Skip to content

Consolidar a revolução democrática e pacífica votando Dilma

20/10/2014

A presente campanha presidencial em segundo turno coloca em jogo algo fundamental na história brasileira: a nossa primeira revolução popular, democrática e pacífica conquistada no voto, com a chegada de Lula à Presidência. Não ocorreu apenas a alternância do poder mas uma alternância de classe social. Um representante dos “lascados” e sempre colocados à mergem chegou ao mais alto cargo da nação como fruto do PT, de aliados e de grande articulação de movimentos sociais e sindicais e continuado por Dilma Rousseff.

Como afirmava o notável historiador José Honório Rodrigues em seu Conciliação e Reforma no Brasil (1965):”os interesses do povo foram descuidados pela liderança; daí as lutas, as rebeldias, a história cruenta, o compromisso e a conciliação; revolução no sentido de transformação da estrutura econômica, do regime de terras, da mudança de relações sociais, nunca tivemos; o grande sucesso da história do Brasil é o seu povo e a grande decepção é a sua liderança”. Continua José Honório:”as vitórias do povo são objetivas e incontestáveis;…o Brasil deve ao povo a unidade política, a integração territorial, a mestiçagem, a tolerância racial, a homogeneidade religiosa, a integração psico-social, a sensibilidade nacional muito viva que exige um abrasileiramento das próprias contribuições estrangeiras” (p.121-122).

Com Lula e Dilma se inaugurou esta revolução que é ainda inacabada mas que deve ser consolidada e aprofundada. Oxalá nessa eleição ela não seja malbaratada pela vitória de quem representa a velha política oligárquica mais interessada no crescimento econômico, no mercado e articulada com a macroeconomia globalizada do que no destino daqueles milhões que foram tirados da pobreza pelas políticas republicanas e foram feitos sujeitos sociais participativos na sociedade.

Daí ser importante que Dilma vença para garantir, consolidar e enriquecer com um novo ciclo de transformações essa revolução inaugural.
Nos primórdios da colonização o cronista oficial Pero Vaz de Caminha escreveu que aqui “em se plantando tudo dá”. Os cinco séculos de história ainda à luz do paradigma europeu mostraram o acerto de tal afirmação. Aqui tudo pode dar e deu para ser a mesa posta para as fomes do mundo inteiro. Por que não irá dar certo um projeto-Brasil novo, democrático, social, popular, ecológico, ecumênico e espiritual?

O povo brasileiro se habituou a “enfrentar a vida” e conseguir tudo “na luta”, quer dizer, com dificuldade e muito trabalho. Por que não irá “enfrentar” também esse grande e derradeiro desafio colocado em seu caminho? Como não conquistá-lo “na garra”, com a consciência solidária, com a organização, com a vontade de empoderar-se para garantir o poder de estado, já por 12 anos, a fim de dar-lhe o verdadeiro sentido de fazer as mudanças necessárias, primeiramente para os mais esquecidos e a partir deles, a todos, conferindo-lhes sustentabilidade e garntindo-lhes um futuro bom para o país.

Esse caminho já foi traçado, embora falte muito ainda para ser completado. Por duas vezes o novo chegou lá, no poder central. Escasseiam cada vez mais os instrumentos com os quais as elites dominantes querem retornar ao poder com aqule projeto neoliberal que quebrou os países centrais e que lançou cem milhões no desemprego na Europa e nos USA.

Sentimo-nos representados nos versos do cantador: “Só é cantador quem traz no peito o cheiro e a cor de sua terra/ a marca de sangue de seus mortos/ e a certeza de luta de seus vivos”(A saga da Amazônia de Vital Faria). Essa luta, esperamos, será vitoriosa. O pais florescerá no fulgor de seu povo multicolorido como nossas paisagens que enchem nossos olhos de encantamento. Valem as palavras de líderes sindicais nos dias sombrios do submetimento:

“Podem cortar uma, duas e todas as flores. Mas não poderão impedir a chegada da primavera”. A primavera já vai avançada. Junto com o sol primaveril queremos celebrar a vitória da maioria do povo, reelegendo Dilma Rousseff.

Se não puder ocorrer agora, oxalá ocorra, fica o desafio para o futuro. O que deve ser, tem força e chegará o dia, bendito dia, em que irá triunfar.

26 Comentários leave one →
  1. simone sarmento lima permalink
    20/10/2014 11:20

    Resolução tomad para o segundo turno: Dilma. Espero que consiga fazer o que está prometendo. Sempre o segundo mandato é negligenciado. não deixo de reconhecer que avançamos bastante, mas muita coisa séria foi deixada de lado. Gostaria que a educação fosse privilegiada com + incentivo aos professores aposentados, parecem até, que foram tragados pela terra!!!!! inademissível não fazrem parte do quadro salarial de direito!!!!!Nos países adiantados isso é prioridade para toda a categoria. A saúde ainda é negligenciada no SUS, direito de todos; a segurança pública não existe, mas governo paralelo sim!!!!! Precisamos cuidar dos nossos transportes da linha férrea, ligar o país.Mas……………

  2. Gilberto F Santos permalink
    20/10/2014 11:33

    Caro Sr. Leonardo,
    admiro sua capacidade de reflexão , porem lamento suas escolhas.
    Votar em Dilma que almeja o poder para lula em 2018, alem de temerário é sombrio… Não consigo enxergar esta tal democracia a qual , tão sonhadamente se propaga , pois somos reféns de crime, de barbáries, de jogo sujo de poder vermelho a qual em nome de um falso socialismo se escraviza as mentes…
    Não se porque se idolatra estas ordas de ladroes , que em nome do socialismo para o povo, desfruto do que de melhor tem o capitalismo , vinhos, iates, carros , cirurgias estéticas , enfim , esta na hora de vermos que a teoria esta nos levando a miragens…

  3. Fábio permalink
    20/10/2014 11:44

    Ora, q “povo ingrato” este q o PT tirou da miséria…estão todos votando em Aécio, pq? Éé Boff, continue falando de religião e deixe a política com quem entende, principalmente a econômica. Ah, e abandone esta mentalidade infantil de que o PT, na pessoa do Lula, é o salvador da pátria, o “novo Jesus” q veio libertar os brasileiro da miséria.

    • 22/10/2014 17:44

      Não é verdade. As pesquisas mostram que entre os mais pobres – aqueles que o governo do PT tirou da miséria – a vitória de Dilma é incontestável.

      E, sim, tirou da miséria mas continuam pobres. Eu me revolto por viver em um país onde a maioria é pobre, mas sei reconhecer a imensidão da conquista social de acabar com a miséria e a fome.

  4. Manoel Mendonça permalink
    20/10/2014 11:59

    Faltou falar sobre a dissolução da família e do ensino sexual nas escolas, incluindo cartilhas, vídeos e aulas práticas. Esse é o projeto que o PT quer aprovar através da senadora Marta Suplicy. O que o Sr. tem a dizer sobre isso?

  5. 20/10/2014 15:03

    “ONDE VOCÊ ESTÁ!
    QUEM É VOCÊ NESTA HORA?
    O QUE VOCÊ QUER PARA VOCÊ E PARA OS SEUS?
    Os ricos apoiam o líder carreirista!
    A mídia – jornais, tv, rádios – apoiam o líder carreirista, mesmo que seja pego dirigindo bêbado, bata em mulher, seja mentiroso, com ligações perigosas com aeroportos e helicópteros!
    A burguesia elitista apóia o líder carreirista!
    Os empreiteiros apoiam o partido que sempre os favoreceu!

    E você, que não é rico, não é dono de jornal e nem é da elite que mora nos bairros nobres e anda de carrões de luxo, vai votar como?
    Você que usa e está mais feliz com os programas do governo e leis que elevaram sua classe a níveis melhores, mesmo que não seja nenhum paraíso ainda, vai votar em quem?
    Você que não viu o país quebrar mais, que agora tem empregos e trabalho com uma certa abundância, com carteira assinada, já escolheu?
    SUA VIDA MELHOROU?
    SIM?
    ENTÃO, PonTo!
    É ‪#‎DILMA‬ OUTRA VEZ! É 13!
    É PT DE NOVO!
    AMOR, COMPAIXÃO E SOLIDARIEDADE!
    Abraço e felicidade. Sempre.”

    Gustavo Horta

    • Luiz Alberto Silva Cunha permalink
      23/10/2014 9:13

      Meu Deus ! O importante é se dar bem ? “Leve vantagem voce também cerrrrto ? ” Pra quem nao acredita em Deus é isso aí. Pra quem acredita, sabe que Deus é o início, meio e o fim. Entao os fins e os meios são da mesma essência. Entao temos que ter moral, ética, e sustentabilidade essencial. O Governo que aí está se perdeu nisso tudo. A lei da ação e reaçao é perfeita. Todos nós devemos aprender com nossos erros e corrigir nossas acoes. A Verdade é perfeita. A mentira é abominável. A solucao pra tudo é a estarmos sempre na Verdade, na ética, no bem, do início ao fim. Desta maneira estaremos fazendo a verdadeira revoluçao.

      • 18/11/2014 13:09

        Você que não é rico, soube mesmo escolher quem está a seu lado!
        Parabéns!
        Você não precisa de aecioportos, não precisa quebrar o estado que seu partido governou deixando uma dívida de R$80 bilhões no tal choque indigestão, não quer passar sede e beber água de esgoto por incompetência e leniência de seus governantes, não quer escolher Tiririca, Bolsonaro, Russomano e Marcos Feliciano para representá-lo!
        Parabéns.
        Deixe os riquinhos espernearem e chiarem!
        Deixe esta elite de titica ou de tiririca, esperenear por não conseguir trazer os banqueiros de volta ao poder neste nosso país!
        AMOR, COMPAIXÃO E SOLIDARIEDADE!
        Abraço e felicidade. Sempre.

  6. 20/10/2014 23:17

    Republicou isso em luveredas.

  7. 21/10/2014 2:17

    Texto belíssimo querido Leonardo Boff! A primavera irrompirá! Tenho esperança!

  8. silvilene permalink
    21/10/2014 7:46

    Fantástica a entrevista,fico ainda mais confiante em votar na Dilma.

  9. Roberto Machado permalink
    21/10/2014 8:28

    Meu caro Frei Leonardo, seus bons argumentos são frágeis diante da realidade… É mesmo curioso ver um homem da sua estatura moral e ética defender a continuidade no poder de um partido que desgraçadamente já apodreceu.

  10. Luiz Alberto Silva Cunha permalink
    21/10/2014 9:00

    Sr Leonardo, parece que estamos esquecendo de algumas máximas fundamentais do Cristo. Deus não é o começo, o meio e o fim de todas as coisas ? As essências dos meios e as essências dos fins não devem ser iguais ? “Consolidar a revolução democrática” ? Meu Deus, aonde é que o elo se rompeu ?
    Na esfera da teologia e filosofia, eu admiro o senhor ha muito tempo. Tenho alguns livros seus e palestras gravadas. A última audio-palestra ( que acessei pelo site http://www.levir.com.br ) voce fala sobre uma nova ética, a ética da família humana e do cuidado pela vida, co-responsabilidade, gentileza.
    Essa política horrível que está aí não tem nada a ver com o melhor dos ensinamentos e das suas orientações. Com todo respeito, eu tenho a sensação que existem dois senhores com o mesmo nome. Um, o filósofo e teólogo. O outro, uma pessoa que se perdeu nos dutos da pior política, antiética, mentirosa, que busca poder pelo poder, e longe, muito longe de Deus e dos Grandes Mestres.

    • Flávio permalink
      22/10/2014 22:15

      Prezado Luiz, acredito que o Sr. Leonardo Boff deve sentir vergonha no momento por defender Lula/Dilma/PT.

      Sr. Leonardo Boff, em sua opção (entre os ‘males’ o menos pior), os fins justificam os meios?

      Que Deus nos livre da desgraça que se avizinha!

    • Norton Drongek permalink
      25/10/2014 17:56

      Sem a luta política real, toda a estrutura filosófica se evapora, pois não passaria de fé sem caminhos, ou devaneios mesmo, pois que inatingíveis. E é preciso primeiro compreender o que se passa, para depois apoiar este ou aquele lado. Quem pode contribuir para a harmonia da família Terra, entre os dois concorrentes? Sem ingenuidade ou preconceitos..

  11. 21/10/2014 13:57

    Frei Leonardo Boff, muito bonito sua retórica mas me desculpe, você está na contramão da verdadeira história do Brasil, um pais governado por ladrões e salteadores, fazendo-nos lembrar dos portugueses que dilapidaram nosso rico Brasil e deixou-nos com um rombo imensurável, é melhor rever sua teoria da libertação, pois com DILMA a teoria é da repressão, do jeito que está caminhando não teremos nem primavera nem tão pouco sentiremos o perfume das flores.

  12. Ursula permalink
    21/10/2014 17:22

    A força interna traduzida em uma frase:
    “O que deve ser, tem força e chegará o dia, bendito dia, em que irá triunfar.”
    Curioso: Também penso assim, embora “o que deve ser” para mim não é concordante com “o que deve ser” pelo senhor. Principalmente em relação aos meios.
    O que vem do homem, “o que deve ser” é relativo e qualquer mistificação é um engodo.
    “O que deve ser”, me parece que ninguém deve se apropriar. Somos meros mortais aventurando em “projetos de Deus”.

  13. 22/10/2014 0:34

    Fábio: menosprezar a inteligência e a capacidade de um mestre como o filósofo Leonardo Boff, você deve ser a “quinta essência do balde, né?!

  14. 22/10/2014 11:54

    Triste texto escrito por alguém que tanto admiro. Acredito que o PT no mandato da digníssima Dilma muito mais mal fez que bem ao nosso país. Lembro-me de meu pai que tanto trabalhava para manter a família, no auge da inflação que chegava até 80% ao mês. Depois do Plano Real de 2004, vi nosso país crescer e independente de partido ou político, o que se fez depois desse ano de 2004 foi dar continuidade a um plano de desenvolvimento e políticas sociais já tão discutidas em campanhas eleitorais. Foi muito fácil para o PT implantar projetos numa fase onde a inflação estava contida e o Brasil recebendo investimentos para apoiar seu crescimento. Agora eu pergunto: o que fez nossa Líder Máxima na última gestão? O que estamos colhendo nos últimos anos, mais precisamente nesse ano de 2014, que podemos afirmar que a continuidade desse partido é o melhor caminho para os brasileiros? O que vivemos no momento é a inflação acordando; uma política econômica que não sabe para onde vai; escandâlos nas empresas públicas, empresas essas que cobram uma fortuna do petróleo que aqui produzem e vendem para o país vizinho por quase 1/10 do valor! E a energia elétrica que teve o aumento de 25% admitido por este governo! As telecomunicações, que são as mais caras do mundo e com serviço de péssima qualidade? A água, tão sonhada água, o que fez a ANA, quais foram os projetos e planos para evitar o caos instalado na maior cidade do país?
    Por favor Leonardo Boff, eu não creio que ainda assim acredita que não é hora de mudar! o Brasil precisa de educadores como o Senhor, para abrir a mente de nossos cidadãos que sem estudo e trabalho não teremos um Brasil melhor. Não podemos depender das migalhas dos planos assistenciais. Devemos e podemos sim, trabalhar, construir um Brasil que queremos chamar de MEU PAÍS!

  15. Luciane permalink
    22/10/2014 18:30

    Acredito q o feito nas políticas sociais pelo lula e Dilma tem um mérito imensurável. Entretanto a corrupção e o a ganância colocaram ícones como dirceu e genuíno na cadeia; mostraram q a antiga ideologia (q os fez, bem como a Dilma, pegarem em armas e agirem contra a lei por um bem maior, a nossa liberdade), já foi deixada de lado e hoje quem manda realmente é o dinheiro e o que ou quem ele pode comprar. Decepção é a palavra q representa meu sentimento hoje, decepção com o governo q aí está, com o povo brasileiro q pensa q mudança realmente é voltar ao velho (leia-se psdb) e perdeu mais uma vez a oportunidade de ter um Brasil diferente de verdade. Decepção com Marina, uma pessoa q sempre admirei pela história de vida e pelas ações, após entregar-se ao velho… Pela ansiedade de poder?
    Infelizmente, diante de toda essa briga em que há impressão q a vitória de um dos lados será de chacota p outro, como entre times de futebol! Essa pedante busca de “podres” e “glórias” entre esquerdistas e direitistas, ptzistas e psdbistas, entre oposição e situação, entre o bem e o mal – sem realmente se saber qual deles realmente é qual – acabo por ter de tomar uma decisão extrema e q realmente até tenho uma certa vergonha em revelar. Meu voto será nulo, isso mesmo, nulo! Posso ser taxada de ignorante, de sabão por não tomar partido, ou de qqr outro adjetivo. Mas com tristeza no meu coração e sabendo de pessoas q morreram p garantir esse meu direito, o de poder votar p presidente, vou ter q admitir q nenhum dos atuais candidatos me representam.

  16. Luciane permalink
    23/10/2014 18:22

    Acredito q o feito nas políticas sociais pelo lula e Dilma tem um mérito imensurável. Entretanto a corrupção e o a ganância colocaram ícones como dirceu e genuíno na cadeia; mostraram q a antiga ideologia (q os fez, bem como a Dilma, pegarem em armas e agirem contra a lei por um bem maior, a nossa liberdade), já foi deixada de lado e hoje quem manda realmente é o dinheiro e o que ou quem ele pode comprar. Decepção é a palavra q representa meu sentimento hoje, decepção com o governo q aí está, com o povo brasileiro q pensa q mudança realmente é voltar ao velho (leia-se psdb) e perdeu mais uma vez a oportunidade de ter um Brasil diferente de verdade. Decepção com Marina, uma pessoa q sempre admirei pela história de vida e pelas ações, após entregar-se ao velho… Pela ansiedade de poder?
    Infelizmente, diante de toda essa briga em que há impressão q a vitória de um dos lados será de chacota p outro, como entre times de futebol! Essa pedante busca de “podres” e “glórias” entre esquerdistas e direitistas, ptzistas e psdbistas, entre oposição e situação, entre o bem e o mal – sem se saber qual deles realmente é qual – acabo por ter de tomar uma decisão extrema e q até tenho uma certa vergonha em revelar. Meu voto será nulo, isso mesmo, nulo! Posso ser taxada de ignorante, de sabão por não tomar partido, ou de qqr outro adjetivo. Mas com tristeza no meu coração e sabendo de pessoas q morreram p garantir esse meu direito, o de poder votar p presidente, vou ter q admitir q nenhum dos atuais candidatos me representam.
    Luciane Stüpp de Freitas 22/10/2014.

  17. 24/10/2014 4:48

    Meus Caros,

    Tão perigoso quanto um militante armado (com arma de fogo ou por sites patrocinados pelo governo) ou um corrupto no mais alto cargo politico, são as besteiras que esse senhor escreve. Uma pessoa que usa juntas as expressões “revolução”, “democrática” e ” pacífica”, certamente pensa que somos idiotas, estude um pouquinho de História e veja que uma coisa só existe sem a outra..Esse senhor, com seu jeito de bom samaritano, tenta nos amansar, castrando nosso direito de revolta e vem conseguindo obter exito.Tente se indignar com o que está acontecendo e você será tachado de radical doido, paranoico ou burguês que quer ver pobre se dar mal.
    Para esse senhor, seu ídolo máximo, simplesmente por ter vindo da pobreza, é imune a um questionamento ético,sendo assim um verdadeiro santo, e com sabemos, no campo da Fé, não existe questionamento, apenas temos que acreditar e aceitar

  18. André permalink
    24/10/2014 9:07

    Me arrependo de um dia ter sido leitor assíduo de Leonardo Boff, que nitidamente se “descolou” da realidade há muito…
    Retórica acima de tudo, como chamar de democrático um projeto de poder que tenta a todo custo desconstruir os adversários da maneira mais virulenta possível, que esconde e manipula dados sobre pobreza, inflação, emprego, crescimento econômico, segurança pública e protege pessoas condenadas pela Suprema corte do País como “heróis”.
    ONDE ESTÁ ESSA “REVOLUÇÃO DEMOCRÁTICA E PACÍFICA????
    EU NÃO VOTO APENAS EM AÉCIO, SOU ANTI-DILMA, ANTI-PT e tudo que eles representam…

  19. 25/10/2014 14:08

    Republicou isso em Maria Fumaça.

Trackbacks

  1. Na pesquisa CNT/MDA divulgada na manhã desta segunda-feira, a Dilma aparece numericamente na frente do Aécio | MANHAS & MANHÃS
  2. Consolidar a revolução democrática e pacífica votando Dilma | MANHAS & MANHÃS

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: