrenhada na cabeça e nunca esqueceram o pelourinho onde eram flagelados escravos negros. Não apenas a boca é suja; esta é suja porque sua mente é suja. São velhistas e pensam ainda dentro dos velhos paradigmas do passado quando viviam no luxo e no consumo conspícuo como no tempo dos príncipes renascentistas.

Na linguagem dura de nosso maior historiador mulato Capistrano de Abreu, grande parte da elite sempre “capou e recapou, sangrou e ressangrou” o povo brasileiro. E continua fazendo. Sem qualquer senso de limite e por isso, arrogante, pensa que pode dizer os palavrões que quiser e desrespeitar qualquer autoridade.

O que ocorreu revelou aos demais brasileiros e ao mundo que tipo de tipo de lideranças temos ainda no Brasil. Envergonharam-nos aqui e lá fora. Ignorante, sem educação e descarado não é o povo, como costumam pensar e dizer. Descarado, sem educação e ignorante é o grupo que pensa e diz isso do povo. São setores em sua grande maioria rentistas que vivem da especulação financeira e que mantém milhões e milhões de dólares fora do país, em bancos estrangeiros ou em paraísos fiscais.

Bem disse a Presidenta Dilma: “o povo não reage assim; é civilizado e extremamente generoso e educado”. Ele pode vaiar e muito. Mas não insulta com linguagem xula e machista a uma mulher, exatamente aquela que ocupa a mais alta representação do país. Com serenidade e senso de soberania pessoal deu a estes incivilizados uma respota de cunho pessoal:”Suportei agressões físicas quase insuportáveis e nada me tirou do rumo”. Referia-se às suas torturas sofridas dos agentes do Estado de terror que se havia instalado no Brasil a partir de 1968. O pronunciamento que fez posteriormente na TV mostrou que nada a tira do rumo nem a abala porque vive de outros valores e pretende estar à altura da grandeza de nosso país.

Esse fato vergonhoso recebeu a repulsa da maioria dos analistas e dos que sairam a público para se manfiestar. Lamentável, entretanto, foi a reação dos dois candidatos a substitui-la no cargo de Presidente. Praticamente usaram as mesmas expressões, na linha dos grupos embrutecidos:”Ela colhe o que plantou”. Ou o outro deu a entender que fez por merecer os insultos que recebeu. Só espíritos tacanhos e faltos de senso de dignidade podiam reagir desta forma. E estes se apresentam como aqueles que querem definir os destinos do país. E logo com este espírito! Estamos fartos de lideranças medíocres que quais galinhas continuam ciscando o chão, incapazes de erguer o voo alto das águias que merecemos e que tenham a grandeza proporcional ao tamanho de nosso país.

Um amigo de Munique que sabe bem o portugues, perplexo com os insultos comentou:”nem no tempo do nazismo se insultavam desta forma as autoridades”. É que ele talvez não sabe de que pré-história nós viemos e que tipo de setores elitistas ainda dominam e que de forma prepotente se mostram e se fazem ouvir. São eles os principais agentes que nos mantém no subdesenvolvimento social, cultural e ético. Fazem-nos passar uma vergonha que, realmente, não merecemos.

Leonardo Boff é professor emerito de Etica

105 Comentários leave one →
  1. Fábio permalink
    17/06/2014 13:42

    Pq o sr. não fala da vergonha dos corruptos e mensaleiros do governo Dilma? Pq não fala da vergonha que é o descaso com, por exemplo, cearenses que não tem dinheiro para ir ao estádio e muito menos energia para assistir um jogo pela tv?

    • ANA CAROLINA permalink
      27/06/2014 14:14

      Fábio, você já parou pra pensar que os corruptos e mensaleiros não são apenas do governo Dilma, mas que o mensalão do PT teve origem no mensalão tucano do qual ninguém fala? Traz mais risco os mensaleiros presos do PT ou os mensaleiros soltos do PSDB e companhia que são hipócritas e possuem tanto poder, tanto domínio da mídia, que dificilmente serão descobertos e devidamente punidos? A corrupção não se orignou no PT, e nem acredito que o PT seja quem mais se beneficia dela, apesar de achar que o PT deveria ter enfrentado melhor esta questão…

      • Fábio permalink
        02/07/2014 10:04

        Sim, infelizmente corruptos existem em todo lugar. Mas o q foi ressaltado por mim, e é FATO, é q os corruptos do PT ñ foram somente denunciados, mas tbm julgados e condenados, e estão presos. Menos o cabeça o sr. Lula. Este episódio sim, foi e é uma vergonha para nosso país! Pq o cristão Leonardo Boff não denunciou publicamente a corrupção e o pecado destes ladrões? Pq quis colocar a culpa na “elite branca paulistana”? Engraçado, “elite branca” q esta quadrilha faz questão de receber dinheiro para sua campanha política em tempos de eleição. Ou vc acha q é a patuleia, q o PT legitima neste país, que ajuda financeiramente o partido?

    • Dimas Gontarek permalink
      02/07/2014 1:11

      Me parece que com um comentário desse você não se deu ao luxo de terminar a leitura do artigo aqui publicado. Ele não descartou em nenhum momento os problemas sociais que no Brasil existem, mas isso não da motivo para a classe dominante por assim dizer de nosso país, tenha o direito de usar o momento que esta representando toda a sociedade brasileira para rebaixar esses em simplórios bocas sujas e sem qualquer quantia de civilidade.

    • 03/07/2014 8:43

      fabio, se der, LEIA o texto. depois, se DER, pense sobre ele. ah sim, sobre partidos, ceara, corrupcao ou o que quer que seja, filie-se a um outro partido que vc ache interessante, exija resposta dos servidores a fim de evitar a corrupção, se candidate e peça voto.

  2. Elio Menezes permalink
    17/06/2014 13:43

    aplausos…

    a colocação de Boff, como retrata o racismo e eugenia a brasileira, discriminação de gêneros e outros, no ponto de vista cultural de um povo que ainda não deixam seus preconceitos históricos e que mesmo com o passar do tempo consiste enraizado numa sociedade repleta de hipocrisia..

  3. Maria do Rocio Macedo permalink
    17/06/2014 13:46

    Leonardo, ´´e extremamente preocupante tudo que tem acontecido, no Brasil. Ainda não consegui captar a exata extensão mas, podemos ter certeza de uma “orquestração” afinada
    entre Sistema, m´´dia capitalista/neoliberal, extremistas opositores e, tamb´´em instigações de credos perif´´ericos que, desde 2010, deflagraram, no Brasil, algo que não tínhamos visto, antes. Mandei carta ao M.D, mês passado, fazendo alertas importantes.

  4. José Luiz permalink
    17/06/2014 14:02

    Disse tudo. É impressionante que até os dias de hoje, 3% de nossa população detém mais de 50 % das riquezas do País.
    E detém a grande imprensa manipuladora, bem como deputados e senadores, os quais criam leis que os beneficiam a ponto de terem reduções legais e imorais nos impostos.
    Não querem um Estado atuante, porque são os “mais fortes” e pela força, econômica ou física mesmo, fazem prevalecer seus interesses.
    Tiram e colocam presidentes. Financiam campanhas da situação e da oposição, para criar a dependência.

  5. Thiago permalink
    17/06/2014 15:05

    Bilhões foram gastos na Copa do Mundo. Muito mais do que o que foi gasto na África do Sul, muito mais do que o que foi gasto no Japão, muito mais do que o que foi gasto na França. Quase nada (para não dizer nada) ficou pronto. O senhor queria que aplaudíssemos a presidenta? As vaias estavam entaladas na garganta de milhões de brasileiros que não puderam estar ali. Então o Brasil gastou bilhões para um evento feito somente para a classe rica e branca? O que sobrou para os oprimidos? A BRT no Rio de Janeiro que o senhor não usa? Pois é, eu uso, e constato que não está pronta! Enfrento engarrafamento dia de sábado na Penha, sabe onde fica a Penha? O senhor disse uma vez pra mim que eu não gosto de pobre, quer trocar de salário comigo? Ou quer dividir sua renda comigo? Não sou branquíssimo, nem de classe A, mas a Dilma e seu governo não me atendem. O governo do PT nunca respeitou ninguém, por que exige respeito agora? Ela citou as tais agressões que sofreu, mas não citou o sequestro que participou. Desculpe. mas não é digna de respeito não… é digna de vaias sim…Ela não é feminista? então homem pode ser vaiado, mulher não??? Por que não pode ser vaiada? Não quer ser vaiada? Coloque o Brasil no rumo certo!!! Ah, e o Regime Militar a que o senhor se refere, não se iniciou em 68, e sim em 64. Não tem o CAPES, e o CNPQ? Foram criados pelos militares. E os metrôs do RJ, BH, SP e outros? Construídos pelos militares! Ponte Rio-Niterói? Militares! Diversos portos? Militares. Que porto a Dilma construiu? Que obra ela fez? Não vale citar Cuba.

  6. Karla Lobato permalink
    17/06/2014 15:46

    Somente quem vive ética no sentido profundo da palavra é capaz desse olhar. Maravilhoso e orgulho de ser Brasileira e nao perder o senso de respeito pelo outro.Parabéns!

  7. Lucas permalink
    17/06/2014 16:01

    Belíssimas palavras.

  8. Nirava permalink
    17/06/2014 16:08

    Adoro tudo o que o Senhor escreve. Aprendo com suas palavras e considerações, citações. No entanto, não posso deixar de manifestar estranheza de sua defesa a presidente, neste episódio da copa, defesa esta, pelo que recordo, inexistente quando Joaquim Barbosa foi, acintosamente. ofendido, por André Vargas, com aquele punho em riste. Aquela ofensa sim, merecia defesa. O primeiro negro a ocupar um cargo no Judiciário Branco. O primeiro a não ter medo de assinar o acordão proferido segundo seu convencimento. O primeiro negro a sofrer isolamento por seus pares, o primeiro juiz negro a condenar os políticos que por suas ações macularam sua luta do passado. André Vargas afrontando Joaquim Barbosa me parece mais ato vil, digno de defesa ao Presidente do STF, do que a manifestação da galera ante uma presidente que não cumpriu e honrou o que prometeu, que não obstou que os “sempre donos do país” continuasse com as melhores fatias de tudo, uma presidente que em seu discurso ofende os brasileiros e trata fatos e números de gastos e investimentos como se o pais todo fosse tolo. Como diz matéria do Globo, vinda da BBC – xingar faz bem para saúde, no mais é muita hipocrisia defende-la como a Mulher Ofendida.

  9. 17/06/2014 16:20

    Prezado senhor Leonardo Boff, acredito que sua cronica não condiz com a verdade, o senhor se baseia em que para dizer que as “elites dominantes” estão descontentes? Sou brasileira, cursei escola e universidade pública a vida toda, meus pais são multiétnicos portanto sou multi-multiétnica, nasci no sul, lugar do Brasil privilegiado por clima, geografia e colonização. Passo dos 50 anos e meus pais estão nos 80 anos. NÃO SOU ELITE, NEM CRIA DE ELITE, porque mesmo se eu quisesse, não conseguiria pagar os preços abusivos que estão cobrando no estádios, trabalhamos, eu e meu marido pra dar sustento aos nossos 3 filhos, cuidar de meus pais que mal vivem com o dinheiro que ganham pros dois (1 salário), mesmo eles tendo trabalhado por mais de 40 anos cada um pagando a tal previdência social sobre 10 salários. Neste momento, minha mãe após ficar anos esperando uma cirurgia de catarata, acabou por ficar cega do olho operado e esta ‘tentando’ entrar na fila do transplante, sim porque, existem cotas de cirurgias impostas pelo SUS.

    Conto minha história pois sei das lutas que batalho para que meus pais, sogros e filhos tenham o minimo de assistência médica. Tenho uma casa alienada onde moram inclusive meus pais, tenho um carro financiado e mais nada, tenho contas de impostos atrasados pois 27 por cento de tudo o que ganhamos vai para o governo. Ou comemos e pagamos médicos e remédios ou pagamos impostos……

    Acredito que se eu estivesse lá, na posição que eu me encontro entraria para o coro, talvez com palavras menos rudes, pois fui educada pra respeitar os mais velhos, porém um “Fora Dilma, saia dessa cadeira ou faça alguma coisa por quem trabalha” com certeza ela ouviria de mim…. e eu, sou apenas mais uma pessoa tentando sobreviver aos desvarios de quase 12 anos de medidas provisórias e doação de dinheiro publico à outros países.

    Com todo o respeito que o senhor possa merecer, discordo de seu discurso socialista/comunista.

  10. Rose Gomes permalink
    17/06/2014 16:56

    Como mulher brasileira, cidadã e torcedora eu me senti e me sinto profundamente envergonhada com esse episódio. Suas palavras traduzem o aperto no peito que a maioria dos brasileiros está sentindo.

  11. Ana permalink
    17/06/2014 16:56

    Genial o seu texto!

  12. Elenilma Melo permalink
    17/06/2014 17:48

    Essas belíssimas palavras só poderiam ser ditas por alguém muito especial, professor Leonardo Boff! Essas pessoas realmente não nos representa… Deveriam respeitá-lá, afinal foi eleita democraticamente.

  13. rozangela permalink
    17/06/2014 17:50

    Gostaria apenas dr destacar, com pesar, este trecho:

    “Ignorante, sem educação e descarado não é o povo, como costumam pensar e dizer. Descarado, sem educação e ignorante é o grupo que pensa e diz isso do povo. São setores em sua grande maioria rentistas que vivem da especulação financeira e que mantém milhões e milhões de dólares fora do país, em bancos estrangeiros ou em paraísos fiscais.”

  14. Greice Bassinello permalink
    17/06/2014 17:59

    Bassinello@zaccaria. com.br, luiza.bassinello@gmail.com

    Enviado do tablet Samsung

  15. 17/06/2014 18:13

    Republicou isso em DESPERTAR DO SER INTERIOR.

  16. Ivanise Demaria Vieira permalink
    17/06/2014 18:28

    Não poderia ter explicação melhor, Sr. Leonardo.

  17. Filho da M permalink
    17/06/2014 19:49

    E as Obras da copa não envengonharam não??

  18. Darí permalink
    17/06/2014 20:30

    Parabéns Leonardo Boff pelo seu lindo texto e sábias palavras. Esses pequenos burgueses perderam o senso da civilidade e do espaço que tinham, agora estão desesperados.

  19. Fábio Reis Silva permalink
    17/06/2014 20:33

    Por essas e por outras palavras que continuo sempre um admirador de você Leonardo. Parabéns!

  20. maria de fátima cunha permalink
    17/06/2014 21:07

    Estas vaias só valeram porque acordou o Brasil .Ainda há tempo de despertar outros
    O Brasil todo precisa ler este artigo de Leonardo Boff..

  21. Paicida permalink
    17/06/2014 21:38

    É uma bênção podermos ainda contar com a lucidez de um Leonardo Boff para por o dedo nas feridas que sangram a nossa pátria mãe gentil tão envergonhada e desrespeitada por um grupelho que se intitula elite, mas não possui os requisitos nem os valores que os qualifiquem para um status superior.

  22. 17/06/2014 21:42

    Caríssimo mestre Leonardo Boff, concordo muito com suas palavras e me coloco mais uma vez em a seu lado.

  23. 17/06/2014 21:53

    Meu caro Leonardo Boff, esta dor só é sentida – ou valiosa – quando ocorre na pele dos seus? Quando assim também se comportam, e não em catarses coletivas mas em discursos elaborados, encontram também justificativas na história? Qual a diferença entre os atos criminosos que esta hoje senhora presidente cometeu contra a representação maior deste país à época da ditadura militar e a insubordinação das pessoas hoje contra a ditadura economica há tempos instalada? Por falar em preconceito, meu caro, até quando este discurso de casa grande e senzala? Pudera eu dizer na cara dessa gente traiçoeira e covarde, o que tem sido dito em coro por este país a dentro. Ps.: Sou mineiro, mestiço e professor.

  24. André Lacerda permalink
    17/06/2014 22:08

    Os tolos que promoveram o xingamento à presidente não se apercebem da patologia da qual são vítimas. Não veem o quanto estão sujeitos ao fascismo que hoje volta a ameaçar o mundo. Não desconfiam, nem de longe, que promoveram um triste espetáculo de covardia, intolerância e egoísmo. Mas ao mesmo tempo temos que reconhecer também que, infelizmente, o ocorrido não é nenhum “absurdo”, visto que nossa sociedade há muito chafurda numa triste crise social. Portanto, penso que temos, sim, que refutar em “alto e bom som” as manifestações preconceituosas mas, ao mesmo tempo, implementar, urgentemente, os direitos básicos geradores da cidadania.

  25. Eu Mesmo permalink
    17/06/2014 22:15

    Eu tenho mais vergonha da situação desastrosa que se encontra nosso país, uma vaia é pouco…

  26. Fernando permalink
    17/06/2014 22:16

    Meu caro frei,
    o seu amigo de Munique, ao bem lembrar do que os nazis faziam na Alemanha, cita os limites dos xingamentos dos daquela época e os limites dos que eram atacados pelos xingamentos. Quem conhece limites, mesmo sendo um idiota completo a ponto de seguir uma ideologia totalitária de terror como o nazi-fascismo, seja por convicção ideológica, seja por medo do poder reinante, teve educação. Educação de berço e educação acadêmica, de escola. Não é o nosso caso. Nossa elite sempre primou pela ignorância e truculência, pelo sexismo e pela violência, pela preguiça e pelo corporativismo que a protege numa malha invisível daqueles a quem considera inferiores. Criou um sistema de justiça que mercantiliza suas decisões baseado no tamanho da carteira do interessado, acobertando sob suas asas sujas todo tipo de vilania que acaba ganhando ares de legalidade inquestionável.
    O grande problema desta gente foi ver tantas e tantas pessoas melhorarem de vida e “invadirem” seu sacrossanto espaço de lazer nos cinemas, shoppings, aeroportos, cruzeiros marítimos, lojas de griffes, etc. Perderam a mamata da mão-de-obra barata porque a demanda desta cresceu muito com a oferta de vagas de trabalho e os “inferiores” estão podendo escolher onde, como e quando trabalhar. Negociar estes termos no mercado de trabalho é simplesmente inconcebível para os truculentos uma vez que o verbo negociar, para eles, só se aplica aos seus próprios interesses. Muitos perderam a mamata da mucama que fazia uma jornada de mais de 8 horas diárias em troca de um salário pífio para o trabalho autônomo, muito mais rentável e menos exaustivo, ou então porque não suportam pagar os direitos trabalhistas que esta classe trabalhadora finalmente conquistou após décadas de luta provando, assim, que a tal classe média não é tão abonada quanto quer demonstrar. É mais aparência do que consistência. É o jeito “Caras” de ser.
    Gente assim, como os que vaiaram a presidenta Dilma na abertura da Copa não tem o mínimo de noção da impropriedade do momento que escolheram para preconizar o fiasco que passou o atestado de estupidez inegável para o planeta inteiro, ao vivo. Porque não pensem os demagogos de plantão que o resto do mundo viu isto como um show de indignação. Não viu. A maioria absoluta dos jornalistas fez a mesma análise: um ataque à democracia do país em época pré-eleitoral por setores ligados à extrema direita Brasileira, os únicos capazes de adquirir a preços vultosos os ingressos dos jogos. Comportaram-se como seus filhinhos mimados que, ao serem contrariados, emburram e sapateiam, dando xilique até conseguir o que querem. Mas isto teve um lado muito bom. Mostrou que na divisão de classes existente aqui dentro do Brasil os perigosos são justamente os que estão dentro do estádio. Fora dele as manifestações também estão sendo acompanhadas por jornalistas e apontadas como pacíficas, em sua maioria. A truculência, como sempre, fica por conta da PM.
    Mas voltando à classe média, ou elite, como queira, o que se pode esperar de um país que foi colonizado a partir de restos de população indesejável? Portugal não queria enviar seus cidadãos de bem para as colônias então esvaziou as masmorras, pôs os bandidos em barcos e os despachou para o Brasil com a promessa de que se sobrevivessem aos índios e enricassem poderiam voltar a Portugal e comprar um título de nobreza e viver de rendas, COISA QUE OS PORTUGUESES SEMPRE ADORARAM FAZER PORQUE DESDE SEMPRE ODIARAM TRABALHAR. Eu não sei que diabos tem essa gente que tem tanta aversão ao trabalho. Se existe uma sociedade dividida em castas na Europa é Portugal e essa maldita herança veio para cá. Isso é um câncer no nosso genoma. Enquanto Espanha criou a primeira universidade nas Américas em Santo Domingo (corrija-me se estiver errado) ainda na primeira metade do séc. XVI o Brasil só foi ter uma universidade na primeiras décadas do séc. XX!!! São 500 anos de atraso! Manter o povo na ignorância absoluta é uma das táticas que herdamos dos nossos colonizadores preguiçosos que não queriam desenvolvimento, somente tetas para mamar e maracutaias para aumentar seus ganhos sem muitos esforços! E se a elite é preguiçosa e burra ela se esforça em manter seus subordinados ainda mais burros e estúpidos. É uma tarefa hercúlea e que está sendo vencida pela informação e pelas políticas sociais dos últimos anos. E isto é um terror para a classe média porque se ela quiser se manter hegemônica vai ter que sair da zona de conforto e isso não é bom…
    O Brasil foi a colônia que mais teve escravos, por mais tempo e o último a abandoná-la e ela ainda existe em nosso território. Volta e meia se descobre em alguma fazenda ou nalguma confecção chic de São Paulo um bando de gente trabalhando em condições sub-humanas, sob ameaças físicas e morais e recebendo salários pífios. Inclusive uma destas confecções, a ELLUS, fez uma campanha anti governo estampada em suas roupas a preços que os coxinhas adoram pagar para desfilarem nas baladas regadas a cocaína e ecstasy.
    Nossa classe média financia o tráfico de drogas e de armas consumindo estas porcarias e fechando os três olhos que tem no corpo (entenda quem quiser) para não ter que admitir que seus filhos são drogados. Só admitem quando são pegos em flagrante nalgum crime bárbaro ou num acidente grave. É essa classe média que suspira em ser européia mas nunca leu Proust nem sabe o que representa a personagem de Swan; que acha que a 5ª de Beethoven é só tchan, tchan, tchan, tchan e que a alternância de dinâmica em sua música se dá porque era surdo (rsrsrsrsrsrsrsrs Meu Deus! eu ouvi muito esta pérola quando ainda lecionava); que acha o máximo o Diogo Mainardi negando no twitter que Santos Dumont tenha sido o primeiro homem a fazer um vôo com um aparelho dirigido, repassando esta honra a seus amigos, “quase conterrâneos”, irmãos Wright; que acham lindo as besteiras que o Reinaldo Azevedo fala na Veja, mesmo quando tenta desclassificar o trabalho do cientista Nicoletti, o pai do exoesqueleto que a FIFA nem mostrou na abertura da Copa; que acha que uma visita programada de 3 horas aos museus de Paris vai fazer dele(a) um expert em arte e que sertanejo universitário é a maior expressão musical do país; que acha que para ser alemão – como no caso de sulistas – basta ser protestante, comer chucrute, conhecer umas musiquinhas e vestir roupas com suspensórios. Não. Isto não é ser alemão. É ser anacrônico. E estranho. A mesma coisa com italianos, etc, etc, etc. E por aí vai. Todo mundo quer ser diferente. Diferente do Zé e da Maria, neguinhos, que não sabem direito nem quem foram seus avós. Deus os livre! Classe média que se preze entra na internet e procura num site fake de heráldica por algum brasão de família e uma linhagem nobre – mais fake ainda. E depois de tanto se empanturrar com coisas que não acrescentam nada a ninguém, estufam o peito indignados para falar das mazelas do país que está à beira do precipício e mandar a presidenta… bem, não vou reproduzir a baixaria dos pulhas.

    • Clara Sebastianes de Araújo permalink
      28/06/2014 9:59

      Muito interessante sua resposta! Fico animada lendo textos assim!

  27. Nina Maria Menezes Fonseca permalink
    17/06/2014 22:55

    Fico perplexa de uma pessoa do quilate e que já foi tão rejeitado dentro da própria vida que escolheu, o clero, venha com este discurso de elites; eu não sou elite, sou aposentada pelo INSS, e claro, jamais usaria palavrão, mas vaiar a Presidente, claro que vaio. Ela e o Lula foram a maiores decepções políticas que este país já viu, prometeu acabar com a corrupção e o que vemos não é propriamente isto. Nunca mais darei crédito a suas palavras Sr. Leonardo Boff.

  28. Dilmara Andrade permalink
    17/06/2014 23:02

    Não me canso de admira-lo! fala por nós, pelo povo trabalhador brasileiro!!!!!!!!!!!Dilmara Andrade

  29. 17/06/2014 23:05

    Muitíssimo bem pensado e escrito! Parabéns sr. Leonardo Boff!

  30. pauloroberto permalink
    17/06/2014 23:06

    Lula xingou o ex-presidente Itamar Franco de filho da puta. Onde ele se enquadra no que foi escrito acima?

    Uma turba, capitaneada por José Dirceu (hoje em merecido repouso no presídio) agrediu o ex-governador Mario Covas, então paciente terminal de câncer. Considera isso ético?

    Em 31 de maio, p.p., uma multidão que assistia a um show de rap, iniciou o “Dilma, VTNC! Epa! Eu disse rap? Bom, não era a elite branca branquíssima, certo? Na filmagem, aparecem brancos, mulato, negros, e, sim, até poderia ter alguns “filhos da elite” por ali, mas conheço esse tipo de show, e seus frequentadores.

    Mas voltamos ao fato do monumental VTNC do estádio: a copa do mundo no Brasil foi engendrada pelo pt, pelo lula, pela dilma.

    A elite estava lá, sim, porque pobre não podia pagar pra entrar na festa. Isso é o que dizem, é é uma mentira, como todos nós sabemos.

    Os pobres, a elite, OS BRASILEIROS, estavam lá, todos representados.

    A máscara do pt caiu. Agora, é esperar outubro e vermos no que vai dar.

    Em tempo: eu não vaiei a presidenta dilma, nem gritei o vtnc, porque, simplemsnete, eu não estava lá.

  31. 17/06/2014 23:37

    Uma minoria de pessoas mal educadas e grosseiras, que não pensaram duas vezes em enxovalhar a representante da NAÇÃO brasileira.

  32. neiva permalink
    17/06/2014 23:44

    este governo que esta ai ,por que é talvez o único pais que se querer mudar de vida e ganhar dinheiro com seu trabalho e feio bom mesmo e ficar ganhado bolsa familia e ser curral eleitoral e usar a nessecidade do povo como moeda de barganha uma vergonha,porque seu Leonardo os paises de religião católica só tem colegios para elite são por sinal os melhores lá não entra pessoas com bolsa família quero um pais onde tenha oportumidades pq não quero essa politica suja q está ai não se elege politicos pra fazer parganha conchavos e corrupção isso sim e feio hospitais caindo ous pedaços e escolas com carência de tudo ,pq e mais bonito contruir escola do q presídio não acha ,aqueles q estavam no estadio também pagam impostos e tem todo direito de se manifestar por que vivemos em uma democracia ,acho muito triste dividir um pais em classe que tem direito e outra não por que rico não e brasileiro ,jogador ,artistas e outros deixam de ser do povo depois que ficam ricos perdem o direito de se manifestar?acho que não deviam ter mandado ela tomar no c por que ela foi eleita pela maioria e querendo ou não ela e a autoridade maior representando o pais ficou feio ,mais agora achar pq quem esta no estadio tb não tem diritos vai longe demais.

  33. Rosario de Fátima permalink
    18/06/2014 5:14

    CONCORDO PLENAMENTE……A VERGONHA DESTE PAÍS É SEU BAIXO NÍVEL DE EDUCAÇÃO…..INSULTAR A PRESIDENTE DESTE PAÍS É VERGONHOSO E TRISTE PARA TODOS OS ESTRANGEIROS AQUI PRESENTES PELA COPA DO MUNDO. 18/06/2014,,,,

  34. Filomena Elsa da Silva Reis permalink
    18/06/2014 5:19

    Graças a Deus leio algo de positivo a respeito da nossa presidenta. Fiquei chocada com a reação desrespeitosa contra ela.Parabéns,Leonardo Boff, você é muito especial.

  35. 18/06/2014 7:48

    Mas a Copa não é para o “povo”, foi feita para essa elite que tem condições de pagar os ingressos absurdos, então, parece muito bom explorar o capitalismo para supostamente tentar implantar esse regime que o PT quer estabelecer. Vide decreto presidencial que quer “venezuelar” “bolivarizar” o Brasil.

  36. 18/06/2014 8:00

    .
    DESRESPEITO À PRESIDENTA DO BRASIL (postado em 12/06/2014)
    .
    Há um limite ético e moral, alcançado pela Civilização, entre aquilo que é oposição política e aquilo que é respeito pessoal.
    Indivíduos desprovidos desses valores, desconhecem esses limites e ofendem as pessoas.
    Ninguém gosta e não é permitido, ser ofendido pessoalmente !
    Pense nisso … (12/06/2014)
    .
    E o pior …
    Os ” revoltados da direita ” são todos COVARDES e MESQUINHOS , porque usam o anonimato e o efeito de ” mob ” para externar suaxxxxxxxx ” caprichoxxxaaasss ” contrariedades .
    Falta-lhes personalidade … (12/06/2014)

  37. 18/06/2014 8:07

    .
    OLHEM AÍ , AS ESPERTEZAS DA ” direita ” raivosa e oposição vencida …
    pic.twitter.com/03uRM9IMmq
    Papai da Lala Rudge, a socialite boca suja que mandou Dilma ir tomar no cu, é vice do Itaú, que deve R$ 18 bi ao IR.

  38. Adriel rodrigues permalink
    18/06/2014 8:32

    Achei muito pertinente sua matéria professor, são pessoas como você que realçam a nossas dignidade de povo sofrido, mas que não deixa de caminhar diante das adversidades.

  39. 18/06/2014 9:09

    Fui criado na probreza no sertão da Paraiba, mas meus pais mim ensinou uma coisa,respeitar as pessoas, e vou falar fiquei com vergonha do que fizeram com a Presidente dessa Nação, foi muito vergonhoso, falo isso pela pessoa Dilma, ela não merecia ser tratada dessa maneira, ela e nossa presidente e merece respeito, que goste ou não devemos respeitar a Dilma como pessoa como Brasileira. a não sou PETISTA SOU BRASILEIRO.

  40. Clara Sebastianes de Araújo permalink
    18/06/2014 9:33

    Não presenciei os insultos. Soube deles pelo noticiário. Insultos não levam à nada construtivo.

  41. Sandra Monteiro permalink
    18/06/2014 10:01

    Sr. Leonardo,
    Em primeiro lugar, parabéns pelo texto, compartilho na rede.
    Em segundo, venho solicitar sua colocação sobre a situação dos moradores da comunidade do Horto, no Rio de Janeiro.
    Estamos sendo massacrados pela mídia interessada nesta área, passamos de ex- funcionários solicitados a ocuparem a área por questão de segurança no passado a invasores,
    Sabemos que o assentamento da comunidade proposto pelo SPU foi drasticamente modificado por manipulação especulativa, convenceram a população e alguns órgãos públicos do perigo que estamos causando a esta área, que na realidade está preservada até hoje pelas nossas próprias intervenções no passado.
    Entendendo seu olhar humanitário sobre as questões sociais, venho pedir humildemente que nos acolha, andamos órfão de pais honestos.
    Estamos á disposição para todas as informações
    abraço fraterno
    Sandra Monteiro

  42. Silvana Cabral permalink
    18/06/2014 10:35

  43. Jony Ley permalink
    18/06/2014 11:18

    GOZADO QUANDO O PT ERA OPOSIÇÃO E, QUANDO UM GOVERNANTE ERA “XINGADO” PELA MATILHA DO PT, ELES DIZIAM QUE A VOZ DO POVO ERA A VOZ DE DEUS E, AGORA MUDOU O PROVERBIO? O LULA XINGOU O ITAMAR, O SARNEY O COLLOR E, ESSES XINGAMENTOS NUNCA FOI CONSIDERADO PELO BOFF SELVAGERIA. QUEM NUNCA RESPEITOU AGORA SER SER RESPEITADO? FALA SÉRIO!!!!

  44. JOSÉ JACINTO permalink
    18/06/2014 12:01

    PARA OS DESINFORMADOS, FOI ANTES DA COPA, EM RIBEIRÃO PRETO E NÃO ERA ELITE BRANCA QUE ESTAVA LÁ.

    • ANA CAROLINA permalink
      26/06/2014 20:48

      Eu estava lá e não gritei, não acho certo isto, acho baixaria e ridícula a posição do Rappa. Sempre gostei da banda, mas não gostei do que fizeram. Não sou defensora do governo do PT, tenho minhas críticas, mas é muita alienação culpa-la por tudo, e esquecer que não é só ela, a corrupção está em toda nossa política, infelizmente. E não adianta se iludir que colocando o Aécio lá vai melhorar, ai é que estaremos ferrados mesmo!!! O mensalão do PT pelo menos foi julgado, as pessoas foram punidas (algumas coisas foram até injustas para os julgados), mas e o mensalão do PSDB? Ninguém nem fala, e foi no PSDB que tudo começou….Vamos pensar mais, refletir mais antes de sair falando bobagem…

  45. 18/06/2014 12:02

    Não discordo quanto a existência desta elite brasileira e o quanto, durante toda a nossa história, ela manifestou-se sempre a favor de suas próprias necessidades. Mas é preciso também considerar, que o governo do PT, apesar das conquistas sociais, tem demonstrado a mesma ganância, volúpia e fome, para com os cofres públicos e o poder. O PT não serve mais de referência para nada neste país, pois são vários os exemplos de desmandos, de falta de ética e de desrespeito as leis. Se esta elite estava representada no estádio é porque somente ela tem as condições financeiras de lá estar presente, nesta copa que é apenas mais um evento para a realização dos desvios de verbas públicas e para tentar demonstrar para o mundo que o Brasil está (o que não é verdade) no mesmo nível dos países do primeiro mundo. Já é hora de parar de culpar as elites – neste discurso pseudo marxista sempre utilizado, por manifestações contrárias a ordem política vigente, porque entre as demais classes sociais brasileiras, existem aqueles que, não estando no Itaquerão, também se manifestariam, se oportunidade tivessem.

  46. valeria kajota permalink
    18/06/2014 12:17

    http://youtu.be/ReKlCLwwOTU O PT roubou, O PT roubou, O PT roubou, OOOO…

  47. Edvaldo (Osasco) permalink
    18/06/2014 13:35

    Infelizmente as mesmas pessoas que gastam sua energia vaiando são as mesmas que ficam imóveis perante aos problemas que os cercam tão de perto. Estas pessoas são capazes de ir ao estádio, até mesmo brigam, xingam, mas na hora de abraçar uma causa nobre se fecham seus mundinhos medíocres, não são capazes ao menos de lutar por melhores condições de vida em suas próprias ruas, não levantam uma palha pra mudar os bairros onde vivem, não são capazes de olhar sequer pro vizinho do lado e oferecer uma ajuda.

  48. Isis Lima Ferreira permalink
    18/06/2014 14:14

    Concordo com o Sr. Professor. O desrespeito não é nossa raiz. Até porque fomos obrigados a respeitar, aceitar e à humilhar-nos, forçosamente, por esta elite que é a mesma de séculos atrás na escravidão.

  49. 18/06/2014 14:53

    Não há o que condenar a reação de um povo,diante dos absurdos cometidos,por esse governo petista,que deseja transformar o seu governo em um estado pleno e soberano.A maior imoralidade partiu dese governo,que se isola,mantendo o congresso nacional,o STF a seu serviço e caprichos…O bolivariano poder que se tenta implantar no Brasil,será combatido ,sempre..Vaias e xingamentos são as armas que disponibilizam a um um povo desarmado por,balas de borrachas,por gás de pimenta,por PECs e futuros decretos.A luta apenas começou. Viva a liberdade!!Viva nossa democrática Pátria Brasil.

  50. 18/06/2014 14:55

    Não há o que condenar a reação de um povo,diante dos absurdos cometidos,por esse governo petista,que deseja transformar o seu governo em um estado pleno e soberano.A maior imoralidade partiu desse governo,que se isola,mantendo o congresso nacional,o STF a seu serviço e caprichos…O bolivariano poder que se tenta implantar no Brasil,será combatido ,sempre..Vaias e xingamentos são as armas que disponibilizam a um povo desarmado por,balas de borrachas,por gás de pimenta,por PECs e futuros decretos.A luta apenas começou. Viva a liberdade!!Viva nossa democrática Pátria Brasil.

  51. ANTONIO CARLOS permalink
    18/06/2014 14:58

    O pior de tudo é que existe uma campanha violenta nas redes sociais contra a Presidente Dilma, e muitas pessoas estão engolindo isso com verdade absoluta… Vamos parar e pensar, gente !!!

  52. Lafayete José Batista permalink
    18/06/2014 15:44

    É lamentável o modo mal educado com que essa gente se comporta diante de um evento dessa magnitude , visto por todo o mundo. Que vergonha fez essa gente diante do Brasil e diante das autoridades nacionais e internacionais presentes neste evento tão importante.

  53. Sandra permalink
    18/06/2014 16:54

    Sou leitura assídua da sua página. Votei no PT na esperança de mudança e confesso que fiquei muito decepcionada com o que vejo: as “conquistas” do país não refletem no dia a dia, nos setores primários mesmo, principalmente na saúde e na educação. Os programas sociais ajudam uma parcela de quem realmente precisa, mas a outra parcela, a que não precisa, usufrui de forma repugnante, pois assisto comunidades carentes e vejo isso de perto, todos os dias. Em virtude disso, os termos “elite branca” ou “gente branquíssima” soam um tanto pejorativo, pra não dizer preconceituoso, já que o fato de não está sendo usado gente “negra, preta” não muda a intenção. Também percebo uma contradição no discurso: ” São setores em sua grande maioria rentistas que vivem da especulação financeira e que mantém milhões e milhões de dólares fora do país, em bancos estrangeiros ou em paraísos fiscais.” Não vejo diferença nas atitudes dos grupos e lideranças políticas do Brasil! Quem do PT enriqueceu honestamente? O próprio Lula e seus filhos fazem parte da elite rentista, que vivem da especulação financeira; as alianças, as quais o PT buscou, Maluf por exemplo, não mantém milhões e milhões de dólares fora do pais? Os condenados do mensalão são exemplos de honestidade e bom caratismo? Não consigo enxergar diferença alguma na direita nem na esquerda política do Brasil!! Essa deficiência política é cultural… E se há alguma alma realmente honesta e que coloque os interesse públicos acima dos interesses pessoais, visando o povo como um todo, e não penas uma parte (classe), tomara que apareça antes das eleições… Estou me perguntando: será que há a troca saudável de interesses na política brasileira?

  54. denilson felix da silva permalink
    18/06/2014 18:04

    Lembro-me de um época em que o ex-Presidente Lula, que se ajuntou a elite branca para ser eleito presidente, xingava o então presidente do país, Itamar Franco de filho da puta, e nessa mesma época ele xingava outras pessoas também. Não sou da elite, mas não concordo com esse texto em defesa da presidente, Sinto, pois sou admirador do autor em questão.

  55. 18/06/2014 20:11

    Vejo, que não há comentários, sou o primeiro, digo, não há o que comentar. É refletir, pensar, aplaudir, Deus me livre de um dia agir assim, e olha, acho que tenho motivos p. xingar FHC, Aécio, Alckmin e “quetais”. Prá encerrar sou paulista, a princípio me envergonhei, desse coro insano, estúpido, vir da minha terra, porém, eles não me representam, eles representam a mesquinhez, e eu não me acho mesquinho, e sou paulista.

  56. Alexsandro Ferreira permalink
    18/06/2014 20:12

    Caro Leonardo falo com uma voz de respeito e discordância de suas conclusões. Não se espera que uma celebração entre os povos comece com xingamentos, isso não deve ser aprovado por ninguém, mas há itens mais simples não considerados na sua argumentação. É o comportamento dos brasileiros no estádio de futebol, não se espera que mudem em um único evento;
    Vaias a presidente tem se repetido a um ano em vários eventos;
    Há um descontentamento generalizado de sua gestão, pois sabemos não é uma figura autônoma, mas cumpridora de tarefas do grupo a quem serve;
    Penso que são questões mais objetivas, menos teóricas.

  57. Maria das Dores Maciel permalink
    18/06/2014 20:28

    Leonardo Boff adorei o seu texto………e estou lendo o seu livro Ética da Vida ,,,,,,,lindo…..beijinhos

  58. marcus permalink
    18/06/2014 20:29

    parei quando li sobre cor… por favor, falem de fatos, não relacionem nada com cor de pele! Vc vai estar sempre generalizando e errando quando fizer isso.

  59. Irene Serafim permalink
    18/06/2014 20:40

    torno a repetir, sou contra essa agressão que fizeram com a presidenta Dilma, ela não merecia isso ,Gente ela é uma autoridade do nosso país, ficou muito feio para nós brasileiros !

  60. Luis permalink
    18/06/2014 21:47

    Muito precisa esta postagem. De certa forma fico feliz em ver as víboras mostrando as presas…….quem sabe o povo menos esclarecido (diga-se “cego) começa a enxergar…….

  61. Maria José Ribeiro permalink
    18/06/2014 22:06

    É um acontecimento tão absurdo e revoltante, que não encontro nem palavras para classificar a manifestação desses monstros da sociedade. Meu repúdio, como mulher, como ser humano, como cidadã e principalmente como brasileira. Sem mais palavras…

  62. Auler permalink
    18/06/2014 22:55

    te respeito muito Boff, mas… algum texto seu sobre a ética dos xingamentos a Joaquim Barbosa? Obrigado.

  63. Joao Carlos permalink
    19/06/2014 6:56

    Estádio de futebol Brasil afora sempre foi palco de palavrão contra juízes, locutores, jogadores etc. Faz parte da nossa cultura esportiva. Ainda assim, acredito que esses insultos não foram dirigidos à pessoa da presidente mas sim ao governo que ela representa, à Petrobras, ao Mensalão e à roubalheira que culminou nessa Copa. Ficar culpando elite pra mim é mudança de foco! E viva a copa.

  64. Cleber permalink
    19/06/2014 7:25

    Pr. Boff, foi lamentavel a atitude de alguns no estadio, terem usado de palavras xulas contra um Presidente da republica. Porem voce fala de gente branquissima de classe A e usa de antropologia brasileira para encapsular sua tese. Eu sou branco e vim de familia pobre minha linhagem pelo lado do meu avo, tenho sangue portugues, pelo lado da minha avo indio e possivelmente sangue negro nunca fiz levantamento genetico na familia. Com muito difilculdade consegui me formar no CEFET e somente agora com 50 anos estou comecando uma pos-graduacao, esse e meu background. Nao estava la no estadio mais
    diria a voce que protestaria sem sombra de duvida dando uma vai na minha presidente, para ver se com isso posso acorda-la e pedir a ela que seja mais verdadeira. Um dia antes da abertura ela se pronunciou dizendo que na copa tinha envestido algo como 9 bilhoes de Reais, porem na saude no seu governo ela investiu 1 trilhao e 700 milhoes. Ai Pr. Boff como brasileiro nao pertencendo a nenhum partido e so teria a dizer a Presidente da replica. Uuuuuuuuuuu! sempre respeitei racas, meus melhores amigos de infancia foram negros, trabalho em um pais de raca negra. Porem para mim a palavra ” branquissima ” e revanchismo que mascara ou tenta mascarar as mazelas que estao ai e que sao de reponsabilidade de quem esta no Poder. a biblia diz o que o homem semear isso ele ceifara. (estou sem acentuacao no teclado)

  65. 19/06/2014 9:04

    Caro Frei Leonardo: Infelizmente em nosso amado País temos de aceitar a triste realidade de convivermos dia a dia com esse triste contraste, de estarmos a toda hora sujeitos a encontrar, ouvir e até mesmo esbarrar em pessoas como as que o preclaro teólogo citou. Acho mesmo que podemos comparar essa pessoas com o joio citado na Escritura, que infelizmente tem de permanecer até a trombeta tocar. Culpa disto têm também os defensores da toral ausência de censura nos meios de comunicação, e da liberdade irrestrita de expressão, até mesmo esta defendida em nossa Constituição. Hipoteco minha solidariedade ao seu manifesto, concordando com cada ponto e vírgula. E vamos continuar firmes com a exortação Paulina, porque afinal, para onde iremos nós sem este aval: “E não nos cansemos de fazer bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido”.

  66. Clarice Antunes permalink
    19/06/2014 10:05

    Maravilhoso;!!! Sensacional!! Muitos comentários li a respeito das ofensas sofrendo pela Presidenta Dilma Rousseff, na abertura da Copa do Mundo, Jean Willian que é oposição falou lindamente a favor de Dilma, ficando inteiramente ao seu lado como apoio de um cidadão. Mas ao ler um Mestre como Leonardo Boff não tem preço. Ele aponta claramente quem é o “povo” que insultou-a voltando a 500 anos atras. Em alguns momentos seu texto é pura poesia ao criticar a fala de candidatos que querem concorrer a Presidência da República… “Estamos fartos de lideranças medíocres que quais galinhas continuam ciscando o chão, incapazes de erguer o voo alto das águias que merecemos e que tenham a grandeza proporcional ao tamanho de nosso país”. … Magnifico! Que orgulho de ter meus sentimentos explicitados em tão eloquentes palavras! Isso sim é educação!

  67. Tamara Telles Ribeiro permalink
    19/06/2014 12:53

    Concordo com Boff, uma vergonha ela não merece ser tratada assim, aliás ninguém.

  68. 19/06/2014 15:12

    Caríssimo Leonardo,
    Não concordei também com a atitude de parte da torcida no estádio. Não é desta maneira que vamos conseguir mudar algo. Infelizmente a educação nunca foi o forte em nosso país. Na época de “aborrecente” frequentava o estádio do maracanã para acompanhar o meu Mengo. A arquibancada transforma um rei em um plebeu. Todos os tipos de palavrões chulos são dirigidos aos adversários e alguns cânticos chegam a passar dos limites. Tivemos um exemplo (quis dizer péssimo exemplo) a pouco tempo no clássico carioca do meu time contra o Vasco, quando o técnico da equipe cruzmaltina Ricardo Gomes, passou mal sendo deslocado para um hospital onde exames revelaram um AVC. Alguns imbecis da torcida do meu time cantaram: “Ehhhhhh vai morrer”

    É quase impossível mudarmos a educação destas pessoas. Hoje em dia não resido mais no Rio e o futebol para mim já não é mais uma diversão. Será que em estádios ingleses, alemães ou italianos vemos uma torcida em coro cantando para o outro adversário que vai comer o c..dele ? Ou “elogiando” a mãe do juíz? Eu realmente não acho que isso aconteça, mas aqui é normal (eu definiria como anormal…..mas dentro da nossa cultura onde campo de futebol o cara vai para ver o time e extravasar as desavenças da vida..).

    Para concluir. A atitude foi péssima, mas uma demonstração do quanto precisamos evoluir. Não gosto da nossa líder Dilma, já votei no PT e hoje em dia não voto mais (e nem voto em PSDB), ando desiludido com a política mas jamais ofenderia o líder da minha nação eleito democraticamente. No quesito educação ainda estamos na idade da pedra !

    Abçs e parabéns pelo texto.

    Carlos

  69. Silvio permalink
    19/06/2014 20:52

    Eu concordo em parte com as suas idéias. Você pareceu-me um pouco tendencioso neste seu artigo. Veja só, a presidente Dilma veio da elite. Estudou nos melhores colégios. Nunca precisou trabalhar. Se os xingamentos dirigidos à ela vieram de uma “elite branca”, foram da elite branca para a elite branca, não concordas? Este é o primeiro contrassenso do seu artigo. O segundo que eu vejo, refere-se ao xingamento em si. Em 1993, o líder maior do PT xingou o então presidente Itamar Franco de filho da p*, conforme registrado pela assessoria da presidência da república, à pedido do próprio Itamar Franco. Ora, do que os petistas estão queixando-se, se o seu líder maior tem esta postura? Ele pode e os outros não podem? Outro contrassenso: o PT, que se diz um partido do povo, preparou esta copa para a elite? Se quem xingou a presidente Dilma (que foi o estádio inteiro) foram pessoas da elite branca, como um partido do povo prepara uma festa destas para a elite e fala mal da elite? Não consigo entender isto.

  70. Direita permalink
    19/06/2014 22:38

    isso é tudo reflexo de quem governa o país, o povo tá cansado

  71. Valber Campores permalink
    19/06/2014 22:53

    Aprendi que para entender comportamento humano é preciso conhecer a história, e fico muito feliz pela existência de indivíduos especiais, cujas palavras nos dão a oportunidade de entender o Homo sapiens, pelo menos, de tentarmos compreender… Parabéns professor, tive o privilégio de conversar horas contigo e sei o quanto és importante para milhares de pessoas que buscam uma saída para o nosso futuro comum, ameaçado pela nossa deficiência de nos entendermos membros de uma espécie cujo viver é essencialmente coletivo.

  72. Jane Medeiros permalink
    20/06/2014 10:43

    Nos Estados Unidos existe a expressão Wasp para designar a elite branca (white), Anglo-saxônica e protestante, considerada conservadora, arrogante e racista. Seu ápice mais recente foi quando Obama se lançou candidato a presidente pela primeira vez. Depois do episódio com a Dilma no Itaquerão, fiquei pensando que, no Brasil, a elite correspondente poderia ser chamada de “os Brics”: brancos, rentistas, ignorantes, conservadores e sexistas. O R, que havia pensado para Ricos, ficou mais apropriado ao ler esta certeira análise de Leonardo Boff.

    • maurilio permalink
      20/06/2014 13:55

      Querida, na minha opinião, lendo o seu comentário, tenho certeza de que não conhece, ou não se importa com a forma com que este governo, atua! Não estou a justificar os palavrões, mas,a simples lógica nos ensina que: Se plantamos um pé de morango e cuidamos dele = colhemos morangos deliciosos, se plantamos um pé de erva amarga= cedo ou tarde provaremos algo amargo.

  73. ANA CAROLINA permalink
    20/06/2014 11:25

    Prezado Leonardo,
    Sou uma grande admiradora de suas ideias e de sua pessoa, e confesso que apesar de ter me decepcionado um pouco com o governo do PT, votei duas vezes para o Lula, e nas últimas eleições para Marina. Concordo plenamente quando o Sr. repudia as pessoas que dirigiram palavrões para a Presidenta, mas acho que não podemos tapar os olhos para os muitos erros cometidos por seu governo. Sei que na política infelizmente a corrupção e a falta de ética predominam, e que não é fácil lidar com a corja que há muito domina nosso país, mas não sou adepta da ideia maquiavélica de que “os fins justificam os meios”, e apesar de parecer utópica, ainda acredito que mais vale um bem construído com raízes verdadeiras, ainda que este demore mais para acontecer.
    Gostaria de saber o que o Sr. acha sobre o fato de ainda hoje na política estar tão presente o marketing. Todos nós sabemos de seus perigos, haja vista seu precursor Hitler, e, no entanto, nada se faz contra isto, não só no Brasil como no mundo. Para mim é um verdadeiro absurdo termos que tolerar estas propagandas políticas ridículas, que nada dizem sobre as verdadeiras ideais e atitudes dos nossos candidatos. É um meio muito cruel de manipulação do povo, de colaborar para sua alienação.
    Acho louvável que o governo do PT tenha conseguido tirar milhões de pessoas do estado de miséria, sou a favor de muitas bolsas assistenciais (não todas, pois tenho um amigo que ganha quase R$ 20.000,00 por mês como funcionário público da receita e recebe cerca de R$ 2.000,00 de bolsa para incentivo ao esporte), mas não acho que isto justifique um bom governo. Hitler também ajudou muito a Alemanha antes de mostrar sua verdadeira face, foram cerca de 7 milhões de pessoas introduzidas ao mercado de trabalho em seu governo. Não estou dizendo que o governo do PT seja como o de Hitler, mas acho que eles devem ser mais críticos consigo mesmo, pois caso contrário cada vez mais demonstrarão uma sede terrível de poder, e não de realmente governar em favor do povo.
    Minha grande decepção com o PT acredito que consista nas péssimas alianças que andou fazendo (para governo de São Paulo se aliar com Paulo Maluf?? Sei que se não fosse o PT, seria a oposição, mas não consigo concordar com isto de forma alguma), por fazer uso constante do marketing, e por nunca reconhecerem seus próprios erros (como o fato de terem criado tantos ministérios e não terem realizado a reforma agrária, por exemplo). O PT assumiu os mesmos meios de jogo que todos os outros partidos.
    Nestas eleições provavelmente anularei meu voto ou votarei no Eduardo Campos (ainda preciso me aprofundar mais em sua figura, mas gostei muito de uma entrevista dele no programa Roda Viva da TV Cultura), e apesar de preferir mil vezes a Dilma que o Aécio, sou obrigada a concordar que um pouco da rejeição que a Presidenta vem enfrentando (o que não justifica o que ocorreu na abertura da copa), foi ela mesma sim que plantou, pois não soube, ou não pode (difícil julgar) reagir como deveria contra as cobras que ocupam nosso Senado, nossa Câmara, nossa política e nosso empresariado.
    Talvez já seja a hora mesmo de rompermos com esta eterna oposição entre PT e PSDB e procurarmos uma outra alternativa, pois infelizmente o projeto do PT ao meu ver tem sido realmente mais um projeto de poder. Sei que sou muito idealista, e que o mundo da política envolve muita coisa, mas nunca vou deixar de acreditar na verdade, na justiça, na liberdade e na transparência, acima de tudo.

  74. 20/06/2014 11:35

    Reproduzo aqui o Poema de Augusto de campos. VIVA DILMA, VAIA AOS VIPS.

  75. 20/06/2014 12:47

    Mui amiga esta Ana Carolina! Passe no Concurso da Receita Federal… Nunca neste país promoveu-se tanto concurso. Tenho um amigo que ganhava dois salários mínimos e nunca conseguia passar num concurso. Foi aprovado para Receita Federal, fiquei feliz, pois parecia que ele havia ganho na Loteria. Não é fácil e são poucos entre os milhões que assim desejam galgar um lugar no topo dos empregos. Isto se chama, mobilidade social!!!

    • ANA CAROLINA permalink
      22/06/2014 16:42

      Gael, me desculpe…ou você não me entendeu, ou eu não entendi seu comentário. Concordo ser muito difícil passar em concurso público, acho merecido que após tanto esforço, alguém passe e seja chamado, e no caso deste amigo que falei, fico feliz por ele sim. Também estudo para concursos. O que critiquei é o fato do meu amigo já ganhar bem, já ter um bom emprego, e ainda ganhar uma bolsa de incentivo ao esporte. Não sou contra incentivar o esporte, mas acho que poderia haver outro meio. E também não sou contra bolsas assistenciais, mas acho que uma pessoa que ganha cerca de R$ 20.000,00 por mês não deveria ganhar ainda uma bolsa para incentivo ao esporte.

      • 29/06/2014 11:34

        As bolsas assistências são classificadas por meritocracia, exemplo da pesquisa de incentivo ao esporte, benefício a estudante objetivando apoiar sua permanência no meio acadêmico, temos como melhor exemplo o CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS. Já os benefícios de cunho sociais, são bolsa família, seguro desemprego, bolsa escola e minha casa, minha vida, aposentadoria para idoso carente, trabalhadores rurais e etc. Bolsa família começou como um programa emergencial para retirada da população marginalizada que vivia na miséria, abaixo da linha de pobreza, um ponta pé inicial eficaz que deveria ser extinto assim que cumprisse sua função, porém, isto é uma teia que necessita de investimentos em outras áreas sociais e ainda vai demorar para esta função culminar num programa de sucesso. Com referência, ao assunto principal, ou seja, as bolsas de incentivo ao esporte, é meu interesse ressaltar que independente do salário do beneficiário, não é justo que ele custei do próprio bolso o investimento em equipamentos, deslocamento para treinamento, abdicação de seu tempo de lazer para se dedicar ao esporte, desde que realmente faça por merecer e cuja MERITOCRACIA FOI OMITIDA OU NÃO FOI MENCIONADA PARA QUE O SEU AMIGO FAÇA JUS AOS 2.000 REAIS QUE RECEBE COMO PROVÁVEL BOLSA INCENTIVO AO ESPORTE.

      • 29/06/2014 20:34

        Prezado moderador, peço desconsiderar meu longo discurso, serei breve…
        Respeito o ponto de vista da Ana Carolina e agora entendi seu discurso e com certeza, seu amigo recebeu a bolsa incentivo ao esporte por MERITOCRACIA, mas não acho justo um atleta além de abdicar de seus afazeres particulares para se dedicar a um esporte, ainda custear despesas com material e deslocamento, retirando do seu próprio salário, mesmo sendo um salário digno e que faz parte do topo da pirâmide dos assalariados do país.

    • 24/06/2014 19:22

      Funcionário Público ganha muito, tem que diminuir o salário.

  76. heloisa cerqueira permalink
    20/06/2014 22:05

    Adorei a resposta da Ana Carolina me senti representada!Querida eh isso mesmo.Acho que a vai e uma forma civilizada, mas os palavroes nao!Imagino que se tivessem liberado ingressos para as comunidades ela seria aplaudida. Outra coisa que ate agora nao digeri foi a liberacao de Impostos para a FIFA.
    Outra foi a pensao vitalicia Lei 12666, acho que esse numero art. 37 da Copa Mundial, onde os jogadores das Copas 58,64 e 70, (coloca-se ai o Srl Pele e familia) Quantos bombeiro herois, medicos publicos herois estao morrendo falidos e nossso professores tambem, !
    E que paga imposto de renda, um erro cometido a multa eh de 150% mais juros e moras, uma fortunda que daria de bom grado se estive vendo onde esta sendo aplicado meu dinheiro.
    Eu votei no Lula, na Dilma e acredito que ela fez um bom goverto ate ano passado com a Copa ela foi mordida pela mosca azul do poder. Acredito sim que como hitler estamos caminhando para uma perigosa empreitada se= houver reeleicao.
    Minha filha ja pediu para votar no Eduardo Campos, tambem tenho que analisar de qualquer maneira nao quero anular meu voto.

    • 24/06/2014 19:20

      Heloísa não temos um regime totalitário aonde o que tudo o que o executivo virá lei no outro dia. Temos uma “Congresso” que deveria te representar, cobre a conta do seu deputado e senador que aprovou a Lei da Copa. Simplesmente colocar todos os problemas e errods da copa na conta do Executivo me parece demasiadamente injusto.

  77. tayo650002013 permalink
    21/06/2014 9:21

    Sou estrangeiro, portanto, não voto. Mesmo assim, sou residente permanente aqui neste país e investi meu tempo, meu dinheiro, e minha vida no futuro do Brasil. Minha opinião é insignificante, mas é nascida de uma visão de quem é, de fora, adentro. Gosto da Dilma. Mas toda essa fala do “elite” e “o povo” é bosta, é manipulação política. Aqui no Brasil, só existe auto interesse. A marca da oposição é o ódio da Dilma e o PT. A burguesia, cada vez mais parda, adota com facilidade a linguagem do “elite” e é vociferante em sua oposição a Dilma. O sonho do elite pode ser a manutenção de desigualdade, injustiça, impunidade, mas o sonho do “povo” é de se tornar elite. O Brasileiro acredita com força em seus próprios mitos: o povo é acolhedor, o povo é justo, o povo é da paz, o povo é unido, o povo não é racista, blah blah blah. A realidade é outra. O Brasil, nascido no berço da nobreza portuguesa, é corrupto até sua alma, cego e ignorante da sua própria realidade.

    • 22/06/2014 15:01

      Sou brasileiro, voto. E sou obrigado a concordar com seu ponto de vista, para vergonha minha, que somos um povo “corrupto por natureza!”, nascido aos moldes da estúpida burguesia portuguesa (os colonizadores mais burros da história). E para reforçar sua afirmação de que o sonho do povo é ser “elite”, eis um dito que vi dias atrás: “o cidadão só é comunista até o momento em que consegue ficar rico!”

  78. Maria Cleide Nascimento da Silva permalink
    21/06/2014 12:10

    É louvável as palavras do nosso querido Leonardo. Agradeço a sua manifestação e concordo plenamente com você. É uma pena que muitos aplaudiram a falta de ética daqueles que vaiaram Dilma, é lamentável. Não deixo de reconhecer as falhas, mas continuo acreditando no PT, o qual poderá fazer muito mais pelo nosso Brasil como vem fazendo. Qual é o partido que não tem suas mazelas? Muitos ficam batendo na tecla dos erros do PT, sem considerar os pontos positivos que a meu ver supera as falhas.

  79. 22/06/2014 16:28

    A separação dos cidadãos e cidadãs, em razão do estatuto social, tão somente, não caracteriza a “a pauliceia desvairada” de Mário de Andrade? Teorias pessimistas sobre os direitos à democracia igualitária, percorrem S.Paulo desde a construção republica… Para a “sociedade” opositora, elitizada, classista, ciosa de privilégios com exclusão dos demais seguimentos o sucesso da organização da Copa, melhorias em aeroportos, estádios à altura dos melhores do mundo — de norte a sul, no país –, espelhos de competência administrativa para as demais nações, não contam.

    O que quer mesmo é a polícia batendo em grevistas, ou manifestantes populares (como se viu no meio de 2014) alvejados por balas de borracha e chorando com o gás lacrimogênio. Ingressos caríssimos; populares longe dos estádios, caracterizam a Copa. Lula, operário-presidente, disse, na ocasião das vaias: “a única pessoa com cara de pobre na Abertura da Copa era Dilma Rousseff”. Amarildo Lima, cartunista competente, fez uma charge, sugerindo: “a tristeza de Dilma foi não poder colocar os beneficiários do Bolsa Família no estádio”…

  80. 22/06/2014 16:59

    Certamente, o país não é essa grandeza em democracia igualitária, distributiva, no caminho do atendimento dos fracos e destituídos dos demais direitos fundamentais. Dilma, mesmo que tenha as melhores intenções na distribuição de renda com justiça social, enfrentará sempre a “alma” autoritária dos donos do poder, prontos a desqualificar com vaias e frases obscenas quem procure representar os interesses e as preferências do povão. São os que negam o direito aos bens sociais e culturais, fazendo breves concessões ao futebol. Ocasionalmente, porque o futebol também está entranhado como satisfação inseparável buscada pelo povo todo.

    Porém, nesse sentido, a alma fascista do capitalismo tupiniquim, “alma branca” racista e exigente de privilégios para a classe rica, se representa através de expoentes brasileiros, intocáveis (distantes do interesse do esboço autoritário de ditador que é Joaquim Barbosa, projetando a “justiça aparente e o espetáculo da justiça nos tribunais da grande mídia”), “capos” do futebol com alta aprovação no mundo da alta economia bancária (é só ver as recentes declarações de representantes de um “banco-lavanderia de dinheiro sujo”, de Mônaco, sobre seus clientes do futebol mundial), também encontram aprovação nesse meio representante de privilegiados que não admitem a democracia igualitária.

    Esses representantes, no alto da sociedade privilegiada, nunca são vaiados por sicários da cultura que jamais aprovará uma presidenta torturada pela ditadura, ou um operário que prefere cachaça à champagne… Então, esqueçamos os partidos, responsabilizemos quem apoia e sustenta tais situações. As esquerdas não são culpados do espírito autoritário, exclusivista, de pseudo aristocratas da democracia que privilegia uns e discrimina outros. O gosto pelo futebol confunde-se com as necessidades insurgentes expostas durante a Copa. Mas o povo canta com as pequenas e grandes alegrias que o futebol representa. Amor próprio e orgulho nacional verdadeiro se mesclam, na esperança maior da justiça, com democracia igualitária.

    • 22/06/2014 17:04

      Derwal é o meu logonome: Derval Dasilio. Conferir meu blog no WordPress.com … por favor.

  81. Paulo Francisco permalink
    23/06/2014 10:06

    Caro amigo Leonardo Boff, sua reflexão sobre o episódio das vais e xingamentos na Abertura da Copa no Brasil, tem a verdade. A falta de respeito não só a autoridade do País, mas faltou com a Mulher, a Mãe, uma Cidadã brasileira que dedica seu empenho para melhorar sua Nação. Independente de Partido, pois a administração não é só do Partido dos Trabalhadores (PT), é uma administração democrática e descentralizadora. Pois, o Governo é realizado por vários partidos coligados.
    Concordo quando diz que as vaias e xingamentos são da elite, que é contra o governo que olha para os pobres e miseráveis. OUtros governos só via a Classe média e banqueiros e empresas privadas… Hoje temos uma economia exemplo ´para outros Países em desenvolvimento e até mesmo desenvolvidos.
    PARABÉNS PELA REFLEXÃO NESTE TEXTO, BEIJINHO NO OMBRO PARA AS RECALCADAS… ANA CAROLINA…

  82. Les Babinger permalink
    23/06/2014 22:01

    Leonardo Boff disse: “São eles [a tal elite que xingou a querida Stella] os principais agentes que nos mantém no subdesenvolvimento social, cultural e ético. ”

    Quanto ao subdesenvolvimento etico: por que o PT, o auto-entitulado “partido da etica”, eh contra a CPI da Petrobras?

    Nao estaria a posicao do estimado partido nos mantendo “no subdesenvolvimento etico”?

    Contradicao sua talvez?

  83. Maria das Graças permalink
    30/07/2014 12:22

    Sentido de vida,DIGNIDADE, sabedoria no trato e tantos outros valores, são próprios de pessoas fortes que não se deixam levar pela euforia:”Maria vai com as outras,” e que acreditam na própria vida e respeitam a vida humana em geral. Assim, acontece a construção do bem comum.
    Para denunciar com “raça” é preciso ser do bem, do contrário a presença no mundo não passa de um estorvo.
    O que mais me faz refletir não é nem a vergonha dentro e/ou fora do Brasil, mas, que futuro está se oferecendo aos filhos que têm em seus lares uma escola de baixo calão. Indignar se faz necessário.

Trackbacks

  1. Quem envergonhou o Brasil aqui e lá fora?. Leonardo Boff | PASO A LA UTOPÍA
  2. Quem envergonhou o Brasil aqui e lá fora? | eureka2012

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: