Skip to content

Para os que querem deixar o Brasil

07/11/2014

         É espantoso ler nos jornais e mensagens nas redes sociais e mesmo em inteiros youtubes a quantidade de pessoas, geralmente das classes altas ou os ditos “famosos” que lhes custa digerir a vitória eleitoral da reeleita Dilma Rousseff do PT. Externam ódio e raiva, usando palavras tiradas da escatologia (não da teológica que trata dos fins últimos do ser humano e do universo) e da baixa pornografia para insultar o povo brasileiro, especialmente, os nordestinos.

Estas pessoas não vivem no Brasil, mas, em geral, no Leblon e em Ipanema ou nos Jardins da cidade de São Paulo onde se albergam: em sua maioria, os pertencentes às classes opulentas (aquelas 5 mil famílias que, segundo M.Porchmann, detém 43% do PIB nacional). Muitas delas não se sentem povo brasileiro. Externam até vergonha. Mas estão aqui porque neste país é mais fácil enricar, embora o desfrute mesmo é em feito em Miami, Nova York, Paris ou Londres, pois muitos deles têm lá casas ou apartamentos.

Alguns mais exacerbados, mas com parquíssima audiência, sugerem até separar o Brasil em dois: o sudeste rico de um lado e o resto (para eles, o resto mesmo) do outro, especialmente o Nordeste.

Acresce a isso o Parlamento brasileiro, a maioria eleita com muito dinheiro, que mal representa o povo. Finge que escutou o clamor dos ruas em junho de 2013 demandando reformas, especialmente, na política, no sistema de educação e de saúde e uma melhor mobilidade urbana e não em últmo lugar a segurança e a transparência na coisa pública. Mas já esqueceu tudo. Rejeitou o projeto do governo, no rescaldo da reeleição, que visava ordenar e dar mais espaço à participação dos movimentos sociais na condução da política nacional, respeitadas as instituições consagradas pela Constituição.

Tal fato nos remete ao que Darcy Ribeiro diz em seu esplêndido livro que deveria ser lido em todas as escolas, “O povo brasileiro: a formação e o sentido do Brasil”(1995). Aí diz o grande antropólogo, indigenista, político e educador:”O ruim no Brasil e efetivo fator do atraso, é o modo de ordenação da sociedade, estruturada contra os interesses da população, desde sempre sangrada para servir a desígnios alheios e opostos aos seus…O que houve e há é uma minoria dominante, espantosamente eficaz na formulação e manutenção de seu próprio projeto de prosperidade, sempre pronta a esmagar qualquer ameaça de reforma da ordem social vigente”(p.446).

Esta afirmação nos concede entender porque a presidenta Dilma quer uma reforma política que não venha de cima, do Congresso, porque este sempre se oporá ao que possa contradizer os seus indecentes privilégios. Deve partir de baixo, ouvindo os reclamos do povo brasileiro. Quem aprendeu em 500 anos a sobreviver na pobreza senão na miséria, colheu muita experiência e sabedoria a ser testemunhada e repercutida na nova ordenação político-social do Brasil. Ouvi de um sacerdote que viveu sempre na favela:”há um evangelho escondido no coração do povo humilde e importa que o leiamos e escutemos”. Vale a mesma coisa para as várias reformas desejadas pela maioria da população: auscultar o que se aninha no coração do povo e dos invisíveis.

Podemos tolerar a arrogância e a resistência dos poderosos e dos parlamentares, o que não podemos é defraudar a esperança de todo um povo. Ele não merece isso depois de tanto suor, sacrifícios e lágrimas. Ele precisa voltar às ruas e renovar com mais contundência e ordenadamente o que irrompeu em junho do ano passado. O feijão só cozinha bem em panela de pressão. Da mesma forma, o parlamento abandona sua inércia quando é posto sob pressão, como se constatou no ano passado.

Voltemos a Darcy Ribeiro, um dos que melhor estudou e comprendeu a singularidade do povo brasileiro. Uma coisa são os povos transplantados como nos USA, no Canadá e na Austrália. Eles reproduziram os moldes dos países europeus de onde vieram. No Brasil foi diferente. Ocorreu uma das maiores miscegenizações da história conhecida da humanidade. Vieram de 60 países diferntes. Misturaram-se entre si índios, afro-descentes, europeus, árabes e orientais. Criaram um novo tipo de gente. Diz Darcy:”o nosso desafio é de reinventar o humano, criando um novo gênero de gentes, diferentes de quantas haja”(p.447). Diz mais:”olhando todas estas gentes e ouvindo-as é fácil perceber que são, de fato, uma nova romanidade, uma romanidade tardia mas melhor, porque lavada em sangue índio e sangue negro”(p.447).

Não me furto em citar estas palavras proféticas com as quais fecha seu livro “O povo brasileiro”: “O Brasil é já a maior das nações neolatinas…Estamos nos construindo na luta para florescer amanhã como uma nova civilização, mestiça, tropical, orgulhosa de si mesma. Mais alegre, porque mais sofrida. Melhor porque incorpora em si mesma mais humanidades. Mais generosa, porque aberta à convivênca com todas as raças e todas as culturas e porque assentada na mais bela e luminosa província da Terra”(p.449).

Para os que querem sair do Brasil: fiquem nessa esplêndida Terra e ajudem-nos a contuir esse sonho bom.

76 Comentários leave one →
  1. 07/11/2014 14:00

    Belíssimo texto! Entretanto, ao ler o título, eu pensei que o texto seria:

    Para os que querem deixar o Brasil:

    http://www.tam.com.br
    http://www.voegol.com.br
    http://www.avianca.com.br
    ….

  2. 07/11/2014 14:03

    Republicou isso em Paulosisinno's Bloge comentado:
    Republico um ótimo texto de nosso Mestre Leonardo Boff: “Para os que querem deixar o Brasil”

  3. mauro tadeu permalink
    07/11/2014 14:14

    Quem quiser sair do Brasil, fique à vontade. Estamos no quarto mandato do Lulla, o esquema montado na Petrobras supera o mensalão e o coitadinho do Collor. Se o ministério público não investigar as denúncias do doleiro e do costinha, todo o pessoal envolvido no esquema vai continuar como antes nos colchões dos amantes.

  4. 07/11/2014 14:15

    Gostei muito do texto de Leonardo Boff. ele tem o mesmo pensamento que nós temos. Sempre dizemos um pais precisa crescer, precisa de uma economia avançada, mas que isso seja para todos os que vivem neste querido e maravilhoso país. Não adianta a economia estar em alta, se a metade dos brasileiros não tem condiçoes de curtir um mínimo dessa rentabilidade. Muito bem expresso o seu texto com as citações de Darcy Ribeiro. Amei, PARABÉNS!

  5. FRANCISCO INOCENCIO permalink
    07/11/2014 14:18

    Espero que estejas certo quanto ao futuro do Brasil caro Leonardo Boff, pois o país está entrando em uma crise institucional sem precedentes e muito perigosa para o processo de democratização.

  6. Ana Maria de Lima Brandão permalink
    07/11/2014 14:25

    Com todo o meu respeito! Não são apenas os das classes privilegiadas que querem deixar o país e se livrar do Governo petista. Ajudei a fundar o PT, lutei contra a ditadura militar e tive esperança. Perdi ao ver a corrupção instituída e impune.

  7. Gilberto F Santos permalink
    07/11/2014 14:27

    Prezado Sr. Leonardo, boa tarde.
    Digo que o contrario também e verdadeiro… que se dirá daqueles que cegados pela pretensa luta da igualdade deixaram o sonho cegar-lhe a realidade a qual vivemos…
    Um povo sem escolas , porque prédio, quando os teem nao ensinam nada… um governo de corrupção , ajudado pelo gigantismo e analfabetismo contumaz. Me admira um defensor dos pobres que só anda de jato , bebe bebidas importadas e enriquece milagrosamente…
    E ufanismo dividir ? Ufanismo e acreditar na igualdade e na democracia e esta ultima a base de censura , mentiras e enganos … acho que o sr.deveria sair um pouco do campo teórico e conhecer o pratico porque os ditos vermelhos , trabalhadores , afundaram o abc hoje abandonado e estão levando o pais uma crise sem precedentes. Ao inves de atuar na carne ameaçam cortar justamente o que os elegeram….
    A democracia hoje e o mais puro sinal de roubo , ladroagem , cafajestagem , mazelas e coisas do gênero…
    Também discordo quando se fala de novo brasil , podemos esta sendo uma nova argentina ou venezuela ou mesmo bolivia , menos brasileiros.
    Cordialmente ,

  8. WillerCoelho permalink
    07/11/2014 14:31

    Leonardo Boff é um pensador que devemos ler,observar e apreciar.Acima de tudo lucidez.

  9. Ademarice Gabriel da Silva permalink
    07/11/2014 14:49

    Texto esplêndido! Aliás, como tudo que o Sr. escreve!

  10. josé antonio cid peres permalink
    07/11/2014 14:58

    Sensacional. Absolutamente certo.

  11. Lucas Lima permalink
    07/11/2014 15:03

    Com a devida vênia, afirmo que não causa espanto ler/ouvir nos noticiários que “famosos” da sociedade brasileira encontram-se revoltados com a vitória do PT.

    A atitude que, por ora é criticada, ilustra o desejo de emanar um grito de alerta de uma massa que iniciou um processo de politização espetacular nestas eleições. Graças a Deus, atualmente a oposição ao governo vem sendo feita e conduzida de forma organizada e responsável, refiro-me à atividade parlamentar, pois do contrário, há o clamor de um pequeno grupo que pleiteia a intervenção dos militares, com muita ousadia.

    Leonardo Boff espantou-me ler este artigo, apresento-me embasbacado neste momento, pois compartilho do sentimento dos ditos “famosos”. Entretanto, acredito que não há medida diversa, senão a apresentação de um quadro revoltoso, oriundo do seio da população, que exprimirá ao longo deste novo mandato presidencial toda indignação, todos o sentimento negativo que há.

    Espero, com fé e confiança, que a POPULAÇÃO BRASILEIRA insatisfeita com o atual governo, notadamente 51 milhões de cidadãos, lute e dê cabo ao sofrimento que hoje sentimos e externe um grito de libertação que ecoará por todos os idos da contemporaneidade.

  12. carlos alberto permalink
    07/11/2014 15:09

    ótimo comentário de Leonardo Boff

  13. abaeda permalink
    07/11/2014 15:38

    Vai me desculpar, mas ódio, raiva e escatologia foram muito vistos tb no lado do PT, e sua propaganda de terror contra Marina e Aécio. Engraçado que esses últimos são vistos como bicho-papões, sedentos para atrapalhar o projeto socialista (única razão q entendo desse projeto todo). Só o PT prestaria, né. Corrupção não seria nada, o sistema capitalista seria a única forma de promover desigualdade social…. Não vejo assim. Desejo no momento respeito a minha forma de ver, e não moro nos lugares citados, pelo contrário, sou do interiorzão. O que houve foi q deram mote ao tal discurso do “nunca antes na história”, diga-se de passagem no mínimo muito auspicioso, e agora reclamam q o país tá dividido?? Surfaram na estabidade criada por FHC, cuspiram no prato (basta rever os debates), e agoram dizem para os brasileiros pro Aecio q saibam perder? Quem criou a divisão foi o PT, com cujo dinheiro de campanha se fez uma peça publicitária monumental. Foi lá q disseram q a livre iniciativa iria roubar o prato das crianças da mesa. Respeito e simpatia são conquistados, não acho q se solicita.

  14. 07/11/2014 15:42

    Republicou isso em coração filosofante.

  15. 07/11/2014 16:07

    Mestre dos Magos!

  16. 07/11/2014 16:11

  17. José Irineu de Resende permalink
    07/11/2014 16:18

    Fantástico esse texto, pena que os ricos não têm humildade suficiente para entender o conteúdo do texto, pois só conseguem pensar em si próprios.

    • Alfredo Leite permalink
      28/12/2014 19:18

      Será que a D. Marisa, mulher do Lula, tirou passaporte italiano porque ela ficou rica então…..?

  18. Fabio permalink
    07/11/2014 17:21

    Infelizmente, como Rui Barbosa já dizia em 1914:

    “De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto.”

    Entra governo e sai governo e a supracitada frase continua atualíssima numa sociedade onde a situação piora cada vez mais e o poço parece não ter fundo e o túnel parece não ter uma luz em seu fim. Como ter fé e esperança em dias melhores numa sociedade que se ajuntou em dezenas ou centenas de milhares nos grandes centros do país pedindo por mudanças e quando efetivamente podem fazer a diferença, nas urnas, simplesmente optam pela manutenção da mesmice de tudo o que haviam reclamado?

    Por isso, eu já estou fazendo a minha parte, não pagando mais impostos no Brasil onde estes são geridos da pior forma possível.

  19. Silvio Martins permalink
    07/11/2014 17:35

    Valeu Leonardo Boff, estamos juntos nessa luta!

  20. Valdeci Pavanelli permalink
    07/11/2014 17:46

    Esplêndido texto, aliás, como sempre! Abçs.

  21. 07/11/2014 18:12

    Nossa! Darci Ribeiro com tanta maestria, própria de um ser humano especial, traduz 500 anos de história na sentença ” Brasil maior nação neolatina”, Acredito nisso, pois bem para tanto, é necessário no meu entendimento a utilização de simples atitude: não deve existir nenhuma forma enriquecimento sem que aja em primeiro lugar a construção digna do social!!Excelente texto. abraços

  22. Marcio Mosiel permalink
    07/11/2014 20:02

    Brilhante…

  23. Rosemari Pfaffenzeller permalink
    07/11/2014 20:40

    As suas palavras são de eterna sabedoria e ainda estimo viver um tempo onde povo e lideres queiram ser honestos, éticos, responsáveis uns pelos outros e acreditando que fazer o certo é o melhor caminho. Eu gosto de sonhar, e aqui é um lugar para sonhar.

  24. Maria Elaine Kohlsdorf permalink
    07/11/2014 20:50

    Artigo simplesmente maravilhoso: coerente, claro e belo! Muito obrigada por sua generosidade em tão bem traduzir meu sentimento (e o de muitos outros, graças a Deus) de forma precisa.

  25. juraci permalink
    07/11/2014 21:00

    Muito bom e instrutivo!

  26. edinelson permalink
    07/11/2014 21:32

    Caro Leonardo… Teorias são sempre belas… e sou ex militante do PT e hoje tenho vergonha do partido que se tornou…
    Será que os chefes desse partido não tem vergonha?
    Espero que a “presidente” tenha sorte do contrario tanto os abastados quanto os pobres estarão a beira do abismo…

  27. Maria helena daumas gabriel permalink
    07/11/2014 21:55

    Excelente reflexão! Grande Leonardo Boff.

  28. Maria helena daumas gabriel permalink
    07/11/2014 21:57

    Excelente texto! Grande Leonardo Boff.

  29. Marina Jacinto permalink
    07/11/2014 22:26

    Se democracia quer dizer “poder que vem do povo” então estamos comecando a viver a tão sonhada democracia agora, e essa gente pouco espiritualizada, que nunca aceitou nem a Lei Áurea, não irá aceitar também a democracia. Eles que vazem daqui.

  30. Lelia Sofia Saviczki permalink
    07/11/2014 23:39

    As pessoas não fazem falta, não edificam nada, são como maçãs podres dentro de uma fruteira que podem contaminar outras frutas. Que deixem o Brasil, não fazem falta. O que não edifica, joga-se fora.

  31. 08/11/2014 7:31

    Boff, em alguns pontos já discordei de você. Mas, concordo com quase tudo que disse: não faz sentido este pensamento enraigado, arquétipo, na mentalidade do brasileiro. Parece que foi reeleita a ditadura militar no Brasil. A mulher foi eleita de forma democrática, venceu em estados importantes, tem uma representatividade importante. Mesmo não tendo votado, reconheço e sei conviver com isso. Como falar da diversidade, da inculturação, de Darcy, Freire, Betinho, dentre outros com este pensamento de brasileiro ter preconceito com o próprio brasileiro: nossos irmãos nordestinos… este tipo de cultura, de pensamento, essas pessoas realmente devem deixar o brasil para não acabar sufocando outras rosas e flores tão belas… separemos o joio do trigo! Abraço.

  32. Lamartine Serra permalink
    08/11/2014 10:02

    Caro Teólogo Leonardo Boff.
    Lhe admiro muito por dia capacidade intelectual, porem, com a devida vênia, permita-me discordar da sua posição. Não é só os que possuem poder aquisitivo, de classes abastadas, artistas e “famosos” que querem sair do país, esses, assim como você, constantemente saem do Brasil, passam longos períodos em países, onde o respeito às pessoas são garantidos, onde as coisas funcionam, onde a lei e o estado de direto são garantidos, onde os impostos retornam aos cidadãos, onde a corrupção não é o império dos que governam, onde os condenados cumprem suas penas decentemente, independente do poder aquisitivo, onde o povo não é massa de manobra, onde a educação é pilar fundamental da sociedade, onde a saúde não é privilégio dos que podem pagar planos de saúde, onde a propaganda enganosa dos organismos governamentais não e maior que os gadtos para eliminação da miséria e onde intelectuais não recebem para fazerem defesa de um estado corrupto (não é o seu caso). Se o povo sofrido também tivessem meios, também gostariam com toda certeza de sair também de nosso grandioso país, nem que seja, assim como você e os que nababescamente fazem, aliás, os que possuem mais já possuem duas moradias, importante lhe dizer, que não pertenço a elite, pelo contrário, sou um trabalhador aposentado, onde a aposentadoria que recebo foi subtraída por um pseudo presidente egresso da classe trabalhadora, que ao chegar ao poder, untou-se a elite desavergonhada que a séculos domina um povo miserável. Portanto, fica aqui a minha ressalva, se também tivesse, condições, assim como você, constantemente sairia sim de nosso país, em busca de algo ainda não experimentado em meu país.

  33. jose antonio moser permalink
    08/11/2014 10:58

    Bom artigo

  34. Jose Neville Paz permalink
    08/11/2014 11:05

    O LOBÃO DECLAROU QUE SE A DILMA GANHASSE AS ELEIÇÕES, ELE DEIXARIA O BRASIL. A DILMA GANHOU MAS ELE CONTINUA AQUI. NÃO CUMPRIU COM A SUA PALAVRA. SERIA BOM QUE ELE FOSSE E LEVASSE CONSIGO OS DEMOTUCANALHAS DERROTADOS.

  35. Madalena Rodrigues permalink
    08/11/2014 13:42

    Date: Fri, 7 Nov 2014 16:57:46 +0000 To: madalena_rcosta@hotmail.com

  36. 08/11/2014 15:34

    O Povo, ou a elite podre brasileira é isso mesmo: é pobre de espírito e não sabe o seu lugar. Prefere gastar bilhões fúteis para contar historinhas entre as amigas e amigos para provocar inveja aso fúteis e fulgazes. É segregadora, racista, imoral, sonegadora, e sobretudo corrupta. Sofre do complexo de Vira-latas e quando ousa acessar o primeiro mundo, o máximo que consegue é ser comparada ao nível Cucaracha, que muito bem definiu os latinos em geral, o querido HENFIL, no seu livro Diário de Um Cucaracha”. A Burguesia nacional FEDE e fede muito, pois desde as capitanias heriditárias, aprendeu apenas a dividir com os seus próximos e explorar a plebe, a margem dos burgos e não oferecer-lhe acesso ou ascensão social. O destino sempre foi manter a SENZALA. Paulista e cariocas descriminar nordestinos, é no mínimo uma aberração, pois o povo nordestino é parte importante da construção de suas capitais. Entrega-lhes rica mão-de-obra, e expões os seus talentos diversos nas artes que lhes entretem. Viva o Nordeste, Viva o Povo Brasileiro!

  37. Selma Esquenazi permalink
    08/11/2014 15:43

    Como sempre profundo e claro em suas colocações. Pena que muitos esquecem nas boas razões para valorizar nossa presidente Dilma. Muitas pessoas ecoam agora um medo e desrespeito sem fundamentação e especialmente sem conhecer os grandes estudiosos do nosso país: antropólogos, educadores, políticos sérios e comprometidos com nosso povo e diversas outras profissões e principalmente o cidadão que exerce sua posição.

  38. Giovani permalink
    08/11/2014 17:20

    Leonardo Boff que o problema não é o Bolsa Família e nem os nordestinos que necessitam do programa para viver, mas o terrorismo psicológico que o PT fez no nordeste, eu mesmo vi e ouvi carros de propaganda por aqui com gravações de politicos desta sigla com as seguintes palavras “SE DILMA PERDER A ELEIÇÃO O BOLSA FAMILIA VAI ACABAR” lamentável, mas esta é a verdade.

  39. denise belani permalink
    08/11/2014 17:23

    Caro Leonardo, admiro muito seu trabalho, mas acredito que é hora de olhar o Brasil com um olhar diferente. O que escreveu, generalizando o eleitor que votou contra o Pt como minoria, elite…não é verdadeiro. Sou do interior, estudei, trabalho a 30 anos na saúde, não enriqueci e “dou duro” para pagar meus impostos. Raramente viajo, não conheço Miami, Nova York ou Londres. Mas estou indignada com esse Brasil que se apresenta: corrupto, com essa “cara”de José Dirceu sorridente, nos insinuando de “otários”! Me desculpe, reveja seus conceitos!

  40. maria das Dores permalink
    08/11/2014 17:51

    Voce nao se importa com a desonestidade.nao precisa cortar gastos sociais basta enxugar a maquina .Gastar menos ou nada com falcatruad…

  41. Raimunda Portela Taveira Filha permalink
    08/11/2014 18:58

    As pessoas que querem sair do Brasil e na minha opinião são pessoas trabalhadoras, por isso tem condições de decidir seu futuro. Talvez não estejam satisfeitos com tanta corrupção que os meios de comunicações vem a tempo denunciando. Não e possivel um antigo toneiro mecânico hoje pague 10.000 00 em uma garrafa do vinho que consome; o filho que era um simples funcionário no zoologico em SP. hoje um grande empresário; a filha da P. Dilma antiga funcionaria publica hoje grande empresária. ( meios de comunicações TV, rádios, jornais, revistas, internet e etc…) Esse e o exemplo que eles dão para os brasileiros!!.

    Passaram 20 anos criticando os seus antecessor ( Sarnei, Itamar e FHC) e estão fazendo pior do que eles.(mensalão, petrolao j…..).

    Quanto aos programas sociais eles não estão fazendo mais do o dever deles. Não foram para la roubar. Foram para administrar o dinheiro do povo brasileiro eles são pagos para isso.

    Eles têm que entender que não descobriram o Brasil (1500) . Devem muto aos outros presidentes que passaram. Incluindo Ruthe Cardoso e Zilda Arlisom (pastoral da criança). Não podemos esquecer que tudo tem um início, foi ai que começou a tirar crianças da fila da morte.Em seguida veio a queda da inflação, começaram a surgir os programas sociais. Dai uma proposta de Marcondi Pirilo (GO) pela junção de todos os programas Surgiu o “bolsa familia”. :Ainda acham pouco o plantil ficou com as arvores frutiferas para Lula e Dilma colher os frutos. Queria ver se eram bons mesmos se tivessem

  42. 08/11/2014 20:47

    Belo texto

  43. antonio aleixo de souza permalink
    08/11/2014 22:27

    que comentario se poderia fazer em cima desta obra prima de leonardo boff citando darci ribeiro somente aplaudir e pedir a deus que ilumine a mente fraca dessa classe que mora no leblom e ipanema e jardins em s paulo e maiame para que eles se humanizem e passe a respeitar os outros seres humanos como eles

  44. Artur permalink
    08/11/2014 23:32

    Grande Leonardo Boff grande pensador brasileiro!! é incrível a síndrome de vira lata dos brasileiros temos que ficarmos aqui e construir um Brasil melhor a nossa casa!!!

  45. Sibylla permalink
    09/11/2014 0:48

    “Para os que querem sair do Brasil” : não, não fiquem vocês que se envergonham de ser brasileiros. Deixem essa terra esplêndida para nós que a amamos e nos irmanamos para engrandecê-la.

  46. 09/11/2014 1:26

    Tenho orgulho de ter nascido aqui! De pertencer a esta gente de descendência indefinida, que se acha, sem nunca ter se perdido.. Vejo muitos erros e mais acertos!! E qdo se está fora do Brasil, além da saudade, do feijão, da jabuticaba, coisas do Brasil pra brasileiro, parece magia..qdo se diz de onde se veio: BRASIL, sorrisos largos e espontâneos, vozes e sotaques animados, de BRAZIL, BRAZIL! Ah..É diferente ser brasileiro…talvez por não se ter uma única cultura, ou melhor, ter todas as culturas dentro da nossa cultura. Ah esse país “que canta e é feliz” tem suas mazelas.. mas suas riquezas são infinitamente maiores! Impossível não AMAR este PAIS Hospitaleiro e sua GENTE simples e humilde de coração! Sou paulista de nascimento, baiana no temperamento e mineira no comportamento!! kkkkk..sou brasileira de corpo e alma!

  47. Edgar Rocha permalink
    09/11/2014 2:34

    Professor Leonardo, sempre é um prazer ler suas análises. Acompanho seu trabalho há muito, lendo suas obras, suas entrevistas e tenho pelo senhor o respeito a um mestre, sem tê-lo conhecido pessoalmente. Pra mim o que importa como leitor é o aprendizado que adquiri. No entanto, discordo respeitosamente de um ponto. Quanto a premissa de que a onda de manifestações em 2013 reflita o anseio sincero do povo por mudanças necessárias ao país. Ao contrário, vi nos episódios chamados de “jornadas de junho” uma espécie de catarse onde se é possível observar exatamente o que se deseja ver, não sendo necessariamente um reflexo da realidade. A Rede Globo, a mídia vendida do país, em geral, tem sua própria versão do que seriam as reivindicações naquele momento. Todo mundo tem a sua própria versão, dada a falta de consistência e ao artificialismo inerentes às reais motivações do movimento. Longe de tentar dar um rosto às manifestações de 2013, prefiro ater-me mais ao resultado obtido (ridicularização e culpabilização unicamente do Governo Federal por tudo que há de errado no país). Conseguiram de forma relativa (graças a Deus) dar voz ao que há de mais conservador no país, a ponto de, agora já não mais necessitarem de máscaras. Eu arriscaria dizer que, muita gente que estava ali nas ruas por algo que só se pode definir como mais do que vinte centavos, agora fala em fazer as malas, em separar o país ou matar nordestinos. Creio que, se depender da população que saiu para ‘protestar’, a Dilma não terá apoio pra nada. As verdadeiras organizações sociais capazes de dar à Presidenta o apoio necessário diante do novo (novo????) parlamento ainda caminham lentamente para uma reordenação. Porém, com todo o cuidado e desconfiança possíveis. De fato, a sociedade organizada e mesmo o cidadão comum que anseia boas coisas para o país, estão fartos de tanta manipulação, tanta espera, tanta contenção. Todos desconfiam das lideranças com uma certa razão. Espero sinceramente que as instâncias de representação política, sejam estas os partidos, os mandatos de esquerda e o próprio governo (e por que não dizer, a Igreja Católica), tenham sensibilidade e decência suficientes para ouvir àqueles que historicamente sempre estiveram do mesmo lado e ficaram de escanteio, à espera de algo que ainda não lhes chegou. Unicamente, este algo pode ser definido como respeito. Um respeito que se traduz ao retorno à coerência, à prática fraterna, livre de interesses individuais capazes de turvar qualquer causa a ser defendida, além da tão esquecida transparência nas relações e na exposição de ideias e anseios. O povo já se vacinou contra o culto à liderança, contra a fidelidade em detrimento da lealdade, contra a coação moral e injusta aos que criticam ou se mostram independentes. Em resumo, chega, né? Levantar a galera sem definir a direção a navegar já era ruim em 1500. Hoje, ninguém vai entrar em barco sem bússola. Abraços fraternos.

  48. Amphiloquio Ladeira Sobrinho permalink
    09/11/2014 10:58

    Gostei do artigo do Darcy Ribeiro!!!
    Nao sabia NADA fã formação do brasileiro, sequer que era a somatoria de 60 povos diferentes (afro descendentes, asiáticos e etc) .

    • Paulo. permalink
      14/11/2014 7:29

      É… mas dizer que essa formação miscigenada é exclusividade brasileira é leviandade ou inocência. Os norte americanos tem, entre si, índios, negros, árabes, italianos, judeus e tudo mais que se possa imaginar. Falar que transplantaram para aquele território os colonizadores e seu modelo simplesmente é negar que lá algumas instâncias simplesmente funcionam melhor que aqui. Outras não.

  49. Manoel Luiz da Fonseca Filho permalink
    09/11/2014 17:00

    Não se preocupe Leonardo,a historia é contada desta forma…Muitos fugiram do seu pais para o Brasil, ao seu tempo,vitimas de tudo que se possa imaginar,e imagina só,até mesmo da opressão,da falta de liberdade e da paz …muitos morreram tentando fugir da opressão de seus governantes…e encontraram no Brasil um lugar possível de viver as suas diferenças,onde pensar diferente era possível….Sim alguns iram fugir,mas muitos ficaram, e assim como vocês, lutaram para que isto não seja decidido pela força e sim pelo real desejo de um povo que saiba a verdade sobre esse tantas mentiras,enganações e assaltos que já se encontra a porta de todos…não é desta forma que se faz ou constrói uma nação,e você sabe disto…Contar historia de Dom Pedro não mudara o contesto,..o passado esta no passado…e este presente é vivido por pessoas e tempo diferentes…ora até um cego enxerga como é tendenciosa e maldosa a situação vivida por todos…Não reconhece mais a voz do lobo Leonardo…perdeu essa capacidade que lhe foi dada…ou agora é condutor de ovelhas para serem devoradas…

  50. beatriz permalink
    09/11/2014 18:50

    Saudades do Darcy Ribeiro, homem de uma grandeza sem fim. Agora, essas pessoas que querem deixar o país e meu sobrinho é um deles (está de mudança em dezembro) são poucas e estão ressentidas porque perderam a eleição, mas logo logo elas voltam ao normal, ganhando muito dinheiro e falando da pobreza.

  51. 09/11/2014 21:34

    Leonardo boff, com toda a admiração que nutro pelo senhor e pela teologia da libertação, declaro que gostaria muito que eles deixassem o Brasil e dividissem mesmo, colocando um muro bem alto que impedisse que eles passassem para cá. que bom que agora Minas e Rio de Janeiro vão ficar do lado de cá, porque adoro adoro esses estados, seu povo e sua cultura.

  52. 09/11/2014 22:02

    É triste, mas de onde vejo, faz parte do nosso longo, vagoroso e infinito processo.

  53. Maria permalink
    09/11/2014 22:04

    ASSINO EM BAIXO!!!!!

  54. Lucy permalink
    10/11/2014 4:55

    acredito que os que querem deixar o Brasil , mas o Brasil da corrupção.. não é possível que diante de tantas evidencias .. que o PT negue seu envolvimento em tantos casos.. e o ódio implantado no comícios tem origem no Lula. ao meu ver ele é que tem ódio dos paulistas porque aqui eles não tem credito.. e em 20 anos de governo PSDB em sampa faz deste o estado mais rico ainda.. coincidência,..? não competência.. e a parte dos falsos dossies montados para desmoralizar o PSDB ( e são muitos) so o fazem mais forte..

  55. 10/11/2014 8:18

    Sabe porque eles não vão embora como juraram que iriam fazer caso Dilma fosse reeleita? Porque foi aqui que através de mão de obra escrava, e posteriormente de mão de obra muito barata, que eles enriqueceram e vivem com privilégios, sendo servidos por aqueles por quem destilaram seu ódio por não elegerem seu candidato. Não vão embora porque jamais terão coragem de perder a mordomia que tem por aqui.

  56. mario renck real permalink
    10/11/2014 20:45

    Frei
    Concordo, em parte, com o texto do Sr. mas discordo sobre o formato da reforma politica. Dilma eleita por metade do pais nao pode prescindir do Cong. Nacional mesmo eles sendo (na maioria) uns fdp. Ela deve submeter seu plano ao sufragio publico pq e este o nome do jogo. Apresentar con trasparencia (transparencia) o projeto. SE, vencer (sem comprar + fdp) ai tera autoridade para realizar o seu plano.
    Frei o Brasil e maior. Existem formas e modelis nao violentos. Caso o Sr nao creia, volte, releia Sao Francisco. O Sr sabe que se pegam mais moscas com uma gota de mel do que um barril de fel.
    Paz e Bem.

  57. 11/11/2014 21:46

    porque voce libertario nao CONQUISTA CUBA,VENEZUELA,HONDURAS,EQUADOR,GUATEMALA,PARA O SENHOR..COM A SUA MGNIFICA TEOLOGIA DA LIBERTAÇAO….SABE QUEM GANHA MILHOES…edir macedo seu novo parceiro do PT.

  58. severina gartner cesar permalink
    11/11/2014 22:40

    foram 54 milhões , 51 milhões o aecio e o restante são 200 e la vai nem se sabe direito a quantidade por isso a insatisfação com a quantidade que elegeu e as urnas que foram queimadas que votação foi essa você é pt porque lhe convem mas para quem vê de perto a realidade da vida nunca vi tanta gente dormindo nas ruas e gente drogadas a pacificação é para inglês vê mas vem pra cá pra ver de perto fica uns dias morando para ver como as pessoas que votaram na dilma foram compradas com bingos e outras coisas.

  59. Luiz permalink
    12/11/2014 10:16

    O Brasil é um dos poucos países em que judeus e muçulmanos conseguem conviver em paz.

    • 16/02/2015 14:19

      e eu com isso? é muito facil pois Brasil tem muito territorio e eles podem dividir o espaco entre si mas se colocar os mesmos em um espaco pequeno aí eu quero ver o bicho pegar. nao fale bosta cara.

  60. Nair calegaro permalink
    16/11/2014 20:17

    Bem deixo aqui meu humilde parecer.Nunca se viu algo mais evidente em tempos de pós eleiçoes.Existe hoge quem não sabe esconder suas frustraçoes,Ainda que uma menoria .São aqueles que em idos tempos tinham a quem explorar, usavam a clace que viviam na linha da pobreza para trabalhar ganhando aquilo que lhes seria oferecido. Então hoge no governo pós LULA ,os Brasileiro comem,por isso pensão.Essa é a contrariedade desse tipo de usurpadores da boa vontade e fraqueza dos mais necessitados.Ador é essa, onde a população come e mora,os exploradores mordem -se de raiva. Aí a Dilma sobe de conceito.Graças a sua competencia.quem não se conformar,dana-se.hahahahaha.
    Nair Vieiro RS

  61. 19/11/2014 19:51

    O PODER CIDADÃO
    A única Constituição de tem o Poder Cidadão é a Venezuela. O Poder Cidadão é o último voto decisivo. Quem decide é o voto do povo qualquer projeto Nacional. É quem dá o voto de Minerva..
    Que A nossa Presidenta Dilma Rousseff não esqueça de colocar na nossa Constituição o Poder Cidadão.
    odéciomendesrocha

  62. 19/11/2014 20:14

    17 de 18.122

    Clipes da Web
    JORNAL DO COMMERCIO – Notícias do Portal – CPI mista da Petrobras realiza audiência – Há 3 horas
    Imprimir tudo Nova janela
    Dilma e a Medida Provisória 656: mais uma ‘bomba’ disfarçada
    Entrada
    x

    JusBrasil Newsletter
    18 de nov (Há 1 dia)

    para mim

    Quer cancelar a assinatura desses e-mails? Mude suas preferências de e-mail.
    JusBrasil Newsletter
    Olá, JusBrasileiro
    Dilma e a Medida Provisória 656: mais uma ‘bomba’ disfarçada
    Por Marcia Souza Presidente Dilma, do PT, cria MP 656 e tira garantias conquistadas pelos trabalhadores, sem muito alard…
    Raymundo Passos – 17 de Novembro de 2014

  63. 19/11/2014 20:18

    Execução FiscalEditar tópicos
    Dilma e a Medida Provisória 656: mais uma ‘bomba’ disfarçada
    Salvar • 193 comentários • Imprimir • Reportar
    Publicado por Raymundo Passos – 1 dia atrás
    162
    Por Marcia Souza

    Presidente Dilma, do PT, cria MP 656 e tira garantias conquistadas pelos trabalhadores, sem muito alarde, é claro.

    A Presidente Dilma Rousseff criou Medida Provisória que vai de encontro ao Conselho Nacional de Justiça.

    A Medida Provisória nº 656 de 07 de outubro de 2014 tem entre seus artigos 10 e 17, novidades nada boas para os trabalhadores, que entrarão em vigor após um mês de sua publicação, ou seja, já em novembro deste ano. Esta medida editada sorrateiramente, e de acordo com o Dr. Pablo Lemos em publicação do JusBrasil, “ao apagar das luzes do Congresso Nacional”, acaba com toda e qualquer possibilidade que antes, há pouco tempo, diga-se de passagem, os trabalhadores haviam conquistado para impedir que empresas se esgueirassem do pagamento de suas dívidas para com os mesmos.

    Para melhor explicar no que implica esta nova Medida Provisória: o Conselho Nacional de Justiça, CNJ, cujo presidente era à época o ministro e também presidente do STJ, Cézar Peluso, antecessor de Joaquim Barbosa, recomendou a apresentação de certidão da Justiça do Trabalho (Recomendação CNJ 3/2012) nas escrituras. Esta recomendação fez com que toda e qualquer transação imobiliária tivesse que ter a apresentação de certidão negativa de débito trabalhista. Se nesta certidão constasse uma ação trabalhista, mesmo que esta ação não estivesse averbada na matrícula do imóvel, o trabalhador teria o direito de requerer a anulação da venda por tratar-se de “fraude ao credor”, pois quem comprou o imóvel tinha conhecimento da ação e mesmo assim o adquiriu, o que poderia ser uma “armação” do devedor, no caso, a empresa, ou os empresários, para não cumprir com suas obrigações e quitar seus débitos para com o empregado. Ficando o devedor insolvente, ou sem bens a serem vendidos, e sem dinheiro em sua conta, o trabalhador não teria como requerer e receber seus direitos, facilitando a vida dos “mal intencionados”.

    Com a nova Medida Provisória 656, a apresentação da certidão negativa de débitos trabalhistas (que aponta ações trabalhistas existentes por região) e a CNDT (certidãonacional de débitos trabalhistas), que aponta ações trabalhistas em fase de execução em todo o território nacional, deixaram de fazer efeito, pois, mesmo que conste nelas algum apontamento, se na matrícula do imóvel as ações não estiverem averbadas, a venda do imóvel não poderá ser contestada. E convenhamos, se tenho imóveis em municípios diferentes daquele que resido, dificilmente alguém saberá de sua existência para poder fazer a tal averbação em sua matrícula.

    O que muito me espanta, é que em momento algum na ementa da Medida Provisória em questão, consta que ela tratará de questões como a nova sistemática sobre a compra e venda de imóveis. Fala-se em matérias como a econômico-financeira, a tributária e a de criação de um novo título de crédito. Daí porque diz-se ter sido elaborada no “apagar das luzes do congresso”, pois trata-se de omissão sobre matéria de direito processual civil e tal matéria, de acordo com o artigo 62 letra B de nossa constituição, é vedada ser tratada em uma MP.

    “Art. 62 – Em caso de relevância e urgência, o Presidente da República poderá adotar medidas provisórias, com força de lei, devendo submetê-las de imediato ao Congresso Nacional.

    Parágrafo 1º – É vedada a edição de medidas provisórias sobre matéria:

    I- relativa à:

    B- direito penal, processual penal e processual civil;”

    Vemos claramente que o que se fala não é efetivamente o que se faz, e agindo nas entrelinhas do poder e ludibriando leis e até a Constituição Nacional, interesses maiores que os do povo, dos trabalhadores, da minoria, são colocados acima de qualquer coisa. O povo brasileiro deveria ter acesso rápido e de maneira transparente a todas as ações de seus governantes, de preferência explicado de forma a ter fácil entendimento, sem termos técnicos e jurídicos de difícil conhecimento pela grande maioria da população do país.

  64. Alceu Paraná permalink
    02/12/2014 22:26

    Não, não sou rico como o senhor pensa que todas as pessoas anti comunistas são. Só ficamos tristes pelo Brasil ser um dos piores países em termos de saúde, de educação e de segurança. Graças ao seu PT. Ficamos tristes também com a grande roubalheira patrocinada pelo governo petista. E a roubalheira é comprovada. Que fazer?

    • Jorge Zucato permalink
      28/01/2015 22:08

      Perfeito. É essa a sensação. Não são só os ricos querendo ir embora. Não sou rico e quero ir, pois me sinto passado para trás… Sem esperança. Um gerente qualquer amigo do rei leva US$200 milhões e pode ir curtir a vida na Europa e eu aqui, pagando impostos e aguentando essa gente discutindo sobre “social”. Demagogias. Demagogias.

Trackbacks

  1. Democratização das mídias, plebiscito da reforma política e comunicação do Estado | EVS NOTÍCIAS.
  2. Para os que querem deixar o Brasil « Associação Rumos
  3. saida livre.br | falandonalata1
  4. Do coração do povo verte a unidade através da justiça social | + Cartas e Reflexões Proféticas
  5. Para os que querem deixar o Brasil | EVS NOTÍCIAS.
  6. Rômulo Gondim – Para os que querem deixar o Brasil
  7. Para os que querem deixar o Brasil | Blog do Robert Lobato
  8. Para os que querem deixar o Brasil | Pavablog

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: