Skip to content

O golpe de classe jurídico-parlamentar como farsa e tragédia

26/03/2017

A euforia dos golpistas que tiraram do poder uma presidenta legitimamente eleita com a forçação de argumentos jurídicos, terminou em poucas semanas. Agora que se conhecem as tramoias, nota-se a farsa que se transformou em tragédia nacional. Ocupam a cena, um presidente ilegítimo, fraco e parco de luzes, grande número de ministros e parlamentares denunciados pela Lava-Jato, que tentam propor com a maior celeridade possível, projetos claramente anti-povo e anti-nação. Pretendem levar até o fim o seu projeto de adesão irrestrita e agora sob Trump envergonhada, à logica do Império que busca nos alinhar a seus interesses geopolíticos.

A tragédia de nossa história que se repete de tempos em tempos é a negação de direitos ao povo, aos pobres, é a difamação dos movimentos e de seus líderes carismáticos. Sempre irrompem no cenário político, as velhas elites, herdeiras da Casa Grande para conspirar contra eles, criminalizar suas movimentos, empurrar os pobres para as periferias de onde nunca deveriam ter saído.

Face a todos esses, as oligarquias e, em geral, os conservadores e até reacionários, mostram-se perversos, apoiados por uma imprensa malvada e sem vínculo com a verdade pois distorce e mente.

A classe dominante se irrita sobremaneira por ter permitido um trabalhador tornar-se Presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, extremamente inteligente, muito mais que a maioria deles, com uma liderança carismática que impressionou o mundo inteiro. Seu governo fez mais transformações que eles, por todo o tempo que estiveram no poder.

Com Lula o povo ganhou centralidade e o considera o maior presidente que este país já teve. Com frequência se ouve de suas bocas: “foi um presidente que sempre pensou em nós, os pobres, e que fez políticas sociais que melhoraram nossas vidas e que nos devolveram dignidade”.

A nossa desigualdade é uma das maiores do mundo. Jessé Souza, ex-presidente do IPEA revelou recentemente que o topo da pirâmide social brasileira é composta por cerca de mais de 71 mil bilhardários E são beneficiados por isenções de impostos sobre lucros e dividendos, enquanto os trabalhadores são penalizados. Por isso que há crise na Previdência cuja solução proposta é tão desumana que muitos jamais poderão se aposentar.      Segundo o Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional, 500 bilhões de reais foram sonegados em 2016 especialmente pelas grandes empresas. Por que os governantes não correm atrás desse dinheiro para fechar as contas da Previdência? Por que se acovardam diante da pressão dos poderosos e dos donos da grandes mídias, também elas corrompidas?      Estes endinheirados não negam a democracia, pois seria vergonhoso demais. Mas querem uma democracia de baixa intensidade, um Brasil para poucos e um Estado não de direito mas de privilégio. Ocupam os aparelhos de Estado para mais facilmente se enriquecerem. Quase todos os políticos, com raras exceções, estão metidos em corrupções.

Ao contrário, há grupos progressistas, inclusive empresários nacionalistas, que ganharam corpo no PT e nos seus aliados, não obstante a contaminação de muitos também pela corrupção, postulam um Brasil para todos, autônomo, com projeto nacional próprio que resgata a multidão dos injustamente deserdados com políticas sociais consistentes, visando a completa emancipação.

Todos aqueles que acorriam às ruas contra a Dilma e batiam panelas, andam como zumbis, perplexos e envergonhados pela política de desmonte e entreguista que está sendo implantada.

Há setores da justiça, geralmente de costas para o povo, que avalizaram o golpe, fechando os olhos para aqueles corruptos que preparam e realizaram o golpe, única forma de arrebatar o poder central que não conseguiriam conquistar pelo voto. Penso no PSDB, partido pretensioso, cuja base social é a classe média conservadora e intelectuais afins ao sistema-mundo, com mentalidade neocolonialista.

Estes renovaram a tragédia política brasileira como foi com Vargas e com Jango, culminando com a ditadura militar. Agora no lugar dos tanques e das baionetas funcionaram as tramoias parlamentares, e com uma jurisprudência capenga, por vezes histérica, para afastar a presidenta Dilma Rousseff. O grande analista das políticas internacionais, Moniz Bandeira, nos advertiu da presença dos órgãos de segurança dos USA na montagem e realização do golpe no Brasil, como fizeram antes em Honduras, depois no Paraguai e agora no Brasil. Trata-se de controlar a 7º economia do mundo e enfraquecer os BRICS onde o Brasil está.

Mas não triunfarão. O povo despertou, mantem viva a esperança que forjará a reconstrução do Brasil.

Leonardo Boff é colunista do JB on line e escritor.Escreveu Como cuidar da Casa Comum,Vozes 2017.

Anúncios
28 Comentários leave one →
  1. Valdeni Martins permalink
    26/03/2017 10:26

    concordo plenamente

    ________________________________

  2. Manoel Mendonça permalink
    26/03/2017 10:44

    Talvez o problema esteja em que só uma parte dos corruptos tenha sido afastada e presa. Quanto aos demais que foram apenas afastados mas que ainda estão soltos, breve chegará o momento da punição carcerária, espere e verá. Os cúmplices que estão no poder também não perdem por esperar.

  3. 26/03/2017 10:46

    Sinceramente houve uma época que eu admirava a figura do mestre Leonardo Boff. Mas diante do radicalismo que ele tem demonstrado, do seu uso constante da demonização como argumentação contra os que divergem de suas posições, além do seu alinhamento com discursos claramente político-partidários, cheguei à conclusão de que para mim ele já não é mais referência, porque não pratica mais a boa espiritualidade que foi a sua característica um dia. Respeito as escolhas dele, mas faço as minhas também.

    Podem atirar pedras.

    • 29/03/2017 0:48

      Marius, a mim não me interessam os partidos,mas o destino dos milhões que vivem â margem e que lutam para superar o tremendo fosso existente entre ricos e pobres e a quem é negado o acesso aos bens mínimos de poder comer, ter trabalho, sua casinha, luz em casa, educação para os filhos e acesso à saúde. Quem fizer isso, não me importa o partido, terá o meu apoio. Quem senão o PT até agora fez isso? O resto é cinismo e falta de misericórdia para com quem sofre.

      • 29/03/2017 11:02

        Mestre Boff, nunca vou deixar de reconhecer a sua integridade, a sua coragem e o seu exemplo. Para mim o seu grande e admirável legado foi mostrar às pessoas que é possível sim pensar livremente fora dos sistemas religiosos, culturais e políticos predominantes e opressores. Posso dizer que estou diante de um herói de merecida importância, e agradeço a gentileza da sua resposta. Mas posso dizer também que para mim os verdadeiros heróis são justamente esses milhões de pessoas que nunca tiveram as mesmas condições de saúde, moradia e educação que muitos tiveram para superar as barreiras e as misérias impostas pelas pessoas do poder. O PT fez sim uma tentativa de diminuir essa diferença abissal, mas foi na base do dar o peixe em vez de ensinar a pescar, e à custa de muita corrupção, só nega isso quem não quer ver. Culpar as elites dominante por isso é falacioso e perigoso, é o mesmo que justificar as atitudes de um policial corrupto. O discurso petista de justiça social não foi um fim em si, como querem tanto nos incutir, mas apenas um meio de chegar ao poder. Na prática foi mais um partido que fez o mesmíssimo jogo ganancioso dos outros, só que com o enorme diferencial de ser em cima da figura de um homem carismático que veio do povo. Essa é a minha limitada percepção, reconheço, além de reconhecer que não sei apontar alternativas para o que está aí, a não ser seguir o caminho da espiritualidade e rezar confiando num futuro melhor, nem que seja para os meus bisnetos.

      • 06/04/2017 9:31

        Marius, é trabalhar com a malícia pensar e dizer que os projetos sociais que beneficiaram milhóes de pobres era para continuar no poder. Vc queria que continuassem na miséria? É o que a classe dominante fez por séculos. Quando alguem aparece e faz o contrário é logo objeto de detração e malícia. Não concordo com esse tipo de leitura dos fatos porque supõem que as pessoas so agem por interesse pessoal ou corporativo e não por um sentido de justiça mínima para com os que sempre foram colocadosà margem. lboff

  4. 26/03/2017 11:03

    “A tragédia de nossa história que se repete de tempos em tempos é a negação de direitos ao povo, aos pobres, é a difamação dos movimentos e de seus líderes carismáticos.”

    https://val51mabar.wordpress.com/2010/05/26/politica-futebol-musas-e-propaganda-eleitoral-antecipada-obama-grandes-corporacoes-e-imigracao/

    Nessa pagina antiga postei ontem o texto de minha autoria: “UM ESCULACHO”. Esta na abertura da pagina com a numeração 05.

    No texto discorro a respeito do golpe que ja se deu no movimento da Independência do Brasil. La, D. Pedro I, que era suposto jurar, defender e obedecer a constituição que a constituinte eleita devia escrever, deu o golpe, prendeu os opositores, escreveu o que quis entre amigos e por pouco não levou o Brasil `a separação.

    Na atualidade parece que os adeptos de Pedro I ressuscitaram.

    Estou compartilhando para demonstrar o quanto o nosso pensamento eh semelhante. Não faço a defesa irrestrita do Lula. Pelo contrario. Preferi apontar algumas falhas dele. Isso porque minha proposta era a de levar o conhecimento que tenho aos anti-lulistas. E sei que se elogiar eles não leem.

    Abraços.

  5. Jai Brasil permalink
    26/03/2017 11:52

    Sempre lúcido e coerente, amo vc Boff😉

  6. Fabio de Sene permalink
    26/03/2017 17:28

    Leonardo Boff é o mesmo mimimi de sempre…Na verdade o PT e aliados deixaram milionários empresários como da Odebrecht com propinas de todos os tipos pagas com dinheiro tirado do trabalhador para manter no poder um governo com ideologia populista falida que já levou países como a Venezuela à miséria. Temer eleito pelos petistas, diga-se de passagem, foi um mal necessário. O Estado não produz nada a não ser miséria não conseguiria nunca planificar todas as necessidades do povo. Isso é um dos maiores erros de socialistas por mais bem intenso que possam ser. Só um mercado mais livre é capaz disso mesmo que não seja por amor. Os 20 maiores IDH estão com os oaises de economia mais livre isso diz tudo. Raciocinar como esse senhor é viver fora da realidade.

    • 29/03/2017 0:43

      Fabio, vá dizer tudo isso aos 36 milhões que sairam da miséria e conseguiram comer tres vezes ao dia. Vc não tem humanidde, só ideologia na cabeça. Receberá destes milhóes uma grande carreira.

  7. Felisa permalink
    26/03/2017 17:50

    Leonardo Boff sos un genio!
    Cuando acabe el mandato de Francisco …espero que no lo maten….vos tenés que ser Papa.
    Abrazos
    Tus textos nos dan la esperanza de un mundo mejor de verdad.
    Gracias

  8. JOSE SEBASTIAO PEDROSA permalink
    26/03/2017 18:36

    É um belo desabafo. Infelizmente não passa disso, nada acrescenta que possa ajudar a clarear a atual situação. Penso , que o PT caiu nas malhas da “grande rede” , esse poder paralelo que conduz esse país. Vejamos exemplos de grandes acontecimentos onde o povo estava? Independência do Brasil , decisão de Pedro I retornar a Portugal, proclamação da República, golpe de estado de 32, a pressão sobre Getúlio em 54 , o golpe de 64 e sucessivos. Todos decisões dos donos do poder que se sucedem até hoje. Isso é só constatação. Lula e PT erraram caíram na rede ficaram presos. Não estudaram História, nos fizeram repeti-la, quando pensávamos que o passado estava no passado. Inventaram histórias de pobre contra rico, de branco contra negro, de empregado contra patrão que faziam sentido no século XIX e início de XX. As relações sociais não são mais norteadas por essas “simplicidades”. A organização social tornou-se mais complexa do que a bilateralidade possível ao raciocínio de muitos. O tecido social não se ordenou na lógica dos raciocínios simples. O “pão e circo” é simples demais para os nossos dias, mesmo sem cultura a plebe pede mais. Os dirigentes foram medíocres abriram o ventre da nação para sugarem-lhe o sangue, na esperança de que satisfeitos na sua insanidade por dinheiro pudessem abrir mão do poder. Ledo engano. Fomos roubados, pilhados e até nossa identidade nos foi tirada. E muito mais. …

  9. Maria da Graça de Almeida permalink
    26/03/2017 20:02

    Excelente texto,que nos leva a refletir sobre a situação atual do Brasil.

  10. 26/03/2017 20:46

    Brilhante mestre… Sou sua fã de carteirinha. Sou nordestina e minha juventude na igreja era de militante. Hoje me envergonho desta ‘igreja’ que também se utiliza dos meios de comunicação apenas e tão somente para arrebanhar cordeirinhos doutrinados com ideias conservadoras que acabam por facilitar também a estrutura dominante. #MenosClericarismo #Mais esclarecimento #AVerdadeNosLiberta

  11. Marízia Costa Carmo Lippi permalink
    26/03/2017 22:35

    Democracia, governo do Povo, pelo Povo e para o Povo. Os desgovernantes estão entregando o Brasil para os americanos , por dinheiro. “Sede santos porque Eu o Senhor, vosso Deus, Sou Santo”(Levítico 11,44). Deus é fiel, sejamos fiéis!

  12. 26/03/2017 22:55

    Republicou isso em Paulosisinno's Bloge comentado:
    Cpt. do Leonardo Boff: “A euforia dos golpistas que tiraram do poder uma presidenta legitimamente eleita com a forçação de argumentos jurídicos, terminou em poucas semanas. Agora que se conhecem as tramoias, nota-se a farsa que se transformou em tragédia nacional. Ocupam a cena, um presidente ilegítimo, fraco e parco de luzes, grande número de ministros e parlamentares denunciados pela Lava-Jato, que tentam propor com a maior celeridade possível, projetos claramente anti-povo e anti-nação. Pretendem levar até o fim o seu projeto de adesão irrestrita e agora sob Trump envergonhada, à logica do Império que busca nos alinhar a seus interesses geopolíticos.

    A tragédia de nossa história que se repete de tempos em tempos é a negação de direitos ao povo, aos pobres, é a difamação dos movimentos e de seus líderes carismáticos. Sempre irrompem no cenário político, as velhas elites, herdeiras da Casa Grande para conspirar contra eles, criminalizar suas movimentos, empurrar os pobres para as periferias de onde nunca deveriam ter saído.

    Face a todos esses, as oligarquias e, em geral, os conservadores e até reacionários, mostram-se perversos, apoiados por uma imprensa malvada e sem vínculo com a verdade pois distorce e mente.”
    (continua; clique no linque para ler mais)

  13. ARISTÓTELES BARROS DA SILVA permalink
    27/03/2017 4:09

    Obrigado, Professor Leonardo Boff! Tomo a liberdade de fazer minhas, do fundo de minha alma brasileira, as vossas palavras. Sábias palavras de brasileiro que não se curva perante a Casa Grande jurídico/midiática.

  14. ABEL ELIAS OLIVEIRA permalink
    27/03/2017 10:24

    Excelente artigo! Ele clareia em muito o senário político-econômico no qual estamos mergulhados. Tomara que o povo realmente acorde e independente de que, em algum momento, possa ter se deixado levar pela onda do pato, não percam a capacidade de questionar o que nos é apresentado, para que assim possamos unir forças e lutar por um país mais justo e solidário.

  15. 27/03/2017 13:20

    Republicou isso em Zefacilitador.

  16. 27/03/2017 17:44

    Toda a tragédia revelada só foi possível com um congresso fraco, despreparado e venal! Não podemos desconsiderar os maus formadores de opiniões (mídia (globo em especial), federações (indústria e comércio), e os eternos donos do poder.

  17. Rosani de Fátima Oldani casanova permalink
    27/03/2017 22:57

    Que texto informativo!!!!Mostra que estou no caminho certo!!!!Obrigada,prezado escritor ,colunista Leonardo Boff!!

  18. Rosani de Fátima Oldani casanova permalink
    27/03/2017 22:59

    Seu nome foi mencionado positivamente ,suas frases bem esclarecedoras para o momento atual do Brasil.

  19. Alberto Wladimir Emilio permalink
    28/03/2017 5:39

    Perfeito um texto perfeito cheio de verdade s

  20. Dôra Loureiro permalink
    28/03/2017 20:55

    Ele tem o dom de me confortar e me dar esperanças!

  21. Levi C Wagner permalink
    28/03/2017 22:52

    De grande lucidez as matérias de L. Boff

  22. Mauricio Ferreira permalink
    10/04/2017 17:41

    Não sou e nunca fui político, não sou e nunca fui filiado a nenhum partido, não sou e nunca fui intelectual, não sou e nunca fui escritor, articulista, ‘tendencionista’, ou o que quer que seja, não nasci em casa grande, a vida inteira estudei e/ou trabalhei, nunca recebi um centavo de governo algum, pelo contrário, sempre os sustentei como a maioria dos brasileiros comum, invisível, não tenho nenhuma ligação ou simpatia pelos atuais mandatários, não apoiei nenhum golpe, até porque não entendo que houve, não aprovo nem confio em nossos poderes desde sempre e finalmente, na qualidade de BRASILEIRO, só posso dizer, sobre quem ainda defende ou faz parte desta PRAGA nunca vista em + de 500 anos de pobre história, que tenho muita pena, muita repulsa e principalmente os acho sacanas….

Trackbacks

  1. O golpe de classe jurídico-parlamentar como farsa e tragédia | Leonardo Boff | BRASIL S.A
  2. O golpe de classe jurídico-parlamentar como farsa e tragédia — Leonardo Boff « Sociología en la Red de la UNJFSC

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: