Skip to content

CARTA DE UMA MÉDICA SOBRE O PEDRO

02/07/2017
Maria Inez Padula
inezpadula@yahoo.com.br
98.138.226.62
O que se está fazendo com a saúde no Rio  de Janeiro, principalmente com o hospital Pedro Ernesto só pode ser qualificado como criminoso. Grande parte do hospital universário que dispõe de excelente quadro médico com cerca de 50 especialidades, entrou na UTI. Grande parte dele foi fechada por falta de verba mínima para mante-lo em funcionamento. É um hospital que atende grande parte de pacientes vindos da zona norte, a mais carente da cidade e de todo o estado do Rio de Janeiro. Chegam com suas enfermidades e não podem ser atendidos porque quase tudo foi desativado por falta de meios econômicos. O direito básico do cidadão é ter sua vida e sobrevida garantida. Viver é tudo. Um cadáver não faz política nem venera a Deus. Negar assistência à saúde equivale a um veredito de morte sobre o paciente. O Estado deve ser confrontado por esta situação. A corrupção erodiu as bases que sustentavam a universidade – a UERJ – uma das melhores do país, com campos de pesquisa notáveis, com quadros acadêmicos de excelência. Tudo isso foi corroído particularmente pela espantosa corrupção que assolou todas as instâncias do governo. Um secretário de saúde com sua máfia desviou cerca de 300 milhõr de reais. Quantos não foram condenados à morte pela ausência destes fundos? Tais descalabros me remetem à frase do profeta Isaias:Ai de vós que decretais leis injustas, leis para explorar o povo. Vós não defendeis o direito dos pobres nem a causa dos necessitados e explorais as viúvas e os órfãos” (Is 10,1-2). Pois foi isso que ocorreu a partir do próprio governador que se tornou o chefe de uma máfia que delapidou de forma patólogia os cofres públicos. Agradeço a Dra.Maria Inez Padula, médica da medicina integral que atende os mais empobrecidos vindos de todas as partes, ela e seu marido Dr. Ricardo Donato pot ter-me passado esta comovente carta de uma sua colega médica. O Pedro do relato se refere ao hospital Pedro Ernesto. É difícil de conter as lágrimas de indignação, de compaixção e de amor ao ver como são abandonados  a seus próprios padecimentos a tantos centenas de pacientes com o sentimento de impotência de não poder atendê-los. A Dra. Maria Inez faz suas as palavras de uma colega médica que lhe passou esta comovida carta e  que empenhava seus melhores esforços e seu amor apaixadonado ao Pedro Ernesto. Vale ler este material. Além da indignação vale manter a esperança de que o Pedro volte a ser o que empre  foi: a referência dos necessitados da cidade e da excelência de seu quadro médico. lboff

*CARTA DE UMA MÉDICA SOBRE O PEDRO*

Essa carta é sobre Pedro. Pelo Pedro. Ele está precisando de ajuda.

Da sua, da minha e de todos.

Ela é um desabafo de impotência, daqueles que você faz quando está desesperado e espera que alguém compartilhe a sua história.

Minha história com o Pedro começou em 2011. Estava comprometida com Antônio, mas aí uma amiga me falou “Você conhece o Pedro? Não? Tem que conhecer! Você vai se apaixonar!”. Achei bobagem, afinal já estava com outro. Fui conhecer Pedro mais por teimosia do que qualquer coisa e tombei de amor. Por cada canto seu. Suas cores. Suas nuances. Tudo. Pedro acolhia todos com um carinho que não tinha como não admirar. Reunia um conhecimento invejável, realizava pesquisas, transbordava medicina. Mas ele conquistava a todos pela sua humanidade, seu coração. Estamos juntos há maravilhosos 5 anos e 6 meses. Aprendi tanto com ele. Aprendi os mistérios da anatomia, fisiologia, bioquímica e histologia. Aprendi a ouvir o corpo e interpretar o que é dito. Aprendi substâncias, cirurgias e doenças. Aprendi que o ser humano não se aprende nos livros. Que somos essencialmente bons e ruins ao mesmo tempo. Que o médico não vence a morte, mas abraça a vida. Há alguns anos atrás Pedro ficou doente. Começou devagar, quase não se notava. Era só um pequeno incômodo. Que cresceu, malignizou sabe? Ele foi se desligando aos pouquinhos. Foi reduzindo suas funções. Disseram hoje que Pedro tem pouco tempo de vida e eu não sei viver em um mundo onde o Pedro não exista.

Pedro não é um hospital. Pedro sou eu. É Maria que tem leucemia. É José que tem Lupus. É Carlos com rim transplantado. É Francisca com ponte e stent.

É professor de cuidadores de pessoas.

É direito que está sendo levado do povo.

#HUPE Resiste Autora: Mariana Astuto, aluna da FCM

Anúncios
13 Comentários leave one →
  1. Amaurih permalink
    02/07/2017 7:06

    Isso não começou agora, isso é resultado de uma política equivocada que algumas pessoas defendem, a UERJ foi tomada contratando pessoas mais por sua ligação política do que por seu conhecimento ou capacidade de produzir em favor da sociedade, produzem em favor da ideologia que está por detrás de quem os colocou lá. Realmente é muito triste e revoltante.

    • 02/07/2017 10:05

      Acho que vc está equivocado. Só entra na UERJ, como entrei, tendo doutorado e passando por concursos e provas.Ela sempre teve alto nível e um forte sentido social, herança de Darcy Ribeiro. A crise dz UERJ é fruto da má administração do Estado, tomado de corruptos de cima abaixo.

  2. Valdir Augusto permalink
    02/07/2017 8:18

    Meu Deus, por que essa situação? Sua Palavra se cumpre: nos últimos dias dias, os homens tornar-se-iam egoístas, o amor esfriaria.
    Socorre o teu povo que clama por justiça.

  3. 02/07/2017 8:58

    Muito grata, Leonardo por escrever e divulgar a Carta, na realizada de uma estudante de medicina, que ainda jovem, está sentindo na alma e no coração o poder do homem demens, como você nos ensinou. Que toda esta tragédia passe e que o HUPE e a UERJ possam voltar. Que os homens e mulheres de bem também possam voltar à gestão do nosso estado e do nosso país, agora entregue nas mãos da espúria e da bandidagem. Que os olhos de todos os brasileiros possam enxergar o que se passa. E que saibamos encontrar o caminho da esperança e da perseverança. Hoje, temos servidores, funcionáros que dedicaram suas vidas inteiras ao HUPE e à UERJ passando fome, vendendo coisas para comer, nas mãos de agiota, por NÃO RECEBEREM SEUS SALÁRIOS HÁ 3 MESES. Ainda assim, continuamos trabalhando, mas daqui a pouco não será mais possivel. A depressão, a tristeza profunda começa a atingir nossos corações e mentes.

    • 02/07/2017 10:02

      Santo Agostinho diz que a esperança tem duas belas irmãs: a indignação que rejeita o que está aí e a coragem para modificá-la e dar passos rumo ao novo. Chega de indignação. Temos que ter coragem para ocupar as praças e ruas e gritar muito e eventualmente escrachasr os mais corruptos para que sintam a dor das vítimas de suas corrupções. Parahéns Marcelo, Maria Inez e Ricardo.

  4. Cármine Antonio permalink
    02/07/2017 17:26

    É um relato duro, seco. Um grito, lamento que não pode ser ignorado. É a indignação e o reconhecimento de nossa incapacidade de manter o pouco, muito pouco que tínhamos. Ao lado de canalhas e ladrões de toda espécie, o corte de verbas para a saúde pelo governo federal deverá tornar ainda mais precário o serviço de saúde. Em março nhã cidade o prefeito do PSDB quer fechar o PA, Pronto Atendimento, que é realizado pela centenária Santa Casa, e transferi-lo. A população é contra e garantem que a SC poderá fechar. É o POVO sofrendo as consequências de atitudes insensíveis na saúde, tomadas por aqueles que não necessitam dos serviços de saúde pública, pois tem seus médicos e convênios particulares.

    • Marizia Lippi permalink
      05/07/2017 11:14

      Grande parte dos humanos excluíram Deus de suas existências e, em seu lugar, colocaram o dinheiro,objeto criado para facilitar a transação de mercadorias,etc. “Ouve , Israel, o Senhor, nosso Deus, é o único Senhor. Amarás o Senhor teu Deus com todo o teu coração, com toda a tua alma e com todas as tuas forças. E trarás gravadas em teu coração todas estas palavras que hoje te ordeno. Tu as repetirás com insistência aos teus filhos e delas falarás quando estiveres sentado em tua casa, ou andando pelos caminhos, quando te deitares, ou te levantares.” (Deuteronômio 6,4-7). “Louvai o nosso Deus todos os seus servos e todos os que o temeis, pequenos e grandes!” (Apocalipse 19,5).

  5. Marízia Costa Carmo Lippi permalink
    02/07/2017 22:12

    “Orai sem cessar!” (São Paulo). Oremos pela conversão e santificação da Humanidade criada à imagem e semelhança de Deus .

  6. Márcio Silas Santos de Araújo permalink
    10/07/2017 21:33

    Boa noite! Li a carta de uma médica sobre o Pedro, sou servidor do Pedro Ernesto e gostaria de conversar com a aluna da FCM Mariana.

    • 11/07/2017 19:08

      Márcio, Eu recebi a carta através de uma médica do hospital Maria Inez Padula Anderson que faz atendimento geral aí no hospital. Procure por ela ou pelo mardido o Dr. Ricardo Donato que tb trabalha no mesmo lugar. abraço lboff

      • Marizia Lippi permalink
        12/07/2017 20:24

        A SAÚDE : física, psíquica, mental, moral, emocional , espiritual deve merecer a atenção e os cuidados de TODOS. Em 1518,o missionário Frei Romano Pane esteve em El Salvador, e lá conheceu o uso do tabaco, cigarro. Levou-o para a Europa e de lá para cá, há cerca de 499 anos estamos colhendo os MALEFÍCIOS DO CIGARRO! “O Ministério da Saúde adverte: “O uso deste produto leva à morte por câncer de pulmão, e nas mais diversas áreas do corpo, por enfisema, etc.” PORQUE NÃO PROÍBEM A FABRICAÇÃO E VENDA DE PRODUTO QUE É NARCÓTICO, VENENO, NÃO MEDICAMENTO E ALIMENTO? Perdi 20 Entes Queridos : avô, pai, esposo, filho, tios, tias, primos, primas… Quem merece permanecer, o SER HUMANO ou o cigarro pelo dinheiro que rende?

Trackbacks

  1. CARTA DE UMA MÉDICA SOBRE O PEDRO — Leonardo Boff – Título do site
  2. CARTA DE UMA MÉDICA SOBRE O PEDRO | Leonardo Boff | BRASIL S.A

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: