Skip to content

Siempre es posible autocorregirse y volver a empezar

28/05/2015

No toda crisis, ni todo caos son necesariamente malos. La crisis acrisola, funciona como un crisol que purifica el oro de las gangas y lo libera para un nuevo uso. El caos no es solo caótico; también puede ser generativo. Es caótico porque destruye cierto orden que no atiende las demandas de un pueblo; es generativo porque a partir de un nuevo reajuste de los factores, inaugura un nuevo orden que hace mejor la vida del pueblo. Dicen algunos cosmólogos que la vida surgió del caos. Este organizó internamente los elementos de alta complejidad y de esta complejidad hizo surgir la vida en la Tierra y más tarde nuestra vida consciente (Prigogine, Swimme, Morin y otros).

La actual crisis política y el caos social obedecen a la lógica descrita arriba. Ofrecen una oportunidad de refundación del orden social a partir del caos social y de los elementos depurados de la crisis. Como en Brasil hacemos todo a medias y no concluimos casi ningún proyecto (independencia, abolición de la esclavitud, la república, la democracia representativa, la nueva democracia post dictadura militar, la amnistía) existe el riesgo de que perdamos nuevamente la oportunidad de hacer algo realmente profundo y cabal, o continuaremos con la ilusión acostumbrada de que poniendo esparadrapos curamos la herida que gangrena la vida social desde hace tanto tiempo.

Antes de cualquier iniciativa nueva, el PT, que hegemonizó el proceso nuevo en la política brasilera, debe hacer lo que hasta ahora no ha hecho: una auto-crítica pública y humilde de los errores cometidos, de no haber sabido usar el poder realmente como instrumento de cambios y no de ventajas corporativas y de haber perdido la conexión orgánica con los movimientos sociales. Necesita hacer su mea-culpa porque algunos con poder traicionaron a millones de afiliados al haber manchado y rasgado su principal bandera: la moralidad pública y la transparencia en todo lo que hicieran. Aquel pequeño puñado de corruptos y de ladrones del dinero público dentro de Petrobras que traicionaron a más de un millón de afiliados al PT y avergonzaron a la nación, deberán ser borrados de la memoria.

Cito a frei Betto que estuvo dentro del poder central y que ideó Hambre Cero. Al darse cuenta de los desvíos, dejó el gobierno comentando: «El PT en 12 años no promovió ninguna reforma de la estructura, ni agraria, ni tributaria, ni política. ¿Había alternativa para el PT? Sí, si no hubiese arrojado su garantía de gobernabilidad en los brazos del mercado y del Congreso; si hubiese promovido la reforma agraria, para hacer a Brasil menos dependiente de la exportación de materias primas, y favorecido más el mercado interno; si osase hacer la reforma tributaria recomendada por Piketty, priorizando la producción y no la especulación; si hubiese, en fin, asegurado la gobernabilidad prioritariamente mediante el apoyo de los movimientos sociales, como hizo Evo Morales en Bolivia… Si el gobierno no vuelve a beber en su fuente de origen –los movimientos sociales y las propuestas originales del PT– las fuerzas conservadoras volverán a ocupar Planalto».

Y ahora concluyo yo: hemos echado a perder la revolución pacífica y popular hecha a partir de 2003 cuando ocurrió no un cambio de poder sino el cambio de la base social que sustenta el Estado: el pueblo organizado, antes al margen y ahora puesto en el centro. El PT puede soportar el rechazo de los poderosos. Lo que no puede es defraudar al pueblo y a los humildes que tanta confianza y esperanza pusieron en él. Y muchos, como frei Betto y yo, que nunca nos inscribimos en el PT (preferimos el todo y no la parte que es el partido), pero siempre apoyamos su causa, por verla justa y afín a las propuestas sociales de la Iglesia de la Liberación, sentimos abatimiento y decepción. No tenía por qué ser así. Y lo fue por inmoralidad, por falta de amor al pueblo y por la ausencia de conexión orgánica con los movimientos sociales.

No por eso desistiremos. En el espectro político actual no vislumbramos ningún proyecto que huya de la sumisión al capitalismo neoliberal, que haga a la sociedad menos malvada y que presente líderes confiables que mejoren la vida del pueblo. La vida nos enseña y las Escrituras cristianas no se cansan de repetir: quien cayó siempre puede levantarse; quien pecó siempre puede redimirse después de una clara conversión al primer amor. Hasta se dice que quien estaba muerto puede ser resucitado, como Lázaro y el joven de Naín.

El PT tiene que volver a comenzar desde allá abajo, humilde y abierto a aprender de los errores y de la sabiduría del pueblo trabajador. Son válidos todavía los ideales primeros: inclusión social de millones de marginados, desarrollo social con distribución de la renta y redistribución de la riqueza nacional, cuidado de la naturaleza con sus bienes y servicios amenazados y la siempre ansiada justicia social. Pero todo esto no podrá sostenerse si no viene acompañado de una reforma política, tributaria y fuerte inversión en la agroecología, dada la imposibilidad actual de hacer la reforma agraria.

Para que eso ocurra, necesitamos creer en lo justo de esta causa; fortalecerse frente a la batalla que será entablada contra el PT por aquellos que viven batiendo ollas llenas, que nunca quieren cambios por miedo a perder beneficios; pero sin usar jamás las armas que ellos usan –mentiras y distorsiones– sino las que ellos no pueden usar: la verdad, la transparencia, la humildad de reconocer los errores y la voluntad de mejorar día a día, de querer un Brasil soberano y un pueblo feliz porque es lo justo, no más destinado a penar en las periferias existenciales sino a brillar. Sigue siendo válido lo que Don Quijote sentenciaba: «no hay que aceptar las derrotas sin dar antes todas las batallas».

Leonardo Boff es teólogo, ecólogo y escritor, vea La Gran Transformación, Madrid, Nueva Utopía 2014.

Traducción de MJ Gavito Milano

2 Comentários leave one →
  1. 29/05/2015 12:10

    Vc comete um erro de base e um erro não comum nos seus escritos e reflexões. È verdade que ha uma guerra contra o PT e seu governo e é verdade que há uma corja de corruptos no PT. Como há em toda congregação de seres humanos. O sistema capitalista é corrupto. Sempre foi e não há uma vacina possível para exterminar isso. Freud já dizia mais ou menos isso na sua teoria dos instintos. A morte de seu oponente seja material ou moral é fundamental e natural no ser humano. Não concordo muito com essa observação, mas quem sou eu pra discutir ou discordar do Freud. Mesmo assim discordo. Isso em nada diminui os grandes avanços conseguidos pelo PT. E é isso que é importante. Não o resto. Esse o erro que vc comete. Ha que se destacar a enorme inclusão dos pobres na sociedade brasileira, mais de 40 milhões, feito sem um único tiro, sem uma única violência. E isso é fantástico e louvável. Isso foi e sempre será a aspiração máxima de qualquer revolução. E isso o PT com Lula e a Dilma consegui. Isso é importante. Vc sabe disso e defende isso. Além de todos os avanços sociais que conseguiram e conseguimos como brasileiros dignos nestes últimos 12 anos. Coisas que não se fizeram em 500 anos. E isso é IMPORTANTE. Muito importante. Se roubou nesse processo? Evidente que sim. È inerente ao sistema e ao homem. Não tanto ao homem. Mais ao sistema. Mas não existe sistema sem o homem. Nestes tempos duros de tantos ataques da mídia que faz renascer a onda liberal e canalha dos que sempre tiveram poder e dinheiro, me causa revolta e raiva ver pessoas da esquerda que sempre estiveram do lado dos mais pobres, tecerem críticas que devem ser tecidas mas sem dar a devida super importância ao que se fez. Houve erros? Claro que houve. Se podia fazer mais? Claro que se podia fazer mais. Mas se fez coisas super importante e isso é o mais importante na nossa vida e luta de brasileiros nestes últimos anos. Não há que esquecer disso e há que se flar sempre e defender. Se podia ter feito a reforma agrária? Claro que se podia. Mas houve avanços nesta área. As possíveis. Não as desejadas e há que se entender que na vida e na nossa politica as coisas funcionam dentro do possível. Não se pode comparar o que Evo Morales fez com o que Lula fez. O Lula ganha de goleada e ganha mesmo. È louvável o que Morales fez. Claro que é. Mas é muito mais louvável o que Lula e Dilma fizeram. E há que se defender e se falar disso. Isso que eu espero do meu pessoal da esquerda. Se fez uma revolução na saúde e isso deve ser defendido e falado com orgulho e não como coisas normais de um governo que viu seu povo abandonado. E que fez e faz alguma coisa. Isso é importante.
    A revolução na educação, a entrega dos lucros do presal a educação e a saúde, e isso é super importante que se defenda e se diga sempre, o começo da revolução, a criação de universidades, cursos profissionalizantes, criação de bolsas, de cotas, o bolsa família, o mais médicos, o fome zero, a minha casa minha vida, a prouni, o fies, as reservas cambiais enormes, não a defesa do consumo frente a produção, a criação de um enorme contingente de pessoas que pela primeira vez na vida estão consumindo e reclamando, e isso foi criado nos últimos 12 anos e é super importante, o pre sal, a pesquisa em aguas profundas que proporcionaram a descoberta da maior reserva de petróleo do mundo, o cuidado com a natureza a ecologia e um exemplo disso esta na barragem de bel monte com suas obras de meio ambiente e seus cuidados. O cuidado com a inflação que esta sob a meta e não vai estourar. O combate a corrupção como nunca se fez. È isso que é importante. O compromisso moral deste governo com a transparência e decência é algo notável. Agora se sabe e se corta na própria carne e não tem medo disso. Isso não pode ser criticado. Deve ser aplaudido de pé. Surpresa que há corruptos no PT? Não sejamos vestais cínicos e idealista em excesso. São seres humanos, que falham e cometem crimes como todos. Não a cúpula. Não o Lula e a Dilma e isso é importante saber e falar. E vc sabe isso tudo. Corruptos e vilões há em todos os lugares e sempre houve e muitos e não se deve esquecer disso. Há 500 anos que se rouba e nunca se falou tanto como agora. Eu não acho que o PT tenha me defraudado. Fez o que se podia fazer e fez. E isso é importante. E fez muito. Nunca pensei que veria na minha vida tamanha revolução e feitos de um governo de esquerda por tanto tempo. E vejo gente de esquerda que critica e reclama com pudor e sem nenhuma humildade o que não se fez? Me poupe. Vc não esta neste tipo de gente e nunca esteve. Minha crítica e raiva é com o frei beto e outros. A corrupção e seu combate são casos de policia e pronto e mais nada. Cana neles e pronto. Mas nunca se deve esquecer por causa disso, dos crimes descobertos e agora punidos a luta pela decência e justiça digna. Não se pode simplesmente assistir a banalização das condenações, dos linchamentos, da criminalização do PT e o esquecimento dos outros ladrões importantes e fortes, È contra estes a luta. Crime só são crimes com provas e se esqueceu disso. Isso deve ser dito e deve ser combatido. E quero ver o frei beto dizer isso. Uma palavra contra os poderosos, que tem nome e cpf publico. Mas são fortes e perigosos e sempre foram. Cadê a indignação contra eles? Com nome? Só vejo indignação pelo que NÃO se fez. Só vejo indignação pelo PT. Isso é fácil e cômodo. Há que se lutar, principalmente lutar pelo aplauso do que se fez. È louvável o que se fez, Vcs parecem que dão mais importância ao que não se fez. Isso é fácil em um pais que precisa de tanto. Mole. Eu tenho uma lista enorme. Mas não me permito criticar o que não se fez. Aplaudo o que fez e trabalho pra fazer o que não se fez. Com amor ao Brasil e com humildade e reconhecendo o enorme esforço deste governo pelo que fez e se esta fazendo. Não gosto quem critica. Não gosto mesmo. A critica tem que ser pragmática. Como faziam os gregos nas ágoras. Criticavam mas apresentavam soluções de como se fazer e o que fazer. E quem apresentava as soluções, devia poder fazer, se não havia duras penalidades. Não se permitia o discurso vazio. Se criticava e se apresentavam soluções e se dizia pragmaticamente como fazer. Critica o que não se fez, como disse, é mole. E espero mais de pessoas inteligentes que amam o Brasil. Não espero isso de FHC e seus asseclas. Nunca esperei deles. De vc espero mais. Não do frei beto que saiu do governo, fugiu da luta lado a lado com os bons e saiu atirando, tecendo criticas sem nenhuma humildade. Perdi o respeito. Por ele. Não por vc que continua com uma mente clara, objetiva e inteligente. E com uma alma boa. Mas espero mais de vc. E espero porque sou seu admirador e sempre espero mais de pessoas inteligentes. E isso não é pouca coisa pra mim.
    Aplauda o que se fez de bom E aplauda sempre. Com orgulho e destemor. Sem nunca esquecer. Porque todos esquecem. E sei que vc aplaude.
    Me desculpe o tom de raiva, mas nunca gostei quem fala mal do meu brasil. Quem fala das coisas que não se fez e se podia ter feito. Não vivemos em um mundo ideal. Queremos um mundo ideal, mas não vivemos nele e nunca viveremos. O que nos salva e nos faz viver é a luta por esse mundo ideal e mais justo. Do bem estar de todos os seres humanos, principalmente dos mais humildes e pobres que não tem meios e voz pra lutar por seus direitos. A eles devemos a inteligência, o destemor, a luta e a humildade. Ha que aplaudir essa luta constante dos que muitos fazem e conseguem. Pouco, mas conseguem. Não há que aplaudir o que não se fez. O ideal. Isso não é humildade. È soberba.
    È cretino citar o Pikerty, um brilhante analista que defende o que todos defendemos há séculos. Como observava Marx, Freud e outros grandes observadores da condição humana. Mas que nunca tiveram a incumbência de fazer. Eles tinham e tem ainda toda a razão do mundo. Mas nunca governaram um pais tão injusto. E não houve derramamento de sangue nesta luta pelas conquistas sociais conseguidos nestes anos do governo do Lula e da Dilma. E não há NUNCA que se esquecer disso. Não houve mudança de estrutura? Meu amigo, quem faz a mudanças de estruturas somos nós todos e não uma força de cima pra baixo. È complicado e demora. Não foram feitas mudanças na politica? Também longo e complicado. A política e a governabilidade, com o nosso sistema difícil demudar, de 500 anos de submissão, de brutalidade e de privilégios, é a arte do possível. Se faz o que se pode e não o que se quer. E se fez muito.
    A citação do Quijote me parece fora do contexto. Quem esta se derrotando? As batalhas ai estão e são constantes. E nunca vamos ganhar a guerra. Quando achamos que ganhamos, eles não esquecem e nos ganham na esquina. Mas só uma batalha. Não vou dar nunca arma pro inimigo. E o inimigo são eles e é fácil de saber quem são. Eu não me derroto fácil e acho que vc também não. O frei beto já se derrotou no seu ego e na sua falta de humildade. Acho isso. Posso estar errado porque não o conheço. Mas conheço o Lula. E isso me basta para defender o que o PT fez nestes últimos 12 anos. E isso é importante e não podemos esquecer nunca. Lutamos as batalhas possíveis e as ganhamos. E isso foi muito. Como nunca se fez neste pais. E não vou admitir que ninguém se esqueça disso. Vou argumentar com inteligência, com dados, com logica mas se necessário for, com raiva também. È o meu Brasil porra.
    Me desculpe o tom e o texto longo.
    Beijos mil
    Luis Alcazar

  2. Leonor Venson de Souza permalink
    01/06/2015 0:08

    Sempre é tempo de aprender, de reaprender e fica uma importante lição para todos nós que lutamos por um mundo mais justo: vestir a camisa de um partido (me refiro ao “PT”) é assumir suas causas e consequências e assumir não apenas na postura pessoal, mas também na herança maldita, no bem que deixou de ser feito. Lideranças formadoras de opinião precisam ter consciência e compreender quanto contribuíram para isso e assumir sua parcela de culpa.
    Jeremias já dizia”Maldito o homem que confia no homem”.
    O sonho era bonito, utópico, mas os que venderam o sonho nem eles mesmo acreditaram,
    tolos sim acreditaram e fizeram muitos acreditar também. Fica na consciência de cada um a sua parcela de culpa, com uma diferença, o bem que deixou ser feito não volta mais, precisarão conviver com isso, nem que seja em suas casas, no conforto de seus lares.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: