Skip to content

A CHEGADA DE ARIANO SUASSUNA NO CÉU

12/08/2014

Ariano Suassuna, grande artista brasileiro, alegrou a muita gente com suas peças de teatro e com suas palestra-espetáculo.Certamente estes versos, bem no estilo nordestino, alegrarão a muitos como me alegraram a mim. E também prestam-lhe uma homenagem das mais merecidas. LBoff

 

A CHEGADA DE ARIANO SUASSUNA NO CÉU
Autores: Klévisson Viana e Bule-Bule

Nos palcos do firmamento
Jesus concebeu um plano
De montar um espetáculo
Para Deus Pai Soberano
E, ao lembrar de um dramaturgo,
Mandou buscar Ariano.

Jesus mandou-lhe um convite,
Mas Ariano não leu.
Estava noutro idioma,
Ele num canto esqueceu,
Nem sequer observou
Quem foi que lhe escreveu.

Depois de um tempo, mandou
Uma segunda missiva.
A secretária do artista
Logo a dita carta arquiva,
Dizendo: — Viagem longa
A meu mestre não cativa.

Jesus sem ter a resposta
Disse torcendo o bigode:
— Eu vejo que Suassuna
É teimoso igual a um bode.
Não pode, mas ele pensa
Que é soberano e pode!

Jesus, já perdendo a calma,
Apelou pra outro suporte.
Para cumprir a missão,
Autorizou Dona Morte:
— Vá buscar o escritor,
Mas vê se não erra o corte!

A morte veio ao País
Como turista estrangeiro,
Achando que o Brasil
Era só Rio de Janeiro.
No rastro de Suassuna,
Sobrou pra Ubaldo Ribeiro.

Porém, antes de encontrá-lo,
Sofreu um constrangimento
Passando em Copacabana,
Um malfazejo elemento
Assaltou ela levando
Sua foice e documento.

A morte ficou sem rumo
E murmurou dessa vez:
— Pra não perder a viagem
Vou vender meu picinez
Para comprar outra foice
Na loja de algum chinês.

Por um e noventa e nove
A dita foice comprou.
Passando a mão pelo aço,
Viu que ela enferrujou
E disse: — Vai essa mesma,
Pois comprar outra eu não vou!

A morte saiu bolando,
Sem direção e sem tino,
Perguntando a um e a outro
Pelo escritor nordestino,
Obteve informação,
Gratificando um menino.

Ao encontrar João Ubaldo,
Viu naufragar o seu plano,
Se lembrando da imagem
Disse: — Aqui há um engano.
Perguntou para João
Onde é que estava Ariano.

Nessa hora João Ubaldo,
Quase ficando maluco,
Tomou um susto arretado,
Quando ali tocou um cuco,
Mas, gaguejando, falou:
—Ele mora em Pernambuco!

A morte disse: — Danou-se
Dinheiro não tenho mais
Para viajar tão longe,
Mas Ariano é sagaz.
Escapou mais uma vez,
Vai você mesmo, rapaz!

Quando chegou lá no Céu
Com o escritor baiano,
Cristo lhe deu uma bronca:
— Já foi baldado o meu plano.
Pedi um da Paraíba
E você trouxe um baiano.

João Ubaldo é talentoso,
Porém não escreve tudo.
“Viva o Povo Brasileiro”
É sua obra de estudo,
Mas quero peça de humor,
Que o Céu tá muito sisudo.

Foi consultar os arquivos
Pra ressuscitar João,
Mas achou desnecessário,
Pois já era ocasião
Pra ele vir prestar contas
Ali na Santa Mansão.

Jesus olhou para a Morte
E disse assim: — Serafina,
Vejo não és mais a mesma.
Tu já foste mais malina,
Tá com pena ou tá com medo,
Responda logo, menina?!

— Jesus, eu vou lhe falar
Que preciso de dinheiro.
Ariano mora bem
No Nordeste brasileiro.
Disse o Cristo: —Tenho pressa,
Passe lá no financeiro!

— Só faço que é pra o Senhor.
Pra outro, juro não ia.
Ele que se conformasse
Com o escritor da Bahia.
Se dependesse de mim,
Ariano não morria.

A morte na internet
Comprou passagem barata.
Quase morria de susto
Naquela viagem ingrata.
De vez em quando dizia:
— Eita que viagem chata!

Uma aeromoça lhe trouxe
Duas barras de cereais.
Diz ela: — Estou de regime.
Por favor, não traga mais,
Porque se vier eu como,
Meu apetite é voraz!

Quando chegou no Recife,
Ficou ela de plantão
Na porta de Ariano
Com sua foice na mão,
Resmungando: — Qualquer hora
Ele cai no alçapão!

A morte colonizada,
Pensando em lhe agradar,
Uma faixa com uma frase
Ela mandou preparar,
Dizendo: “Welcome Ariano”,
Mas ele não quis entrar.

Vendo a tal faixa, Ariano
Ficou muito revoltado.
Começou a passar mal,
Pediu pra ser internado
E a morte foi lhe seguindo
Para ver o resultado.

Eu não sei se Ariano
Morreu de raiva ou de medo.
Que era contra estrangeirismos,
Isso nunca foi segredo.
Certo é que a morte o matou
Sem lhe tocar com um dedo.

Chegou no Céu Ariano,
Tava a porta escancarada.
São Pedro quando o avistou
Resmungando na calçada,
Correu logo pra o portão,
Louvando a sua chegada.

Um anjinho de recado
Foi chamar o Soberano,
Dizendo: – O Senhor agora
Vai concretizar seu plano.
São Pedro mandou dizer
Que aqui chegou Ariano.

Jesus saiu apressado,
Apertando o nó da manta
E disse assim: — Vou lembrar
Dessa data como santa
Que a arte de Ariano
Em toda parte ela encanta.

São Pedro lá no portão
Recebeu bem Ariano,
Que chegou meio areado,
Meio confuso e sem plano.
Ao perceber que morreu,
Se valeu do Soberano.

Com um chapelão de palha
Chegou Ascenso Ferreira,
O grande Câmara Cascudo,
Zé Pacheco e Zé Limeira.
João Firmino Cabral
Veio engrossar a fileira.

E o próprio João Ubaldo
(Que foi pra lá por engano)
Veio de braços abertos
Para abraçar Ariano.
E esse falou: – Ubaldo,
Morrer não tava em meu plano!

Logo chegou Jorge Amado
E o ator Paulo Goulart.
Veio também Chico Anysio
Que começou a contar
Uma anedota engraçada
Descontraindo o lugar.

Logo chegou Jesus Cristo,
Com seu rosto bronzeado.
Veio de braços abertos,
Suassuna emocionado
Disse assim: — Esse é o Mestre,
O resto é papo furado!

Suassuna que, na vida,
Sonhou em ser imortal,
Entrou para Academia,
Mas percebeu, afinal,
Que imortal é a vida
No plano celestial.

Jesus explicou seus planos
De fazer uma companhia
De teatro e ele era
O escritor que queria
Para escrever suas peças,
Enchendo o Céu de alegria.

Nisso Ariano responde:
— Senhor, eu me sinto honrado,
Porém escrever uma obra
É serviço demorado.
Às vezes gasto dez anos
Para obter resultado.

Nisso Jesus gargalhou
E disse: — Fique à vontade.
Tempo aqui não é problema,
Estamos na eternidade
E você pode criar
Na maior tranquilidade.

Um homem bem pequenino
Com chapeuzinho banzeiro,
Com um singelo instrumento,
Tocou um coco ligeiro
Falando da Paraíba:
Era Jackson do Pandeiro.

Logo chegou Luiz Gonzaga,
Lindu do Trio Nordestino,
E apontou Dominguinhos
Junto a José Clementino
E o grande Humberto Teixeira,
Raul e Zé Marcolino.

Depois chegou Marinês
Com Abdias de lado
E Waldick Soriano,
Com um vozeirão impostado,
Cantou “Torturas de Amor”,
Como sempre apaixonado.

Veio então Silvio Romero
Com Catulo da Paixão,
Suassuna enxugou
As lágrimas de emoção
E Catulo, com seu pinho,
Cantou “Luar do Sertão”.

Leandro Gomes de Barros
Junto a Leonardo Mota,
Chegou Juvenal Galeno,
Otacílio Patriota.
Até Rui Barbosa veio
Com título de poliglota.

Chegou Regina Dourado,
Tocada de emoção,
Juntinho de Ariano,
Veio e beijou sua mão
E disse: — Na sua peça
Quero participação.

Ariano dedicou-se
Àquele projeto novo.
Ao concluir sua peça,
Jesus deu o seu aprovo
E a peça foi encenada
Finalmente para o povo.

Na peça de Ariano
Só participa alma pura.
Ariano virou santo,
Corrigiu sua postura.
Lá no Céu ganhou o título
Padroeiro da cultura.

Os artistas que por ele
Já nutriam grande encanto
Agora estando em apuros,
Residindo em qualquer canto,
Lembra de Santo Ariano
E acende vela pro santo.

Ariano foi Quixote
Que lutou de alma pura.
Contra a arte descartável
Vestiu a sua armadura
Em qualquer dia do ano
Eu digo: viva Ariano
Padroeiro da Cultura!

FIM

41 Comentários leave one →
  1. 12/08/2014 16:36

    Muito bom! Fico feliz pela homenagem a este grande brasileiro!

  2. ferraridan67 permalink
    12/08/2014 16:49

    Ótimo! Deliciosa leitura!

  3. Maria Helena Bezerra Torres permalink
    12/08/2014 16:54

    Maravilhoso! gostei do título, Padroeiro da Cultura.

  4. Roseana Marques permalink
    12/08/2014 17:08

    Muito criativo, leve e alegre como Suassuna!

  5. Carlos Saettler permalink
    12/08/2014 17:12

    Genial como o próprio Suassuna! O céu está em festa!

  6. Sandra R Prata permalink
    12/08/2014 17:14

    Maravilha ! Bela lembrança de todos lá no céu.

  7. Claudio Junca permalink
    12/08/2014 17:31

    Muito show a homenagem.
    Parabéns pela sensibilidade e criatividade.

  8. Vinicius Sales permalink
    12/08/2014 17:57

    Muito Bom! GRANDE ARIANO, PADROEIRO DA CULTURA!

  9. Maria luiza permalink
    12/08/2014 18:44

    Muito lindo! Ele bem o merece.

  10. 12/08/2014 19:37

    De longe a homenagem
    Mais bonita pra Ariano
    Que sorri no firmamento
    Com os anjos galhofando

  11. Maria Braga Freitas Lima permalink
    12/08/2014 20:02

    Homenagem bem oportuna que retrata bem esse grande cidadão brasileiro e seus escritos
    que também escrevia retratando bem, as características da sua região.

  12. 12/08/2014 20:19

    Que sensibilidade tamanha. Estou impressionada. Obrigada leonardo por existir e escrever essa linda homenagem.

    • 13/08/2014 15:49

      Concordo totalmente, Ema: a homenagem é linda, os versos de autoria de Klévisson Viana e Bule-Bule são perfeitos, e Leonardo Boff, outro grande homem, está divulgando, porque como ele mesmo escreveu “certamente estes versos, bem no estilo nordestino, alegrarão a muitos como me alegraram a mim”.

  13. 12/08/2014 20:51

    Isso é uma obra de arte !
    Muito lindo mesmo .

  14. Pedro permalink
    12/08/2014 21:03

    Homenagem linda! Salve a cultura brasileira com todas as letras, rimas, cantos,contos, versos, cordel, dança em movimento, em cada sentimento, em cada canto com seu encanto.

  15. Uilson Oliveira permalink
    12/08/2014 21:11

    Muito legal. Doce trocadilho…

  16. Pedro Henrique Sena da Silva permalink
    12/08/2014 21:43

    É tamanha beleza essa homenagem que certamente emociona!

  17. Ana Carolina permalink
    12/08/2014 21:48

    Linda homenagem! Graças a Deus tive a honra de conhecer pessoalmente este grande homem, que com sua obra muito influencia em minha formação! Que ele esteja bem e em paz!

  18. Ana Paula permalink
    12/08/2014 22:39

    E digo-lhe, nada de melhor homenagem preferiria o homem. O poeta, já em outros motes lhe diz: que morte!????

  19. Denice assis permalink
    12/08/2014 23:12

    Grande Amigo dos grandes artistas!!!quando grandes almas se encontram nos é que ganhamos as fagulhas de luzes que se espalham em formas de letras… Obrigada , Leonardo Boff

  20. Antonio permalink
    12/08/2014 23:25

    Parabéns autores dessa bela homenagem, grande Ariano, grande povo brasileiro que singularmente nos defende como Ariano defendeu do estrangeiro, viva a nossa cultura, brasileiro.

  21. ricardo godoy permalink
    13/08/2014 14:51

    Ficou arretado como um cordel Pernambucano…. kkkkkkkk
    Grande homenagem meus nobres.

  22. Ludmila Andrade permalink
    13/08/2014 15:43

    Criatividade recheado de muito bom humor na homenagem ao grande escritor,muito bom!!Parabéns

  23. Bárbara permalink
    13/08/2014 15:45

    Só faltou o Rubem Alves … Lindo

  24. Tânia Barroso permalink
    13/08/2014 22:15

    Achei comprido. Resolvi ler em voz alta pra não desistir. Fiquei incorporada. Li com sotaque nordestino. Descobri o cordel! Ri e chorei. Obrigada por compartilhar.

  25. 13/08/2014 23:27

    Delícia para a alma! Finura e humor, delicadeza e beleza nessa homenagem! Autores à altura do Mestre.
    Obrigada, Leonardo Boff.

  26. 14/08/2014 7:51

    Esplêndido! Minha admiração pelo talento de Leonardo Boff aumenta a cada dia.

  27. 14/08/2014 14:14

    Klévisson Viana e Bule-Bule, poetas completos ou maiores, que já não se usa mais, mesmo assim deixo escrito o que pensei deste retrato da cultura desta região, da lembrança de cada um que deixou sua marca distinta no lugar em que viveu. Terra fértil, pessoas maravilhosas e bem que podíamos ter uma pátria com mais Suassunas, Dominguinhos e Joãos, espalhados nos quatro cantos do país.

  28. 14/08/2014 17:24

    Espetacular, emocionante, uma grande homenagem a cultura brasileira com Ariano Suassuna como fonte de inspiração.

  29. Natalia Lima permalink
    14/08/2014 17:34

    Muuuuuitooo Bom!!!!!…. Ficou D+… Dá até pra ir imaginando as cenas… hahahahaha….PARABÉNS!!!!!!…

  30. 14/08/2014 17:52

    Muito inteligente, lembrou de tanta gente…

  31. Alice Bragato permalink
    14/08/2014 20:10

    Nem sei mais quem é tão grande, se o morto ou o vivo que escreveu. Companheirão Leonardo Boff, estou encantada, não conhecia seu lado poético. Parabéns mesmo, meu Deus, senti o Sassuna rindo entre nós. Imagino qual foi a opinião dele em relação a esta homenagem. Que delícia de poesia!!

  32. Vanésia permalink
    15/08/2014 14:38

    Bela homenagem póstuma de Leonardo Boff a um dos gênios das letras, que inclui também outros excelentes profissionais. Maravilhoso texto!!!!!!

  33. Lenira permalink
    15/08/2014 18:27

    Lenira
    obrigada Leonardo Boff por publicar essa homenagem tão bela, tão merecida que tão bem descreve Ariano Suassuna, esses dois autores Klévisson Viana e Bule Bule são genios, parabens aos dois por tão bela escrita.

  34. GERISNAL PIT ROCHA DE NOVAES permalink
    16/08/2014 11:33

    Que bela manhã de sábado. Homenagem ao Padroeiro da Cultura e lembrança de tanta gente boa.

  35. Joselani Soares permalink
    16/08/2014 14:59

    Parabéns aos autores. É certeza que, no firmamento, Ariano sorri de tamanho talento!

  36. Lígia Tomaz permalink
    19/08/2014 20:45

    Que maravilha de se ler! Parabéns aos autores.

  37. Ricardo Torres permalink
    16/09/2014 10:56

    Poucas pessoas conhecem bule bule e viana, repentistas do nordeste cantores de muita fama,falaram no grande mestre, é este o cabra da peste da terra paraibana ,hoje ele espalha cultura por todo o universo,nós o perdemos pro céu ,mas pedimos em cordel muita chuva com seu verso.

  38. Vanildes permalink
    12/10/2014 20:18

    Lindo. Maravilhoso. Bom demais.

  39. veralucia pereira permalink
    15/10/2014 7:13

    espero q ele nao tenha ido pro ceu de elevador kkkkk lindo ariano era o cara., fiquei triste por nao te -lo conhecido.parabens pelos versos , ele merece. amava seu sotaque.

Trackbacks

  1. Promesas de otro tipo de Transformación (III). Leonardo Boff | PASO A LA UTOPÍA

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: