Skip to content

DADOS GOVERNOS FHC/PSDB E LULA-DILMA/PT POR HILDEGARD ANGEL, jornalista

11/10/2014

Com a eventual vitória de Aécio Neves, voltará em cheio o projeto neoliberal que não deu certo nem aqui nem nos países centrasis com uma crise abissal e 102 milhões de desempregados. O futuro ministro da Fazenda Arminio Fraga já sinalizou para onde vai a direção do Governo ao dizer: “dos bancos públicos (Banco do Brasil, Caixa Econômica e BNDS) com as correções a serem feitas, vai sobrar pouca coisa”; e disse algo assustador para quem vive de salário:”os salários estão altos demais”; há que rebaixá-los. Cada umm vota conforme sua preferência, mas pense antes nas consequências globais para o país e para quem mais precisa de meios para viver que são as grandes maiorias pobres: Lboff

Sobre o segundo turno das eleições presidenciais (Por que a grande imprensa brasileira nunca publicou esses dados com destaque?)

Comparando o Brasil de 2002 (Fernando Henrique Cardoso) ao de 2013 (Lula/ Dilma)… segundo a OMS, a ONU, o Banco Mundial, o IBGE, o Unicef etc…

Publicado em 15/09/2014 > http://www.hildegardangel.com.br/?p=41715

Leiam e tirem as suas próprias conclusões….

1. Produto Interno Bruto:

2002 – R$ 1,48 trilhões
2013 – R$ 4,84 trilhões

2. PIB per capita:
2002 – R$ 7,6 mil
2013 – R$ 24,1 mil

3. Dívida líquida do setor público:
2002 – 60% do PIB
2013 – 34% do PIB

4. Lucro do BNDES:

2002 – R$ 550 milhões
2013 – R$ 8,15 bilhões

5. Lucro do Banco do Brasil:
2002 – R$ 2 bilhões
2013 – R$ 15,8 bilhões

6. Lucro da Caixa Econômica Federal:
2002 – R$ 1,1 bilhões
2013 – R$ 6,7 bilhões

7. Produção de veículos:
2002 – 1,8 milhões
2013 – 3,7 milhões

8. Safra Agrícola:
2002 – 97 milhões de toneladas
2013 – 188 milhões de toneladas

9. Investimento Estrangeiro Direto:
2002 – 16,6 bilhões de dólares
2013 – 64 bilhões de dólares

10. Reservas Internacionais:
2002 – 37 bilhões de dólares
2013 – 375,8 bilhões de dólares

11. Índice Bovespa:
2002 – 11.268 pontos
2013 – 51.507 pontos

12. Empregos Gerados:
Governo FHC – 627 mil/ano
Governos Lula e Dilma – 1,79 milhões/ano

13. Taxa de Desemprego:
2002 – 12,2%
2013 – 5,4%

14. Valor de Mercado da Petrobras:
2002 – R$ 15,5 bilhões
2014 – R$ 104,9 bilhões

15. Lucro médio da Petrobras:
Governo FHC – R$ 4,2 bilhões/ano
Governos Lula e Dilma – R$ 25,6 bilhões/ano

16. Falências Requeridas em Média/ano:
Governo FHC – 25.587
Governos Lula e Dilma – 5.795

17. Salário Mínimo:
2002 – R$ 200 (1,42 cestas básicas)
2014 – R$ 724 (2,24 cestas básicas)

18. Dívida Externa em Relação às Reservas:
2002 – 557%
2014 – 81%

19. Posição entre as Economias do Mundo:
2002 – 13ª
2014 – 7ª

20. PROUNI – 1,2 milhões de bolsas

21. Salário Mínimo Convertido em Dólares:
2002 – 86,21
2014 – 305,00

22. Passagens Aéreas Vendidas:
2002 – 33 milhões
2013 – 100 milhões

23. Exportações:
2002 – 60,3 bilhões de dólares
2013 – 242 bilhões de dólares

24. Inflação Anual Média:
Governo FHC – 9,1%
Governos Lula e Dilma – 5,8%

25. PRONATEC – 6 Milhões de pessoas

26. Taxa Selic:
2002 – 18,9%
2012 – 8,5%

27. FIES – 1,3 milhões de pessoas com financiamento universitário

28. Minha Casa Minha Vida – 1,5 milhões de famílias beneficiadas

29. Luz Para Todos – 9,5 milhões de pessoas beneficiadas

30. Capacidade Energética:
2001 – 74.800 MW
2013 – 122.900 MW

31. Criação de 6.427 creches

32. Ciência Sem Fronteiras – 100 mil beneficiados

33. Mais Médicos (Aproximadamente 14 mil novos profissionais): 50 milhões de beneficiados

34. Brasil Sem Miséria – Retirou 22 milhões da extrema pobreza

35. Criação de Universidades Federais:
Governos Lula e Dilma – 18
Governo FHC – zero

36. Criação de Escolas Técnicas:
Governos Lula e Dilma – 214
Governo FHC – 0
De 1500 até 1994 – 140

37. Desigualdade Social:
Governo FHC – Queda de 2,2%
Governo PT – Queda de 11,4%

38. Produtividade:
Governo FHC – Aumento de 0,3%
Governos Lula e Dilma – Aumento de 13,2%

39. Taxa de Pobreza:
2002 – 34%
2012 – 15%

40. Taxa de Extrema Pobreza:
2003 – 15%
2012 – 5,2%

41. Índice de Desenvolvimento Humano:
2000 – 0,669
2005 – 0,699
2012 – 0,730

42. Mortalidade Infantil:
2002 – 25,3 em 1000 nascidos vivos
2012 – 12,9 em 1000 nascidos vivos

43. Gastos Públicos em Saúde:
2002 – R$ 28 bilhões
2013 – R$ 106 bilhões

44. Gastos Públicos em Educação:
2002 – R$ 17 bilhões
2013 – R$ 94 bilhões

45. Estudantes no Ensino Superior:
2003 – 583.800
2012 – 1.087.400

46. Risco Brasil (IPEA):
2002 – 1.446
2013 – 224

47. Operações da Polícia Federal:
Governo FHC – 48
Governo PT – 1.273 (15 mil presos)

48. Varas da Justiça Federal:
2003 – 100
2010 – 513

49. 38 milhões de pessoas ascenderam à Nova Classe Média (Classe C)

50. 42 milhões de pessoas saíram da miséria

FONTES:
47/48 – http://www.dpf.gov.br/agencia/estatisticas
39/40 – http://www.washingtonpost.com
42 – OMS, Unicef, Banco Mundial e ONU
37 – índice de GINI: http://www.ipeadata.gov.br
45 – Ministério da Educação
13 – IBGE
26 – Banco Mundial

Notícias, Informações e Debates sobre o Desenvolvimento do Brasil: http://www.desenvolvimentistas.com.br

232 Comentários leave one →
  1. Leila Barbosa permalink
    11/10/2014 13:34

    Leonardo Boff, realmente fico triste quando vejo você , a quem admirei e segui no passado na época das comunidades eclesiais de base , fazer este tipo de comparação bastante tendenciosa, descontextualizada e nada contributiva para reflexão. Esperava que os intelectuais e ex-teólogos da libertação fossem mais justos e menos omissos .

    • 26/10/2014 2:05

      Os dados estão aí e não são nada descontextualizados. Um comentário que não contribui em nada para a reflexão é o seu

      • hamilton permalink
        28/10/2014 22:57

        Uma comparação apenas, a Alemanha e Japão pós 2ª Guerra Mundial, saíram esfarrapados, totalmente destruídos, em todos os sentidos, auto-estima, industrias, cidades, passaram as maiores necessidades que se possa imaginar, avós, pais, dos atuais alemães e japoneses, sofreram, lutara, estudaram e o mais importante, trabalharam para deixar um legado aos seus descendentes. E hoje 2014, vejam o que são, alguém no passado teve que se doar passar as maiores necessidades, debelar a pobreza, reconstruir o país e toda a estrutura. O Brasil com FHC fez a mesma coisa, meu pai, minha mãe, meus avós tiveram que viver em um país onde a inflação destruía o salária nos primeiros 15 dias do mês, o PLANO REAL acabou esta inércia, reequilibrou as contas públicas, recomeçou a confiança internacional no país. O PLANO REAL, arou a terra e plantou as sementes, para o pt poder colher os frutos, em economia não existe milagres, não existe vitória sem dor. Não existe um ente imaginário que vem e lhe dá grátis a comida, alguém tem que planta-la, alguém tem que arar a terra, alguém tem que suar a camisa, alguém tem que TRABALHAR, para que outros comam de graça. A dívida interna do Brasil é de 1,9 trilhões de reais. Os assistidos pelo BOLSA FAMÍLIA, continuam a aumentar, não trabalham.

      • pedro paulo permalink
        09/02/2015 10:55

        e agora. como ficamos bando de …

      • Bony permalink
        28/02/2015 19:07

        Daniel Margebio, acho que voce severia SE INFORMAR UM POUCO, pois afirmar que “OS DADOS ESTÃO e NÃO SÃO NADA DESCONTEXTUALIZADOS” sinceramente não entendo. Pois dos 50(CINCOENTA) itens citados, somente 9(NOVE) possuem uma fonte. O restante dos numeros foi voce que INVENTOU?????………….Da uma olhada nos dados abaixo e faça sua analise novamente. TODOS COM FONTES que voce mesmo pode pesquisar!!!!…….Votei no Lula e FUI ENGANADO, uma CANALHA, MENTIROSO E SEM CARATER!!!!!………..Abraço!!!!!

        Índice de Desenvolvimento Humano
        O Índice de Desenvolvimento Humano, um dos principais indicadores do nível de vida da população de um país, cresceu muito mais durante o governo Fernando Henrique que durante o governo Lula. Isto significa que a qualidade de vida do povo brasileiro melhorou de forma mais acelerada no governo anterior que no governo atual.

        Fonte: Dados oficiais da ONU

        De 1995 a 2000 (FHC) cresceu 0,056 (0,0112 ao ano), em uma variação percentual de 7,62% (1,48% ao ano)

        De 2000 a 2007 (Lula) cresceu 0,023 (0,0033 ao ano), em uma variação percentual de 2,91% (0,41% ao ano)

        Série de dados históricos é fornecida pela ONU com periodicidade de cinco anos (de 1980 a 2005) e anual (de 2005 a 2007)
        Consideramos 1995 a 2000 (5 anos) o período FHC e 2000 a 2007 (7 anos) o período Lula
        Devido à esparsidade dos dados fornecidos pela ONU, dois anos de governo FHC (2001 e 2002) são contabilizados dentro do período Lula
        O IDH médio mundial para cada ano é calculado considerando apenas os países com dados divulgados naquele ano
        Crescimento brasileiro é superior ao crescimento médio mundial nos períodos de 1995 a 2000 (todo período FHC) e de 2006 a 2007 (um dos sete anos do período Lula)

        Acesso à Rede de água
        O percentual de domicílios com acesso à rede de água potável encanada, condição praticamente básica à dignidade humana nos dias atuais, cresceu de forma muito mais rápida durante o governo Fernando Henrique que durante o governo Lula.

        Fonte: Dados oficiais do IBGE

        De 1993 a 2002 (FHC) cresceu 6,9% (0,77% ao ano), em uma variação percentual de 9,2% (0,98% ao ano)

        De 2002 a 2009 (Lula) cresceu 3,4% (0,49% ao ano), em uma variação percentual de 4,15% (0,58% ao ano)

        Série de dados históricos é fornecida pelo IBGE com periodicidade anual (de 1981 a 2009), exceto para os anos 1982, 1991, 1994 e 2000
        Consideramos 1993 a 2002 (9 anos) o período FHC e 2002 a 2009 (7 anos) o período Lula
        Devido à esparsidade dos dados fornecidos pelo IBGE, um ano de governo Itamar Franco (1993) é contabilizado dentro do período FHC

        Acesso à Rede de esgoto
        A quantidade de domicílios com acesso à rede de escoamento de esgoto, critério essencial para a qualidade de vida da população, cresceu de forma mais rápida durante o governo Lula que durante o governo Fernando Henrique.

        Fonte: Dados oficiais do IBGE

        De 1993 a 2002 (FHC) cresceu 7,4% (0,82% ao ano), em uma variação percentual de 18,97% (1,95% ao ano)

        De 2002 a 2009 (Lula) cresceu 6,9% (0,99% ao ano), em uma variação percentual de 14,87% (2,00% ao ano)

        Série de dados históricos é fornecida pelo IBGE com periodicidade anual (de 1992 a 2009), exceto para os anos 1994 e 2000
        Consideramos 1993 a 2002 (9 anos) o período FHC e 2002 a 2009 (7 anos) o período Lula
        Devido à esparsidade dos dados fornecidos pelo IBGE, um ano de governo Itamar Franco (1993) é contabilizado dentro do período FHC

        Acesso à Energia elétrica
        O percentual de domicílios com acesso à rede elétrica, outro critério essencial para a obtenção de um bom nível de qualidade de vida, cresceu muito mais rápido durante o governo anterior que no governo atual.

        Fonte: Dados oficiais do IBGE

        De 1993 a 2002 (FHC) cresceu 6,6% (0,73% ao ano), em uma variação percentual de 7,33% (0,79% ao ano)

        De 2002 a 2009 (Lula) cresceu 2,5% (0,36% ao ano), em uma variação percentual de 2,59% (0,37% ao ano)

        Série de dados históricos é fornecida pelo IBGE com periodicidade anual (de 1981 a 2009), exceto para os anos 1982, 1991, 1994 e 2000
        Consideramos 1993 a 2002 (9 anos) o período FHC e 2002 a 2009 (7 anos) o período Lula
        Devido à esparsidade dos dados fornecidos pelo IBGE, um ano de governo Itamar Franco (1993) é contabilizado dentro do período FHC

        Porcentagem de Domicílios com geladeira
        O refrigerador tornou-se item essencial para a família. Mesmo assim, ainda existem domicílios que não possuem este eletrodoméstico. A proporção de domicílios com geladeira cresceu muito mais rápido durante o governo Fernando Henrique que no governo posterior.

        Fonte: Dados oficiais do IBGE

        De 1993 a 2002 (FHC) cresceu 14,8% (1,64% ao ano), em uma variação percentual de 20,61% (2,10% ao ano)

        De 2002 a 2009 (Lula) cresceu 7,3% (1,04% ao ano), em uma variação percentual de 8,43% (1,16% ao ano)

        Série de dados históricos é fornecida pelo IBGE com periodicidade anual (de 1981 a 2009), exceto para os anos 1982, 1991, 1994 e 2000
        Consideramos 1993 a 2002 (9 anos) o período FHC e 2002 a 2009 (7 anos) o período Lula
        Devido à esparsidade dos dados fornecidos pelo IBGE, um ano de governo Itamar Franco (1993) é contabilizado dentro do período FHC

        Porcentagem de Domicílios com televisão
        Aparelho televisor, mesmo não sendo essencial à sobrevivência, é de grande importância para o tempo de lazer da população, influenciando assim a qualidade de vida. Acesso à televisão cresceu mais rápido no governo anterior que no governo atual, apesar da às vezes dramática diminuição nos preços.

        Fonte: Dados oficiais do IBGE

        De 1993 a 2002 (FHC) cresceu 14,1% (1,57% ao ano), em uma variação percentual de 18,60% (1,91% ao ano)

        De 2002 a 2009 (Lula) cresceu 6,1% (0,87% ao ano), em uma variação percentual de 6,79% (0,94% ao ano)

        Preços de TVs despencaram no governo Lula
        Série de dados históricos é fornecida pelo IBGE com periodicidade anual (de 1988 a 2009), exceto para os anos 1991, 1994 e 2000
        Consideramos 1993 a 2002 (9 anos) o período FHC e 2002 a 2009 (7 anos) o período Lula
        Devido à esparsidade dos dados fornecidos pelo IBGE, um ano de governo Itamar Franco (1993) é contabilizado dentro do período FHC

        Porcentagem de Domicílios com telefone
        O telefone tornou-se um item essencial à qualidade de vida do cidadão. Antes considerado um bem de difícil acesso, após a privatização do setor sua disponibilidade cresceu vertiginosamente. A tabela abaixo resume os dados de crescimento no acesso a linhas telefônicas nos últimos governos.

        Fonte: Dados oficiais do IBGE

        De 1993 a 2002 (FHC) cresceu 41,8% (4,64% ao ano), em uma variação percentual de 211,11% (13,44% ao ano)

        De 2002 a 2009 (Lula) cresceu 23,3% (3,33% ao ano), em uma variação percentual de 37,82% (4,69% ao ano)

        Série de dados históricos é fornecida pelo IBGE com periodicidade anual (de 1992 a 2009), exceto para os anos 1994 e 2000
        Consideramos 1993 a 2002 (9 anos) o período FHC e 2002 a 2009 (7 anos) o período Lula
        Devido à esparsidade dos dados fornecidos pelo IBGE, um ano de governo Itamar Franco (1993) é contabilizado dentro do período FHC

        Mortalidade infantil
        A alta mortalidade infantil era um dos problemas mais trágicos do Brasil. Felizmente, a estabilidade e o desenvolvimento têm permitido uma queda progressiva no número de crianças que morrem antes de completar um ano de idade. A queda neste número foi, no entanto, mais pronunciada durante o governo Fernando Henrique que durante o governo Lula.

        Fontes: Dados oficiais do DataSUS, Dados oficiais do DataSUS

        De 1997 a 2002 (FHC) caiu 7 pontos (1,4 ponto ao ano), em uma variação percentual de -21,94% (-4,83% ao ano)

        De 2002 a 2006 (Lula) caiu 4,2 pontos (1,05 ponto ao ano), em uma variação percentual de -16,87% (-4,51% ao ano)

        Série de dados históricos é fornecida pelo DataSUS com periodicidade anual (de 1997 a 2006)
        Consideramos 1997 a 2002 (5 anos) o período FHC e 2002 a 2006 (4 anos) o período Lula

        Taxa de pobreza
        A taxa de extrema pobreza indica, segundo o IPEA, o ‘percentual de pessoas na população total com renda domiciliar per capita inferior à linha de extrema pobreza (ou indigência, ou miséria). A linha de extrema pobreza aqui considerada é uma estimativa do valor de uma cesta de alimentos com o mínimo de calorias necessárias para suprir adequadamente uma pessoa.’ Já a taxa de pobreza indica, também segundo o IPEA, o ‘ Percentual de pessoas na população total com renda domiciliar per capita inferior à linha de pobreza. A linha de pobreza aqui considerada é o dobro da linha de extrema pobreza.’

        Fonte: Dados oficiais do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada

        De 1993 a 2002 (FHC) a taxa de extrema pobreza caiu 6,28% (0,70% ao ano), em uma variação percentual de -30,98% (-4,04% ao ano)

        De 2002 a 2009 (Lula) a taxa de extrema pobreza caiu 6,71% (0,96% ao ano), em uma variação percentual de -47,96% (-8,91% ao ano)

        De 1993 a 2002 (FHC) a taxa de pobreza caiu 8,58% (0,95% ao ano), em uma variação percentual de -19,96% (-2,44% ao ano)

        De 2002 a 2009 (Lula) a taxa de pobreza caiu 12,98% (1,85% ao ano), em uma variação percentual de -37,73% (-6,54% ao ano)

        Série de dados históricos é fornecida pelo IPEA com periodicidade anual (de 1981 a 2009), exceto para os anos 1991, 1994 e 2000
        Consideramos 1993 a 2002 (9 anos) o período FHC e 2002 a 2009 (7 anos) o período Lula
        Devido à esparsidade dos dados fornecidos pelo IBGE, um ano de governo Itamar Franco (1993) é contabilizado dentro do período FHC

        Estatísticas de Acesso à Educação
        Artigo Principal: Estatísticas de Acesso à Educação

        Dados são informados até o ano mais recente de publicação dos mesmos pelos institutos responsáveis por sua manutenção.

        Quando os anos não fecham com o início e fim dos governos há um hiato na divulgação de estatísticas e o ano mais próximo é utilizado.

        Se alguém tiver dados mais recentes, de fontes confiáveis, por favor me envie.

        Evasão escolar
        Evasão escolar é algo extremamente preocupante em qualquer sociedade, principalmente na idade normalmente associada ao ensino secundário – que pode fazer uma diferença crucial na vida de uma pessoa. Enquanto o número de adolescentes de idade entre 15 e 17 anos que não frequentavam a escola caiu dramaticamente durante o governo Fernando Henrique, este número permaneceu preocupantemente estável durante o governo Lula.

        Fonte: Dados oficiais do IBGE

        De 1993 a 2002 (FHC) caiu 19,6% (2,18% ao ano), em uma variação percentual de -51,44% (-7,71% ao ano)

        De 2002 a 2007 (Lula) caiu 0,80% (0,16% ao ano), em uma variação percentual de -4,32% (-0,88% ao ano)

        Série de dados históricos é fornecida pelo IBGE com periodicidade anual (de 1992 a 2007), exceto para os anos 1994 e 2000
        Consideramos 1993 a 2002 (9 anos) o período FHC e 2002 a 2007 (5 anos) o período Lula
        Devido à esparsidade dos dados fornecidos pelo IBGE, um ano de governo Itamar Franco (1993) é contabilizado dentro do período FHC

        Acesso ao ensino superior
        Acesso ao ensino superior é uma medida clara do desenvolvimento da educação em um país. O censo da Educação Superior do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira fornece dados a respeito. As informações abaixo referem-se ao número de matrículas em cursos de graduação presenciais.

        Fonte: Censo da Educação Superior do INEP

        De 1995 a 2002 (FHC) o número de matrículas em universidades federais aumentou em 147.224 (21.032 ao ano), em uma variação percentual de 41,68% (5,10% ao ano)

        De 2002 a 2008 (Lula) o número de matrículas em universidades federais aumentou em 100.313 (16.719 ao ano), em uma variação percentual de 20,044% (3,09% ao ano)

        De 1995 a 2002 (FHC) o número de matrículas em universidades aumentou em 1.022.727 (146.104 ao ano), em uma variação percentual de 90,67% (9,66% ao ano)

        De 2002 a 2008 (Lula) o número de matrículas em universidades aumentou em 534.969 (89.162 ao ano), em uma variação percentual de 24,87% (3,77% ao ano)

        De 1995 a 2002 (FHC) o número de matrículas em instituições federais aumentou em 164.103 (23.443 ao ano), em uma variação percentual de 44,65% (5,42% ao ano)

        De 2002 a 2008 (Lula) o número de matrículas em instituições federais aumentou em 111.467 (18.578 ao ano), em uma variação percentual de 20,97% (3,22% ao ano)

        De 1995 a 2002 (FHC) o número total de matrículas em instituições de ensino superior aumentou em 1.720.210 (245.744 ao ano), em uma variação percentual de 97,76% (10,23% ao ano)

        De 2002 a 2008 (Lula) o número total de matrículas em instituições de ensino superior aumentou em 1.600.143 (266.691 ao ano), em uma variação percentual de 45,98% (6,50% ao ano)

        Série de dados históricos é fornecida pelo INEP com periodicidade anual (de 1995 a 2008)
        Consideramos 1995 a 2002 (7 anos) o período FHC e 2002 a 2008 (6 anos) o período Lula
        As categorias “instituições federais” e “instituições de ensino superior” incluem (além de universidades) centros universitários, faculdades, CEFET e FET

        Índice de analfabetismo
        O índice de analfabetismo indica o percentual da população total, acima de 15 anos de idade, que não sabe ler nem escrever um bilhete simples.

        Fonte: Dados oficiais do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada

        De 1993 a 2002 (FHC) caiu 4,56% (0,51% ao ano), em uma variação percentual de -27,77% (-3,55% ao ano)

        De 2002 a 2007 (Lula) caiu 1,85% (0,37% ao ano), em uma variação percentual de -15,60% (-3,33% ao ano)

        Série de dados históricos é fornecida pelo IPEA com periodicidade anual (de 1981 a 2007), exceto para os anos 1991, 1994 e 2000
        Consideramos 1993 a 2002 (9 anos) o período FHC e 2002 a 2007 (5 anos) o período Lula
        Devido à esparsidade dos dados fornecidos pelo IPEA, um ano de governo Itamar Franco (1993) é contabilizado dentro do período FHC

        Universidades Federais
        Artigo Principal: Universidades Federais

        Duas universidades federais foram criadas durante o governo Fernando Henrique, e três foram criadas durante o governo Lula. Mais detalhes no artigo Universidades Federais

        Estatísticas de Desenvolvimento Econômico
        Artigo Principal: Estatísticas de Desenvolvimento Econômico

        Dados são informados até o ano mais recente de publicação dos mesmos pelos institutos responsáveis por sua manutenção.

        Quando os anos não fecham com o início e fim dos governos há um hiato na divulgação de estatísticas e o ano mais próximo é utilizado.

        Se alguém tiver dados mais recentes, de fontes confiáveis, por favor me envie.

        Salário mínimo
        Fontes: Medida Provisória 637/1994, Medida Provisória 35/2002, Lei 1.255 de 2010

        De 1994 a 2002 (FHC) o salário mínimo cresceu 185,71% ou 14,02% ao ano

        De 2002 a 2010 (Lula) o salário mínimo cresceu 155,00% ou 12,41% ao ano

        De 1994 a 2002 (FHC) o mínimo cresceu, em valores deflacionados, 33,24% ou 3,65% ao ano

        De 2002 a 2010 (Lula) o mínimo cresceu, em valores deflacionados, 72,62% ou 7,06% ao ano

        Carga tributária
        Fonte: Dados oficiais do IBGE, Dados oficiais do IBGE

        Carga média de 1994 a 2002 (FHC) de 30,07%, carga tributária em 2002 de 32,35%

        Carga média de 2002 a 2007 (Lula) de 33,47%, carga tributária em 2007 de 34,70%

        Taxa de crescimento econômico:
        Fontes: Dados oficiais do Banco Central do Brasil, Dados oficiais do Fundo Monetário Internacional

        Crescimento mundial durante governo FHC: 24,27% ou 2,75% ao ano

        Crescimento mundial durante governo Lula: 74,46% ou 8,27% ao ano

        Crescimento do Brasil no governo FHC: 19,74% ou 2,28% ao ano ou 82,77% da média mundial

        Crescimento do Brasil no governo Lula: 27,66% ou 3,55% ao ano ou 42,91% da média mundial

        Durante o governo Lula, o Brasil cresceu muito menos que o resto do mundo
        Durante o governo FHC, o Brasil cresceu apenas um pouco abaixo da taxa média do resto do mundo

        Crescimento no governo Collor/Itamar: 6,75% ou 1,31% ao ano

        Evolução no governo FHC em relação à média anterior: 73,33%

        Evolução no governo Lula em relação à média anterior: 55,88%

        Mesmo havendo maior crescimento absoluto no governo Lula, a TAXA anual média de crescimento da economia CRESCEU muito mais no governo FHC que no governo Lula

        Taxa de crescimento econômico – Paridade de poder de compra
        O conceito de Paridade de Poder de Compra é baseado na comparação do valor de moedas de diferentes países através do preço, no país, de uma cesta de produtos pré-definida. Para fins de comparação de taxas de crescimento econômico entre diferentes países, a utilização de valores ajustados desta forma pode oferecer números mais próximos da realidade do poder aquisitivo de cada população. É importante notar, no entanto, que a limitação na seleção da cesta de consumo, assim como diferenças na qualidade dos produtos sendo medidos, pode gerar inconsistências no fator de ajuste dos valores, levando a inconsistências nas comparações.

        Fonte: Dados do Fundo Monetário Internacional

        Crescimento, em PPP, do Brasil como proporção do crescimento mundial durante o governo FHC: 78,45%

        Crescimento, em PPP, do Brasil como proporção do crescimento mundial durante o governo Lula: 98,68%

        Nível de desemprego:
        Fontes: Dados oficiais do IBGE até 2002, Dados oficiais do IBGE pós 2002

        Final do governo FHC (dez/2002): 6,17%

        Final do governo Lula (set/2010): 6,9%

        Há uma descontinuidade nos dados, o que impede uma comparação direta
        A principal mudança é a alteração da idade mínima de 15 para 10 anos
        Definição anterior de desocupado: População Desocupada – aquelas pessoas que não tinham trababalho, num determinado período de referência, mas estavam dispostas a trabalhar, e que, para isso, tomaram alguma providência efetiva (consultando pessoas, jornais, etc.)
        Definição atual de desocupado: São classificadas como desocupadas na semana de referência as pessoas sem trabalho na semana de referência, mas que estavam disponíveis para assumir um trabalho nessa semana e que tomaram alguma providência efetiva para conseguir trabalho no período de referência de 30 dias, sem terem tido qualquer trabalho ou após terem saído do último trabalho que tiveram nesse período.

        Inflação ao consumidor
        Fonte: Banco Central do Brasil – Calculadora do Cidadão

        Inflação acumulada de 1990 a 1994 (Collor/Itamar): 41.941.718,61%

        Inflação acumulada de 1995 a 2002 (FHC): 114,43%, ou 0,00028% do acumulado anterior. Queda de 99,99972% em relação ao governo anterior.

        Inflação acumulada de 2003 a 2010 (Lula): 47,72%, ou 41,71% do acumulado anterior. Queda de 58,29% em relação ao governo anterior.

        Queda na inflação acumulada foi muito maior no governo FHC que no governo Lula
        Fernando Henrique, como Ministro da Fazenda, implantou o Plano Real, que controlou a hiperinflação
        Governo FHC consolidou a estabilidade do plano real

        Dívida pública federal
        Fonte: Dados oficiais do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada

        Dívida pública federal ao final do governo FHC (12/2002): R$ 560.828.810.000,00

        Dívida pública federal ao final do governo Lula (10/2010): R$ 985.808.530.000,00

        A dívida pública federal líquida ao final do governo Lula é quase o dobro da dívida ao final do governo Fernando Henrique

      • 16/12/2015 12:44

        Qualquer país atual comparado com seu passado d 13 anos atrás evoluiu ate mais q acima (só para ter idéia o Brasil foi o q menos cresceu na America do Sul). Muitos dados d pesquisa foram mudados pelo LULAdrão (Ex: taxa d desemprego d 12% do FHC não incluía quem recebia seguro desemprego e bolsa família, já para o PT, contabilizam os milhões q recebem algum beneficio social como bolsa família como empregados). Pois nossa taxa d desemprego (beira mais q 30% se fosse na época do FHC ) é a maior do mundo. Pare 100 pessoas na rua e pesquisa quantas estão empregados…
        Outra injustiça é comparar os crescimentos nos 8 anos do FHC com os 13 anos do PT (LULAdrão somados com a banDILMA acima)
        E para encerrar atualize esses mesmo dados do FHC com os dados d 2015 kkkkkk
        Ex: Brasil em valor d salários, tradicionalmente só perdia para a Argentina. Hoje graças ao Partido do Trabalhador temos o salário mais baixo da América do Sul. Perdemos ate para o Paraguai (R$ 980,00 13 x ao ano) outrora era considerado país miserável. E olhe q a Energia elétrica Paraguaia mesmo produzida na mesma hidrelétrica q a nossa custa (Itaipu) é 10 vezes menos q a nossa…
        Uma coisa q sempre estranho quando vou para o exterior é ver produtos fabricados no Brasil (TV, extrato d tomate e etc) custarem mais baratos na Argentina, Chile , Uruguai etc q no próprio Brasil (dizem q é pq a carga tributaria brasileira e maior q todos esses países juntos)…
        Então PTrouxas q proferem esses velhos chavões do LULAmulismo, q vão me dizer???

      • marcos gdz permalink
        09/11/2016 10:32

        estes dados nao significam nada, a economia dos paises crescem normalmente, não é mérito nenhum de um governo A ou B, ainda mais que o brasil surfou no superciclo das commodites nesse período. atribuir crecismento economico a algum partido politico ou presidente é desonestidade intelectual

    • Eduardo Fernandes permalink
      26/10/2014 2:24

      Engraçado como, na avaliação do Lboff não entra a grande crise que o Brasil passava, recuperando-se de uma ditadura, posteriormente perdendo Tancredo e deixando o país na mão do Presidente Sarney. Em seguida passamos por um impeachment, o que DESTRÓI qualquer economia, pois instabilidade política causa dúvida aos investidores. Instabilidade política essa que SEMPRE EXISTIU, mas se agravou com o caso Collor. Querer comparar o país da época do FHC, com o país pós FHC é praticamente ridículo e sem qualquer base histórica. Não foi o governo perfeito, tenho que concordar, mas a gestão FHC e o plano real – que o PT votou CONTRA – foi a grande saída pra estabilidade econômica do Brasil. Fico triste em ver que um homem relativamente velho, que teve a chance de passar por todas essas etapas, não consegue perceber a grande asneira que trás ao público nesse instante. Esperava algo intelectual, mas vir aqui só constatou que lhe falta muito estudo histórico e econômico.

      • romeu hermogenes permalink
        28/10/2014 12:53

        o plano real e do Itamar franco, recupero e ciro gomes que o psdb se apossou e so reconheceu quando itamar franco morreu, ele esqueceu de mencionar ainda que o professor e filosofo fhc, nao construiu nenhuma universidade, enquanto o semi-analfabeto lula, fez 18, a unica coisa que lembro de fhc e a lei de responsabilidade fiscal, ficou oito anos pra apresentar isso.

      • donatto permalink
        25/11/2014 18:39

        O plano real não foi o FHC que criou, no Itamar franco.

      • Eiko permalink
        07/12/2014 21:27

        Quanta rispidez no texto.
        Coloquem as opiniões com respeito.
        Este tema NÃO combina com isto.

      • Alberto permalink
        04/01/2015 13:22

        Os governos do PT simplesmente colheram os frutos que os governos do PSDB plantaram. Se houve melhora foi porque o terreno estava pronto. O que existia antes era o caos. Para se manter um terreno fértil e produtivo, tem que fazer a manutenção, tem que controlar, tem que planejar. Mas nada disso foi feito. Muito ao contrário.

      • 04/01/2015 16:44

        Alberto, vc está a km luz da verdade.Vá e pergunte aos 40 milhões que agora podem comer e que antes não podiam o que pensam do PT.
        lboff

      • Alfredo Leite permalink
        16/04/2015 9:32

        Eu estou acima do peso e preciso VIVER sem comer. o que, segundo Leonardo Boff, não só é possível como ele tem 40 milhões de testemunhas. Meu Deus, quando é que pessoas serão honestas e deixarão as frases de efeito com o único objetivo de sensibilizar os outros e induzi-los de forma subliminar e convarde.

      • Alfredo Leite permalink
        16/04/2015 9:35

        Alguém sabe me dizer qual foi a variação patrimonial dos presidentes Lula e Fernando Henrique desde antes de os mesmos assumirem a Presidência até 4 anos depois de deixarem o governo…..?

      • Edilson Belo permalink
        02/05/2015 0:24

        Os fotos falam por se só. Admiro você que se diz tão estudado. O fato é que vocês devem estar falando dos seus apartamentos de alto padrão, classe não participaram do crescimento econômico financeiro que o BRASIL vivenciou nos últimos anos. Vocês não estavam nas favelas observando o crescimento financeiro de pessoas que antes não tinham nada e agora, por menor que sejam suas conquistar, houve conquistas.
        Eu sei do que estou falando porque vivenciei de perto estas pequenas conquistas. Conquistas estas que vocês playboy’s e mídia comprada fazem questão esconderem embaixo do tapete que, antes mesmo dos governos do PT, estes marginais que fazem parte das bancadas de oposição, esconderam suas falhas morais. Provavelmente você deve apoiar a PEC 4340 (terceirização), apoiou quando FHC instituiu que a PETROBRÀS deveria ser regida por normas e leis internas o que em tese, dificultaria a ação do Ministério Publico da União, Agencias fiscais do governo e Policia Federal. Deve ser, mas um dos Brasileiros que o então Presidente FHC chamou de ” Povo sem memória”. Também foi a favor de empréstimos que o então presidente da época, FHC, pediu em nome do País para salvar o plano real da bancarrota. Também deve saber que FHC é um aproveitador pois ele participou da equipe, eu disse, equipe que planejou o plano real entre eles, os articuladores do plano real estão, FERNANDO HENRIQUE CARDOSO, TARSO GENRO, CIRO GOMES e por incrível que pareça FERNANDO COLLOR DE MELLO, que naquele ano foi impedido de participar das eleições para governador do seu estado.
        Você não tem ideia do sentimento que tive quando consegui ingressar em uma faculdade Particular graças ou programa do FIEIS.
        não tem ideia do quão importante foi quando não tínhamos nada para comer durante todo o dia e após, a dita esmola, que vocês frisam quando falam do bolsa família, deu-nos a oportunidade de comer, e com o pouco que sobrava, quando sobrava, de estudar.
        A ideia do plano real não foi do PT, assim como também não foi de FHC, como gosta de frisar.
        Os dois governos realizaram governos parecidos mas a forma de governo popular PTsta modificou este país drasticamente em âmbito cultural, social, estrutural, econômico financeiro e filosófico. Um governo feito para o povo e que mesmo depois de tantas conquistas, por conta de uma crise que assola vários países, este mesmo povo faz questão de confirmar aquela frase que FHC falou em seu pronunciamento nas rádios e Tv’s na época.
        Que nos brasileiros somos um “povo sem memória”.

      • Alfredo Leite permalink
        08/05/2015 16:31

        Interessante…! Quanta inferência feita por alguém que nunca me viu na vida. Quanto “provavelmente” e “deve ter”. Venho de uma família muito pobre, meu pai ganhava salário mínimo com 3 filhos e estudei em escola e universidade públicas de qualidade a vida toda conseguindo melhorar minha vida até me tornar um cidadão de classe média. Nem por isto saio por aí dizendo que o Regime Militar é o melhor que este país já teve. Não consegui e nem almejo chegar perto da bem sucedida carreira e da situação financeira dos dirigentes e tesoureiro do PT e tantos outros partidos envolvidos nesta pouca vergonha que se transformou o governo no Brasil. Não jogo este jogo de Caprichoso e Garantido que o PT e o PSDB vem tentando levar a população brasileira a jogar: os vermelhos e os azuis; e acho mesmo ridículo este complexo de perseguição que PT tem em relação ao PSDB que faz que ao invés de tratar seus próprios problemas fica sempre se justificando com comparações ao PSDB. Postura ridícula que faz com que o PT não exista. O que existe é o inimigo do PSDB, sem personalidade e sem vontade própria.

      • Remo Jose Kercher permalink
        06/12/2015 14:37

        O senhor Bony deve trabalhar no instituto FHC para escrever tanta bobeira vai se informar mais tepois vece da a sua opinião

    • Marco Camelo permalink
      29/10/2014 18:30

      Colocam estes números como se o Brasil tivesse sido entregue a FHC com os cofres cheios e que eles os receberam completamente quebrado. É uma comparação ridícula e descabida.

    • 12/11/2014 1:31

      Perfeito, Leila! O texto até se contradiz…porque acusa Aécio de fazer política para banqueiros e mostra factualmente o grande lucro dos bancos na era PT…lamentável!

      • romeu hermogenes silva permalink
        02/12/2014 9:51

        voce pode dizer quem nao ganhou dinheiro com o governo lula?, pois todos ganharam, foi o melhor governo que o pais ja teve, bom para todos.

      • Marcone permalink
        20/08/2015 9:19

        …SE GIROU MAIS DINHEIRO NA ECONOMIA É ÓBVIO QUE OS BANCOS LUCRARAM MAIS…É ELEMENTAR…

    • Sol permalink
      16/11/2014 15:22

      numeros, qto a sua tristeza é pq ele da dados, ah faz favor

    • Roger permalink
      03/01/2015 13:22

      Caro amigo faça a mesma analise com a economia Argentina e veja se os números também não crescem !!! E te garanto que mesmo dando calote os dados da Argentina são melhores que do Brasil !!!
      Já que sua reportagem não é tendenciosa faça uma reportagem mostrando os dado de crescimento de todos os países da America Latina e divulgue para seus leitores para eles terem uma melhor percepção de como anda nossa frágil economia , que é baseada no gasto do Governo. Que fragiliza ainda mais a economia por ter segurado aumento, 2015 a inflação já ficara acima do teto estipulado só com os reajuste que o Governo tinha que ter feito e segurou !!!
      Pegar uma cidade devastada por um terremoto depois que se tirou os entulhos, se organizou e foi montada uma estrutura fica fácil de mais levanta-la de novo para se tornar uma cidade melhor, mas se não for bem feito com o tempos problemas sérios apareceram e se ficarmos iludidos a cidade perecera de novo e teremos que voltar lá atras de novo !!!
      Acho o inaceitável se manter a presidente da Petrobras com essa onda de escândalos que estão acontecendo, isso só porque ela é amiga da Dilma !!! Ela pode não ter ganhado nenhum centavo mas ela sabia de tudo, o rombo é muito maior que todos pensam !!!
      Ao final desse ano o Senhor será cobrado por essa reportagem tendenciosa, isso se tiver consciência !!!

    • 13/04/2015 1:26

      Ex-candidato presidencial Levy Fidelix é condenado a pagar 1 milhão por expressar opinião “homofóbica”
      http://cinenegocioseimoveis.blogspot.com.br/2015/04/ex-candidato-presidencial-levy-fidelix.html

    • Robson Lopes permalink
      17/09/2015 12:12

      Os dados são reais, tendencioso é quando há dúvida, e ainda assim, você pende para um lado sem ter dados para isso. Na verdade, os dados apresentados estão até um pouco desatualizados, na redução da pobreza extrema, por exemplo, não está mais em 5,2%, mas em 3,7%, o que significa que, saímos, pela primeira vez na história, do mapa da fome no mundo, uma grande vitória, que por si só já merecia essa publicação.
      E mais, ter pensamento divergente não é motivo para se perder admiração ou ser inimigo, ou mesmo adversário, é motivo para ampliar o pensamento, as ideias e sua capacidade de discussão, para tanto, é necessário alto grau de controle emocional e elevado pensamento crítico.

      • Maurício Carvalho permalink
        01/10/2016 9:17

        Tanta discussão sobre os governos de FHC LULA e DILMA
        Mas para acabar com essa polêmica, vamos a uma simples e direta pergunta:
        Quem será dos tres que a maioria do povo gostaria de ver novamente no poder?
        De uma coisa tenho certeza, FHC não é.

    • jonatan permalink
      21/10/2015 20:16

      Isso que não compararam com o governo dos Militares,os investimentos pesados no setor portuário, aeroportuário, rodoviário, educação…,pode até ter se endividado, mas graças aos Militares e seus investimentos estamos entre as dez maiores economias mundiais.

      • rafael permalink
        19/11/2015 17:53

        Jonatan, cale o teclado. por favor, me dá ânsia de vômito quando se fala em governo militar. Vá ler! Claro que menos a Veja, por favor!

    • 23/10/2015 16:17

      e LEILA BARBOSA A VERDADE DOI NAO E MESMO ?

    • 05/03/2016 13:42

      Nos governos anterior a 2000, eu era um brasileiro que vivia / me alimentava do lixão de Jardim – CE … Graças ao governo do PT, hoje possuo 3 cursos superior, casa própria, virei professor universitário e aumentou meu tesão pela vida e isso é muito importante para mim …

    • Edemilson permalink
      12/04/2016 10:22

      Pois continue a admira-lo pois ele sabe o que fala. Não é ronotizado pela mídia golpista.

    • 24/04/2016 20:46

      Triste é ver uma pessoa querer debater dados, inclusive internacionais, e achar que sabe mais do que o Leonardo Boff.

    • Imaculada Guimarães permalink
      01/05/2016 16:20

      Burro !!! Tendenciosa é a mídia !!! Va se informar direito . E nunca duscorde do que diz um cidadão honesto e honrado que é Leonardo Boff .

    • João Jorge permalink
      30/09/2016 16:07

      Você não é nada tendenciosa: é coxinho/trouxinha. Lamento não entenderes nada do que está escrito

    • César permalink
      20/10/2016 10:37

      Putz e a Dilma conseguiu retroceder isso tudo aos tempos do Sarney.

  2. 11/10/2014 13:55

    0s visitantes chegam ao Brasil,e são realmente aconchegados,abraçados,chegam até em pensar:(Eu não querer sair mais deste país,os brasileiros são privilegiados,encantadores,e nos dão,ou melhor dividem com qualquer ser humano que aqui chega,seu próprio prato de comida.)E assim fazem,constituem suas próprias famílias e passam á fazer parte do imenso sorriso que emolduram Aquarela do Brasil!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  3. jose de oliveira pedroso permalink
    11/10/2014 13:56

    tem pessoas que não prestam atenção na evolução de nações que tinham o mesmo potencial do brasil a 12 anos atras. o brasil teve uma evolução enquanto outros ficaram com o que ja tinham

    • 25/10/2014 14:08

      Concordo, nós sempre fomos lacaios dos EUA e inferiores aos argentinos, nestes 12 anos passamos a negociar em pé de igualdade com os EUA e somos o país líder da AMÉRICA LATINA.

  4. Felipe permalink
    11/10/2014 14:03

    Ai Ai pegar o dados brutos é mole. Compare como FHC pegou o governo e como eles pegaram, pegue os dados relativos isso sim é análise o que vc fez é uma piada

    • fernando neto permalink
      25/10/2014 18:45

      FHC pegou o governo quebrado de outros tucanos e quebrou mais ainda!fome miseria e desemprego foram as características desse governo!faculdade,carro,moto,casa própria pra pobre naquela epoca nem pensar!vc não tem memoria?ou era muito bebê pra não lembrar?

      • joão carlos permalink
        26/10/2014 0:01

        eu lembro que FHC pegou o Brasil com quase 1000% de inflação/ano, e estabilizou a economia com o plano real o que permitiu mais tarde investir em programas sociais, e o que o governo do PT fez que falam tanto, eu sei que nós Brasileiros podemos muito mais, agora fazem essas comparações sem lógica, tipo “a 20 anos atrás nenhum brasileiro tinha um tablet hoje com o governo Dilma todos tem”.

      • Juka Brasil permalink
        26/10/2014 13:37

        “FHC pegou o governo quebrado de outros tucanos e quebrou mais ainda!”
        Estude a história do país, por favor. O governo anterior ao do FHC, foi de Itamar e Collor que eram do PRN, antes disso, de Tancredo Neves e Sarney que eram do PMDB. A fundação do PSDB se deu justamente por aqueles que não concordavam com o governo Sarney. Já bastam as mentiras que tantos candidatos ao poder publico contam. Não precisamos da população repetindo besteiras. Obrigado.

      • Eduardo Forastiero permalink
        27/10/2014 14:35

        Outros tucanos antes do FHC? Collor, Itamar ou qual general da ditadura que você está considerando um tucano?

    • Ezequias Ferreira de Souza permalink
      07/11/2014 10:06

      O governo do Itamar, antes de FHC, foi um sucesso. Itamar saiu do governo com a aprovação de 77%. Foi ele e não o FHC quem estabilizou a economia. E o estudo do plano real, que foi um pouco modificado, foi feito por um cearense de nome Francisco (evangélico) que quem já trabalhou no senado naquela época conheceu. Hoje querem ser pai do plano real: FHC, Ciro Gomes e até o Itamar Franco quis ser.

      • donatto permalink
        25/11/2014 19:09

        Excelente! Se alguém merece alguma honra pelo plano real é Itamar Franco; Não o FHC, porque qualquer um que pesquisa sabe o plano real não tem nada com FHC.

  5. Maria de Fatima Sobreira permalink
    11/10/2014 14:47

    Prezada Leonardo Boff o senhor é católico? católico não vota em PT.

    • Fábio permalink
      26/10/2014 9:28

      Que eu saiba ele foi expulso da igreja católica devido ao seu compromisso com as pessoas mais pobres. A prioridade das igrejas é dinheiro, isso é fato, fato histórico.

    • romeu hermogenes permalink
      18/09/2015 12:38

      se catolico nao vota no PT, como que esse partido ganhou 3 eleiçoes, sendo que o pais tem 77% de catolicos, sera que os e.t.s estao votando?

    • Emília permalink
      06/03/2016 14:39

      Essa senhora Maria de Fátima é um perfeita idiota!!! Leonardo Boff é um dos homens mais inteligentes do Brasil!!!!

  6. Questões Relevantes permalink
    11/10/2014 15:09

    A esquerda tem sérias dificuldades de entender como funcionam empresas, a economia ou qualquer atividade econômica. Não sabem gerar riqueza e acreditam que custos são apenas um detalhe. Basta olhar o exemplo da presidente Dilma, cortando os preços da energia elétrica, desonerando quem efetivamente gasta a energia e espetando mais de 30 bilhões de reais nas costas do contribuinte. Tem favelado subsidiando (com imposto) a conta de indústrias “desoneradas”. Além disso, o BC vem usando todo o arsenal conhecido para consertar as bobagens que ele próprio fez sob as ordens de Lula e Dilma, para tentar recuperar credibilidade e controle. Está difícil, principalmente pelo descontrole com os gastos públicos em despesas correntes. Para quem já sabe fazer conta de mais e de menos, é fácil de entender. Mas a esquerda só sabe fazer conta de menos, subtraindo a riqueza de quem a gera. No fim, todos os governos de esquerda acabam falindo e espalhando miséria para todos. Não há exceções conhecidas.
    Para entender o que passa nestas cabeças, leia:
    ESQUERDA x DIREITA: A TEORIA DAS GAVETAS OU COMO NÃO CHAMAR URUBU DE “MEU LÔRO”.
    http://questoesrelevantes.wordpress.com/2013/12/12/esquerda-x-direita-a-teoria-das-gavetas-ou-como-nao-chamar-urubu-de-meu-loro/

  7. 11/10/2014 15:12

    com profundo respeito frei Leonardo, meu eterno carinho,que bom ver, ouvi-lo e seguir. A direita não vai conseguir!

  8. CRISTIANO permalink
    11/10/2014 15:15

    COM TODO O RESPEITO AO SR. L. BOFF, MAS NÃO CREIO QUE SEJAM OS RESULTADOS APRESENTADOS FRUTO DA ADMINISTRAÇÃO DA SRA. DILMA, MAS LOUROS COLHIDOS PELA ESTABILIZAÇÃO ECONÔMICA DO GOVERNO TUCANO. RETIREMOS A ONDA ESQUERDISTA DO BRASIL, QUE ASSOLOU O PAÍS NA MAIOR CRISE DE CORRUPÇÃO JAMAIS VISTA NA HISTÓRIA E CAMINHAMOS, NOVAMENTE, PARA UMA DAS MAIORES TAXAS DE INFLAÇÃO.
    VOTEMOS SIM, EM AÉCIO NEVES!

    • 23/10/2014 21:07

      Gracas ao PT hoje em dia o pobre pode sim sonhar mais alto,ele tem casa,tem carro,tem estudo,tem credito ,tem firma aberta coisa que era imposivel no governo PSDB governo dos ”mal carater ”que so beneficiavao os patroes da mesma laia deles e varria a corrupçao para debaixo do tapete deve ter coisa muito suja escondida la porque eles nao fizerao nem 1/4 do que o PT fizerao para os mais pobres do nosso querido pais chamado Brasil…..VAMOS DILMA DAR UM BAILE NELES E MOSTRAR QUE POBRES E RICOS NINGUEM E MELHOR QUE NINGUEM TODOS SOMOS IGUAIS.

      • Brasileira indignada permalink
        25/06/2016 15:28

        Pelo portugues impecavel (mal carater e outras perolas) ve-se que o dinheiro do contribuinte que pagou o acesso a sonhada faculdade foi jogado no lixo: frequentaram as aulas, mas aprender que eh bom são outros quinhentos! Por isso são tão facilmente manipulados pelos ditos intelectuais da esquerda e por discursos cheios de retorica mas vazios de conteudo! Agora temos analfabetos funcionais de nivel superior, com o agravante de não saber escrever nem conjugar verbos! (meu teclado não tem acentuação)

    • romeu hermogenes permalink
      28/10/2014 13:08

      estabilizaçao economica? aonde?, o lula pegou com divida interna 60% do pib, hoje esta em 34%, risco pais mais de 2.000 ptos, hoje esta em 200, reservasm 38 bilhoes, hoje esta em 380 bilhoes, inflaçao, quase 13% hoje esta em 6.75%, viviamos visitando o fmi, hoje emprestamos pra eles e nao se esqueça que o plano real foi do itamar franco, ciro gomes e recupero, o fhc so reconheceu isso quando o itamar morreu.

      • Juliano permalink
        29/04/2015 10:37

        Aonde você não quer enxergar. Basta pesquisar em qualquer fonte confiável. Após o Impeachment de Fernando Collor, FHC contribuiu para a transição pacífica para o governo de Itamar Franco, de quem foi ministro das Relações Exteriores e ministro da Fazenda desde maio de 1993. Neste cargo, chefiou a elaboração do Plano Real, que acabou com a hiperinflação e estabilizou a economia. Com a ajuda do sucesso do plano, foi eleito Presidente da República no primeiro turno da eleição de 1994. Não tiro o mérito do Lula em prosseguir o crescimento e ainda diminuir a miséria, mas é preciso reconhecer o trabalho feito antes dele desde a redemocratização do Brasil. O governo PT não teria conseguido esses números sem que antes tivessem “ajeitado” a casa. Como dizem, o pior cego é aquele que não quer ver.

    • Marcos permalink
      14/01/2016 4:25

      Aécio Neves e seus lacaios tucanos são mais sujos que “pau de galinheiro”. Criticam o governo petista pois assistem as coisas pela ótica do escravagista.

  9. gilberto santos permalink
    11/10/2014 15:45

    Prezado Sr. Leonardo, boa tarde.
    O sr. esta incorrendo em erro grave, a de comparar coisas distintas. Sem querer defender o FHC , mas a situação era completamente inversa e o plano real foi a base de toda a mudança. Não sou favor de Aecio, sou contra a Dilma e o pt. O sr. em seus comentários enaltece aspectos , que eu também gostaria de ver, porem são aspectos teóricos , os aspectos que vemos na pratica é um pais quebrado. Sim , temos mais faculdades , porem muito menos conhecimento , temos o bolsa família ótimo, uma forma moderna de coronelismo nefasto , que faz com que uns poucos trabalhem para sustentar outros tantos , vemos um partido sem o minimo pudor ou que se importe com a Nação . Na pratica estamos sem saúde , educação , segurança , somos motivo de gozação no exterior e vemos como nunca se viu uma corrupção desenfreada e e por isso que não voto no pt

    • 22/11/2014 8:43

      O corte do zero na econômia era necessário e seria praticado por qualquer novo presidente. Logo o tão elogiado ” plano real” por si só não foi o suficiente poi ele foi executado na era Itamar franco, teve se tempo suficiente ja no governo que antecedeu FHC para que o mesmo assumisse com tudo equilibrado, o problema é que FHC foi o ministro de itamar Franco, assumiu o país preparado para uma nova estratégia de desenvolvimento e preferiu nos seus 8 anos de governos só negociar com o capital especulativo internacional, entregar as empresas que mais podiam ser rentáveis a preço de banana, nao fez absolutamente nada para o povo e nem mesmo para a iniciativa privada da classe media, causando a maior quebradeira de pequenos e médios empresarios, ressaltando que essa gente o apoiou para que chegasse ao poder, toda e qualquer crise internacional ele vinha com um discurso de cortes, porém estes cortes so atingiam o assalariado principalmente os mais pobres, no setor privado os cortes tambem só vinham para o pequeno e médio empresario, enquanto que os grandes tinham como se proteger com o capital especulativo, não fez nada absolutamente nada para atender ao povo em qualquer sentido, seja na educação, saude e segurança, nunca fez nada para contribuir com as CPIs que acabavam em “pizza”, o Brasil era um verdadeiro balcão de maus negócios que só traziam altos prejuízos. Hoje quando se fala nos escândalos da petrobras, ate parece qua estas praticas de propina começaram no governo do PT, se voce ler um artigo que saiu na Folha de São Paulo ontem 21/11/14, vai ver que um empresário tucano de carteirinha declarou, “nunca se roubou tão pouco” ele presenciou essa velha pratica desde os anos 70, 80, 90 e até a atualidade, mas perceba que somente do governo Lula/Dilma o governo passou a permitir que houvesse investigação séria, e não aceitou mais engavetamento de escândalos, e apesar de eu focar os projetos sociais do atual governo antes de ficar quem riubou menos ou mais para votar, considero que essa atitude do Presidente Lula foi a mais plausivel por parte de sua administração, e diferente do PSDB que mesmo sendo o partido que se posa como lider oposicionista cobrando combate a corrupção impar, esse mesmo partido nas administrações do governo do Paraná, São Paulo e um outro estado que na me lembro sem deixar de citar Minas Gerais que graças a Deus não estão mais nestas administrações eles nao permitem que a imprensa investigativa tenha nenhum acesso, e fica até facil esconder os escândalos pois a maioria da imprensa golpista estao do lado deles, é contra tudo isto que eu siu contra e oor isto que votei na Dilma e continuarei votando em candidatos que se opõem ao PSDB, pois eu sei que quem está por trás desta legenda, é uma quadrilha principalmente ligados a uma (entidade secreta), sei que até mesmo na legenda do PT e demais partidos eles ee fazem presentes, pois faz parte dos planos deles estarem em todos os partidos, mas sem duvida alguma no PSDB eles sao uma totalidade e sao eles que fazem todo o esquema de corrupção nao so no brasil como no mundo.

  10. Marcos permalink
    11/10/2014 15:51

    Ridícula e Medíocre a comparação,3 anos de Dilma o país quase nem cresceu.. PIB medíocre … Vc é do tipo de vê rentabilidade de fundos no passado para prever o futuro ??????? Qualquer país tem que crescender em 12 anos… os números deveria ser MUITO MUITO melhores….. Boff, faz um de corrupção e valores desviados… ou refaz os números comparando o Brasil com alguns países do BRIC ou que seriam equivalente ao Brasil na economia…. Aí seus números teriam credibilidade…

  11. Selma Esquenazi permalink
    11/10/2014 17:01

    Não podemos chegar ao retrocesso… Informação correta é tudo para quem não tem a menor ideia de como a vida nesse país era tão injusta e sem ética. Vamos acordar!!!

  12. 11/10/2014 18:44

    Comparar dados de períodos completamente diferentes, chega a ser uma atitude infantil. É querer comparar a letra a, minúscula, com a letra A, maiúscula. Não é isso que deve ser discutido, mas saber distinguir quando o “a” é artigo, quando é preposição ou pronome… O debate já está em outro nível.

  13. Ezequiel permalink
    11/10/2014 19:40

    Devemos seguir firme na luta pela continuidade dos avanços sociais.

  14. Almério Nunes permalink
    11/10/2014 19:41

    Gostarei de estar sempre recebendo estas matérias. Grato! Almério Nunes

  15. Almério Nunes permalink
    11/10/2014 19:42

    Receberei esta matéria do Leonardo Boff ? Por favor, é muito importante sua divulgação !

  16. 11/10/2014 19:55

    Republicou isso em coração filosofante.

  17. 11/10/2014 21:20

    Republicou isso em e comentado:
    Eleições 2014.

  18. JOSÉ aURÉLIO permalink
    11/10/2014 21:34

    QUE DEUS ILUMINE OS ELEITORES E OS GOVERNOS ELEITOS!

  19. Monica Silveira permalink
    11/10/2014 23:37

    Sim,mas veja que precisamos de uma vez por todas entender que é necessario que um governo seja melhor que seu antecessor.Que faça com que o país melhore 4 depois .Quando Aécio ganhar em 2014,ele deverá entender que terá que entregar ao MARINA em 2018 um país melhor do que ele recebeu.Não é só PT que fará um bom governo.Todos tem que ser capazes de fazê-lo.Chega de dizer que o PT é o melhor porque não é.Preciso alternar os partidos ,para vir novas ideias ,arejar …O PT esta viciado no erro,na corrupção ,se perdeu …é necessa´rio que perca,que se desaloge das cadeiras…Corrompeu-se.e as urnas falam o qu ea maioria quer.LULA e o PT perderam não obonde da hitória ,mas a oportunidade de ter sido um dos melhores governos que esse país já teve,A Inês,Boff,agora é MORTA!

  20. Julio César permalink
    12/10/2014 0:19

    Incrível a capacidade que cada pessoa tem de ver a “sua verdade” … Fico abismado como se tenta arrumar desculpas para justificar a manutenção de um governo que perdeu completamente a capacidade de gerar melhores resultados … Mas o pior é ter pessoas as quais consideramos intelectualmente evoluídas nos dizendo que temos que concordar com corrupção, abuso de poder e falta de resultados efetivos em suas ações que justifiquem sua manutenção … Pelo amor de Deus !!!! Estão discutindo de forma partidária … que ridículo ! Estão adivinhando o que o próximo presidente irá fazer de forma catastrófica só porque ele é do partido tal … Nesse momento não interessa qual partido … Que mensagem daremos nas urnas elegendo um governo cheio de escândalos e que permitiu sim abusos em prol de um projeto ideológico próprio, colocando em risco o bem maior que é a nação. Seremos avalistas e com isso assinamos nossa confissão de falta de princípios, de um povo que só quer se dar bem … Ser mais esperto … Tirar vantagem as custas do sacrifício dos outros … O velho jeitinho brasileiro … Aquele que usamos na copa do mundo contra a Alemanha … Estou indignado com tanta falta de vergonha na cara ! Neste momento entre a dúvida do que vai ser e a certeza do que é … prefiro a dúvida !

    • MARCOS permalink
      29/10/2014 14:20

      DILMA MAIS 4 ANOS! O POVO RESPONDEU ASSIM, ENTÃO TEM QUE RESPEITAR!

      FHC FOI MINISTRO DO ITAMAR, ONDE IMPLANTOU O PLANO REAL QUE TANTO FALAM…E DEPOIS AINDA FICOU OITO (8) ANOS NO PODER….VEJA O QUE ELE CONSEGUIU FAZER ….EM OITO ANOS….!!! SINCERAMENTE…O BRASILEIRO TEM MEMÓRIA FRACA!

      • romeu hermogenes silva permalink
        02/12/2014 10:03

        voce pode dizer quem nao ganhou dinheiro com o governo lula?, pois todos ganharam, foi o melhor governo que o pais ja teve, bom para todos.

  21. 12/10/2014 8:43

    Trabalho nos correios e os dados são extremamente favoraveis ao PSDB, quando entrei em 1997, foram 272 contratações, meu salário inicial girava em torno de tres sálarios minimos (270) minimo (90), o vale diario alimentação dava para encher um botijão de gáz (6) gaz (5,40), já hoje………….PT, pouquissimas contratações, salário inicial beira a um salario e meio, e o vale diario alimentação tenho que interar 50% para encher o botijão de gaz…..com a palavra os senhores

    • 22/10/2014 17:38

      Só pra início de conversa, os tais R$ 270,00, corrigidos monetariamente, equivalem, hoje, a cerca de R$ 1100. (https://www3.bcb.gov.br/CALCIDADAO/publico/corrigirPorIndice.do?method=corrigirPorIndice)

      Um salário e meio hoje vale quase a mesma coisa R$ 1086,00. Se o que você disse for verdade a desvalorização salarial foi bem pequena.

      Por outro lado, no último concurso dos correios, o salário inicial oferecido para os cargos de nível médio era de R$2.006,65. Se levarmos isso em consideração, a remuneração cresceu em 100%.

      Parece que você se equivocou e esqueceu tanto a substancial valorização do salário mínimo dos governos do PT como a própria remuneração de sua carreira, ou mente sem nenhum pudor.

      Mesmo que suas colocações estivessem corretas, não imagino como a proposta de Aécio Neves, de diminuir os gastos estatais, principalmente com os servidores, poderiam resultar em qualquer benefício salarial para os servidores dos correios.

    • 23/10/2014 21:31

      So’ comparar a taxa de desemprego antes PSDB 12% e agora PT 4% ,afinal a base de td e’ um emprego nao e’ sem contar beneficios como milhoes de casas com prestaçoes baixicimas facultades para os pobres ai meu caro amigo voce esta pensando somente em vc e os outos irmao como que fica seja mais humano e pense principalmente no se proximo assim como eu nao me importo em ganhar menos mais empregar mais pessoas afinal todos nos precisamos de comer nao e’,pense nisso que vc so’ tem a ganhar,passar bem

  22. kleber permalink
    12/10/2014 8:55

    Dados devem ser comparados ao governo anterior e a situação mundial…
    Veja.. http://governobrasil.blogspot.com.br/
    Com dados muitos mais completos

  23. Rita Lama permalink
    12/10/2014 10:40

    Fantastico!!! Muito obrigado por coletar tanta informacao!

  24. Diogo Viana permalink
    12/10/2014 12:40

    Seria muito interessante comparara uma macieira sendo cuidada por dois cuidadores em relação aos frutos que ela deu, o primeiro cuidador, que plantou a semente e regou por anos a fio, e depois o segundo cuidador que colheu as maçãs, quem deu mais resultados??

  25. Lucas Cardozo permalink
    12/10/2014 13:19

    Leonardo, boa tarde!

    Gostaria de saber se voce possui os dados relativos de crescimento (percentuais, ou percentuais acumulados) ano a ano. Se possivel, incluir alguns anos antes do governo FHC para podermos mostrar com precisao os avancos de cada governo comparativamente com o anterior.

    (peco desculpas pela falta de acentos)

  26. Genivaldo permalink
    12/10/2014 13:56

    É por isso e por outras razoes que voto em Dilma 13. Espero nao ver voltar a desgraça de se ter que começar tudo de novo, pior do que quando saiu do PSDB. Vamos de 13 com certeza.

  27. Carlos Torres permalink
    12/10/2014 15:09

    Por tudo isso, Dilma 13!

  28. Raul permalink
    12/10/2014 21:49

    Gostaria de uma comparação do governo FHC com Sarney, Collor e Itamar, acho que vermos uma grande diferença, o governo FHC cuidou de estabilizar uma moeda nova que não tinha credibilidade e teve que fazer um grande esforço fiscal e financeiro. Agora será que esses números do governo do PT estão dentro da meta de responsabilidade fiscal? Se separar o governo da Dilma do governo do Lula o valor da Petrobras caiu, a arrecadação subiu só por causa do aumento do volume de produção ou teve aumento de imposto como o da bebida? Tem coisas boas dos dois lados só acho que a comparação de um governo que teve que fazer a cama com um outro que pegou a cama feita e muito tendencioso.

    • Glaucea permalink
      25/10/2014 20:18

      Concordo plenamente meu amigo, muito estranho seria se o país não tivesse melhorado em tantos anos! Mas pode melhorar mais ainda! Aécio45!!!

      • fernando neto permalink
        25/10/2014 22:20

        Amanhã o povo nas urnas mostrará quem teve o melhor governo.o PT ou o PSDB….Dilma neles!!!

  29. Anderson Braga permalink
    13/10/2014 9:20

    Como comparar o passado com o presente?qual as semelhanças dos dois para uma comparação coerente e justa? podemos falar de projetos que no passado achamos que foram ineficazes e que acreditamos continuarão sendo nos tempos de hoje, mas a comparação geral, e principalmente de resultados obtidos no passado que “serão” os mesmos no presente ou futuro, é o mesmo que dizer que as mesmas águas passam duas vezes debaixo da ponte.

  30. nv88517375 permalink
    13/10/2014 13:49

    Tá na cara que o Boff é elitor de Dilma, Eu um dia disse jamais votaria no PT, e sei que mais uma vez vou acertar votando contra o PT, feriu a esperança de uma nação, paga pela desigualdade R$90,00, e é vencedor no Ranking da corrupção, Planta Terror com os projetos assistencialistas em troca de votos, agora aplaudo pelo crime bem organizado onde os Petralhas saíram milionários e não deixaram rastros, por isso o desespero de não perderem a eleição, medo de serem desmascarados e vir a tona a puera que se encontra debaixo do tapete, tenham como um pequeno exemplo o filho de Lula(início campanha 1º mandato – funcionários zoológico) Hoje……

  31. Paulo Pedreschi permalink
    13/10/2014 18:46

    Existem muitas formas de dizer mentiras, dizendo só a verdade. Do jeito que o artigo pinta, o Brasil é uma maravilha.Querem enganar a quem?

  32. Paulo Pedreschi permalink
    13/10/2014 18:48

    A Imprensa nunca publicou esses dados porque são fantasiosos.

  33. Scheidder Sandes permalink
    13/10/2014 19:22

    Atraves do Hugo Chaves conheci o seu nome, e com esse dados e suas analises percebo que voce não é sério.

  34. 13/10/2014 20:07

    Há que se acrescentar a essa lista a reação altiva à espionagem americana, a aprovação do Marco Civil da Internet favorável aos usuários e não às teles e a tentativa de reforma política após os protestos de junho de 2013.

  35. Mario permalink
    14/10/2014 2:50

  36. Edson Guilherme Correia permalink
    14/10/2014 11:08

    IDH:
    De 1995 a 2000 (FHC) cresceu 0,056 (0,0112 ao ano), em uma variação percentual de 7,62% (1,48% ao ano)
    De 2000 a 2007 (Lula) cresceu 0,023 (0,0033 ao ano), em uma variação percentual de 2,91% (0,41% ao ano)
    http://hdrstats.undp.org/en/indicators/81.html
    Acesso à rede de água:
    De 1993 a 2002 (FHC) cresceu 6,9% (0,77% ao ano), em uma variação percentual de 9,2% (0,98% ao ano)
    De 2002 a 2009 (Lula) cresceu 3,4% (0,49% ao ano), em uma variação percentual de 4,15% (0,58% ao ano)
    http://www.ibge.gov.br/home/estatist…se_serie_1.pdf
    Acesso à Rede de esgoto
    De 1993 a 2002 (FHC) cresceu 7,4% (0,82% ao ano), em uma variação percentual de 18,97% (1,95% ao ano)
    De 2002 a 2009 (Lula) cresceu 6,9% (0,99% ao ano), em uma variação percentual de 14,87% (2,00% ao ano)
    http://www.ibge.gov.br/home/estatist…se_serie_1.pdf
    Acesso à Energia elétrica
    De 1993 a 2002 (FHC) cresceu 6,6% (0,73% ao ano), em uma variação percentual de 7,33% (0,79% ao ano)
    De 2002 a 2009 (Lula) cresceu 2,5% (0,36% ao ano), em uma variação percentual de 2,59% (0,37% ao ano)
    http://www.ibge.gov.br/home/estatist…se_serie_1.pdf
    Porcentagem de Domicílios com geladeira
    De 1993 a 2002 (FHC) cresceu 14,8% (1,64% ao ano), em uma variação percentual de 20,61% (2,10% ao ano)
    De 2002 a 2009 (Lula) cresceu 7,3% (1,04% ao ano), em uma variação percentual de 8,43% (1,16% ao ano)
    http://www.ibge.gov.br/home/estatist…se_serie_1.pdf
    Porcentagem de Domicílios com televisão
    De 1993 a 2002 (FHC) cresceu 14,1% (1,57% ao ano), em uma variação percentual de 18,60% (1,91% ao ano)
    De 2002 a 2009 (Lula) cresceu 6,1% (0,87% ao ano), em uma variação percentual de 6,79% (0,94% ao ano)
    http://www.ibge.gov.br/home/estatist…se_serie_1.pdf
    Porcentagem de Domicílios com telefone
    De 1993 a 2002 (FHC) cresceu 41,8% (4,64% ao ano), em uma variação percentual de 211,11% (13,44% ao ano)
    De 2002 a 2009 (Lula) cresceu 23,3% (3,33% ao ano), em uma variação percentual de 37,82% (4,69% ao ano)
    http://www.ibge.gov.br/home/estatist…se_serie_1.pdf
    Mortalidade infantil
    De 1997 a 2002 (FHC) caiu 7 pontos (1,4 ponto ao ano), em uma variação percentual de -21,94% (-4,83% ao ano)
    De 2002 a 2006 (Lula) caiu 4,2 pontos (1,05 ponto ao ano), em uma variação percentual de -16,87% (-4,51% ao ano)
    http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/idb2008/c01a.htm
    http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/idb2008/c01b.htm
    Taxa de pobreza
    De 1993 a 2002 (FHC) a taxa de extrema pobreza caiu 6,28% (0,70% ao ano), em uma variação percentual de -30,98% (-4,04% ao ano)
    De 2002 a 2009 (Lula) a taxa de extrema pobreza caiu 6,71% (0,96% ao ano), em uma variação percentual de -47,96% (-8,91% ao ano)
    De 1993 a 2002 (FHC) a taxa de pobreza caiu 8,58% (0,95% ao ano), em uma variação percentual de -19,96% (-2,44% ao ano)
    De 2002 a 2009 (Lula) a taxa de pobreza caiu 12,98% (1,85% ao ano), em uma variação percentual de -37,73% (-6,54% ao ano)
    http://www.ipeadata.gov.br/
    Evasão escolar
    De 1993 a 2002 (FHC) caiu 19,6% (2,18% ao ano), em uma variação percentual de -51,44% (-7,71% ao ano)
    De 2002 a 2007 (Lula) caiu 0,80% (0,16% ao ano), em uma variação percentual de -4,32% (-0,88% ao ano)
    http://www.ibge.gov.br/series_estati…idserie=ECE373
    Acesso ao ensino superior
    De 1995 a 2002 (FHC) o número de matrículas em universidades federais aumentou em 147.224 (21.032 ao ano), em uma variação percentual de 41,68% (5,10% ao ano)
    De 2002 a 2008 (Lula) o número de matrículas em universidades federais aumentou em 100.313 (16.719 ao ano), em uma variação percentual de 20,044% (3,09% ao ano)
    De 1995 a 2002 (FHC) o número de matrículas em universidades aumentou em 1.022.727 (146.104 ao ano), em uma variação percentual de 90,67% (9,66% ao ano)
    De 2002 a 2008 (Lula) o número de matrículas em universidades aumentou em 534.969 (89.162 ao ano), em uma variação percentual de 24,87% (3,77% ao ano)
    De 1995 a 2002 (FHC) o número de matrículas em instituições federais aumentou em 164.103 (23.443 ao ano), em uma variação percentual de 44,65% (5,42% ao ano)
    De 2002 a 2008 (Lula) o número de matrículas em instituições federais aumentou em 111.467 (18.578 ao ano), em uma variação percentual de 20,97% (3,22% ao ano)
    De 1995 a 2002 (FHC) o número total de matrículas em instituições de ensino superior aumentou em 1.720.210 (245.744 ao ano), em uma variação percentual de 97,76% (10,23% ao ano)
    De 2002 a 2008 (Lula) o número total de matrículas em instituições de ensino superior aumentou em 1.600.143 (266.691 ao ano), em uma variação percentual de 45,98% (6,50% ao ano)
    http://www.inep.gov.br/superior/cens…se/default.asp
    Índice de analfabetismo
    De 1993 a 2002 (FHC) caiu 4,56% (0,51% ao ano), em uma variação percentual de -27,77% (-3,55% ao ano)
    De 2002 a 2007 (Lula) caiu 1,85% (0,37% ao ano), em uma variação percentual de -15,60% (-3,33% ao ano)
    http://www.ipeadata.gov.br/
    Salário mínimo
    De 1994 a 2002 (FHC) o salário mínimo cresceu 185,71% ou 14,02% ao ano
    De 2002 a 2010 (Lula) o salário mínimo cresceu 155,00% ou 12,41% ao ano
    De 1994 a 2002 (FHC) o mínimo cresceu, em valores deflacionados, 33,24% ou 3,65% ao ano
    De 2002 a 2010 (Lula) o mínimo cresceu, em valores deflacionados, 72,62% ou 7,06% ao ano
    Carga tributária
    Carga média de 1994 a 2002 (FHC) de 30,07%, carga tributária em 2002 de 32,35%
    Carga média de 2002 a 2007 (Lula) de 33,47%, carga tributária em 2007 de 34,70%
    http://www.ibge.gov.br/series_estati…&idserie=SCN15
    http://www.ibge.gov.br/home/estatist…sinotica19.pdf
    Taxa de crescimento econômico:
    Crescimento mundial durante governo FHC: 24,27% ou 2,75% ao ano
    Crescimento mundial durante governo Lula: 74,46% ou 8,27% ao ano
    Crescimento do Brasil no governo FHC: 19,74% ou 2,28% ao ano ou 82,77% da média mundial
    Crescimento do Brasil no governo Lula: 27,66% ou 3,55% ao ano ou 42,91% da média mundial
    Durante o governo Lula, o Brasil cresceu muito menos que o resto do mundo
    Durante o governo FHC, o Brasil cresceu apenas um pouco abaixo da taxa média do resto do mundo
    Crescimento no governo Collor/Itamar: 6,75% ou 1,31% ao ano
    Evolução no governo FHC em relação à média anterior: 73,33%
    Evolução no governo Lula em relação à média anterior: 55,88%
    https://www3.bcb.gov.br/sgspub/
    http://www.imf.org/external/pubs/ft/…GDPD&grp=1&a=1
    Inflação ao consumidor
    Inflação acumulada de 1990 a 1994 (Collor/Itamar): 41.941.718,61%
    Inflação acumulada de 1995 a 2002 (FHC): 114,43%, ou 0,00028% do acumulado anterior. Queda de 99,99972% em relação ao governo anterior.
    Inflação acumulada de 2003 a 2010 (Lula): 47,72%, ou 41,71% do acumulado anterior. Queda de 58,29% em relação ao governo anterior.
    https://www3.bcb.gov.br/CALCIDADAO/jsp/index.jsp

    Acesso ao ensino superior
    De 1995 a 2002 (FHC) o número de matrículas em universidades federais aumentou em 147.224 (21.032 ao ano), em uma variação percentual de 41,68% (5,10% ao ano)
    De 2002 a 2008 (Lula) o número de matrículas em universidades federais aumentou em 100.313 (16.719 ao ano), em uma variação percentual de 20,044% (3,09% ao ano)
    De 1995 a 2002 (FHC) o número de matrículas em universidades aumentou em 1.022.727 (146.104 ao ano), em uma variação percentual de 90,67% (9,66% ao ano)
    De 2002 a 2008 (Lula) o número de matrículas em universidades aumentou em 534.969 (89.162 ao ano), em uma variação percentual de 24,87% (3,77% ao ano)
    De 1995 a 2002 (FHC) o número de matrículas em instituições federais aumentou em 164.103 (23.443 ao ano), em uma variação percentual de 44,65% (5,42% ao ano)
    De 2002 a 2008 (Lula) o número de matrículas em instituições federais aumentou em 111.467 (18.578 ao ano), em uma variação percentual de 20,97% (3,22% ao ano)
    De 1995 a 2002 (FHC) o número total de matrículas em instituições de ensino superior aumentou em 1.720.210 (245.744 ao ano), em uma variação percentual de 97,76% (10,23% ao ano)
    De 2002 a 2008 (Lula) o número total de matrículas em instituições de ensino superior aumentou em 1.600.143 (266.691 ao ano), em uma variação percentual de 45,98% (6,50% ao ano)
    http://www.inep.gov.br/superior/cens…se/default.asp

  37. 14/10/2014 15:43

    Republicou isso em Prata Cidadaniae comentado:
    Artigo excelente em comparações!

  38. 14/10/2014 23:33

    Leonardo Boff deixou de ser o representante dos pobres, pois só faz palestras em DOLAR, SE negou a fazer palestra numa escola sesquicentenária porque queria ganhar muito, o que não acontece com nenhum palestrante, por mais importante que seja….Maysa Freire

    • 18/10/2014 22:42

      Maysa
      o que vc afirma não é verdade. So ganho em dolar quando falo fora do Brasil Dou muitas palestras de graça para escolas, não me nego. Muitas vezes coincide com coisas já agendas que não posso mais mudar. Mas quando posso sempre falo.
      lboff

      • Moacir Tadeu permalink
        21/10/2014 22:52

        Sr. Leonardo Boff, não o conheço pessoalmente, mas tive a oportunidade de aprender algumas coisas importantes como ver pessoas elogiar aquilo que lhe convém, ou seja olhar para o próprio umbigo sem se preocupar com a nação, filhos e netosnas questões políticas. Muito me admiro com sua capacitada de pensar e analizar, fazer este tipo de comentário com percentuais e tudo mais,. sem analizar o real crescimento mundial nestes períodos. É mais ou menos como fazer uma comparação de crescimento mundial em sua totalidade nos ultimos cem anos. Pois digo que o mundo cresceu muito mais nos ultimos 25 anos do que nos 75 anteriores. Pense nisso!!! Moacir Tadeu.

      • Ari Araújo permalink
        01/09/2015 10:34

        E agora Leonardo, o que você tem a dizer, a sua comparação não faz nenhum sentido. Ainda bem que o Aecio não venceu porque o que esta ai é herança do PT, Lula e Dilma Zé Dirceu… Chupem essa Manga.

  39. Eliene permalink
    15/10/2014 8:36

    VC diz que foram criadas 18 universidade federais no governo Lula/Dilma, quais e onde???

    • tâmara Lúcia da silva permalink
      19/10/2014 15:02

      So no Nordeste, nas grandes cidades do sertão nordestino, hoje tem uma universidade federal ou estadual. Procure se informar mais p não pagar mico!!!!!

      • tâmara Lúcia da silva permalink
        19/10/2014 15:05

        Caruaru, Garanhuns, Arcoverde, Salgueiro, Serra Talhada,Petrolina, isso só nas cidades do interior, fora as outras cidades do nordeste!!!

      • Alfredo Leite permalink
        28/12/2014 18:56

        Será que está evolução veio do sucateamento da UFRJ, entre outras…!

  40. 15/10/2014 8:44

    Faltou quem desviou mais dinheiro através dos mensalões. ai o PT ganharia disparado.

    • romeu hermogenes permalink
      29/10/2014 10:47

      sobre desvios de dinheiro os mensaloes tucanos sao muito maiores, basta ler sobre a vendas de quase todas as estatais e o ninguem viu a grana o Sr. fhc disse que era pra pagar a divida, mas a divida dobrou no seu governo. cade a grana.

    • MARCOS permalink
      29/10/2014 14:38

      ISSO PORQUE VOCÊ FICOU SABENDO (JÁ QUE O GOVERNO CRIOU A LEI PARA DAR A POLICIA FEDERAL AUTONOMIA NAS INVESTIGAÇÕES….MAS ANTES ELES NÃO REVELAVAM NADA…SÓ NA MAMATA…OU O COLOR NÃO PROMETIA ANTIGAMENTE PEGAR OS MARAJÁS….(CADÊ OS MARAJÁS?) NUNCA APARECERAM PARA CONTAR A HISTÓRIA….(MAS OS MARAJÁS (LADO SUJO DO PT)) FORAM PEGOS PELO PRÓPRIO PT QUE JOGA LIMPO….HOJE QUEM ROUBA É PEGO E MOSTRAM NA MÍDIA, POLICIA FEDERAL….PROCESSOS….ETC….

      OU ANTES O BRASIL SÓ TINHA HONESTO? PQ NÃO LEMBRO MESMO DE MENSALÃO ANTES….?!!?

  41. 15/10/2014 21:41

    Creio que se acontecer de o PSDB ganhar as eleições, não haverá vendas dos bancos públicos. Isso tudo é a mídia querendo derrotar o partido porque o PT quer continuar mandando no Brasil. Lula disse na campanha dele que o PT governaria por, no mínimo 20 anos o Brasil! Chega de tanta corrupção! Vamos tirar o PT e se Aécio não der certo, a gente muda de novo!

  42. Miguel Silveira permalink
    16/10/2014 2:29

    Que alegria poder saber de tantas conquistas do povo, para o povo e até para os klistas empresários!
    Estou orgulhoso por ser brasileiro e por ter votado no PT!

  43. João Carlos permalink
    16/10/2014 8:51

    Nossa, que descabimento !!! quem escreve isso está levando algum por fora como todos os integrantes do PT e sua quadrilha de bandidos.

    • MARCOS permalink
      29/10/2014 14:41

      PSDB…UM PARTIDO DE SANTOS!

      • claudio da silva permalink
        23/07/2016 17:49

        Não se esqueça povo brasileiro essas corrupeção já vem desde do fhc que ninhem apura, parece que tem muita gente por tras disso.

  44. Wilton Sampaio Análio permalink
    16/10/2014 9:55

    Infelizmente a grande maioria da população brasileira não consegue enxergar a própria, realidade, vivem ainda na caverna em que foram acorrentadas pelos governos da direita elitista.

  45. André Lacerda permalink
    16/10/2014 14:43

    Ainda que determinadas leituras possam levar a equívocos, como bem alertava Nelson Werneck Sodré na sua “Introdução a Geografia”, quando dizia que “os dados podem mais esconder do que revelar”, essa justaposição de dados me pareceu importante e oportuna, já que os dados servem para enxergar a realidade para além de nossos sentidos (desde, é claro, com a devida apresentação das fontes). Logo, penso eu, que o post de Hildegard Angel, com dados justapostos de entidades com certa credibilidade (OMS, ONU, IBGE, UNUCEF, etc.) e, isentos de considerações de terceiros, permite ao leitor efetuar as suas próprias ponderações e ir em busca daquilo que é de seu interesse.

  46. João Carlos Mello permalink
    16/10/2014 19:05

    Só uma pergunta, não foi o projeto neoliberal do PSDB que criou o Real e estabilizou nossa moeda? Eu Sinceramente não confio nem no PT nem no PSDB, mas não me parece justo ficar demonizando um partido e tentando colocar pavor na população, melhor seria apresentar as verdadeiras realizações feitas e os projetos para os próximos 4 anos.

    • 19/10/2014 20:59

      Concordo contigo João Carlos Mello! Em gênero, número e grau! Parabéns pelo belissímo comentário!

    • romeu hermogenes permalink
      29/10/2014 10:55

      nao foi o projeto neoliberal, vamos nos informar melhor, o plano real, maravilhoso por sinal, foi feito por Itamar Franco, Recupero, Ciro gomes e cerca de mais 40 economistas, no mes de março/93, lançado no mes julho/93, FHC assumiu em janeiro/94, vamos ser justos, o pai do plano real foi Itamar Franco, FHC so reconheceu isso quando Itamar morreu.

  47. RUBENS G SAMPAIO permalink
    17/10/2014 13:33

    “Qual é o caminho certo da gente? Nem para a frente nem para trás: só para cima”. Riobaldo. GSV.

    Vencer a FOME e a SEDE. Dois desafios mínimos que já deveriam ter sido enfrentados há muito tempo nesse país. Se nos últimos anos só isso tivesse sido feito já teria sido muito bom para o país. Mas para além da superação da FOME e da SEDE foram feitas muito mais coisas. O Juscelino falava de 50 anos em 5. Nestes doze anos se alcançaram resultados que até então não tinham sido nem buscados e muito menos alcançados em 500 anos. Para além de todas as mazelas (obras atrasadas, dinheiro desviados corrupção e tudo mais) que infelizmente parecem ser atávicas aos políticos desse país, o que se alcançou não pode ser perdido.

    Fui professor Universitário e Diretor Acadêmico. Conheci jovens que saíram de cidades remotas e que tiveram uma ascensão social, em 3 ou 4 anos. Uma ascensão que seus pais não conseguiram alcançar nem em 20 ou 30 anos. Às vezes nem em 60 ou 70 anos. Jovens que saíram da pobreza e conseguiram entrar numa faculdade (seja pelas cotas ou pelo PROUNI). A entrada na faculdade lançou o jovem num estágio e do estágio para um emprego muito melhor do que derrubar roça para plantar capim. Na condição de professor e diretor vi os alunos conseguindo fazer sua faculdade, única e exclusivamente, por causa do PROUNI. A ascensão desses jovens foi vertiginosa. E a condição atingida fará com que qualquer possibilidade de retrocesso social seja inadmissível para esses jovens.
    Por causa disso o desafio subsequente do governo é que a população favorecida por todos esses programas sociais vai alcançar uma condição superior que lhes permitirá exigir mais do que lhes foi concedido e conquistado, e o governo terá que dar conta disso. Ou seja, como consequência da saída da pobreza, como consequência da entrada na universidade, como consequência da conquista de uma situação melhor, essas pessoas vão desejar conquistar algo mais. A estagnação não será uma opção e o retrocesso social também não será uma alternativa. Com R$70 ou R$ 200 é possível fazer uma diferença absurda na vida de quem não tem nada e corre o risco de morrer de sede e de fome.
    Mas depois desta ascensão, as exigências e os desafios vão se tornar mais complexos.
    Se o PSDB não conseguiu sequer matar a fome a sede desses brasileiros que ascenderam socialmente, como dará conta desse novo contingente com anseios mais complexos e mais caros??

    É muito pouco provável que o governo do PSDB consiga fazer essas duas coisas: permitir a ascensão social e dar conta da demanda criada por essa mesma ascensão. O que significa que a possibilidade do PSDB estragar tudo é muito grande. Se o PSDB ganhar, o eleitorado DESINFORMADO estará jogando a água suja junto com a criança. Não haverá avanço e ocorrerá retrocesso.

    Atualmente tenho trabalhado como advogado e administrador de imóveis. E tenho visto o seguinte. Os imóveis que administramos nunca tiveram um índice de ocupação tão alto e ao mesmo tempo um índice de inadimplência tão baixo. A grande maioria desses imóveis são quitinetes ou imóveis pequenos para famílias pequenas. Muitos locatários deixaram esses imóveis porque conseguiram comprar um apartamento pelo Minha Casa Minha Vida. Mas ao mesmo tempo muitas pessoas tiveram uma ascensão social suficiente para vir morar nesses mesmos imóveis que foram desocupados pelos brasileiros que deixaram de ser inquilinos para serem proprietários. Até dez anos atrás, muitos desses locatários não tinham automóveis. Hoje, todos precisam alugar um imóvel, ainda que pequeno, com pelo menos uma vaga de garagem. E às vezes, as mesmas pessoas que alugam esses imóveis já possuem dois automóveis. Esses novos locatários têm tudo: além do seu automóvel, eles têm TV de tela plana 3D, eletrodomésticos, smartphones, fogão elétrico, geladeira, máquina de lavar roupa, notebooks, tv por assinatura, Blu-ray, internet com banda larga e muitos frequentam a faculdade. E o melhor de tudo: estão todos empregados.

    Digo isso, pois vejo isso todos os dias. Não estou falando de dados, estatísticas, números desta ou daquela pesquisa. Estou falando apenas daquilo que vi e vivenciei nos últimos anos. Estou falando do que vivo todos os dias.

    Por causa dessa minha argumentação alguém me disse o seguinte: “Ah, então vc está votando no PT, da mesma forma que esses miseráveis que recebem o Bolsa Família votam. Vc vota no PT porque vc está sendo favorecido!! Vc vota em causa própria!!” E o amigo que me disse isso, me disse como se eu estivesse cometendo um crime. VOTAR EM CAUSA PRÓPRIA NÃO PODE!! RSRS.

    Respondi… Meu amigo, e qual o problema da pessoa pobre votar em causa própria? Desde quando votar em causa própria é ilegítimo?? Só porque é pobre e é beneficiário do bolsa família, o voto dele em causa própria é um voto desqualificado? Ou como disse o príncipe dos sociólogos, quem vota nos grotões do país vota no PT porque é desinformado? Na verdade, o fato de as pessoas que vivem nesses grotões votarem massivamente no PT é MARAVILHOSO. É um sinal de que as políticas públicas chegaram nesses lugares abandonados e distantes. É sinal de que todo o mecanismo de fazer R$ 70,00 chegarem nas mãos de uma mulher sertaneja e pobre, por mais burocrático e complexo que seja, funcionou. E o dinheiro chegou lá sem ter sido desviado. Essas pessoas foram alcançadas pelo Estado. A longa manus do Estado chegou lá de verdade. Ora, essa multidão de pobres está certa em votar em interesse próprio. Elas não estão apenas certas. Isso é um direito delas e um dever delas para com elas mesmas. Afinal, o rico pode votar em causa própria. O pobre não ?!. É isso? O rico pode votar em causa própria e o pobre deve votar em favor do rico, pois quando não vota em favor do rico ele é desinformado, massa de manobra.
    MASSA DE MANOBRA É AQUELA PARCELA DA POPULAÇÃO QUE VOTA CONTRA SI MESMA. Que o rico vote em seu favor é admissível. Que o pobre também vote em causa própria TAMBÉM É ADMISSÍVEL. Aliás é exatamente esta a beleza de uma coisa chamada DEMOCRACIA.

    O que é incabível é o oprimido votando no opressor. É isso que causa mais indignação aos verdadeiramente INFORMADOS. Infelizmente, os chamados DESINFORMADOS são pessoas pobres e sem escolaridade, mas que SABEM MUITO BEM distinguir entre um prato vazio e um prato CHEIO DE COMIDA.

    Só que na verdade, os verdadeiros DESINFORMADOS sabem ler e escrever E NÃO ESTÃO nos grotões do Brasil. E a maioria deles está dentro de uma camada da população chamada CLASSE MÉDIA que MORRE DE MEDO DE FICAR POBRE e vive sonhando em FICAR RICA. Como diz um amigo meu… “Rubão, eu só tenho medo é de ficar pobre. Porque ser pobre é uma merda”.

    E tal como a Danuza Leão expressou muito bem, a classe média odeia ou tem um medo terrível de ter pobre por perto, porque isso a aproxima dos pobres. Essa proximidade infecta é uma ameça ao sonho de se tornar rico. Mas como há muito mais pobres do que ricos, é mais fácil a classe média ver os pobres se aproximando dela, do que ela se aproximar e se encontrar com ricos de verdade. Com isso, a ascensão e aproximação dos pobres criam a ilusão social de que a classe média está empobrecendo, quando na verdade, no conjunto de todas as coisas é a sociedade que está se aperfeiçoando, diminuindo os índices de violência, melhorando as condições de saúde da população, aumentando a segurança pública, incrementando uma rede eficaz de proteção e tudo o mais.

    Por causa desta ilusão de ótica, ou por causa desta ilusão social, os brasileiros da classe média, sentem-se ameaçados e acham que é melhor votar no PSDB, que defende os interesses de uma elite (admirada pela classe média), e que na verdade não está nem aí para a classe média. A classe média vota no PSDB porque vota no sonho de que pode ficar rica, votando no candidato da elite.

    Quando na verdade isso é um tiro no pé. Sobretudo porque os ricos de verdade, nesse país são apenas 20.000 (vinte mil famílias), talvez umas cem mil pessoas apenas. E no fundo, no fundo, para desconsolo da classe média, ela está muito mais próxima socialmente dos pobres e infinitamente distante dos muito muito muito ricos. Votando na elite mais abjeta que esse país possui, o brasileiro classe média não consegue fazer exatamente aquilo que os mais pobres estão fazendo: VOTAR EM CAUSA PRÓPRIA. Como a classe média não sabe de que lado ela está, ela não sabe em quem votar. Esta situação faz com que a classe média seja a verdadeira parcela DESINFORMADA DA POPULAÇÃO. Pois não sabe em quem votar, não sabe de que lado está, e como regra, vota no OPRESSOR e naquele político que vai prejudicá-la. A classe média vota naqueles que estão mais longe de defender os interesses da própria classe média.

    Hoje temos o seguinte quadro. O rico vota em causa própria. E os pobres também, graças a essa invenção maravilhosa chamada DEMOCRACIA. Apenas a classe média – que se acha informada – não vota em causa própria. Pois vota nos interesses daqueles que ela gostaria de ser, em detrimento dos interesses daquilo que ela efetivamente é: classe trabalhadora, sem almoço e sem janta grátis.

    Assistindo de camarote a ascensão daquela juventude pobre que conseguiu alcançar os bancos do ensino superior e profissionalizante e vendo no meu cotidiano a população que passa a morar nos meus imóveis, consigo ver e participar emocionado de um momento de crescimento e de avanço vertiginoso na qualidade de vida das pessoas com quem me encontro diariamente. Eu vi de onde muitas dessas pessoas vieram. E ao passarem pela minha vida, as vejo subindo degraus.

    E após conhecer o projeto Renda Básica de Cidadania do ex-senador Eduardo Suplicy, percebi que ele não deveria apenas ser re-eleito. Ele deveria ganhar o prêmio Nobel da Paz. A implementação deste projeto no Brasil faria com que milhões de pessoas subissem escadarias inteiras e não apenas alguns degraus. Mas São Paulo conseguiu tirar o Suplicy e colocar o Serra! Eu sei que o Suplicy não inventou a RENDA BÁSICA. Trata-se de uma experiência realizada primeiramente num lugar muito longe daqui. Mas como é que se pode fazer uma troca como essa? Eu tenho a explicação: porque os eleitores do Serra são pessoas DESINFORMADAS. E o mais grave. São desinformadas sem viverem nos grotões do país tal como disse o FHC PhD. São eleitores que votam apaixonados por algo que nunca será deles. Mas tudo bem, é nisso que também está a beleza da democracia. Conta-se que uma vez perguntaram para o Mastro Antonio Carlos Brasileiro Jobim se ele preferia viver em Nova York ou no Rio de Janeiro. Ele respondeu: Morar em Nova York é bom, mas é uma merda. Morar no Rio é uma merda, mas é bom. Parafraseando o Maestro, podemos dizer que para alguns a DEMOCRACIA é muito boa, mas é uma merda. Para outras, a DEMOCRACIA é uma merda, mas é muito boa. Agora é a hora de acreditar que a DEMOCRACIA continua sendo MARAVILHOSA, apesar do Serra! O grande problema é que durante os próximos 8 anos o paulista e o paulistano, que ‘sisificamente’ precisam dar conta de sua rotina de carregar sua pedra montanha acima, agora terão que rolar sua pedra SERRA ACIMA!

    Para além de tudo, lembro de meu primo Celso indignado com a eleição de Jânio Quadros para a Prefeitura de SP. E meu primo dizia: “a minha vingança é que ele será prefeito de quem votou nele!!” Fazer o quê? Espero que os paulistanos SUPLYQUEM pelo retorno do Eduardo após 8 anos subindo a SERRA. Afinal como dizia o mestre Guimarães Rosa que começa e termina esse meu texto “Vingar é lamber, frio, o que outro cozinhou quente demais” GSV.

    E caso alguém ache que sou DESINFORMADO, ainda que possa parecer petulante e pernóstico, sinto-me na obrigação de informar que sou formado em Filosofia. Mestre e doutor em Filosofia. Também sou Advogado, Especialista em Direito Público e Direito Constitucional, além de possuir um MBA numa das melhores faculdades de administração do mundo. Se alguém ainda achar que sou desinformado, a parcela de verdade disto pode ser consequência de eu não ser leitor da Veja e de não gostar daquelas absurdidades escritas por nomes que eu nem não quero colocar aqui, afinal como não ler a Veja se na região em que moro há cerca de 5000 assinantes deste hebdomadário. Na mesma região há 15 assinantes da Carta Capital. Eu sou um deles. E 5 assinantes do Le Diplo. Também sou um deles. E voto PT. Voto DILMA!!

    “Vou lhe falar. Lhe falo do sertão. Do que não sei. Um grande sertão! Não sei. Ninguém ainda não sabe. Só umas raríssimas pessoas – e só essas poucas veredas. Veredazinhas. O que muito lhe agradeço é a sua fineza de atenção”. Riobaldo. (João Guimarães Rosa – GSV).
    Rubens Godoy Sampaio

    • Edinelson Azevedo permalink
      19/10/2014 1:28

      Parabéns…belo texto!!! Já cansei de dizer tudo isso a muita gente…mas o recrudescimento do ódio da inclusão social por parte da classe média é um fato. Daí os tipos de manifestações agressivas como vimos nessa postagem..me parece que o fascismo teve coragem de mostrar sua cara.

      • André Morais permalink
        27/10/2014 18:08

        Parabéns…realmente este é o melhor texto que li a respeito. Retratou perfeitamente o que na verdade é esta “indignação dos informados da classe média”, que eu chamo também de “Revolucionários do Facebook”! Mais uma vez Parabéns!!!

    • romeu hermogenes silva permalink
      02/12/2014 10:28

      voce pode dizer quem nao ganhou dinheiro com o governo lula?, pois todos ganharam, foi o melhor governo que o pais ja teve, bom para todos.

    • Miriam permalink
      28/10/2016 2:24

      Uau… Que texto! expressou tudo q tento dizer todo dia, a centenas de pobres metidos a classe média q conheço e convivo. Vontade de imprimir e esfregar na cara de cada um.

  48. Tarcila permalink
    20/10/2014 14:50

    Gostaria de pergontar a você. que se diz tão estudado e informado, o que acha do “FORO DE SÂO PAULO”?
    Por ser um defensor assim do PT imagino que concorde com todas as atitudes deles para transformar o Brasil em bolivarianismo.
    Então lembre-se de que se o PT perder você tem a opção de morar na Venezuela e viver o governo do “PT” por lá.
    Eu sou contra o Foro de São Paulo e toda a sua corja.

    • 21/10/2014 11:38

      Tarcila
      O Foro de São Paulo é apenas um foro de discussão. Que diz do Clube Blindenberg que reune os mais poderosos com alguns chefes de Estado com o objetivo claro de dominar o mundoz?

  49. 21/10/2014 22:03

    O FHC pegou um país dilacerado pela inflação. O Lula continuou a reconstrução iniciada por FHC. Como pode comparar os números sem considerar o contexto ? Má fé de quem o faz. Espalhando a ignorância ao invés de ensinar o povo a pensar. Deviam é comparar o crescimento da China, do Chile e do Peru de 2002 a 2013 com o do Brasil para ver quem é o lanterna. Deixem os bolivarianos de fora da comparação.

  50. Antonio Dias de Limma permalink
    24/10/2014 21:34

    Caro jornalista, parabéns pela iniciativa em divulgar esta esclarecedora comparação. São fatos e “contra fatos não há argumentos”. Comentário de quem ascendeu da linha da pobreza.

  51. Degel Cruz permalink
    25/10/2014 15:51

    A cegueira ideológica impede a leitura objetiva de dados e entorpece coração e mentes. Bastaria a leitura dos jornais dos anos finais do governo PSDB e reler dados atuais para comprovar que há um Brasil melhor. A desinformação ainda se vê pela insistência da titularidade do plano real ao PSDB quando, Itamar Franco, do PMDB, foi quem assinou o plano, com FHC participando da equipe, com economistas e técnicos do governo, atuando de forma importante na modelagem da reforma monetária bem sucedida. Claro que a história não sofreu rupturas e… se o Brasil continua caminhando para o futuro melhor, o governo Itamar e FHC privilegiou a elite e o governo LULA/DILMA ousaram política de redução de desigualdade e por isso, são vítimas do conservadorismo que odeia mudanças .Leonardo Boff esclarece dados do novo Brasil mas…. quem não conheceu o Brasil faminto e miserável que nos qualificavam com BERLINDIA não pode ler os dados apontados, assim como Brasília, central, ignora nos seus planos o Sertão, a Selva, a Caatinga, vistas apenas como tema literário. Será que o PSDB é capaz de continuar o PROGRESSO?
    ,

  52. Ricardo Silva. permalink
    25/10/2014 17:26

    Comparações covardes. Todo esse melhoramento bruto só tem uma explicação: Plano Real.
    Se tivéssemos um governo sério esses dados hoje seriam bem melhores.

    • fernando neto permalink
      25/10/2014 22:30

      Hum agora foi Aécio que inventou o real?O mesmo que diz que não simboliza um partido? que nega suas origens tucanas?do FHC que diz que aposentado é vagabundo???

  53. Wagner Bias permalink
    25/10/2014 22:22

    Perfeita comparação. Agora faz com o de Juscelino Kubitschek ou Getúlio Vargas.

  54. Gustavo permalink
    25/10/2014 22:33

    Você é um ignorante ao analisar os fatos sem ver os fatos como realmente são. Comparar o governo de FHC com Lula é uma piada. Vejamos, qual foi a inflação que FHC pegou e qual ele entregou? Qual foi o PIB que FHC pegou e qual ele entregou (lembrando que ele teve 3 crises pelo caminho)?
    Você tem que ver a evolução em porcentagem! IDE só começou a subir depois da solidez dada na economia por FHC. As reservas no governo FHC foram deterioradas para conter a inflação de 8 zeros.
    O pt se gaba por acabar com a dívida externa, ora, a dívida externa foi trocada por divida interna, ou seja, tudo balela.
    Faça também uma comparação do crescimento do Brasil com a AL. Em nenhum momento desses 12 anos de pt o Brasil cresceu mais que a média na AL.
    Indico estudar economia antes de ficar fazendo comparações tolas e sem sentido algum!

  55. Vitor Ken Mochizuki permalink
    26/10/2014 3:13

    Caro Leonardo,
    Independentemente de concordar ou não com os números aqui apresentados: para que eles tenham credibilidade, você precisa trazer todos os números a valor presente, usar valores reais e não nominais e, não apenas comparar 2002 com 2014, mas também 2002 com 1990 (12 anos para frente e para trás), levando em consideração não apenas o que cada governo deixou para o país, mas quanto evoluiu relativamente à situação em que o encontrou.
    Além disso, não acha justo dar crédito para a estabilidade econômica que permitiu um desenvolvimento mais sustentável no campo social nos governos posteriores ao de FHC?
    Abraços,
    Vitor

  56. 26/10/2014 19:54

    Depois de alguns textos que você escreveu e ver você defender o PT, mesmo com toda corrupção, não que eu ache que você deveria defender o PSDB ou outra coisa. Mas lembrando da teologia da libertação, acho que você defender o governo é um papel ridículo para a pessoa que você já foi. Primeira coisa que eu fiz foi jogar dois livros seus no lixo, pois seus ideais já estão lá há muito tempo, agora vou tirar dos favoritos porque não quero participar da sua vergonha.

    • 28/10/2014 9:34

      Patricia,
      vc cometeu um crime cultural. Não se joga livro fora. Doe para alguma biblioteca pois nem todos/as pensam como vc.Não tem nenhuma obrigação de me seguir, nem nos livros nem no blog. Poupe seu figado.

      lboff

      • Beth permalink
        19/08/2015 0:13

        Isso é o que se chama ignorância. Não respeitar opinião alheia. A senhora aí que comentou não entende o que a constituicao defende desde o preâmbulo até o final. Liberdade. Somos livres. Faz parte dos direitos humanos. Nunca se defendeu os direitos humanos como hoje, nos governos FHC e Dilma. Podem falar o que quiserem, a verdade está aí, é só destapar a mente e olhar. Primeiro de tudo as pessoas têm que entender o que é direitos humanos. Acredito que poucos sabem. Pensam que é só pra bandido. Claro, é pra bandido também. É pra todos. É um direito de todos, conseguido a base de muitas batalhas. Não podemos regredir, jamais. Cada um tem liberdade, mas tem um limite. A minha liberdade termina onde inicia a sua. Respeito também e questão de educação. Todos merecem respeito. É um direito humano.

    • Edilson Belo permalink
      02/05/2015 0:38

      Patricia Saldanha

      Pareci-me que, assim como rapaz de nome Alfredo Leite, vocês nunca tiveram a oportunidade de passar necessidades, estudar em escolas publicas, morar em uma favela, como eu tive. Sua realidade é outra totalmente diferente da nossa, a realidade das grandes massas deste país. Então não me venha com este seu lirismo angelical porque eu vivi dentro de favelas e convivi com em vários governos e garanto a ti que o único que olhou para o povo com o respeito que ele merece foi este, que vocês burgueses, não admitem pois este tipo de governo para vocês de nada serve.

      • Alfredo Leite permalink
        03/05/2015 7:14

        Inferir sobre a vida alheia é só mais uma prática destes indutores políticos que lutam em benefício próprio. Você errou muito sobre a minha vida, lamentavel. Cresci as minhas custas, talvez por isto não tenha 1/100 do patrimônio dos líderes PTistas. Não me ofereço para entrar nesta partilha do bolo com os pobres deste país porque apesar de ser taxado de burguês, sou honesto.

  57. Vanessa permalink
    26/10/2014 22:50

    Parece ter uma explicação pra isso tudo: a dívida interna e externa!

    • Edilson Belo permalink
      02/05/2015 0:41

      Agora a divida externa e Interna do País também é culpa do Governo. Cacete, pô não é que dessa eu não sabia.

  58. Alexandre Balistrieri permalink
    27/10/2014 8:27

    Gostaria de saber, nessa comparação, onde entra se é que tenha sido considerada, a reforma econômica de quase 20 anos atrás promovida pelo então ministro da fazenda e depois presidente FHC que nos livrou de uma inflação média de quase 1000% ao ano e preparou o chão para todos os erros e acertos, fossem eles vermelhos ou azuis, vindos depois disso. O período comparado é injusto.

    • 28/10/2014 9:27

      André
      a reforma economica com o real foi obra do Presidente Itamar e completada por FHC e levada avanate por Lula-Dilma.
      lboff

      • Carolina permalink
        29/10/2014 14:12

        É lamentável o nível de obscuridade politica e egoísmo de nossos brasileiros.Acredito que um minimo de esclarecimento histórico e econômico, aliados a boa razão e realidade nos serviriam muito bem.Será tão impossível termos uma discussão coerente, desprovida de paixões ou mesmo de um ego enaltecido, diante de um assunto como o projeto de um governo que se revela tão importante? É preciso reconhecer as perdas e ganhos realizados na história pelos partidos, contudo não devemos perder de vista que nosso estado tem como máxima a realização social.Esse é um passo fundamental na tentativa de eliminar diferenças socias tão profundas das quais padecemos há tempos. Vamos parar com nossa mesquinharia de pensar que bolsa é para vagabundo ou que projetos sociais não resolvem nada. Que tipo de ser humano é você que diz bobagens desse tipo?Mas também o que se pode esperar ouvindo comentários irracionais de vocês que nunca precisaram lutar por um minimo de dignidade e de um lugar para dormir? O que esperar de pessoas incapazes de se colocar no lugar do outro para sentir as dores de uma vida miserável sem comida, saúde ou assistência?os dados são importantes sim, aliados a um breve incurso na história.São necessários para perceber qual o perfil de governo desempenhado e quais os setores tiveram investimento, para que assim possamos formular nosso ponto de vista sobre qual tipo de governo queremos: um governo econômico ou um governo social?Repudio discussões que por pegarem pontos isolados da crítica, como a persistencia em se atacar dados gráficos, perdem de vista o que mais é essencial: o que esperamos de um governo? O que deve ser melhorado? Devo eu ser o beneficiado ou o maior numero de pessoas possíveis? Devemos respeitar posições que não coadunam com nossos pensamentos. É ridículo que vocês tenham atacado a imagem publica, com seus despropositados comentários asquerosos, cobrando coerência quando vocês mesmos não conseguem articular um minimo de coerência e respeito com o posicionamento alheio.Lamentável.

      • Alfredo Leite permalink
        03/05/2015 7:15

        Mas de todo estes citados quem enriqueceu de verdade foi o Lula, eita garoto de sorte.

  59. fernando neto permalink
    27/10/2014 10:49

    Agora o PT se deu bem!Daqui a 4 anos Lula volta!abaixo a opressão dos menos favorecidos!e vcs do sul tome seca!mesmo assim votaram no psdb.acho pouco pra vcs afinal seu governo recusou ajuda do governo federal…

    • Renato permalink
      28/10/2014 16:47

      Volta pra escola e estuda um pouco de historia espertao.

  60. maicon gessi permalink
    28/10/2014 11:43

    A verdade é que vivemos em um país desunido!Ficamos nos agarrando a partidos políticos como se um fosse perfeito enquanto outro não tem nada de bom. Vamos parar de amar partidos políticos e começar a pensar no futuro do nosso país. Para isso temos que pensar muito bem em qual politico vamos votar. Precisamos de pessoas honestas que pensem no futuro do povo e não o no futuro do partido. Temos que parar com as barganhas políticas para aprovar um projeto de lei, quando a moeda de troca não deveria ser cargos ou ministérios, mas sim o simples fato de tal projeto ser benéfico para o Brasil. O que acontece é que trocamos a camisa, mas os jogadores, pelo menos a maioria, são os mesmos.

  61. Renato permalink
    28/10/2014 16:46

    Mais que tendencioso esse texto… Como alguem pode comparar esses numeros sem levar em questão a história do país, FHC pegou o país quebrado, desestabilizado com a inflação descontrolada e estabilizou tudo isso, entregou nas maos do lula um país totalmente diferente do que pegou, plano real que o PT foi contra foi o responsável pelo país nao ter entrado no ralo na crise que se passou…. Vergonha de ver alguem tão inteligente escrever algo tao tendencioso

  62. 03/11/2014 17:33

    O PSDB é o partido do desmanche pelo q. fez ñ deveria mais nem existir na vida pública, LRF e por debaixo do pano dando o país ô dupla nogenta FHC/Serra e a trupe é grande, é filho,é genro do lado do sociologo,é filha,é genro, é primo do lado do Serra, sem falar no tesoureiro dos dois era propina d+…………………… ….. isso daria várias monografias valeu Amaury Jr. por tirar a máscara desses anti-patriotas e ainda aparece uns bocós defendendo esses marmotas vão ver são mazoquistas e gostam de umas cipuadas sem folha.

    • Joel Menezes permalink
      10/11/2014 13:19

      Quem está desmanchando o Brasil é o PT. Basta buscar as informações disponíveis em toda a mídia.
      São 12 anos desmanchando o Brasil, para implantar o comunismo bolivariano (chavismo) em doses homeopáticas.
      Em 2018 o Brasil será uma grande Venezuela ou um Cubão.

      • 13/11/2014 19:29

        Joe, vc está com ideias totalmente equivocadas e vitima do que a imprensa reacionaria está divulgando. Na Venezuela nunca houve comunismo e este já morreu há muito tempo. Não vale chutar cachorro morto.
        lboff

      • Claudio Ramos permalink
        17/10/2015 17:11

        Qual as mídias que você acompanha Joel Menezes? A globo, folha e revista veja que apoiaram o golpe militar no Brasil?

  63. IVONEI NUNES RAMOS permalink
    06/11/2014 10:12

    Os dados do atual governo são maquiados. Índice de desemprego, índice de pobreza… procurem saber como é feito esses relatórios. verás que não condiz com a realidade. E o Brasil Atual esta a beira de um colapso econômico. O juros já subiu, os alimentos estão subindo, energia elétrica, combustível. Uma observação como a Petrobras teve um lucro recorde, se suas ações despencaram quase 50%? Como o atual governo declara que tantos milhões sairão da miséria e ao mesmo tempo, diz que vai ampliar a bolsa família? Balela, só cedo que não quer enxergar o descaso e os desconexos governamentais.

  64. aurio de carvalho permalink
    03/12/2014 0:26

    Todos Brasileiros deveriam ler estes dados, ou seja essa comparativa, e ate os analfabetos entenderiam porque o brasil reelegeo dilma.

    • JANET FERNAND permalink
      13/04/2016 21:29

      FHC. QUEREM FALAR DELE? então ai vai ->privatizou mal…algumas empresas de teles ficaram c monopolios, ou seja, se antes era monopolio estatal, passou a ser privado…c um aumento consideravel nos custos…
      o tucano era contra a reeleição de repente passou a apoiar foi reeleito…
      esperou ser reeleito p desvalorizar o real, mudar o cambio no inicio d 99 e infernizar ou levar à ruina, milhares d pessoas q acreditaram e reelgendo-o.
      -Durante a desvalorização d real os BANCOS Marka e FonteCindam foram socorridos pelo Banco Central c R$ 1,6 BILHÃO. O pretexto FOI a quebra desses bancos criaria risco sistêmico p a economia.

      -ENTRE os primeiros gestos d FHC ao assumir a Presidência, em 1995, foi extinguir, POR DECRETO, a COMISSÃO ESPECIAL de Investigação, instituída no governo Itamar Franco e composta por representantes d sociedade civil, q tinha o objetivo COMBATER A CORRUPÇÃO. Em 2001, FHC BARROU A a instalação da CPI da CORRUPÇÃO.
      -O escandalo do Sivam: A empresa Esca, associada à norte-americana Raytheon, e responsável pelo gerenciamento d projeto, foi extinta p fraudes contra a Previdência. Denúncias d tráfico d influência derrubaram o embaixador Júlio César dos Santos e o ministro da Aeronáutica, Brigadeiro Mauro Gandra.

      -A farra do Proer: O Proer demonstrou, já em 1996, c seriam as relações d governo FHC c o sistema financeiro. P FHC, o custo d programa ao Tesouro Nacional foi de 1% do PIB. Para os ex-presidentes do BC, Gustavo Loyola e Gustavo Franco, atingiu 3% do PIB. Mas p economistas d Cepal, os gastos chegaram a 12,3% do PIB, ou R$ 111,3 BILHÕES, incluindo a recapitalização d Banco do Brasil, d CEF e o socorro aos bancos estaduais.

      O rombo causado pelo festival de fraudes transamazônicas na Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia, a Sudam, no período de 1994 a 1999,ULTRAPASSA 2 BILHÕES. As denúncias d desvios de recursos na Sudam levaram o ex-presidente do Senado, Jader Barbalho (PMDB-PA) a renunciar ao mandato. Ao invés de acabar c a corrupção que imperava na Sudam e colocar os culpados na cadeia, o presidente FHC RESOLVEU EXTINGUIR O ÓRGÃO
      -O governo FHC desrespeitou a lei q criou o Fundef. Em 2002, o valor mínimo deveria ser de R$ 655,08 por aluno/ano de 1ª a 4ª séries e de R$ 688,67 por aluno/ano da 5ª a 8ª séries do ensino fundamental e da educação especial. Mas os valores estabelecidos ficaram abaixo: R$ 418,00 e R$ 438,90, respectivamente. O calote aos estados mais pobres somou R$ 11,1 bilhões desde 1998.

      – A idéia de equipar todas as escolas públicas de ensino médio com 290 mil computadores se transformou numa grande negociata. Os recursos para a compra viriam do Fundo de Universalização das Telecomunicações, o Fust. Mas o governo ignorou a Lei de Licitações, a 8.666. Além disso, fez megacontrato com a Microsoft, que teria, com o Windows, o monopólio do sistema operacional das máquinas, quando há softwares q poderiam ser usados gratuitamente. A Justiça e o Tribunal de Contas da União suspenderam o edital d compra e a negociata foi suspensa.

      -Na “Era FHC”, a média anual de crescimento da economia brasileira estacionou em pífios 2%, incapaz d gerar os empregos q o País necessita e de impulsionar o setor produtivo. Um dos fatores responsáveis por essa quase estagnação é o elevado déficit em conta-corrente, de 23 bilhões de dólares no acumulado dos últimos 12 meses. Ou seja: devido ao baixo nível da poupança interna, p investir em seu desenvolvimento, o Brasil se tornou extremamente dependente de recursos externos, pelos quais paga cada vez mais caro.

      — o apagão de energia: A imprevidência do governo FHC e das empresas d setor elétrico gerou o apagão. O povo se mobilizou p abreviar o racionamento d energia. MESMO ASSIM FOI PUNIDA. P compensar supostos prejuízos das empresas, o governo baixou Medida Provisória TRANSFERINDO A CONTADO RACIONAMENTO AO CONSUMIDOR, q são OBRIGADOS A PAGAR DUAS NOVAS TARIFAS em sua conta d luz. O pacote de ajuda às empresas soma R$ 22,5 bilhões.

      -FHC queria que o seu governo fosse lembrado como aquele que deu proteção social ao povo brasileiro. Mas SEU GOVERNO PERMITIU A ELEVAÇÃO das TARIFAS PPUBLICAS BEM ACIMA DA INFLAÇÃO. Desde o início do plano real, o preço das tarifas telefônicas foi reajustado acima de 580%. Os planos de saúde subiram 460%, o gás de cozinha 390%, os combustíveis 165%, a conta de luz 170% e a tarifa de água 135%. Neste período, a inflação acumulada ficou em 80%.

      -A timidez marcou a política de comércio exterior do governo FHC. Num gesto unilateral, os Estados Unidos sobretaxaram o aço brasileiro. O governo do PSDB foi acanhado nos protestos e hesitou em recorrer à OMC. A subserviência era tanta que em visita aos EUA, o ministro Celso Lafer foi obrigado a tirar os sapatos três vezes e se submeter a revistas feitas por seguranças de aeroportos.
      FHC aproveitou o dia de estréia do Brasil na Copa do Mu
      Fonte(s):http://www.consciencia.net/corrupcao/documentos/fhc-45escandalos.html

  65. Alfredo Leite permalink
    28/12/2014 19:10

    Não gosto de ver a igreja metida neste processo político. Até entendo que uma boa confissão na missa de domingo resolve qualquer besteira ou injustiça que tenha sido cometida aqui. Não é honesto pregar a paz e o amor ao próximo no domingo e fazer acusações levianas e para induzir politicamente as pessoas na segunda, por mais que uma confissão no domingo seguinte resolva isto. Não e sem razão que a igreja vem tendo problemas no seu dia a dia.
    De resto, a eleição acabou e como cabo eleitoral do PT este fórum deve ter cumprido o seu papel. Deu Dilma novamente e a fortuna dos líderes petistas irá crescer por mais 12 anos seguidos com trocos para líderes em outros países: para Cuba, Venezuela, Bolívia e Argentina, entre outros, pois acabo de aprender aqui que nosso país está milionário.
    Quem sabe o Brasil não será um novo Vaticano, um país milionario com fiéis pobres.

  66. Humberto permalink
    28/12/2014 21:46

    Em primeiro lugar as comparações entre os governos dos “TUCANALHAS” e os “PETRALHAS”, não são fofocas da imprensa fascista e cínica. Trata-se de uma “ESTATÍSTICA” e contra fatos não há argumentos.
    Quanto ao plano real, o mesmo fora criado em Julho de 1994 pelo saudoso Itamar Franco.
    Chamo a atenção para àqueles que defendem o vaidoso neoliberal FHC, homem de várias personalidades. Itamar Franco ao tomar posse convidou FHC para assumir, salve engano, a embaixada na Itália. Posteriormente, o trouxe de volta e ofereceu o Ministério da Fazenda. Em seguida o lançou seu sucessor e o elegeu. Quando Ministro da Fazenda, Itamar autorizou ao FHC assinar a cédula de C$100,00 e com sua vaidade se achou no direito de se considerar o pai do real. Itamar antes de morrer veio a público e se disse “arrependido” de ter autorizado o Fernando assinar a cédula de C$100,00.
    Já em 1998, FHC comprou votos de parlamentares a C$200.000,00 para aprovar uma PEC que lhe daria direito à reeleição. Esse crime deixou uma sequela na memória dos brasileiros. Não só esse, mas 46 escândalos e crimes contra o patrimônio da nação, todos impunes. Para mais esclarecimentos leiam os livros: “A PRIVATARIA TUCANA”, de Amaury Ribeiro Jr; b)”O PRINCIPE DA PRIVATARIA”, de Palmério Dória; e, c) “OPERAÇÃO BANQUEIRO”, de Rubens Valente. Leiam essas obras e fiquem estarrecidos com tanta corrupção, tanta lama, e o pior, as autoridades do país ficaram “surdas, cegas e mudas” com tudo isso.
    Só para mencionar mais uma personalidade de FHC. Em 1998, Itamar Franco participou de uma convenção em Brasilia, pretendendo ser vice de FHC. Sabe o que aconteceu, foi preterido pelo próprio FHC, humilharam o Itamar da pior forma possível, com toda espécia e baixaria. Pois bem, Itamar resolveu candidatar-se ao governo de Minas Gerais e foi eleito. Durante os quatro anos de seu governo o Presidente da República, FHC, através de seu ministro da fazenda, todo mês bloqueava receitas de Minas Gerais dizendo que era para pagar a dívida do estado com a união.
    O Brasil carece urgentemente de uma constituinte, não uma constituinte formulada entre quatro paredes, decidida por parlamentares, mas uma consulta popular. Só assim será viável uma reforma politica profunda e que a nova carta magna venha com as seguintes orientações:
    a)Vereadores, prefeitos, deputados estaduais, governadores, deputados federais, senadores, presidente da república sejam eleitos sem direito à reeleição;
    b)Seus salários sejam suficientes para todas as suas despesas, tal como qualquer trabalhador;
    c) Ministros de tribunais também sejam eleitos tal qual um parlamentar com mandato definido, também sem qualquer tipo de mordomia. Na legislação atual esses ministro são indicados e ao tomar posse têm mais poderes que o Presidente da república. São meros servidores públicos, entretanto, se consideram “SEMIDEUSES”.
    d)Qualquer ato de corrupção comprovado o envolvido pagará por seus crimes. Hoje o judiciário vem julgando “COM DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS”.

    • Alfredo Leite permalink
      30/12/2014 9:44

      Eu como um ex-Petista convicto fico impressionado com a decadência dos simpatizantes atuais do partido. De uma origem focada numa grande renovação social, nacional, o partido se transformou numa entidade comum que se resigna por ser tão ineficiente e corrupta quanto o PSDB, o que eu ainda acho tola pretensão, pois os valores hoje com o PT são bem maiores que na época do PSDB. e tenho dúvidas se a família de FHC enriqueceu tanto quanto a de LULA, após 8 anos de mandato. Não simpatizo por partido político muito menos por líderes que só se prestam a liderar pessoas ignorantes enquanto trocam verdadeiras fortunas em benefício próprio por migalha de pão para seres famintos. Quero estar fora desta disputa de iguais, GreNal, AtléticoCruzeiro, FlaVasco, CorinthiansPalmeiras, valem no mundo do futebol, política é coisa séria, há entes e não entidades envolvidos no processo.
      Não vou me refestelar porque o PSDB é tão corrupto quanto o PT. Pobre do Petista que faz desta a sua bandeira, pois é sinal de que nada de diferentes fizeram para que possam ser reconhecidos como um governo diferenciado para nação brasileira.

    • Tânia permalink
      01/12/2015 3:26

      Nossa!! Adorei a explanação!!! Parabéns!

  67. Caio Nunes permalink
    03/01/2015 22:25

    Obs. Foi o FHC junto com alguns estudantes da USP, que criaram o plano REAL, mas foi no governo de Itamar Franco.

  68. marco antonio permalink
    05/01/2015 22:35

    Hoje 01 /01/2015 Temos todos os numeros deste levantamentos como leviandades, pois o PT ganhou e veio a tona todas as falcatruas com os numeros ficticios
    Ações da Petrobras valendo 8,50
    Fuga ee capitais extrangeiros
    Envergonhe-se quem nessas eleições efenvdeu o PT e seus numeros manipulados

  69. Ary permalink
    16/01/2015 8:59

    É triste ver que nossos intelectuais não conseguem deixar de ser partidários, curvando o pensamento racional ao nível das falácias. Saudades do Maluf, que roubava e fazia. O PT corrompido inaugurou um período do rouba e não faz, com uma massa de intelectuais mascarando o que há de pior. Votei no Lula porque acreditava que o próximo passo para o Brasil seria a defesa da ética. O PT foi corrompido, emburrecido e precisa pedir perdão pelos pecados. Concorda?

  70. Daniela Lopes permalink
    26/01/2015 9:27

    Do governo FHC para cá os números melhoraram? Muito bem, isso é obrigação mesmo, não é nenhuma caridade do governo. Qualquer um que assumisse tinha essa obrigação de evoluir. Vínhamos de um regime de governo diferente, de ano em ano a tendência é de evoluir mesmo.
    Os números melhoraram e o que se rouba aumenta proporcionalmente e é isso o que não se pode aceitar.

  71. Carlo Dascenzi permalink
    30/01/2015 13:31

    Que política econômica neoliberal é essa de FHC que fez a paridade
    Real-Dolar (congelamento da moeda), interveio no C^mbio (bandas cambiais) e não privatizou o BB, a Caixa e a PETROBRÀS, entre outras? Por favor, Sr. Hildegard, se quiser falar sobre Economia,, estude ECONOMIA.

  72. Marcus permalink
    12/05/2015 11:46

    Já que estão insistindo que os dados da época FHC não estão contextualizados, quero ver refazer as contas da Dilma em 2018.
    Demora um tempo para se perceber o mal feito no país com a destruição de fundos de pensões públicos, “flexibilização” da lei de responsabilidade fiscal, aumento da máquina pública, desleixo com a dívida pública e, finalmente, destruição do profissionalismo na administração pública, com o aparelhamento das agências reguladoras.

  73. Julival permalink
    20/05/2015 12:12

    Estes comentários estão parecidos com torcidas de futebol de times contrários: “meu time é o melhor pq é penta campeão”, o meu é melhor pq tem dois títulos do mundial”…
    Na verdade, em 2003 tínhamos tudo para nos tornarmos águias… Mas lula preferiu que continuássemos meras galinhas…

    • Alfredo Leite permalink
      25/11/2015 13:39

      Claro, a Águia te ataca e a galinha você alimenta para ela te alimentar depois. Ele não é bobo não e está comendo galinha até hoje…!

  74. Julival permalink
    20/05/2015 12:15

    Talvez pq águias são capazes de comer lulas…E galinhas talvez não…

  75. Vitor Alberto permalink
    22/05/2015 23:29

    Realmente na época do FHC o pais tava rui, graças a deus que o lula assumiu fez um monte de coisa só que agora esse monte de coisa quebrou o pais e mais na epoca do FHC não se falava em roubo em estatal
    Conclusão
    FHC vivia corretamente como sua época com menos tecnologia e avanços salário R$ 200,00 um uma cesta básica boa e cheia R$ 20, 35 reais
    Lula deu pulos maior que as pernas, fez vários programas que hoje não tem dinheiro pra pagar salario R$ 788,00 cesta básica de 80 a 300 reais
    Conclusão final
    FHC andava corretamente como podia
    Lula criou um mundo de ilusões onde não consegue mais manter suas promessas onde a corrupção rola solta sem parar
    FHC fez pouco mais com ordem e respeito
    Lula fez muito a base de corrupção
    Por que em vez de cortar os programas do governo não cortou os gastos do congresso que custam mais de 25 bilhões por ano

    • Beth permalink
      18/08/2015 23:47

      Penso que tem gente que é coxinha mesmo. Não tem cérebro. Como pode afirmar que o governo FHC não tinha corrupção? Isso é uma piada mesmo. É de morrer de rir. Vejam os dados acima, no item 47. Operações da polícia federal no FHC foram 48 contra 1273 no governo PT. Claro que estava tudo encoberto. Todas as corrupções estavam as escondidas. No governo FHC foi engavetado centenas de CPI s. Piada dizer que o crescimento do Brasil é ilusório. Pensar assim é se esconder da realidade de quem mora na periferia, que o povo não tinha condições de comprar uma cesta básica. A cesta básica no governo FHC não era 20 a 35 reais. Desculpe, isso e uma falácia grosseira de quem nunca dependeu de um salário mínimo. Os dados acima apontam que no governo FHC com um salário mínimo compra quase uma cesta básica e meia. A proporção está no item 17. O salário mínimo em 2002 era 200 reais e comprava 1,42 cestas básicas. Em 2014 o salário de 724,00 comprava 2,24 cestas. Será que coxina corpo sem cabeça entende isso? Será melhor fazer um desenho?

      • romeu hermogenes permalink
        19/10/2015 12:46

        Beth temos mais dados de corrupçao do governo fhc, so pela conta cc5 do banestado,( que ele entregou para os banqueiros e que era orgulho dos paranaenses) saiu 124 bilhoes, e na epoca era investigado pelo juiz Moro hoje ninguem comenta nada sobre o assunto, alem da compra de reeleiçao por 200 mil por deputado,, privataria tucana, mensalao tucano, entrega do bamerindus ao hsbc, enfim e tanta falcatrua que,bilhoes e bilhoes arrumando a vida de muita gente que posa de santo.
        ,

  76. Sidnei permalink
    02/06/2015 14:12

    Na área administrativa, não precisa ser adivinho para saber que pessoas despreparadas e semi-analfabetas, como o ” LULA do PT”, jamais poderiam assumir a gestão de um País, por que o final seria fácil de se prever, é como você dar uma arma carregada na mão de uma criança, vai dar merda.

    • romeu hermogenes permalink
      18/09/2015 13:27

      realmente, voce tem razao, pois o semi-analfabeto so construiu 18 universidades enquanto,o filosofo e professor da usp nao fez nenhuma, construiu, 214 escolas tecnicas, enquanto o filosofo, nenhuma, so nesses dados se ve uma clara inversao de valores, imagina se o sapo barbudo tivesse um curso superior?

  77. 11/07/2015 14:20

    Olha os 8% de aprovação do PT ai.

    • rafael permalink
      19/11/2015 17:45

      8% de aprovação, num universo de pesquisa em NY e Miaimi, m² de coxinhas da elite
      em decadência, é um número fabuloso. Quero ver pesquisar nos antigos bolsões de pobreza da era FHC. lá o PT tem 92% de aprovação.

      • Alfredo Leite permalink
        19/11/2015 23:41

        Vocês ainda acreditam que todas as virtudes se concentram de um lado e os defeitos do outro, seja qual lado for. Vejo frases como: ” elite decadente “, extremamente preconceituosa, afinal não é porque os milionários são da esquerda que a elite agora é decadente, elite é o poder. Sem está de chamar a esquerda de incompetente na função elite, a esquerda vem performando muito bem nesta função.
        Estão todos inocentemente induzidos por uma elite de políticos de todas as vertentes, fanatizados enquanto estes, os políticos, enriquecem e dão risadas deste fanatismo.
        Pobre povo brasileiro……!

  78. Paulo permalink
    10/08/2015 10:13

    Se fosse um ignorante qualquer, um analfabeto petista, se transformou mais um leozinho da vida, triste fim de alguém, um inútil para a pátria.

  79. 28/08/2015 4:01

    TODOS OS FRUTOS DO PLANO REAL FORAM COLHIDOS PELO P.T. UMA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA QUE MESMO COM TODO ESSE FENOMENAL CRESCIMENTO FINANCEIRO , CONSEGUIU QUEBRAR O PAÍS, TAMANHO FOI O ROUBO.

  80. Ricardo permalink
    05/09/2015 17:14

    PELOS ÍNDICES APRESENTADOS O PAÍS DEVERIA SER A OITAVA MARAVILHA DO MUNDO.

    SÓ GOSTARIA DE SABER POR QUE O PAÍS ESTÁ NESTA MERDA???? DESEMPREGO, VIOLÊNCIA, SAÚDE UM LIXO, EDUCAÇÃO PÉSSIMA NA “PÁTRIA EDUCADORA”

  81. Ricardo permalink
    05/09/2015 17:16

    É TANTA COISA QUE ESQUECI AINDA DOS ESCÂNDALOS DIÁRIOS, COM FALCATRUAS E ROUBALHEIRAS NA PETROBRÁS, MENSALÕES, ELETROLÕES, CARTÕES CORPORATIVOS, ETC.

  82. Gabriela B permalink
    06/09/2015 11:10

    Preguiça de gente que lê a matéria mas não lê a fonte!

  83. Igor Senez permalink
    12/09/2015 21:46

    Leonardo, leve estes dados e mostre a Dilma, acho que elanão sabe desta maravilha. Joaquim Levy vai achar maravilhoso, quem sabe não é possível reduzir os impostos com um Brasil maravilhoso desse. Um abraço, Igor

  84. Victor permalink
    15/09/2015 15:34

    O artigo mostra uma opinião pessoal, o que eu respeito. Acho bonito as pessoas quererem uma distribuição mais justa dos frutos da produtividade de um país, o autor se perde ao tentar justificar uma posição política e uma preferência partidária com comparações descabidas e sem fundamento. Comparar número de pessoas comprando passagem aérea em décadas diferentes ou crescimento de uma economia focada em curto prazo com uma economia focada no longo prazo é absurdo. O autor deveria incluir o preço de 1GB de memória de computador de um governo pro outro, o leitor alinhado com sua mentalidade iria ficar mais impressionado ainda, mas o fato é que governos não podem ser comparados facilmente, a melhor maneira de comparar é entre países parecidos culturalmente e economicamente durante o mesmo período da economia mundial, como Colômbia, Argentina ou México, mas adianto que apenas um destes 3 países evoluiu menos que o Brasil durante nosso atual governo populista e todos evoluíram de maneira parecida ou inferior no passado. Eu sou a favor de uma distribuição justa de produtividade, mas o foco de um país em desenvolvimento deve ser o desenvolvimento e não o consumo, o governo atual agiu como um país desenvolvido, aumentou o tamanho do estado durante um momento internacional oportuno e agora sofre para competir com outros países quando o cenário não é tão favorável. Espero que o povo aprenda e saia dessa fortalecido e mais educado politicamente e economicamente. Abraço a todos, independentemente de partido político.

  85. guido o. permalink
    15/09/2015 16:16

    Gostaria de ver as comparações do governo do PT hoje 15-09-2015 com as do FHC

    • romeu hermogenes permalink
      26/09/2015 10:58

      e muito simples, Sr. guido, a inflaçao esta em 9%, FHC entregou para Lula com quase 14%, risco pais esta em 250, Fhc 2000 pontos, desemprego esta em 8%¨Fhc 16%(o dobro), nossas reservas estao em 370 bilhoes, FHC entregou com 30 bilhoes, Lula nao foi nenhuma vez ao FMI, o FHC era fregues de carteirinha, foi tres vezes, basta voce se informar melhor e vera que essa crise e pequena perto do que o FHC entregou,,, eu apenas me lembrei de alguns dados, alem do que FHC liberava apenas 19 bilhoes para a educaçao enquento Lula 100 bilhoes.,, e nao se esqueça que FHC era professor e Lula um semi-analfabeto, ja pensou se ele fosse professor? alem do que o Sr. FHC vendeu quase todas as estatais e ninguem viu a grana,

      • Heguiberto Alves Amorim permalink
        30/09/2015 14:52

        Sr Romeu. Acorda Zé. Como disse Ivo Seixas: Simplesmente uma comparação absolutamente descontextualizada entre dois períodos, como se o FHC tivesse herdado um país saudável e o tivesse destruído, e o PT revertido o cenário pra uma economia produtiva e pujante. Outra coisa: Aumento de Impostos, Luz, Água, Desemprego, cortes de direitos trabalhistas, tudo isso plantados pelo Desgoverno da Dilma, que ela mesma plantou em 2012. Mentiu para ser reeleita. E se deixar ela lá, voltaremos nos números de FHC que o país naquela época estava começando, saindo de uma inflação de 50 % ao mês que vc deve nem lembrar como era terrível. Detalhe: PT era contra ao plano Real. tão contra que eles estão acabando com a economia e moeda.

  86. Ivo Seixas permalink
    16/09/2015 13:55

    Essa foi a comparação mais estúpida e amadora que eu já li em toda a minha vida!

    Simplesmente uma comparação absolutamente descontextualizada entre dois períodos, como se o FHC tivesse herdado um país saudável e o tivesse destruído, e o PT revertido o cenário pra uma economia produtiva e pujante.

    O que mais me impressiona é que uma horda imensa de ovelhas domesticadas acreditam nessa enxurrada de asneiras.

    É revoltante observar os vilões sendo enaltecidos!

    • romeu hermogenes permalink
      19/10/2015 13:02

      Sr. Ivo ele recebeu o plano real do itamar franco, um plano perfeito, mas ele saiu desse plano, tinha uma serie de diretrizes que ele ignorou, basta ver as varias entrevistas do deputado Ciro Gomes, que e um dos mentores do plano real alem de Recupero e mais 40 economistas, homens que pensaram esse pais para todos, mas FHC so se preocupou com a elite(grande capital),

  87. Maria Solange Machado da Silva permalink
    24/09/2015 20:15

    Se conhece a arvore polos frutos. Dilma sempre!

  88. Gabryell permalink
    25/09/2015 15:58

    Para acabar de vez com os petistas quero deixar claro, desde quando eu tinha 8 anos já não acreditava e não gostava da cara de Lula, depois só me provou ser o pior presidente que ja teve, outra minha infância era melhor minha família comprava mais em mercado e nas lojas do que o governo pt, além dos remédios ser mais barato que o governo pt, outra aumento salário para 778 agora lhe pergunto como vc paga faculdade, van como condução, água, luz, aluguel de casa, faz compras em mercado sendo que no mínimo no governo pt é 200 R$ pra cima pra fazer uma compra boa em mercado, compra remédios para tratamento vc ganhando
    778 R$? Me prove que o salário de Dilma, vice, assessoria, ministros, cargo comissionado do pt é 778 para eles sobreviver mestre governo do pt?
    Será que eles usam o sus como a população normal me prove?
    Ou Dilma e aliados tem hospital particular quando acontece algo?
    Resumindo o pt pra mim foi o pior governo, tanto que o pt é collor são amiguinho, mas sou oposição a vcs, sempre serei contra, nunca acreditei neste partido desde criança, e pra encerrar o brasil nos anos do pt não cresceu em nada, seja Lula ou dilma, a minha infância era muito melhor que hoje.

  89. 26/09/2015 14:01

    Quando construímos um grande edifício gastamos muita na fundação e impressão que nada é feito, no entanto esta fase é determinante para segurança de quem vai viver nele. Após fundação a construção é vista, o PT pegou uma fundação pronta e mundo disposto a investir em países que tinham esta fundação e só foi colher frutos.

  90. claudio permalink
    30/09/2015 16:33

    vendo carrinho de pipoca. Tratar diretamente com o proprietário. Aceito negociação.

  91. Gerson permalink
    31/10/2015 20:10

    E agora que a Dilma é presidente, o PT está destruindo o Brasil, Lula confirmando que a Dilma mentiu na campanha e os principais petistas sendo presos?

  92. 17/11/2015 19:52

    Minha gente, o Plano Real (única defesa de desenvolvimento “consistente” dos FHCistas) foi obra do governo Itamar Franco. De uma equipe econômica de seu governo. Por que essa gente insiste em atribuí-lo ao FHC?

    • romeu hermogenes permalink
      19/11/2015 12:08

      pois e´ Miguel, infelizmente as viuvas do fhc nao tem nada de bom para atribuir a ele, entao tentam se apossar de um plano fenomenal, que ele proprio destruiu,deixando de lado as principais diretrizes do plano, basta ver as entrevistas do Ciro Gomes, que ajudou no plano real junto com Recupero e mais 40 economistas, ele fala dos desvios que fhc fez no plano, entregando um Brasil arruinado ao Lula, com inflaçao de mais de 14%, risco pais 2000 ptos, desemprego a15%, enfim a crise de hoje e a metade da crise do fhc e ficam falando que e´ a pior crise que ja enfrentamos, realmente e um pais sem memoria.

  93. Arminda permalink
    24/11/2015 20:53

    Vc já parou p pensar que na era dos Tucanos o Brasil estava em reestruturação?
    LULA e Dilma pegou o Brasil andando. Filho criado e acabou por perder como uma família perde um.jovem p as drogas.
    DILMA/LULA e PT não merece mais respeito nenhum.
    Mentiram e vão continuar mentindo, pq o PT é uma farsa, corruPTos. Destruiu o Brasil.
    Pior é saber que eu trabalhei para esse Partido de Trouxa e amargo a culpa de ter colocado no poder novamente.
    Aécio sempre teve razão. Está aí tudo que ele falava está acontecendo.
    ME arrependo do dia q deixei de acreditar no FHC pra acreditar nessa LULA barbuda e nessa mentirosa da Dilma.
    Apresentem saída. Cadê?
    Cadê a saída desse caus em q nos colocou.LT não tem plano de governo. Governou surfou em cima de FHC.

  94. DANIEL permalink
    04/12/2015 22:30

    EU QUERO É SABER DE QUANTO ERA A DIVIDA PUBLICA NO GOVERNO DO FHC E POR QUE FOI PRA 2 TRI E 500 BI?
    QUEM LUCRA ? A VERDADE FOI O PLÍNIO QUEM DISSE EM 2010 QUANDO FALOU PRO SERRA ,DILMA E MARINA QUE O BRASIL NÃO TEM DINHEIRO PRA NADA POIS PAGA UM BOLSA BANQUEIRO DE 13 EM 13 DIAS A MESMA IMPORTÂNCIA PAGA AO BOLSA FAMÍLIA POR ANO

  95. 16/12/2015 12:43

    Qualquer país atual comparado com seu passado d 13 anos atrás evoluiu ate mais q acima (só para ter idéia o Brasil foi o q menos cresceu na America do Sul). Muitos dados d pesquisa foram mudados pelo LULAdrão (Ex: taxa d desemprego d 12% do FHC não incluía quem recebia seguro desemprego e bolsa família, já para o PT, contabilizam os milhões q recebem algum beneficio social como bolsa família como empregados). Pois nossa taxa d desemprego (beira mais q 30% se fosse na época do FHC ) é a maior do mundo. Pare 100 pessoas na rua e pesquisa quantas estão empregados…
    Outra injustiça é comparar os crescimentos nos 8 anos do FHC com os 13 anos do PT (LULAdrão somados com a banDILMA acima)
    E para encerrar atualize esses mesmo dados do FHC com os dados d 2015 kkkkkk
    Ex: Brasil em valor d salários, tradicionalmente só perdia para a Argentina. Hoje graças ao Partido do Trabalhador temos o salário mais baixo da América do Sul. Perdemos ate para o Paraguai (R$ 980,00 13 x ao ano) outrora era considerado país miserável. E olhe q a Energia elétrica Paraguaia mesmo produzida na mesma hidrelétrica q a nossa custa (Itaipu) é 10 vezes menos q a nossa…
    Uma coisa q sempre estranho quando vou para o exterior é ver produtos fabricados no Brasil (TV, extrato d tomate e etc) custarem mais baratos na Argentina, Chile , Uruguai etc q no próprio Brasil (dizem q é pq a carga tributaria brasileira e maior q todos esses países juntos)…
    Então PTrouxas q proferem esses velhos chavões do LULAmulismo, q vão me dizer???

  96. Layla Fiusa permalink
    29/12/2015 16:08

    Uma lastima para o Brasil que ao invés de uma análise critica verdadeira, pessoas como você, manipulam dados e mentem sobre a verdade, com o único intuito de forjar com sua “fé cega” um governo imponderável que deu com os burros n água… Mas, os brasileiros hoje sabem a cruel realidade que enfrentamos e estão conscientes da grande mentira que tentam nos enfiar goela abaixo!!!!

  97. Giselle permalink
    02/01/2016 20:17

    Gostaria de um novo estudo com índices atuais….e o valor da gasolina, da cesta básica e do dólar… Ah, a SELIC e inflação também.

  98. Mario Braile permalink
    01/02/2016 16:47

    COMO SERIAM ESTES NUMEROS HOJE??…DEPOIS DE QUE O EFEITO DE COMO FORAM PRODUZID OS APARECEU …. FALTA DE VISÃO DE MEDIO /LONGO PRAZO….
    O Sr LULA VENDEU ESTE PAIS PARA CONSEGUIR SEUS NÚMEROS….
    Será que o resultado de hoje depois de 12 anos de governo do PT ainda são culpa do FHC???
    Será que em nome de ideologias devemos ficar cegos a tamanha corrupção ?…independente de comparações de A ou B… a ditadura do proletariado é tão errado quanto a da Burguesia….CHEGA de rótulos !!! A verdade é qu eestamos em um pais onde a educação e a saude são relevadas a quinto plano….isto é fato indiscutivel !!!

    O que pesa sobre o PT , é que esta era sua bandeira ….FOME ZERO ..JUSTIÇA E IGUALDADE SOCIAL…e o que aconteceu com seus lideres ..ENRIQUECERAM E TORNARAM O GOVERNO UM GRANDE SINDICATO !!!

    ISTO não tem nada com a direita ou esquerda…tem relação com etica e honestidade !!!

    Caro Leonardo Boff ..o Sr tem todo o meu respeito por sua qualidade intelectual e de principios….Assim como o Frei Beto , o falecido Dom Helder….

    Mas os tempos são outros e os que prometeram justiça com o dinheiro publico ( TESOUREIROS E MIN. CASA CIVIL) estão presos ou condenados..e isto é indiscutivel.

    A, assim que for provado….o Lula poderá ser considerado um dos maiores LOBISTAS das empresas mais desonestas deste pais….Isto não é intriga é FATO.

    Esta conversa que hoje a PF tem liberdade e etc…..é balela !!!
    O que mudou foi a qualidade dos profissionais que entraram para PF , que forma formados por ideologias não partidárias..e hoje estão ai na justiça ,fazendo-a valer.

    Somos homens cometemos erros , independente do partido….ou do seculo em que vivemos….O que não podemos mais tolerar são rótulos, se somos de direita, esquerda , comunistas , socialistas , capitalistas, anarquistas….etc

    Ou somos HONESTOS, JUSTOS , ÉTICOS OU NÃO …a linha que seguimos neste caso passa a ser irrelevante .

    Sr Boff..gostaria de ver seu comentário face ao que estamos passando neste pais e neste caso sem nenhuma roupagem ideologista…mas como um brasileiro . Duvido que alguem em sã consciência pode vende inferno…abençoar !!!

  99. 17/02/2016 13:24

    Amigo, vocês parecem se fazer de bobos, não é proteger governo porque nenhum presta, mas é o seguinte: No governo FHC foi o reflexo dos investimentos do governo anterior, pois investimentos rentáveis são a longo prazo, e não de imediato. No governo do Lula, também foi reflexo do governo anterior, é o governo atual está desse jeito porque no mandato do Lula, não teve investimentos e só foi deixado dividas e mais dividas. Antes de criar blogs, estude um pouco de investimentos de curto e longo prazo ou administração.

  100. 18/02/2016 21:44

    A prova está aí para quem quiser vê, a ONU e o mundo viu um ex operário fazer o que o que um
    PHD cheio de formação acadêmica não fez.

  101. 22/02/2016 19:43

    Republicou isso em bule13verdee comentado:
    Os #MoralistasSemMoral #PSDBSeuPassadoTeCondena

    #InvestigaMossack #InvestigaTVGlobo #MoroNaCadeia #FHCNaCadeia #InvestigaIBAMA #PelaMoralizaçãoDoJudiciário #FimDoPolíticoProfissional

  102. Gerson dos Santos permalink
    25/02/2016 12:05

    Um recado aos que atribuem o Plano Real ao FHC: ele recebeu o plano do Itamar Franco para vencer a eleição, mas com a promessa de retorno do Itamar. O que FHC fez? Criou a reeleição, traindo vergonhosamente o seu companheiro, que morreu muito sentido por essa facada nas costas recebida.

  103. Gerson dos Santos permalink
    25/02/2016 12:45

    Para os que defendem a oposição ao PT do modo como está sendo feito, eu digo que deixem por um momento o ódio de lado e pensem bem no que está acontecendo desde praticamente as passeatas do movimento passe livre, quando a imprensa de maneira muito hábil, transformou isso num ato contra quem? Contra a presidenta Dilma e o governador do Rio de Janeiro, tirando por completo São Paulo, onde tudo começou, passando a transformar em uma coisa ruim algo como a Copa do Mundo. As coisas só não ficaram piores no Brasil devido aos governos terem percebido a tempo o golpe por detrás. E uma coisa que os adversários do PT deviam observar é que podem estar defendendo gente cruel, que não tem barreiras para atingirem suas metas. Ou vocês acreditam que a morte do candidato à presidência de Pernambuco foi realmente um acidente? Um acidente muito conveniente para se mudar um candidato com 9 PCT e que só fazia cair, e tentar evitar a eleição de Dilma no 1º turno, já que estava com 47 pontos e faltando um ou dois dias para começar a campanha eleitoral, onde o PT é muito forte, colocando a Marina e causando um reboliço total na eleição, que quase deu certo. Mas é claro que o candidato deles não era o acidentado. Este só ganhou força para dividir votos, impedindo a vitória do PT no 1º turno. Na verdade, o candidato deles era o Aécio. E eu digo que ninguém no Brasil percebeu um importante detalhe: no sábado anterior à eleição, Marina tinha 26 PCT dos votos e Aécio, 19. Pois no resultado final das eleições esses valores se inverteram totalmente. Eu pergunto: não é no mínimo estranho que isso tenha ocorrido sem que houvesse um único motivo para tanto e ninguém tenha estranhado o fato? Assim como na morte no ex-candidato pernambucano Campos, pouquíssimos falaram sobre sabotagem no avião. Acho que só o adivinho de S. Paulo e o Datena no dia do acidente. Finalmente, quando essas pessoas pararem para raciocinar, vão verificar que está sendo dado um grande golpe no Brasil, capitaneado pelas Organizações Globo e alguns outros setores da imprensa, como Veja, Folha e Estadão, com o apoio de boa parte da imprensa do Brasil, que falam em crise 24 horas por dia, pouco se importando com o mal que estão fazendo ao povo brasileiro. E sabe por que? Por causa de Lei da Mídia. Só isso…

  104. 05/03/2016 13:45

    Nos governos anterior a 2000, eu era um brasileiro que vivia / me alimentava do lixão de Jardim – CE … Graças ao governo do PT, hoje possuo 3 cursos superior, casa própria, virei professor universitário e aumentou meu tesão pela vida, isso é muito importante para mim …

  105. 26/03/2016 0:32

    se o fhc tivesse sido uma bom presidente nao teria feito o serra levar aquele coro do lula em 2002;. o lula ganhou em 25 estaqdos o serra so em um. Chega de puxa sakismo. o veio foi ruim de mais., judiou oprimiu o trabalhador. e quer saber mais., pode caça lo prende lo fazer o que for capaz., na primeira vez que ele candidatar vai arrebentgar de novo.Voce sabia que ele foi o segundo presidente mais votado do mundo.So perdeu para ronald reagan dos eua. agcorda pra vida. chega de ser enrolado pelos meios de comunicaçao. vai na da globo que vc vai ser alienado ate o fim da vida

  106. 26/03/2016 11:20

    Leonardo boff qual seria o valor da Petrobrás agora ?O tempo passa não ?O Brasil tem agora 10 milhões de desempregados, vamos atualizar os números da matéria ?

    • Rubens Fernandes permalink
      01/04/2016 22:23

      isso mesmo vamos atualizar estes numeros responda ai ou vc esta preocupado em defender bandidos que faliram com nosso pais quero ver respostas!

  107. Rubens Fernandes permalink
    01/04/2016 22:19

    o que vc me fala hj meu caro amigo como estamos? fdds

  108. Rubens Fernandes permalink
    01/04/2016 22:27

    Quanto ao crescimento do PIB, o país, nos quatro anos de governo Dilma, crescerá apenas 1,8% ao ano, patamar inferior ao do governo FHC. Só o governo Collor foi pior que Dilma. Já em relação à inflação, em 1998 (durante o mandato FHC) foi de apenas 1,6%, a menor da história do Brasil. A inflação de Dilma está acima de 6%, extrapolando a meta de 4,5%. Se compararmos a taxa Selic, nos dois últimos anos de FHC ela foi de 17,5% em média, enquanto nos dois primeiros anos de Lula foi de 19,3% em média, ou seja, foi maior.

    E temos a dívida pública. Em valor absoluto, a dívida bruta total, que FHC entregou em R$ 750 bilhões, hoje ultrapassa R$ 2,2 trilhões – nos 11 anos e meio do governo petista a dívida interna bruta aumentou em R$ 1,45 trilhão, ou seja, 193% maior que FHC. Enquanto isso, com FHC, o superávit primário médio foi de 3,3% do PIB. Hoje em dia, é de apenas 1,3%. Em maio houve déficit de R$ 10,5 bilhões, um recorde negativo.

    E os investimentos em infraestrutura? No primeiro mandato de FHC, foram de 2,6% do PIB. Nos três anos e meio de Dilma, ficaram abaixo de 1% do PIB. Há ainda o pagamento de juros do governo federal. No governo FHC foram pagos R$ 600 bilhões em juros. No de Lula, mais que dobro disso (R$ 1,289 trilhão); e, nos três anos e meio de Dilma, já foram pagos quase R$ 800 bilhões em juros. Isto significa que o governo petista, nos seus 11 anos e meio, já torrou mais de R$ 2 trilhões em juros, ou cerca de 250% a mais que FHC.

    O governo petista aumentou a carga tributária em 4 pontos porcentuais do PIB, o que corresponde a cerca de R$ 200 bilhões a mais por ano. Assim, os brasileiros tiveram de pagar a mais cerca de R$ 2,25 trilhões em tributos. E o pior é que, mesmo assim, o descontrole das contas públicas é total.

    Na era do PT, nenhuma obra termina no prazo e com o orçamento previsto. Há o caso da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, que de um valor inicial de US$ 2,5 bilhões já consumiu US$ 18 bilhões e deve ultrapassar seguramente os US$ 20 bilhões. Na transposição do Rio São Francisco, Lula e Dilma já torraram o dobro e nem metade da obra está pronta. Há centenas de outras obras na mesma situação.

    • Charles Sheen permalink
      09/04/2016 11:28

      os politicos cruzam os braços o país tá um merda, esses pontos positivos em relação ao FHC, não vão valer de nada se a crise não der uma pausa até 2020.

  109. BRUNO LEÃO. permalink
    03/04/2016 23:38

    E agora em 2016?
    Refaça.as.comparações.

    Governo do PT, sempre foi uma Armadilha. Que agora começou a funcionar.

    Lixo de.Governo.
    Péssima gestão.

    Pais quebrado, inflação e desemprego no ápice.

    Dilma e Lula devendo ser presos, urgentemente.

    • JANET FERNAND permalink
      13/04/2016 21:29

      FHC. QUEREM FALAR DELE? então ai vai ->privatizou mal…algumas empresas de teles ficaram c monopolios, ou seja, se antes era monopolio estatal, passou a ser privado…c um aumento consideravel nos custos…
      o tucano era contra a reeleição de repente passou a apoiar foi reeleito…
      esperou ser reeleito p desvalorizar o real, mudar o cambio no inicio d 99 e infernizar ou levar à ruina, milhares d pessoas q acreditaram e reelgendo-o.
      -Durante a desvalorização d real os BANCOS Marka e FonteCindam foram socorridos pelo Banco Central c R$ 1,6 BILHÃO. O pretexto FOI a quebra desses bancos criaria risco sistêmico p a economia.

      -ENTRE os primeiros gestos d FHC ao assumir a Presidência, em 1995, foi extinguir, POR DECRETO, a COMISSÃO ESPECIAL de Investigação, instituída no governo Itamar Franco e composta por representantes d sociedade civil, q tinha o objetivo COMBATER A CORRUPÇÃO. Em 2001, FHC BARROU A a instalação da CPI da CORRUPÇÃO.
      -O escandalo do Sivam: A empresa Esca, associada à norte-americana Raytheon, e responsável pelo gerenciamento d projeto, foi extinta p fraudes contra a Previdência. Denúncias d tráfico d influência derrubaram o embaixador Júlio César dos Santos e o ministro da Aeronáutica, Brigadeiro Mauro Gandra.

      -A farra do Proer: O Proer demonstrou, já em 1996, c seriam as relações d governo FHC c o sistema financeiro. P FHC, o custo d programa ao Tesouro Nacional foi de 1% do PIB. Para os ex-presidentes do BC, Gustavo Loyola e Gustavo Franco, atingiu 3% do PIB. Mas p economistas d Cepal, os gastos chegaram a 12,3% do PIB, ou R$ 111,3 BILHÕES, incluindo a recapitalização d Banco do Brasil, d CEF e o socorro aos bancos estaduais.

      O rombo causado pelo festival de fraudes transamazônicas na Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia, a Sudam, no período de 1994 a 1999,ULTRAPASSA 2 BILHÕES. As denúncias d desvios de recursos na Sudam levaram o ex-presidente do Senado, Jader Barbalho (PMDB-PA) a renunciar ao mandato. Ao invés de acabar c a corrupção que imperava na Sudam e colocar os culpados na cadeia, o presidente FHC RESOLVEU EXTINGUIR O ÓRGÃO
      -O governo FHC desrespeitou a lei q criou o Fundef. Em 2002, o valor mínimo deveria ser de R$ 655,08 por aluno/ano de 1ª a 4ª séries e de R$ 688,67 por aluno/ano da 5ª a 8ª séries do ensino fundamental e da educação especial. Mas os valores estabelecidos ficaram abaixo: R$ 418,00 e R$ 438,90, respectivamente. O calote aos estados mais pobres somou R$ 11,1 bilhões desde 1998.

      – A idéia de equipar todas as escolas públicas de ensino médio com 290 mil computadores se transformou numa grande negociata. Os recursos para a compra viriam do Fundo de Universalização das Telecomunicações, o Fust. Mas o governo ignorou a Lei de Licitações, a 8.666. Além disso, fez megacontrato com a Microsoft, que teria, com o Windows, o monopólio do sistema operacional das máquinas, quando há softwares q poderiam ser usados gratuitamente. A Justiça e o Tribunal de Contas da União suspenderam o edital d compra e a negociata foi suspensa.

      -Na “Era FHC”, a média anual de crescimento da economia brasileira estacionou em pífios 2%, incapaz d gerar os empregos q o País necessita e de impulsionar o setor produtivo. Um dos fatores responsáveis por essa quase estagnação é o elevado déficit em conta-corrente, de 23 bilhões de dólares no acumulado dos últimos 12 meses. Ou seja: devido ao baixo nível da poupança interna, p investir em seu desenvolvimento, o Brasil se tornou extremamente dependente de recursos externos, pelos quais paga cada vez mais caro.

      — o apagão de energia: A imprevidência do governo FHC e das empresas d setor elétrico gerou o apagão. O povo se mobilizou p abreviar o racionamento d energia. MESMO ASSIM FOI PUNIDA. P compensar supostos prejuízos das empresas, o governo baixou Medida Provisória TRANSFERINDO A CONTADO RACIONAMENTO AO CONSUMIDOR, q são OBRIGADOS A PAGAR DUAS NOVAS TARIFAS em sua conta d luz. O pacote de ajuda às empresas soma R$ 22,5 bilhões.

      -FHC queria que o seu governo fosse lembrado como aquele que deu proteção social ao povo brasileiro. Mas SEU GOVERNO PERMITIU A ELEVAÇÃO das TARIFAS PPUBLICAS BEM ACIMA DA INFLAÇÃO. Desde o início do plano real, o preço das tarifas telefônicas foi reajustado acima de 580%. Os planos de saúde subiram 460%, o gás de cozinha 390%, os combustíveis 165%, a conta de luz 170% e a tarifa de água 135%. Neste período, a inflação acumulada ficou em 80%.

      -A timidez marcou a política de comércio exterior do governo FHC. Num gesto unilateral, os Estados Unidos sobretaxaram o aço brasileiro. O governo do PSDB foi acanhado nos protestos e hesitou em recorrer à OMC. A subserviência era tanta que em visita aos EUA, o ministro Celso Lafer foi obrigado a tirar os sapatos três vezes e se submeter a revistas feitas por seguranças de aeroportos.
      FHC aproveitou o dia de estréia do Brasil na Copa do Mu
      Fonte(s):http://www.consciencia.net/corrupcao/documentos/fhc-45escandalos.html

  110. Wilson permalink
    08/04/2016 11:37

    Comparação feita com anos próximos a entrega do cargo do FHC ao Lula, ou seja pegou o país em crescimento. Faz a comparação com 2015, para ver quanto vale a Petrobras, o salário mínimo, etc.

  111. Ibsen permalink
    19/05/2016 17:42

    O Hamilton faz uma comparação tosca com a Alemanha e o Japão. Se esqueceu de dizer que no caso deles os EUA injetaram uma montanha de dinheiro para que os países fossem reconstruídos. Ainda mais, o salário era corroído pela inflação, mas depois do FHC, com a estabilidade monetária, não houve um vintém para melhorar a distribuição de renda, ao contrário, a concentração de renda se ampliou, o FHC colocou dinheiro público para financiar a compra de estatais, desvalorizou-as até que atingissem valores de bananas, socorreu bancos com dinheiro do BNDES, cedeu às exigências do FMI e Banco Mundial, foi uma verdadeira vaquinha de presépio nas relações internacionais.
    O FHC entregou o país em crescimento? Vai se informar. Nem com a crise de 2015 o Brasil chegou ao nível do desemprego do final do governo FHC. Continuem lendo a Veja e assistindo à rede Golpe.

  112. Luís permalink
    21/05/2016 10:23

    Mas então o por que dá crise atual?

  113. 14/06/2016 11:18

    Vejo hoje a elite defendendo mais emprego para os trabalhadores. Falácias, não estão pesando nos desempregados, nunca pensaram. Em FHC 2002 o desemprego era perto de 13%, tudo bem para eles. Só acredito quando passarem a defender a valorização do salário, isso sim gera riqueza e, por conseguinte, empregos. Estão querendo mesmo é desmontar a CLT e aumentar seus lucros.

  114. Gabriel Krammes Belmonte permalink
    21/06/2016 0:53

    Vamos parar para avaliar de uma maneira mais aceitável:
    http://www.dbd.puc-rio.br/depto_economia/td626.pdf
    LEIAM, RELEIAM E LEIAM NOVAMENTE!
    Depois voltem para discussão renovados.

  115. Eduardo permalink
    11/07/2016 18:15

    Incrível, vi todo tipo de comentários, números, dados, análises, etc. Me permito confiar e desconfiar de tudo um pouco. Mas uma coisa ninguém consegue me explicar – se o pt é tão ruim, porque a maioria (M-A-I-O-R-I-A) da população brasileira elegeu e reelegeu o pt 4 vezes, apesar de todo o empenho de toda imprensa aberta do Brasil pregar contra ele durante todo esse tempo? Porque a direita precisou de um golpe de estado pra voltar ao poder, apesar de ter, durante esse tempo todo, a polícia, o judiciário e a imprensa a seu favor e contra a esquerda, especialmente o pt?

    • Silvio permalink
      04/09/2016 20:07

      Olá prezado Eduardo, a questão é simples.
      É um problema cultural desde o ano de 1500 (“descobrimento do Brasil”). Nossa sociedade brasileira é carente de tudo. Infelizmente somos uma população pobre em quase todos os sentidos… Nossa democracia está apenas engatinhando. Nossa consciência no momento de “votar” é praticamente nula, ou seja, é um voto mecânico, sem reflexões maiores (quer seja no PT ou qualquer outro partido). Isso facilita a “manipulação de massas”… Num país em que a carência financeira e cultural reina, é muito fácil implantar um Projeto de Poder (nesse caso foi a estratégia petista). Quanto ao Golpe, não houve o golpe, vez que foi presidido pelo STF, respeitando as Leis do Brasil. Vale ressaltar que o Processo de Impeachment fatiou e beneficiou a Dilma, vez que não cassou os direitos políticos dela (decisão contrária a nossa Constituição…). Porém, tudo isso que esta acontecendo faz parte de um aprendizado do que possa ser Estado Democrático de Direito num futuro, que não sabemos se está próximo, distante ou nunca o teremos… Outro detalhe, que você deve ter lido no início desse post, foi a comparação estatística entre FHC e Lula. Vale lembrar a figura da “Contabilidade Criativa”, na qual eles manipulam dados, conforme já comprovado pelo próprio TCU ao longo de sua existência, em especial no governo Dilma (Contas aprovadas com ressalvas do TCU). Última e humilde reflexão de minha parte, se o Governo PT estivesse tão bom e se estivéssemos no “Paraíso Econômico” que eles sempre pregam, não estaríamos hoje na atual CRISE que estamos, a exemplo, o desemprego acima de 11%. Seria importante que o Leonardo Boff atualizasse os números estatísticos do começo desse post, para o momento atual. A realidade superou a “máscara ilusionista” que o PT vinha pregando e divulgando em seu Projeto de Poder…
      Isso é o que consigo enxergar, mas sem nenhuma pretensão de ser a verdade absoluta. Ao contrário, acredito que nem eles próprios que estão lá no Poder, sabem dizer para nós o que está de fato acontecendo, dada a incompetência de Gestão Pública que reina e assola nosso querido Brasil… E isso já faz tempo…

  116. 19/07/2016 11:40

    tem esses dados atualizados????

  117. Silvio permalink
    04/09/2016 20:13

    Prezado, por gentileza, compare novamente os dados a partir da realidade que estamos vivenciando na atualidade. Será que vivemos um crescimento econômico real ou foi apenas um “Ilusionismo econômico” vivenciado na última década, pelos menos? Agora a conta chegou, e no capitalismo se diz que “não há almoço de graça, alguém tem que pagar a conta”. Agora, eu, você e muitos brasileiros, vamos pagar a conta de algo que nem “consumimos”… Isso é justo, quando vemos o que fizeram com o nosso Brasil, corrupção e tudo o mais? Quebraram a Nação e agora sobrou para nós pagarmos a “conta”… É revoltante!

  118. 06/10/2016 23:24

    belíssima matéria !! as politicas sociais antes do PT eram de subsistência ,politicas estamentais. politicas que visavam somente o essencial para ficar vivo e ir trabalhar no dia seguinte. é inegável que tais politicas tenha surgidos nos governos anteriores ,mas é inegável também que essas politicas de crescimento como o prouni e o pronatec so tenham sortidos efeitos nos governos do PT. Em um país que não tem o mínimo de educação de base o liberalismo é prejudicial ,é ofensivo. Cada um que procure seu crescimento ,mas é preciso dar condições justas de possibilidade de crescimento.

  119. 03/11/2016 16:41

    Quer fazer uma análise justa? Compare a variação dos números do Brasil de 1994 com o de 2002 (governo FHC) com o Brasil de 2003 a 2015 (governos petistas) e dessa forma teremos como analisar a evolução durante os 2 períodos. Vale ressaltar que o ano de 2002 foi justamente o PIOR da era FHC, justamente pelo temor do mercado com a ameaça que Lula representava para a economia do país, o que felizmente não se concretizou. Infelizmente há um discurso que resume todo avanço social e econômico aos anos de PT no poder, o que não se sustenta se pesquisarmos a fundo a evolução dos indicadores. Não precisa nem ir muito longe; se compararmos o período pós-ditadura veremos que mesmo no governo Sarney, com hiper inflação, TODOS OS INDICADORES SOCIAIS MELHORARAM! Esse livro aqui diz muito sobre isso: http://www.academia.edu/5770740/O_Brasil_desde_1980_Livro_

  120. 19/11/2016 22:35

    Depois dessas informações todas aqui expostas, eu me pergunto: Porque então estamos atravessando tantas dificuldades nos dias de hoje. O que me fica parecendo é que se construiu uma fabulosa peça teatral com cenários mascarados e atores maquiados à nos levar ao um embevecimento sem igual neste país…

  121. Fred permalink
    03/12/2016 19:33

    Professores de matemática do Ensino Médio erram questões do Ensino Fundamental

    Numa prova do curso de aperfeiçoamento de professores, dado pelo IMPA (Instituto de Matemática Pura e Aplicada), no Rio de Janeiro, do qual participam professores da rede pública de todo o Brasil, duas questões que envolviam conhecimentos do ensino fundamental foram resolvidas, uma delas, por 31 por cento dos professores, e a outra, por 12 por cento.

    Confiram em:

    Surge, então, a pergunta que não quer calar: como e onde esses professores, que erraram tais questões, obtiveram seus diplomas? Como chegaram ao ensino superior? Que critérios as escolas de ensino médio por onde passaram usaram para os aprovar?
    As pessoas reclamam da crise, da falta de emprego, dos baixos salários, da violência, da corrupção. Como podem, se todo o sistema está corrompido? Um professor que não conhece a matéria que deve ensinar está corrompido. A escola que lhe dá diploma está corrompida.

    A escola de ensino fundamental que não ensinou ao aluno o que são números naturais, inteiros, racionais, irracionais e reais (os números complexos ficam para o ensino médio), que não ensinou o que são m.d.c., m.m.c. e outras coisas básicas, está corrompida. Que o cidadão comum, que é motorista de ônibus ou advogado, uma cozinheira, desconheça essas coisas, porque delas se esqueceu ou não as aprendeu, entende-se perfeitamente, mas que um professor de matemática do ensino médio as ignore é de fazer corar um frade de pedra.

    Setenta por cento dos engenheiros formados no Brasil são incompetentes para exercer atividades de nível superior. E por que isso acontece? Simplesmente porque quitandas de ensino superior corruptas permitem o ingresso de alunos que saíram despreparados do ensino fundamental e médio e foram sendo aprovados ao longo do tempo, numa sequência monumental de irresponsabilidade e incompetência.
    Em anos recentes 26 mil estrangeiros entraram no Brasil para trabalhar. Em anos anteriores o número desses estrangeiros foi superior a 20 mil. Por que as empresas não contratam brasileiros?

    Porque um telefone celular que custa no Brasil 1600 reais pode ser comprado em Nova Iorque por cerca de 6 dólares? Será que ninguém se dá conta de que pagamos altíssimo preço por nossa corrupção e incompetência? E que o preço da IGNORÂNCIA É TAMBÉM ALTÍSSIMO?

    Não há mais sentimento de decoro e de vergonha no Brasil? Ninguém se sente culpado. Os culpados são sempre os outros. Faz alguns anos perguntei a uma coordenadora de escola a razão pela qual os alunos não sabiam nada do que deveriam saber. Ela me apresentou uma lista de causas, que incluíam os políticos, entre eles o prefeito e os vereadores, os pais dos alunos e, finalmente, os próprios alunos. Em nenhum momento ela disse: ELES NÃO APRENDEM PORQUE NÓS NÃO SABEMOS ENSINAR. Poderia também dizer: nós fingimos que ensinamos e eles fingem que aprendem.

Trackbacks

  1. DADOS GOVERNOS FHC/PSDB E LULA-DILMA/PT POR HILDEGARD ANGEL, jornalista | MANHAS & MANHÃS
  2. Receita para cura do “coxismo agudo” | Blog do Tarso
  3. Comprender melhor as redes sociais e a internet para aumentar o alcance da luta contra o impeachment | Entre sem bater!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: