Skip to content

Com Marina: os pobres perderam uma aliada e os ricos ganharam uma legitimadora

04/09/2014

Entrevista publicada em 3 de setembro de 2014 às 18:48 por Conceição Lemes para o Portal VIOMUNDO

Veja a íntegra da nossa entrevista (com alguns retoques do autor)

Viomundo — Na última sexta-feira, Marina lançou o seu programa de governo, que previa o reconhecimento da união homoafetiva e a criminalização da homofobia. Bastou o pastor Malafaia tuitar quatro frases para ela voltar atrás. O que achou dessa postura? É cristão não criminalizar a homofobia, que frequentemente provoca assassinatos?

Leonardo Boff — Está ficando cada vez mais claro que Marina tem um projeto pessoal de ser presidente, custe o que custar. Numa ocasião, ela chegou a declarar que um dos objetivos desta eleição é tirar o PT do poder, o que faz supor mágoas não digeridas contra o PT que ajudou a fundar.

O Malafaia, líder da Igreja Assembleia de Deus à qual Marina pertence, é o seu Papa. O Papa falou, ela, fundamentalisticamente obedece, pois vê nisso a vontade de Deus. E, aí, muda de opinião. Creio que não o faz por oportunismo político, mas por obediência à autoridade religiosa, o que acho, no regime democrático, injustificável.

Um presidente deve obediência à Constituição e ao povo que a elegeu e não a uma autoridade exterior à sociedade.

Viomundo — Qual o risco para a democracia brasileira de alguém na presidência estar submissa a visões tão retrógradas em pleno século XXI, ignorando os avanços, as modernidades?

Leonardo Boff — Um fundamentalista é um dos atores políticos menos indicado  para exercer o cargo da responsabilidade de um presidente. Este deve tomar decisões dentro dos parâmetros constitucionais, da democracia e de um estado laico e pluralista. Este tolera todas as expressões religiosas, não opta por nenhuma, embora reconheça o valor delas para a qualidade ética e espiritual da vida em sociedade.

Se um presidente obedece mais aos preceitos de sua religião do que aos da Constituição, fere a democracia e entra em conflito permanente com outros até de sua base de sustentação, pois os preceitos de uma religião particular não podem prevalecer sobre a totalidade da sociedade.

A seguir estritamente nesta linha, pode acontecer um impeachment à Marina, por inabilidade de coordenar as tensões políticas e gerenciar conflitos sempre presentes em sociedades abertas.

 Viomundo — Lá atrás Marina Silva esteve ligada à Teologia da Libertação. Atualmente, é da Assembleia de Deus. O que o senhor diria dessa trajetória religiosa? O que representa essa guinada para o conservadorismo exacerbado?

Leonardo Boff – Respeito a opção religiosa de Marina bem como de qualquer pessoa. Eu a conheço do Acre e ela participava dos cursos que meu irmão teólogo Frei Clodovis (trabalhava 6 meses na PUC do Rio e 6 meses na igreja do Acre) e eu dávamos sobre Fé e Política e sobre Teologia da Libertação.

Aqui se falava da opção pelos pobres contra a pobreza, a urgência de se pensar e criar um outro tipo de sociedade e de país, cujos principais protagonistas seriam as grandes maiorias pobres junto com seus aliados, vindos de outras classes sociais. Marina era uma liderança reconhecida e amada por toda a Igreja.

Depois, ao deixar o Acre, por razões pessoais, converteu-se à Igreja Assembleia de Deus. Esta se caracteriza por um cristianismo fundamentalista, pietista e afastado das causas da pobreza e da opressão do povo. Sua pregação é a Bíblia, preferentemente o Antigo Testamento, com uma leitura totalmente descontextualizada daquele tempo e do nosso tempo. Como fundamentalista é uma leitura literalista, no estilo dos muçulmanos.

Politicamente tem consequências graves: Marina pôs o foco no pietismo e no fundamentalismo, na vida espiritual descolada da história presente e quase não fala mais da opção pelos pobres e da libertação. Pelo menos não é este o foco de seu discurso.

A libertação para ela é espiritual, do pecado e das perversões do mundo. Com esse pensamento fica fácil ser capturada pelo sistema vigente de mercado, da macroeconomia neoliberal e especulativa.

Isso é inegável, pois seus assessores são desse campo: a herdeira do Banco Itaú Maria Alice (Neca), Guilherme Leal da Natura e o economista neoliberal Eduardo Gianetti da Fonseca. Os pobres perderam uma aliada e os opulentos ganharam uma legitimadora.

E eu que em 2010 sonhava com uma representante dos povos da floresta, dos caboclos, dos ribeirinhos, dos indígenas, dos peões vivendo em situação análoga à escravidão, dos operários explorados das grandes fábricas, dos invisíveis, alguém que viria dos fundos da maior floresta úmida do mundo, a Amazônia, chegar a ser presidente de um dos maiores países do mundo, o Brasil?! Esse sonho foi uma ilusão que faz doer até os dias de hoje. Pelo menos vale como um sonho que nunca morre!

Viomundo — O programa de Marina prevê autonomia ao Banco Central. O que acha dessa medida?

Leonardo Boff — Eu me pergunto, autonomia de quem e para quem?

Acho uma falta total de brasilidade. Significa renunciar à soberania monetária do país e entregá-la ao jogo do mercado, dos bancos e do sistema financeiro capitalista nacional e transnacional. Um presidente/a é eleito para governar seu povo e um dos instrumentos principais é o controle monetário que assim lhe é subtraído. Isso é absolutamente antidemocrático e comporta submissão à tirania das finanças que são cada vez mais vorazes, pondo países inteiros à falência como é o caso da Grécia, da Espanha, da Itália, de Portugal e outros.

Viomundo — Essa medida expressa a influência de Neca Setúbal, herdeira do Itaú, no seu futuro governo?

Leonardo Boff — Quem controla a economia controla o país, ainda mais que vivemos numa sociedade de “Grande Transformação” denunciada pelo economista húngaro-americano Karl Polaniy ainda em 1944 quando, como diz, passamos de uma sociedade com mercado para uma sociedade só de mercado. Então tudo vira mercadoria, inclusive as coisas mais sagradas como água, alimentos, órgãos humanos.

A forma como o capital se impõe é manter sob seu controle os Bancos Centrais dos países. A partir desse controle, estabelecem os níveis dos juros, a meta da inflação, a flutuação do dólar e a porcentagem do superávit primário (aquela quantia tirada dos impostos e reservada para pagar os rentistas, aqueles que emprestaram dinheiro ao governo).

Os bancos jogam um papel decisivo, pois é através deles que se fazem os repasses dos empréstimos ao governo e se cobram juros pelos serviços. Quanto maior for o superávit primário a alíquota Selic mais lucram. Pode ser que a citada Neca Setúbal tenha tido influência para que a candidata Marina acreditasse neste receituário, velho, antipopular, danoso para as grandes maiorias, mas altamente benéfico para o sistema macroeconômico vigente.

Viomundo — As avaliações feitas até agora mostram que o programa econômico de Marina é o mesmo de Aécio Neves, candidato do PSDB à Presidência. São neoliberais. O que representaria para o Brasil o retorno a esse modelo? O senhor acha que, se eleita, o governo Marina teria conotações neoliberais?

Leonardo BoffMarina acolheu plenamente o receituário neoliberal. Ela o diz com certo orgulho inconsciente, sem dar-se conta do que isso realmente significa: mercado livre, redução dos gastos públicos (menos médicos, menos professores, menos agentes sociais etc), flutuação do dólar e contenção da inflação com arrocho salarial, desemprego e com eventual alta de juros.

Como consequência, grassa a fome nas famílias pobres e a mortalidadae infantil se torna inevitável. É o pior que nos poderia acontecer. Tudo isso vem sob o nome genérico de “austeridade fiscal” ,que está afundando as economias da zona do Euro e não deram certo em lugar nenhum do mundo, se olharmos a política econômica a partir da maioria da população. Dão certo para os ricos que ficam cada vez mas ricos, como é o caso dos EUA onde 1% da população ganha o equivalente ao que ganham 99% das pessoas. Hoje os EUA são um dos países mais desiguais do mundo.

Viomundo – Foi amplamente divulgado que Marina consulta a Bíblia antes de tomar decisões complexas. Esta visão criacionista do mundo é compatível com um mundo laico?

Leonardo Boff — O que Marina pratica é o fundamentalismo. Este é uma patologia de muitas religiões, inclusive de grupos católicos. O fundamentalismo não é uma doutrina. É uma maneira de entender a doutrina: a minha é a única verdadeira e as demais estão erradas e como tais não têm direito nenhum.

Graças a Deus que isso fica apenas no plano das ideias. Mas facilmente pode passar para o plano da prática. E, aí, se vê evangélicos fundamentalistas invadirem centros de umbanda ou do candomblé e destruírem tudo ou fazerem exorcismos e espalharem sal para todo canto. E no Oriente Médio fazem-se guerras entre fundamentalistas de tendências diferentes com grande eliminação de vidas humanas como o faz atualmente o recém-criado Estado Islâmico. Este pratica limpeza étnica e mata todo mundo de outras etnias ou crenças diferentes das dele.

Marina não chega a tanto. Mas possui essa mentalidade teologicamente errônea e maléfica. No fundo, possui um conceito fúnebre de Deus. Não é um Deus vivo que fala pela história e pelos seres humanos, mas falou outrora, no passado, deixou um livro, como se ele nos dispensasse de pensar, de buscar caminhos bons para todos.

O primeiro livro que Deus escreveu, foi a criação e a natureza. Elas estão cheias de lições. Criou a inteligência humana para captarmos as mensagens da natureza e inventarmos soluções para nossos problemas.

A Bíblia não é um receituário de soluções ou um feixe de verdades fixadas, mas uma fonte de inspiração para decidirmos pelos melhores caminhos. Ela não foi feita para ser colocada diante dos olhos, encobrindo assim a realidade, mas para ser posta artrás e acima da cabeça para iluminar esta realidade. Se um fundamentalista seguisse ao pé da letra o que está escrito no livro do Levítico 20,13 cometeria um crime e iria para a cadeia, pois aí se diz textualmente:  “Se um homem dormir com outro, como se fosse com mulher, ambos cometem grave perversidade e serão punidos com a morte: são réus de morte”.

Viomundo — Marina fala em governar com os melhores. É possível promover inclusão social, manter políticas que favorecem os mais pobres com uma política econômica neoliberal?

Leonardo Boff — Marina parece que não conhece a realidade social na qual há conflitos de interesses, diversidade de opções políticas e ideológicas, algumas que se opõem completamente às outras.

Lendo o programa de governo do PSB de Marina parece que fazemos um passeio ao jardim do Éden. Tudo é harmonioso, sem conflitos, tudo se ordena para o bem do povo. Se entre os melhores estiver um político, para aceitar seu convite, deverá abandonar seu partido e com isso, segundo a atual legislação, perderia o mandato.

Ela necessariamente, se quiser governar, deverá fazer alianças, pois temos um presidencialismo de coalizão. Se fizer aliança com o PMDB deverá engolir o Sarney, o Renan Calheiros e outros exorcizados por Marina. Collor tentou governar com base parlamentar exígua e sofreu um impeachment.

Viomundo — Marina é preparada para presidir um país tão complexo como o Brasil?

Leonardo Boff — Eu pessoalmente estimo sua inteireza pessoal, sua visão espiritualista (abstraindo o fundamentalismo), sua busca de ética em tudo o que faz. Estimo a pessoa,  mas questiono o ator político. Acho que não tem um manejo político para fazer as alianças certas. O presidente deve ser uma pessoa de síntese, capaz de equilibrar os interesses e resolver conflitos para que não sejam danosos e chegar a soluções de ganha-ganha. Para isso precisa-se de habilidade, coisa que em Lula sobrava. Marina, por causa de seu fundamentalismo, não é uma pessoa de síntese,  mas antes de divisão.

Viomundo — A preservação efetiva do meio ambiente é compatível com o capitalismo selvagem dos neoliberais?

Leonardo Boff — Entre capitalismo e ecologia há uma contradição direta e fundamental. O capitalismo quer acumular o mais que pode sem qualquer consideração dos bens e serviços limitados da Terra e da exploração das pessoas. Onde ele chega, cria duas injustiças: a social, gerando muita pobreza de um lado e grande riqueza do outro; e uma injustiça ecológica ao devastar ecossistemas e inteiras florestas úmidas.

Marina fala de sustentabilidade, o que é correto. Mas deve ficar claro que a sustentabilidade só é possível a partir de outro paradigma que inclui a sustentabilidade ambiental, político-social, mental e integral (envolvendo nossa relação com as energias de todo o universo).

Portanto, estamos diante de uma nova relação para com a natureza e a Terra, onde as medidas econômicas preconizadas por Marina contradizem esta visão. Temos que produzir, sim, para atender demandas humanas, mas produzir respeitando os limites de cada ecossistema, as leis da natureza e repondo aquilo que temos demasiadamente retirado dela.

Marina quer a produção sustentável, mas mantém a dominação do ser humano sobre a natureza. Este está dentro da natureza, é parte dela e responsável por sua conservação e reprodução, seja como valor em si mesmo, seja como matriz que atende nossas necessidades e das futuras gerações.

Ocorre que atualmente o sistema está destruindo as bases físico-químicas essenciais para a mnutenção da vida. Por isso, ele é perigoso e pode nos levar a uma grande catástrofe. E com certeza os que mais sofrerão, serão aqueles que sempre foram mais explorados e excluídos do sistema. Esta injustiça histórica nós não podemos aceitar e repetir.

 

114 Comentários leave one →
  1. 04/09/2014 22:15

    Agradeço pelas reflexões inteligentes, esclarecedoras e sensíveis. Gostei muito dessa entrevista.

    • 09/09/2014 21:08

      Leonardo Boff, admiro muito seu trabalho, seus textos, suas ideias tão esclarecidas e inteligentes sobre temas tão importantes. Saiba que você é um modelo de pensador para mim, algo que gostaria de ser no futuro. Abraço.Thayara Martins

  2. Tânia Caroso permalink
    04/09/2014 22:21

    Muito bom!

  3. Carlos Dias permalink
    04/09/2014 22:45

    Lula foi picado pela mosca azul, Dilma infelizmente foi colocada lá, Marina é um nome como dito pelo Leonardo com mágoas do ex partido. Estamos sem esperanças, já não há mais para onde olhar…

  4. Joao Vicente Ferreira Neto permalink
    04/09/2014 22:46

    Parei na primeira resposta. Só inverdades. Boff deveria estar mais informado. O Silas é pastor da Assembléia de Deus Vitória em Cristo que nada tem haver com a Assembléia de Deus cujo a Marina faz parte. Eles não tem ligação e muito menos relação. O único contato que a Marina teve com o pessoal da Asssembleia foi ainda antes da morte do Eduardo Campos. Parabéns Boff, acaba de perder um leitor e admirador. Mentira é foda!

    • Hiago Bruno da Silva Rabelo permalink
      15/09/2014 4:38

      O ministério Vitória em Cristo é um entre tantos que fazem parte da Assembleia de Deus, assim como Madureira e Bom Retiro. Esses ministérios e tantos outros que vem surgindo nas últimas décadas com o nome de Assembleia de Deus fazem desta a maior denominação pentecostal do mundo.

    • 16/09/2014 9:16

      Entevista tendenciosa essa! A prática primitiva aterrorizar os contrários!

  5. Fernando permalink
    04/09/2014 22:51

    Imagine se “dona Perpétua” chegar ao poder, teremos Malafaia e Feliciano como ministros? Proibição de trajes minúsculos nas praias? Instauração de uma Lei Seca? Obrigação de “aleluia” e “glória” ao fim de cada frase? Pode parecer piada. E é. Estou ironizando, debochando mesmo porque não dá para levar a sério uma pessoa que age em desacordo com suas raízes culturais e se comporta como um camaleão trocando de cor conforme o ambiente. Como pode uma pessoa mestiça que sofreu preconceitos pela cor e condição social se comportar como algoz de seus pares? Seria uma negação de sua história, uma não aceitação? Me parece que estes neopentecostais sofrem de uma egodistonia patológica severa porque se imaginam caucasianos a exemplo dos americanos que trouxeram estas seitas para o Brasil e renegam suas origens africanas e caboclas inclusive perseguindo aos seus irmãos de cor que professam fé em cultos afro-brasileiros. Temos casos notórios de personagens que tentam se mimetizar à elite branca e não se dão conta do quão estrambólico isto se torna. Marina poderia ter trilhado seu caminho de ideologia que lenta e gradualmente construiu ao longo de décadas mas preferiu encurtá-lo talvez, picada que foi pela mosca verde da ambição do poder pelo poder e acabou por transformar-se numa caricatura de si mesma, numa “Dona Perpétua”, uma velha beata, falsa, hipócrita, farisaica, que acusa baseada num discurso vazio e recheado de meias verdades hábil e matreiramente pinçadas da Bíblia segundo suas intenções e não tem defesas para suas próprias mazelas que a cada dia se desnudam mais e mais. Enquanto ela for a “dona Perpétua” e disto não passar, servirá de exemplo para aquilo que devemos como nação evitar: mais uma aventura política como as que foram Jânio Quadros, Collor de Mello e FHC. Mas, se eleita, será a escritura lavrada no cartório da história do quão caótica é nossa estrutura política e intelectual e de quanto ainda nos faltar crescer para que sejamos verdadeiros cidadãos e entendamos o valor da democracia, do voto e das responsabilidades que eles trazem. E do caos nada de bom poderá se esperar a não ser mais caos até o desajuste total.

    • Maria permalink
      06/09/2014 12:20

      Acorda Fernando!!!

      • Fernando permalink
        09/09/2014 21:49

        Acorde vc, Alice, quero dizer, Maria…

  6. andrea bezerra cavalcanti permalink
    04/09/2014 22:57

    Caro Leonardo, leio quase toda semana seus textos e vejo vossa preocupação com o recursos naturais, falando muito sobre harmonia entre o homem e a natureza. Será que Marina precisaria ser atéia pra ser levada a sério? Acredito eu que a noção dela de cuidado e preservação beneficiará a todos e não uma categoria de religiosos. Ao contrário do que foi Dilma nos quesitos energia e natureza. Vale mais ao sr. a ideologia de um partido do que a bandeira do meio ambiente?

  7. Roberto Curccio permalink
    04/09/2014 23:05

    Engraçado os religiosos. NENHUM DELES, nem mesmo Frei Boff cita os tremendos fraudulentos e canalhas religiosos curandeiros, da prosperidade, que precisam ser desmascarados, processsados e punidos. Por que será que nenhum político, nem a OAB, nem o Conselho Federal de Medicina, nem o Ministério Publico quer saber de meter a mão nessa cumbuca?: OU VÃO ME DIZER QUE ACREDITAM NOS MILAGRES, ENCOSTOS E PROSPERIDADE DOS CRENTELHOS DA MUNDIAL INTERNACIONAL UNVERSAL DA PASTORA ELIZABETE DO SILAS MALAFAIA DO AMOR DE CRISTO POR DINHEIRO?

  8. Ana Carolina permalink
    04/09/2014 23:12

    Caro Boff, que horror, que falta de respeito. De jeito nenhum concordo com a sua opinião. Você que é tão crítico com a grande mídia, agora está repetindo exatamente o que todos estão dizendo, sem acrescentar nenhuma opinião construtiva ou mais espiritualizada.

    Há alguns meses atrás você escreveu criticando as vaias para Presidenta Dilma, dizendo que o Aécio e o Eduardo Campos tinham espírito tacanho pois justificavam as vaias, e assim acabou manipulando informações e descontextualizando falas. Fui atrás e encontrei a manifestação do Campos, e ele não tinha justificado as vaias dizendo que ela plantou e agora está colhendo, ele tinha repudiado as vaias, apenas disse que ela plantou e agora está colhendo em um segundo momento de sua fala porque grande parte das pessoas está descontente com o governo do PT porque o PT realmente traiu ideais do povo que o elegeu.

    Como eu disse antes, o PT aderiu ao “os fins justificam-se os meios”.

    Você ao defender o PT parece cego. Não acho que o governo foi ruim, pelo contrário, acho que o Lula e a Dilma fizeram o melhor governo até hoje no Brasil, mas falharam muito com relação a diversas questões. Você diz em seu texto que os pobres perderam uma aliada e os ricos ganharam uma legitimadora…para mim esta frase cabe mais no PT do que na Marina…

    Você é capaz de dizer que não há ninguém por trás do PT que defenda interesses capitalistas para ficar falando da influência de Neca Setúbal, herdeira do Itaú, no possível governo da Marina?

    Não sei se este seu texto é pra rir ou pra chorar, com todo respeito, porque te admiro.

    E estas críticas com a religião da Marina…..você que fala tanto de respeitar as outras religiões falando de uma maneira tão cruel sobre a Assembleia de Deus….e eu não sou desta religião, mas não posso pensar como você….

    Não vejo fundamentalismo religioso na Marina, vejo uma pessoa muito coerente em suas atitudes, em suas falas….todas as entrevistas que vi dela foram muito contundentes… É uma pessoa de ideais, coisa rara hoje em dia, onde tudo se resume a interesses, ninguém assume erros e estão sempre prontos a acusar.

    Talvez você tenha razão em afirmar o risco de um golpe, o risco dela não conseguir se manter no poder, mas pra mim isto só aconteceria porque ela não se venderia, não trairia seus ideais, os ideais de justiça, de um mundo melhor e mais sustentável….

    Você defende tanto o PT, e o que eles fazem pela defesa do meio ambiente? O Brasil não tem consciência nem a respeito de lixo reciclável…

    Para alguém que acredita no socialismo, em uma sociedade mais justa, olha o horror destas suas afirmações: “Ela necessariamente, se quiser governar, deverá fazer alianças, pois temos um presidencialismo de coalizão. Se fizer aliança com o PMDB deverá engolir o Sarney, o Renan Calheiros e outros exorcizados por Marina. Collor tentou governar com base parlamentar exígua e sofreu um impeachment”.

    Ah Boff, ser cristão para mim implica sacrifícios e não facilidades Engolir esta corja? Que vantagem existe em para alcançar um fim, deixar a corrupção tomar conta do país? Olha a contradição, você critica a Marina afirmando que ela vai continuar com políticas capitalistas, mas defende alianças com Sarney, Renan Calheiros…..meu Deus!

    • Maria permalink
      06/09/2014 12:25

      Ana Carolina, disse tudo e muito bem!!

    • mauricio permalink
      09/09/2014 23:08

      A senhora é burra,ele não defendeu alianças com Sarney e Calheiros, e sim viu as alternativas delas em um suposta ligação com o PMDB. Gostaria de saber aonde você ve o PT como legitimador dos ricos, isso se você sabe o significado de legitimar, parece que não. Você não consegue perceber o risco de alguém ligado aos bancos particulares ajudarem nas decisões econômicas de um país, dar autonomia ao banco central? Tem noção de tais implicações??

      • Ana Carolina permalink
        11/09/2014 21:47

        Não sou burra, o Sr. é que deveria ter mais educação e respeito pelas opiniões alheias. Se quer discordar tudo bem, só não me ofenda, por favor. Debata com argumentos, que são sempre bem vindos, não com xingamentos, que apenas demonstram intolerância.

      • 06/10/2014 14:45

        Já lhe respondi anteriormente e não me lembro de te-la chamada de burra. Se for, peço desculpas.
        lboff

    • Cláudia Silva permalink
      09/09/2014 23:49

      Ana Carolina, nada a acrescentar! Resta-me, apenas, aplaudir seu comentário.

    • cristina coluccini permalink
      15/09/2014 16:11

      Ana Carolina, não vou discutir o seu ponto de vista, mas recomendo a releitura da entrevista, em especial sobre alianças, abraços!

      • 22/09/2014 7:08

        Este trecho: “Ela necessariamente, se quiser governar, deverá fazer alianças, pois temos um presidencialismo de coalizão. Se fizer aliança com o PMDB deverá engolir o Sarney, o Renan Calheiros e outros exorcizados por Marina. Collor tentou governar com base parlamentar exígua e sofreu um impeachment”.?

        Que eu saiba o PT possui aliança com o PMDB, e logo, diante das afirmações do Sr. Leonardo Boff, tem que engolir Sarney, Renan Calheiros e outros exorcizados por Marina. Pelo que entendi, Boff disse que estas alianças são necessárias para conseguir governar. Eu até concordo, atualmente é mesmo necessário fazer este tipo de aliança, infelizmente, Mas acredito que a corrupção tem origem justamente ai, e de alguma forma isto deve acabar, pois para mim isto não é democracia, e é impossível realmente fazer um governo do povo e para o povo assim.

        Por favor, se sua interpretação quanto a posição do Boff sobre alianças é diferente, por favor, compartilhe comigo.

        Obrigada!
        Abraços!

      • Ana Carolina permalink
        06/10/2014 7:28

        Boff, por favor liberar minha resposta do dia 22/09/2014 7:08, com o seguinte texto: “Este trecho: “Ela necessariamente, se quiser governar, deverá fazer alianças, pois temos um presidencialismo de coalizão. Se fizer aliança com o PMDB deverá engolir o Sarney, o Renan Calheiros e outros exorcizados por Marina. Collor tentou governar com base parlamentar exígua e sofreu um impeachment”.?
        Que eu saiba o PT possui aliança com o PMDB, e logo, diante das afirmações do Sr. Leonardo Boff, tem que engolir Sarney, Renan Calheiros e outros exorcizados por Marina. Pelo que entendi, Boff disse que estas alianças são necessárias para conseguir governar. Eu até concordo, atualmente é mesmo necessário fazer este tipo de aliança, infelizmente, Mas acredito que a corrupção tem origem justamente ai, e de alguma forma isto deve acabar, pois para mim isto não é democracia, e é impossível realmente fazer um governo do povo e para o povo assim.
        Por favor, se sua interpretação quanto a posição do Boff sobre alianças é diferente, por favor, compartilhe comigo.
        Obrigada!
        Abraços!”

        Obrigada!

    • 17/09/2014 8:02

      Ufa, valeu Ana Carolina! quero seu amigo de face. Luis Augusto Weber Salvi, filósofo e escritor.

      • 22/09/2014 7:00

        Obrigada, mas não tenho face.

      • Ana Carolina permalink
        06/10/2014 7:29

        Boff, por favor, liberar minha resposta do dia 22/09/2014 7:00, com o seguinte texto: “Obrigada mas não tenho face”.

        Obrigada!

      • Ana Carolina permalink
        06/10/2014 7:33

        Boff, por favor libere minha resposta do dia 11/09/2014 21:47, ao Sr. Mauricio, com o seguinte texto: ” Não sou burra, o Sr. é que deveria ter mais educação e respeito pelas opiniões alheias. Se quer discordar tudo bem, só não me ofenda, por favor. Debata com argumentos, que são sempre bem vindos, não com xingamentos, que apenas demonstram intolerância”.

        Obrigada!

      • 06/10/2014 13:47

        Ana Carolina
        Não lembro de te-la chamado de burra. Não é o meu estilo. Se for peço desculpas.
        lboff

  9. 05/09/2014 0:14

    Gostaria de saber o que pensa o Leonardo Boff do PAC – Programa de Aceleração do Crescimento do atual governo e o uso do Pré- Sal como fonte de geração de riqueza para nosso país.

  10. 05/09/2014 0:27

    Frei Leonardo é uma pessoa com clareza de idéias e bom senso, além de ser um excelente teólogo.

  11. Rose Pereira permalink
    05/09/2014 2:00

    apenas: se seguisse fielmente a Silas Malafaia jamais concordaria com o aborto!

    • Maria permalink
      06/09/2014 12:28

      Para com isso mulher…procure se informar, antes de comentar.

  12. JORGE permalink
    05/09/2014 7:52

    DEPOIS QUE ESTÃO NO PODER MUDAM O MODO DE PENSAR…DESCULPE BOFF….NAO CONCORDO…NEM ACHO QUE O BRASIL VAI MUDAR UM DIA PARA MELHORAR A VIDA DO POVO…

  13. Fábio permalink
    05/09/2014 8:11

    Ñ só Marina quer tirar o PT do poder, todos os brasileiros que ñ pensam com a barriga querem estes corruPTos fora do poder. Outra coisa, ñ tente vincular a imagem de Marina a de Silas Malafaia, isto pq ela ñ é fundamentalista e nem deseja uma teocracia.

    Enfim, sua análise é ridícula, partidária (petista), daquelas que qr nivelar todos por baixo e fazer com q os pobres continue sendo pobres. Este é o pensamento de igualdade de vcs; todos iguais, todos pobres!

    • 05/09/2014 22:34

      Fabio
      sua critica é rasteira demais e humilha a inteligência. seria melhor aprofundar melhor as questões.
      lboff

      • 09/09/2014 15:00

        E porque o senhor está comentando a crítica rasteira do Fábio e deixando tantas outras mais importantes e profundas para trás, como a da Ana Carolina, que está a cinco comentários acima desta? E porque o senhor está sendo tão rasteiro com a Marina e não enfrentando com a coragem das águias o que deveria ser enfrentado neste momento, que é a profunda crise em que vive o PT e o governo Dilma?

  14. rebeca silva permalink
    05/09/2014 8:32

    Existe um equívoco afirmar que o pr Silas Malafaia é o papa de Marina, não é verdade, pertencem a mesma denominação mas ele é declaradamente anti-Marina , não existe esta hierarquia no meio cristão como no catolicismo.

    • João Santos permalink
      06/09/2014 9:05

      Vejo um equívoco aqui em sua fala, primeiramente que meio cristão envolve católicos, evangélicos, espíritas, luteranos, anglicanos, etc. Segundo que foi uma alusão que Boff quis dizer, pois Marina ao ver a sua fala ser não apoiada por Silas Malafaia ela voltou atrás, ou seja, uma alusão o que poderia ocorrer caso o Papa não apoiasse algo que algum fiel falasse, fazendo com que ele voltasse atrás. Na verdade Silas Malafaia é declaradamente anti PT e não anti Marina, não vejo base nessa sua afirmação.

  15. 05/09/2014 10:29

    Grato pelo post, Leonardo!

    Estimo a história de Marina. Acredito que, por sua experiência de vida, continuará a investir suas energias em políticas sociais e na educação. Acho ela única preocupada com as questões ambientais e gosto de suas propostas de investir em ciência, tecnologia e inovação e mobilidade urbana. Penso que ela é a única candidata com olhos abertos para as necessidades atuais nestes aspectos. Me preocupa(e muito), no entanto, ela ter se convertido e alguns sinais de suas políticas econômicas – vide a independência do Banco Central. A decisão em 2014 está bem difícil.

    Abraço

  16. PAULO ROBERTO permalink
    05/09/2014 10:32

    eu admiro e respeito muito LERNARDO BOFF !!! mas parece que ele só olhos abertos para os pontos positivos do PT, e fecha os olhos para os pontos negativos do PT, o partido que ele tanto defende!!! eu queria que vc tivesse a coerência em suas analises, afinal de contas esse partido já vem governando esse nosso país já a quase 12 anos, e agora quer mas 4 anos, pra somar 16 anos de poder. sendo que depois vai vim o lula novamente pra fazer mas 8 anos de poder, que somado 16 com mais 8 é igual a 24 anos de poder !!! é então muito contraditório o fato de que o lula sempre foi um politico que lutou contra as oligarquias nos estados desse nosso país. parece que ele quer fazer o mesmo com com a presidência da república desse país !!! eu não acho que só esse partido dos trabalhadores tem a capacidade de governar esse nosso país !!! mas penso que nesse nosso país tem muitas pessoas que são capazes tambem de governar com progresso e igualdade social. penso tambem que esse ideal não exclusividade somente do PT. já está na hora de sair dessa alienação que o PT tem feito até mesmo nas camadas mais intelectuais desse nosso país, pois o PT não é o único partido capaz de libertar esse nosso povo BRASILEIRO, existem tambem outros que podem !!! muito obrigado a todos, e peço as minhas desculpas.

    • 05/09/2014 22:32

      Paulo
      Roberto, busque nesse blog os varios artigos meus de critica ao PT inclusive em seus principios teóricos.
      lbof

    • 06/10/2014 19:00

      O Boff e o Bispo Macedo (que já virou banqueiro) são arrimos deste “ético” PT, que certos freis devem considerar um Hobin Hood ou até o bom ladrão a quem Jesus prometeu o céu (só que não foi por “roubar bem”, mas por ter fé sincera). Agora que o PT está aparelhando completamente o judiciário, nós estamos entrando na era da ditadura-informal-de-esquerda que antes era uma prática de certas direitas – e no fim dá tudo quase no mesmo: Esquerda: mais pão do que circo; Direita: mais circo do que pão. E dá-lhe oligarquias a se locupletar!

  17. Conceição de Maria Bastos Sena permalink
    05/09/2014 10:45

    Sr. Leonardo, quem faz hoje a defesa do meio ambiente no governo atual? Qual plataforma política defende o meio ambienta como o sr. propõe? Como o sr explica a negligencia da presidente em relação á questão ambiental nesses 4 anos?

    • 06/10/2014 21:03

      Só quem paga o pato pelo distributismo petista é a Natureza e é claro a classe média.
      Em nome do pragmatismo e do poder, a esquerda decadente faz seus pactos com o grande Capital em detrimento da classe média, e renuncia à industrialização sacrificando diretamente a Natureza para dar suas esmolas aos pobres.

  18. Jéssica permalink
    05/09/2014 11:14

    Vamos ter que repensar!

  19. Elza Nunes permalink
    05/09/2014 11:53

    E a nós ;resta chorar?

  20. 05/09/2014 12:59

    Na verdade, não consigo ver diferenças entre nenhum dos três – o menino do Leblon, Marina ou a Dilma.
    Mas se fosse votar eu votaria na Dilma. Estou beirando os 60 anos e ainda não tinha vivido um período, ainda que medíocre diante das necessidades sociais do país, com tamanho ascendimento social de tantos.
    Pelo menos alguém está dividindo, ainda que com muita parcimônia e desequilíbrio, o bolo que vem crescendo desde os 350 anos de escravidão e a concentração de renda do século 20 no Brasil.

    • Cezar Brito permalink
      07/09/2014 20:13

      Leonardo, ouvia muito falar sobre você e a Teologia da Libertação nos anos da minha infância, notadamente na preparação para a 1a. Eucaristia. Sabe, vejo o processo politico no nosso país muito confuso diante de tantos interesses nos bastidores dos partidos e dos candidatos. Fato é que o comentário do Sr . Gustavo_Horta me fez refletir na realidade inegável do ascendimento da imensa classe pobre de nosso povo. Vivo numa capital brasileira e a minha noiva é do interior. Sua vovó, por sua vez, vive na zona rural. Com idade hoje 83 anos, tem na tv parabólica parte de seu meio de informação (tv senado, planalto, justiça etc.). Ela é um exemplo impar de mente ainda ativa, nada obstante sua idade. Ela me conta que durante os 8 anos de FHC, nos arredores de seu sítio surgiam pais de famílias pobres a procura de um serviço para poder receber comida para sobreviver. Isso se repetia todos os dias, de modo que ela pode conhecer a todos pelo nome, inclusive os nomes das esposas e dos filhos também. Ela conta que sofria de ver o sofrimento daquelas famílias carentes, pois ajudava como podia. Hoje ela me diz que é testemunha viva da oportunidade de ascensão promovida pelo governo do PT no país. Aquelas famílias que não tinham o que comer na era FHC, agora trabalham por conta própria, têm seus próprios comérciozinho tanto de produtos como serviços. Eles conquistaram bens como motos, carros, casa, acesso à educação superior etc. Ela conta que vê a nova geração da família vivendo uma realidade de vida com oportunidades totalmente opostas àquela vivida por seus pais e avós, sob o horror da opressão social.

      • 18/11/2014 13:12

        E eu acabei votando!
        Décadas sem votar, mas para ajudar a impedir a volta do PSDBos ao poder votei no segundo turno. E votei na Dilma!
        Abraço e felicidade. Sempre.

  21. 05/09/2014 13:04

    Republicou isso em Jrmessi's Bloge comentado:
    Palavra de quem a conhece.

  22. Bert permalink
    05/09/2014 13:39

    A Marina Silva é uma camaleoa, uma metamorfose ambulante (“lhe tenho horror”…).
    Vejam o vídeo a seguir: https://www.youtube.com/watch?v=qrx4hHRrIrM

  23. 05/09/2014 16:56

    Material importantíssimo e de grande elucidação para nossa avaliação! Pois abrange áreas de conhecimento, as quais comumente não acessamos mas que são fundamentais para nesta época e para o momento de transição pelo qual passamos.

  24. marta lúcia massolini lippel permalink
    05/09/2014 18:36

    Por isso o senhor é meu ‘guru’!

    • Maria permalink
      06/09/2014 12:37

      Dá um jeito de pensar por se mesma mulher!!!

  25. Renata permalink
    05/09/2014 19:24

    Adorei o texto. Marina não é a melhor opção para o Brasil e agora tenho mais certeza disso. Na política você tem que assumir um lado: ou do povo ou do capital. Não dá para ficar em cima do muro, falando de nova política. Isso demonstra que de nova não tem nada.

  26. Keli permalink
    05/09/2014 19:58

    Adorei os esclarecimentos!!!

  27. EDGARD AZEVEDO ALMEIDA JUNIOR permalink
    05/09/2014 21:26

    então sr. leonardo, me diga… nesses anos de poder do pt de lula e dilma… os bancos e os banqueiros ficaram empobrecidos… me desculpe pela irritação anterior… mas este título de sua entrevista é no mínimo hilária…

  28. Felisbela Parente Paiva permalink
    05/09/2014 23:12

    Uma opinião bem abalizada.Concordo com a análise de Leonardo Boff.
    Marina não tem firmeza nem conhecimento político para dirigir um país como o Brasil.
    Despertem ingênuos brasileiros.

  29. Flávio permalink
    05/09/2014 23:19

    Caro Leonardo sempre admirei seus textos e sua lucidez. Hoje tenho a infelicidade de ler um texto amargo que ainda tenho que digerir, mas que contem alguns argumentos especulativos e, por isso de certa forma maldosos, alguns tão fantasiosos que só os vi sendo utilizados pelos sites fundamentalista do PT. Tenho muito medo de chegar a conclusão de ser um texto de visão embaçada pelo partidarismo.

  30. Iara permalink
    06/09/2014 0:05

    Estava com dúvida, agora já tenho certeza votarei ….Marina….

  31. 06/09/2014 0:36

    Lembrei do Rubem Braga quando dizia que sofreu preconceito e até de certa forma perseguição de Leonardo Boff pelo fato de ser um teólogo da libertação protestante. Marina agora é vítima do mesmo tipo de preconceito, pois Malafaia até de outra igreja é, enquanto isso Boff rotula todos os evangélicos como iguais, não sou evangélico mas acho que esse discurso só promove o ódio. Marina tem suas dificuldades e limitações, entretanto muitas das elencadas aí são preconceituosas e algumas são verdadeiras profecias ou desejos de um Brasil pior com Marina. Lula elegeu quantos congressistas? E não governou? Se ela não vai romper com o capitalismo, o PT também não rompeu, agora ela como dizia Leonardo antes pode levar mais sensibilidade social, humana e espiritual para a presidência da república.

    • 08/09/2014 9:06

      Lembrei do Rubem Alves quando dizia que sofreu preconceito e até de certa forma perseguição de Leonardo Boff pelo fato de ser um teólogo da libertação protestante. Marina agora é vítima do mesmo tipo de preconceito, pois Malafaia até de outra igreja é, enquanto isso Boff rotula todos os evangélicos como iguais, não sou evangélico mas acho que esse discurso só promove o ódio. Marina tem suas dificuldades e limitações, entretanto muitas das elencadas aí são preconceituosas e algumas são verdadeiras profecias ou desejos de um Brasil pior com Marina. Lula elegeu quantos congressistas? E não governou? Se ela não vai romper com o capitalismo, o PT também não rompeu, agora ela como dizia Leonardo antes pode levar mais sensibilidade social, humana e espiritual para a presidência da república.

      • Paulo Roberto Dos Santos. permalink
        09/09/2014 20:07

        Em uma de suas entrevistas (Rubem Alves) que li, recordo-me muito bem que ele queixou-se de Frei Beto (Dominicano) e não de Frei L. Boff (Franciscano).Penso que Frei Beto, na T.L. antecede à L. Boff .

    • 09/09/2014 19:05

      Freitas
      Nunca encontrei Rubem Braga na minha vida;e Malafaia deu tres tuitaços tremendos ameaçando Marina que diria coisas que jamais seriam mais fortes em sua vida. Acho que Maria ficou assustada pois nos pontos em que Malafaia criticava ele recuou em todos.
      lboff

      • 11/09/2014 0:50

        Boff, naquela semanda foram 200 e tantos twitters de embate entre Silas e Marina. Nesse tempo várias retificações no plano de Marina forma feitas (já que agora a candidata seria ela e não Campos) e quando calhou de tocar nesse alguém achou de associar uma coisa com outra? Ora, isso no mínimo é desonesto. Sem contar que do ponto de vista de crença pessoal (coisa que nem deveria ser posto na mesa, como ela mesma não coloca), Marina é próxima do maior denunciante de Malafaia, Caio Fábio D´Araújo Filho.
        Logo é óbvia a má fé em associar essas coincidências.

  32. João Carlos Lima permalink
    06/09/2014 0:56

    Esse é um momento muito importante para todos os Brasileiros. é nesse momento que vamos decidir o futuro dos nossos filhos e netos. Eu, João Carlos Lima, sou brasileiro, neto de índio, não sou mais criança, sou filho, sou pai e também já sou avô! Em tempos anteriores, passamos por outros governos, militares e civis entre eles, destaco Getúlio Vargas e Ernesto Geisel mas, em todos eles também houve: corrupção e perseguições, isso não acaba! Uma coisa sei, hoje os brasileiros tem direitos garantidos na Constituição e na CLT. Também, a atual presidenta garantiu o direito das domésticas em ter carteira assinada, horário de entrada, de almoço e de saída do trabalho e isso é um avanço que mexe com muita gente que acham que só eles é quem deve ter direitos assegurados. Também, DEUS não faz acepção de pessoas Ele faz o sol nascer e manda chuva tanto para o justo como para o injusto. Para DEUS te mostrar a luz, ele criou também as trevas. Pense nisso.

  33. Cristian permalink
    06/09/2014 2:54

    Um artigo forte. Apesar de defender o PT demais, nao propor aspectos espiritualistas positivos no artigo (o que foge ao seu estilo), confundir a Assembleia de Deus da Marina com a do Silas Malafaia (denominacoes diferentes), e acabar com a espiritualidade da Marina (que em sua visao virou fundamentalista), o Leonardo Boff ainda levanta alguns pontos em relacao ao projeto politico da campanha da Marina que fazem sentido e aos quais deviamos prestar atencao.

  34. Elisabeth Moresco e Marilia de Dirceu Moresco permalink
    06/09/2014 3:21

    Admiramos a sua inteligência e sensiblidade junto aos mais queridos de Jesus. .O Livro Mistica e Espiritualide escrito junto com Frei Betto é de grande ensinamento. Este pessoal deveria ler e estudar todos os seus livros e ler mais sobre filosofia.

  35. 06/09/2014 8:41

    Esclarecedor Boff! Obrigada. Concordo integralmente com tudo, inclusive que Marina se eleita será deposta em no máximo 2 anos.

  36. fernando castro permalink
    06/09/2014 8:44

    De acordo com tudo que foi dito por Boff mas é fundamental acrescentar: a Dilma consegue ser pior que Marina e Aecio somados. Não há escolha possível entre os candidatos oficiais.

    Engraçado que os defensores do pt, digo os bem intencionados, não conseguem sequer pronunciar-lhe o nome. Dificuldade que fala muito a favor deles.

  37. Geraldo Donizetti de Oliveira permalink
    06/09/2014 9:21

    O tema é provocante, debates calorosos. Mas ainda temos muito que aprender de tudo. A sociedade brasileira (incluindo milhares de candidatos) não tem acesso ao debate crítico, não sabem distinguir as ideologias políticas (capitalismo, socialismo, liberalismo etc) e são como surfistas – não perdem a onda. A Constituição está sendo “digerida” e o custo social que garante a igualdade deve ser suportado por todos. A forma de pensar e agir é livre, mas a eleição consciente não comporta retrocessos. Não tem como escolher candidato A, B, ou C que esteja desconexo com a realidade constitucional.

  38. 06/09/2014 9:58

    Infelizmente não tenho opções para votar, por mais que eu tente exercer uma subjetividade aberta para votar e acreditar nos políticos eu não consigo, pois a história mostra que a maioria (para não dizer todos) visam o poder, com isto vivemos a realidade atual com as mazelas que todos conhecem. Um dos temas da Marina é uma proposta de política nova, mas nos bastidores e nas entrelinhas de muitas reportagens vimos que na prática é uma política velha.

    Ao meu entender temos que ter uma sociedade nova, mais igualitária, solidária, temos que sair da nossa “zona de conforto” e fazer a nossa parte (dentro da nossa possibilidade e capacidade) para fazermos valer os nossos direitos e obrigações.

    Temos o poder nas mãos e não sabemos usar! Não quero entrar no mérito religioso, mais temos o maior exemplo que é Jesus Cristo, ele mostrou e ensinou que temos que ser solidários uns com os outros, sendo contra a exclusão e a favor da dignidade, ou seja, o ser humano é sagrado e não há exploração da vida e sim os dons de cada um são compartilhados de forma livre e gratuita em prol do bem comum.

    Somos o maior país cristão do mundo e não colocamos em prática os ensinamentos de Cristo, com esta nossa omissão (eu me incluo nisto) os nossos governantes se aproveitam para manobras de enriquecimento ilícito desviando dinheiro público (nosso e sagrado) e com isto muitas vidas inocentes se vão ceifadas de forma precoce.

    Se a sociedade fazer valer os seus direitos com certeza sairíamos deste plano de morte e entraríamos num plano de vida. (vida em abundância)

    Vamos sair desse ostracismo e trabalharmos em conjunto!

  39. camila permalink
    06/09/2014 13:05

    Poderia esclarecer, por favor, o que significa:
    Marina fala de sustentabilidade, o que é correto. Mas deve ficar claro que a sustentabilidade só é possível a partir de outro paradigma que inclui a sustentabilidade ambiental, político-social, mental e integral (envolvendo nossa relação com as energias de todo o universo).

    Que energias de todo o universo são essas? Existe alguma outra energia além da já descrita pelas leis da física?

    • 09/09/2014 18:46

      Camila
      é bom vc estudar um pouco de fisica quântica e da nova cosmologia e astrofísica que possuem já quase um século de existência com uma visão totalmente diferente daquela que herdamos e infelizmente ainda prevalece nas escolas.No meu livro O Tao da libertação (Vozes) ou Opção-Terra (Vozes) vc tem ai farta literatura.
      lboff

      • Elion. permalink
        13/09/2014 15:56

        Caro Frei
        Provavelmente a Camila seja uma simples mortal como eu ou quem sabe, sua área de atuação ou interesse não seja astrofísica, física quântica, cosmologia, sei lá. Apenas queremos informações para formarmos nossa própria opinião num momento tão importante como o que estamos vivemos. Por favor, não me esbofeteie nem me mande estudar.

  40. 06/09/2014 18:00

    Que entrevista sensacional, pena que os jovens não são capazes de pararem por 5 Minutos e consumir esta riqueza de explanações e opiniões coerentes.

    Sou PT ETERNO e tenho medo de que um novo Collor venha por ai.

    Parabéns Leonardo Boff

    • cristina coluccini permalink
      15/09/2014 16:17

      REalmente Alexandre!!!!Que debate maravilhoso, como é importante as pessoas manifestarem suas opiniões, mesmo que sejam contrárias! E como lamento os jovens não perceberem o valor deste diálogo!

  41. Felipe Borduam permalink
    06/09/2014 20:07

    Boa noite, caro irmão Leonardo Boff, gostaria de esclarecer algumas informações passadas de maneira equivocada nesse texto.

    Você disse: “O Malafaia, líder da Igreja Assembleia de Deus à qual Marina pertence, é o seu Papa.”

    1° Não pertenço as Assembleias de Deus, mas a Assembleia de Deus que a Marina pertence foi fundada em 1911 e é uma igreja histórica muito respeitada e conceituada. Sem contar que é a principal representante do pentecostalismo brasileiro que foi a religião escolhida pelos negros de nosso país e foi e é responsável por inserir dignidade e inserção social desse grupo.

    2° Não podemos confundir Neopentecostalismo com Pentecostalismo. Silas Malafaia é pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo que veio a existir muito tempo depois das verdadeiras Assembleias de Deus. O Silas Malafaia não tem nenhuma ligação com a denominação de Marina Silva e, muito menos autoridade eclesiástica sobre ela ou sua denominação.

    Enfim… discordo de quase tudo em suas colocações aqui, mas essa minha observação acima já vale para o momento.

    Fique na paz de Cristo!

  42. Eliane Rocha permalink
    06/09/2014 20:14

    Ora, se não sabemos nem se o mundo vai ter algum futuro com a poluição causada nas camadas de ozônio pelos carros e devastação da Amazônia, imagine com a descoberta de petróleo por lá? Vai atear fogo na floresta, acabar tudo. Como ela e o Lula podem pensar em algum futuro se não houver uma mudança do eixo econômico que gira em torno do petróleo? O petróleo, o pré sal são da época dos dinossauros. Ou incendiaremos a Amazônia e o resto do mundo a custa deste “ouro negro”, ou passaremos por violentas transformações econômicas e sociais para transformar a Petrobrás em Empresa de empreendimentos de energias eólicas e solares, exigindo das industrias automobilísticas esta transição, que só não aconteceu ainda para não desbancar os donos do petróleo.

  43. Lida Helena permalink
    07/09/2014 9:53

    Adorei a visão critica do L.Boff.Ate que enfim uma pessoa culta, de caráter e visão tem a coragem de esclarecer com propriedade como sera o governo de Marina Silva. Realmente estamos sem muitas opções, mas com certeza nao podemos nos aventurar votando numa fundamentalista que fez adesões politicas indiscriminadas apenas para chegar ao poder.E depois como será? Pensem nisso e deixem de ser tapados! Um abraço Boff.Sou sua fã e creio nos seus princípios.

  44. ciro freitas permalink
    07/09/2014 10:00

    comentar isto e perca de tempo pois todos sabem que eles sao todos farinha do mesmo saco E AINDA TEM QUEM DEFENDE ESTA CORJA DE LADROES NINGUEN MERECE UFA

  45. 07/09/2014 12:53

    Sempre que tenho oportunidade leio os textos de Leonardo, mas desta vês lhe faltou melhores argumentos. Marina só passou a incomodar a elite quando abandonou seu posto subalterno para se colocar em igualdade com os magnatas e ameaçar os poderosos elitizados. Atacar a candidata utilizando do eixo religioso constitui uma atitude retrógrada e descontextualizado, até porquê, seja qual fosse a religião da candidata, o argumento poderia ser o mesmo. Todas as religiões legitima e justifica as diferenças sociais. O Protestantismo, Catolicismo com seu conceito de “eleitos de deus”, “Benção Divina” e, o Espiritismo, Budismo e etc… Com seu conceito de “Carma”, ” Reencarnação”. Todas são legitimadoras, se não é pela vontade de Deus é pelo carma de quem sofre.

  46. Guilherme permalink
    07/09/2014 22:15

    Prezado Boff, lamento apenas a sua flata de experiência na gestão pública. Suas reflexões são muito boas, mas fica claro que falta uma uma passagem pelas entranhas do governo. Falar apenas como expectaor externo fragilizam seus argumentos.

  47. Regina Assunta permalink
    07/09/2014 22:27

    Sempre votei no PT mas me senti traída pelo partido. Como moradora do Complexo do Alemão achei que eles gastaram milhões para fazer as 06 estações do teleférico, quando o povo de lá (todos trabalhadores – de origem pobre negros e imigrantes que vieram trabalhar nas industrias próximas ao Complexo) tem outras prioridades como por exemplo postos de saúde, escolas e creches, dentro do morro, e também transporte interligando os morros ao asfalto. O teleférico é um elefante branco e uma marca do PT nas comunidades, a sua serventia se torna ínfima em proporção ao que poderia ter sido feito com o dinheiro que foi gasto na sua construção,(visto que a maioria dos moradores não utiliza o teleférico).Outra coisa é a parte da segurança, estão assassinando os moradores (pessoas sem envolvimento algum com drogas), a repressão aos moradores é grande e a falta de respeito também. Reconheço que houve melhorias com a abertura de algumas creches e a urbanização de algumas ruas, mas poderiam usar melhor o dinheiro em benefício do povo. Cansei das figurinhas marcadas da política no Brasil, talvez eu vote em Dilma mas talvez eu digite 00 e aperte confirma.

  48. 08/09/2014 0:56

    Parece comentário de TUCANO!

  49. Helder Passos permalink
    08/09/2014 10:04

    O que Leonardo Boff, fala não deve ser encarado como verdade, mas como um ponto de vista e, como tal, deve ser avaliado. A coerencia de seu texto é boa e suas preocupações é compartilhada por muitos, inclusive por mim que tenho militada para que o Estado de fato seja laico em teoría e prática, Neste aspecto naõ temos como não preocuparmo-nos com a possibilidade dos avanços neste aspecto estagnarem ou até retrocederem, Isso não tem nada a ver com a falta de respeito às orientações religiosas individuais, mas a possibilidade da agenda religiosa imiscuir-se na agenda política. Neste caso, é bom fazer um comparativo dos candidatos quanto à questão, tanto nas suas práticas passadas e atuais como em suas propostas ou projetos para o futuro. A bíblia ou a constituição? O corão ou a constituição? etc..

  50. 08/09/2014 11:44

    Olá Leonardo, primeiramente quero dizer que sou muito fã dos seus textos e principalmente dos seus livros. Quanto a este texto só gostaria de esclarecer que não há ligação eclesiástica entre a Marina e o Malafaia, isso é uma difamação. As vertentes denominacionais evangélicas são muito complexas e difíceis de entender, portanto, peço que investigue profundamente estas relações antes de se pronunciar. Inclusive o próprio Malafaia disse que não tem nada a ver com a a candidata.

  51. Gaston Abbas permalink
    08/09/2014 23:51

    Meu caro Boff, mi nombre es Gastón Falabella, argentino y muy admirador suyo por la histórica lucha que inclaudicablemente ha llevado adelante, junto al Pueblo y en el camino de Dios. Pero me veo obligado a hacerle una observación que creo es oportuna: cuando habla en el tercer párrafo de la tercera respuesta, lo siguiente sobre las lectura que Marina Silva y su Papa evangelista, hacen de la lectura de los evangelios.
    Usted dice: “Como fundamentalista é uma leitura literalista, no estilo dos muçulmanos.”.
    Su criterio, a mi juicio, en esta cuestión: “se engana”, porque iguala sin más a los musulmanes con el fundamentalismo. Cuando los verdaderos fundamentalistas, ayer Bin Laden y hoy el ISSIS (o mal llamado estado Islámico) NO REPRESENTAN VERDADERAMENTE EL ISLAM. Y es más, el verdadero mensaje del Islam está lejos de ser fundamentalista y prohibe la lectura literal del Corán, por eso hay personas expertas en temas religiosos, pero sabios de verdad, que hacen la exégesis del libro sagrado para evitar atropellos a las palabras de Dios que ellos encarnan. Le mando un abraco grande desde el Sur de la Patria Grande. fraterno. Gastón

    • Fernando permalink
      09/09/2014 23:18

      Caro Gaston, vc é um dos poucos comentaristas com objetividade e lucidez que vejo postar algo aproveitável. Em meio a tantos sofistas que se enrolam com seus contra argumentos que não deslancham e só se tornam mais e mais confusos, aparece alguém com foco na questão e conhecimento do xadrez geopolítico no qual estamos inseridos e que cujo momento histórico representado nestas eleições é de vital importância para o país: Marina está a serviço da máfia sionista internacional capitaneada pelas hienas de Wall Street, ávidas de se apoderarem das economias e do sistema financeiro dos países através da independência dos seus bancos centrais – independência que está custando o futuro do povo Americano – e cujo um dos tentáculos no Brasil é a família Setúbal e seu banco Itaú. Os Setúbal e o Bradesco figuram na lista dos 30, a famosa lista dos 30 agentes financeiros mais destacados a serviço do sionismo internacional ao redor do mundo; Marina é premiada, sustentada e incensada pelo outro tentáculo desta máfia parasitária através do Clube de Roma, a criação maquiavélica de Rothschild e Rockfeller ainda na década de 60, que tem como única finalidade travar o desenvolvimento industrial de países pobres do terceiro mundo mas ricos em recursos naturais através de uma politicagem rastaqüera de ecologismo barato, suspeito e totalmente carente de embasamento e comprovação científicos para mantê-los no eterno subdesenvolvimento tecnológico, relegando-lhes o papel de meros fornecedores de matéria-prima e mão-de-obra baratas; ela usa de sua falsa beatitude e virtudes de Arlequim para arrebanhar os incautos que por preguiça ou ignorância sempre estão à espera de um salvador da pátria diretamente enviado dos céus por alguma divindade e delegam a terceiros, quartos ou quintos elementos a responsabilidade de seus atos que raramente assumem e creditam o seu insucesso e incompetência às forças malignas e vêem o mal em tudo que enxergam, movidos por falsas teologias oriundas do mesmo seio sionista que as exporta para os países pobres como arma de dominação ideológica e desestruturação do tecido político e social – estamos vivenciando o exemplo disto hoje no Brasil e na África subsaariana – e que são um hibridismo monstruoso entre leituras malfeitas do Cristianismo e Judaísmo para vergonha das duas sérias e respeitadas religiões; ela admira e jura fidelidade eterna ao monstro Israel, o estado genocida e fascista, que a pretexto de combater o terrorismo árabe dizima populações, aniquila cidades, destrói hospitais, asilos, escolas, usa crianças como alvo de tiro e depois lhes rouba as terras em cujo subsolo se encontram grandes jazidas de gás e petróleo. Por tudo isto, por ser tão reles e fajuta em suas posturas quanto o é em seu discurso cheio de desmentidos, contradições e citações indevidamente solapadas de outros pensadores é que ela se assemelha à dona Perpétua, a personagem impagável e canastrona de Tieta do Agreste de Jorge Amado. É uma pena que dona Perpétua tenha saído das páginas de ficção e se tornado uma realidade que poderá custar nosso futuro político, econômico e social.

      • Gaston Abbas permalink
        14/09/2014 23:28

        Querido Fernando. También me alegra mucho que podamos coincidir en esta página y demos algunas luces sobre la verdadera pelea de fondo. voce é tao claro quando diz: “Marina está a serviço da máfia sionista internacional capitaneada pelas hienas de Wall Street”. Este links é um dos melhores sobre o assunto, se alguem ai no brasil gostaria de aprofundar

  52. Gaston Abbas permalink
    09/09/2014 0:14

    https://www.youtube.com/watch?v=1oEQrqsEQn8&list=UUHb3cj2VXjAXC-mKZsRRspg&index=5 Aquí le dejo un videito que ayudará ilustrar lo que le comento. Y por si quiere profundizar en quién está por detrás del mal llamado “estado islámico”, lean este link. http://www.rebelion.org/noticia.php?id=189351
    Fidel Castro dijo que la Mossad Israelí y John McCain conspiraron para crear la organización terrorista mal llamada Estado Islámico.

  53. 09/09/2014 8:55

    Nunca achei que um dia iria acreditar na frase “Nasce um trouxa a cada minuto” do Barnum.

  54. 09/09/2014 11:55

    Dilma and the Forest Code, Dilma and agribusiness, Dilma and Belo Monte – and this you support for the environment? incredible!

  55. Gustavo permalink
    09/09/2014 19:47

    Que perguntinha nojenta. “É cristão não criminalizar a homofobia, que provoca assassinatos”. Quem defende a “criminalização da homofobia” apenas USA os problemas dos homossexuais como capital político. Matar qualquer pessoa é CRIME. Matar por motivo fútil ou torpe JÁ É AGRAVANTE. Escrever outra coisa, num papel NÃO MUDA NADA. As pessoas são mortas porque não há aplicação da lei, não há segurança pública. Não tem nada a ver com aumentar a pena no papel, nem com criar um novo tipo penal: “homofobia”. Não criminalizar a homofobia é absolutamente razoável. Matar ou agredir alguém já é crime e já tem a pena aumentada por motivo fútil ou torpe. Matar porque é mulher; agredir porque é torcedor de outro time; ou agredir/ matar sem motivo, são já igualmente crimes, e crimes punidos com a pena aumentada.
    É por isso que eu digo: quem fica querendo mudar mais uma vez o papel, só quer ganhar voto de pessoas burras, como o jornalista que escreveu esta pergunta cretina.

  56. 10/09/2014 9:51

    Peguem esta entrevista e substituam o nome Marina por Dilma ou Aécio. Nada muda! Pobre do povo sem esperança; maldito o político que o rouba…

  57. Idauro permalink
    10/09/2014 10:15

    Falsa e leviana a afirmação de que Marina obedece ao Malafaia e que ele seria como um Papa para a candidata. Eles são de denominações diferentes, embora tenham o mesmo nome de Assembleia de Deus. O senhor deveria saber disso!

  58. Cecilia permalink
    11/09/2014 19:33

    Caro Leonardo Boff

    Admiro alguns trabalhos seus, principalmente os atuais, em que o senhor faz uma revisão da Teologia da Libertação, renovando sua vivência e lucidez espiritual. Agora, me admira muito o senhor dar esta entrevista nesse tom crítico com relação à Marina e sua religião.
    Pressinto alguma falta de conhecimento da Assembleia de Deus e do Antigo Testamento, o que me admira muito – sendo o senhor um teólogo! O Antigo Testamento e a Assembleia de Deus nunca foram fundamentalistas! Como o senhor pode dizer isso da Palavra de Deus?! Não sou assembleiana, mas sei que não são fundamentalistas, aliás, são contra tal postura, porque DEUS NÃO É FUNDAMENTALISTA! E eles só pregam e praticam o que Deus diz e afirma em sua Palavra, a Bíblia. Marina não é fundamentalista, ela CRÊ em DEUS e não tem medo nem vergonha de dizer isso. (Melhor que muita gente que se diz católico e só vai à igreja em casamento ou quando é preciso, mas não pratica nada do cristianismo.) O Fundamentalismo foi criado pelos árabes para subjugarem seu povo (analfabeto); ele não existe no Alcorão; os homens o subverteram para seu próprio benefício. Não vamos confundir as coisas, nem julgar as pessoas sem antes tivermos verdadeiros argumentos e fatos. O senhor, como cristão, aprendeu isso, não? É preciso sermos responsáveis ao dizermos nossas opiniões etc. quando ocupamos um espaço público. Obrigada por sua atenção.

    • Fernando permalink
      06/10/2014 22:27

      Cara Cecília,
      Sugiro que se informe melhor sobre o sentido do termo “fundamentalismo” quando o assunto é ideologia religiosa. Atribuir aos Árabes a paternidade do fundamentalismo religioso é, no mínimo, para ser eufemista, de uma ignorância pueril. Fundamentalismo ocorre cada vez que se faz uma leitura literal de um texto descontextualizando-o histórica e filosoficamente de seu tempo e das condições sociais em que foi concebido. Os maiores exemplos de fundamentalismo religioso no tronco judaico-cristão se dão justamente no Judaísmo, bem antes do aparecimento de Jesus. Aliás, uma das discussões levantadas pelo Mestre é contra este rigorismo fundamentalista – sempre hipócrita mas tido como justo à luz das leis mosaicas – e seus desdobramentos em rituais e costumes religiosos que suplantaram a verdadeira mensagem da fé. É no Judaísmo que se encontra a coisificação da mulher e a criação de uma estrutura familiar e social machista e belicista voltada para a guerra e a conquista. Teudo em nome de Jeová.
      Ainda no início do Cristianismo a leitura fundamentalista da mensagem de Paulo de Tarso em contraponto aos testemunhos de Pedro levaram à cizânia e à cisão dentro do Cristianismo, tendo estas pendengas sido resolvidas – em parte – somente através dos Concílios. Mas desde sempre tivemos os vários ramos dentro da mesma religião: cristianismo Copta, Armênio, Ortodoxo e Católico Romano, só para citar os mais conhecidos.
      Maomé só vai aparecer na segunda metade do séc. VI e tal como aconteceu no Judaísmo e no Cristianismo houve cisões dentro de sua religião mesmo tendo como fonte de fé e revelação profética um mesmo livro, o Alcorão. Renegar a mulher a um segundo plano como parideira e mãe de família ou propriedade do homem não é exclusividade do Islamismo, Cecília. Eu iria além: acontece em algumas seitas do Islamismo porque em outras as mulheres tem um papel respeitado na sociedade de seus países. A misoginia e o tratamento de cidadão de segunda classe ocorreu e ocorre em seitas judaicas, cristãs e islâmicas, o que acontece é que em países tradicionais islâmicos isto é institucionalizado e faz parte da tradição e esta tradição tem se mostrado tão mais violenta quanto mais o ocidente insiste em se apossar das terras e das riquezas desses povos. Só para citar alguns exemplos de fundamentalismo cristão que talvez lhe passem despercebidos: os mórmons, que cultivam, inclusive, a bigamia; os amish; os quakers; os neopentecostais em geral são, sim fundamentalistas e chegam a acreditar que podem falar em línguas tal como os apóstolos de Jesus.
      Portanto, Cecília, fundamentalismo é muito mais do que o clichê que o William Bonner usa para rotular os grupos jihadistas islâmicos que se opõem aos interesses das petrolíferas multinacionais no Golfo Pérsico ou das colunas de fofoca política do semanário Veja que insiste em criar a fantasia da “cristandade ameaçada” querendo fazer ressurgir em pleno séc. XXI uma Cruzada do ocidente em terras Árabes consideradas pagãs.
      Fundamentalistas são Silas Malafaia, Bolsonaro, Marco Feliciano e Levi Fidelix ao invocarem textos bíblicos do AT que mandam matar pessoas por práticas sexuais contrárias à moral da época e depois tem a cara-de-pau de irem para a frente das câmeras dizer que são mal interpretados e que “amam de paixão” os LGBT. Geralmente, calças frouxas e borra-botas também são fundamentalistas porque é no fundamentalismo que reside o último reduto para sua estupidez encontrar algum tipo de guarida e expressão.

      • 07/10/2014 0:51

        Fernando, muito boa sua fundamentação. Concordo plenamente.
        lboff

    • Augusto H. D. permalink
      16/10/2014 16:17

      Leonardo Boff não é mais cristão. Ele não crê mais em Jesus como filho de Deus, não crê na trindade, não crê na inspiração das Escrituras, não professa o credo apostólico. Não cobre dele algo que ele não é.

      • 18/10/2014 22:46

        Augusto, vc não leu nenhum livro meu: só sobre a Trindade tenho dois, sobre Jesus Cristo uns 8, sobre a Igreja uns 10, sobre os sacramentos uns dois, sobre a ave-maria, o pai-nosso, sobre São josé e sobre Maria uns 4. Informe-se um pouco antes de pronuncia suas difamações.
        lboff

  59. 12/09/2014 19:50

    Tudo isso é um jogo muito sujo. Uma entrevista faz-de-conta com perguntas já dirigidas, quase sugerindo o rumo da resposta.

    Já na primeira resposta – um espanto. Confusão, inverdades, deduções que beiram a calúnia. Desconhecimento absoluto das posições de Marina e do Malafaia.

    Muito fundamentalismo mesmo. Fundamentalismo partidário, fundamentalismo ideológico, fundamentalismo de classe.

    Por fim, L. Boff, de outra oportunidade deixe a economia para quem conhece do assunto, talvez para o Lula que “entregou” o Banco Centra a um homem do capita-financeiro (Meirelles, ex-presidente internacional do Bofa) e manteve o tripé macroeconômico do FHC.

  60. Francisco permalink
    13/09/2014 15:42

    “Está ficando cada vez mais claro que Marina tem um projeto pessoal de ser presidente, custe o que custar”…Parei de ler sua entrevista aqui… O que vale pra Marina não vale pra Lula?…Gosto de ler seus artigos quando o tema é teologia, mas quando se mete a escrever sobre política, e tenta defender o PT…

  61. Albino Machado permalink
    14/09/2014 15:28

    Se com Marina os pobres vão perder uma aliada com Dilma os corrutos vão ganhar uma parceira ou no minimo uma omissa.Por isto, eu que sempre votei no PT agora sou Marina até debaixo d’agua.Fora Colllor, fora Sarney, fora Lobão e os sindicalista corruptos de plantão.

  62. Henrique permalink
    15/09/2014 6:28

    Confesso que parei de ler em: “O Malafaia, líder da Igreja Assembleia de Deus à qual Marina pertence, é o seu Papa. O Papa falou, ela, fundamentalisticamente obedece, pois vê nisso a vontade de Deus.”

    Primeiro porque o Malafaia não é líder da Assembléia de Deus. Ele é líder da Assembléia de Deus Vitória em Cristo, que é um dos ramos (pequeno até) da Assembléia de Deus.

    Depois dizer que a Marina “fundamentalisticamente obedece” é desconhecer a própria Marina de quem Boff foi amigo e apoiador na campanha de 2010.

    Que Vergonha, Leonardo Boff. Você não precisava se vender ao PT desta maneira. Que vergonha!!

  63. 17/09/2014 8:11

    As perguntas são claramente tendenciosas e parece que Boff, pese seu imenso conhecimento e sabedoria, não pode fugir de seu próprio histórico pessoal de mágoas religiosas. Apenas penso que Marina Silva merece um voto de confiança e não esta carga de vaticínios negativos que sobre ela recai injustamente, ou permaneceremos para sempre esperando um imaculado Salvador.

  64. Kennedy Borges permalink
    25/09/2014 16:29

    Entre os três candidatos mais “cotados” para assumir a presidência, Marina Silva é, sem dúvidas, a menos problemática e a mais comprometida com os assuntos ambientais.

  65. Kennedy Borges permalink
    25/09/2014 16:39

    E ponto final!

  66. Ana Carolina permalink
    27/09/2014 14:09

    Leonardo Boff, algum problema? Por favor libere minhas respostas, tenho direito de me defender de quem me chamou de burra pelo menos. Obrigada!

  67. Augusto H. D. permalink
    02/10/2014 11:35

    “A libertação para ela é espiritual, do pecado e das perversões do mundo.”
    Pois é… parece que Paulo de Tarso também não ganharia muitos votos do pessoal da TL.

  68. laws permalink
    22/11/2014 17:04

    Vocês que votaram no PT (Partido da Traição) engulam esta: Katia Abreu na Agricultura, para quem acha que alguma coisa poderia ser pior para o Meio Ambiente, a questão indígena e a Reforma Agrária.

Trackbacks

  1. Com Marina: os pobres perderam uma aliada e os ricos ganharam uma legitimadora | Blog do Marcelo Sereno
  2. Marina foi cooptada pelos grupos da velha política | MANHAS & MANHÃS

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: