Skip to content

Da recessão econômica à depressão psicológica

06/07/2017

Estamos numa situação generalizada de crises sobrepostas umas às outras e num ambiente de caos.

Os conceitos de crise e de caos podem nos ajudar a entender nossa realidade contraditória. Para esclarecer a crise se usa o diagrama chinês, composto por dois traços: um expressando o risco e o outro, a oportunidade. Efetivamente a crise contem o risco de desmonte de uma ordem até degenerar na barbárie. Mas também pode representar a oportunidade de refundação de uma nova ordem. Eu pessoalmente prefiro a origem filológica sâncrita de crise. Ela se deriva da palavra kir ou kri que em sânscrito significa limpar e purificar. Daí vem a expressão acrisolar: limpar de tudo o que é acidental até vir à tona o cerne. E crisol, o cadinho que purifica o ouro das gangas. Tanto em chinês quanto em sânscrito, as palavras são diferentes mas o significado é o mesmo.

Algo parecido ocorre com o caos consoante a cosmologia contemporânea. Por um lado, ele é destrutivo de uma ordem dada e por outro, é construtor de uma nova ordem diferente. Do caos, nos diz Ilya Prigogine, Nobel de química (1977), nos veio a vida.

Aplicando estes sentidos à nossa situação, podemos dizer que a crise generalizada e o caos dominante podem, se não soubermos manejar sua energia destrutiva, degenerar em barbárie e se aproveitarmos a positiva, numa nova configuração social do Brasil.

Atualmente vigora a oportunidade de fechar o ciclo de um tipo de política que nos vem desde a colônia, fundado na conciliação entre si das classes abastadas e sempre de costas para o povo, hoje atualizada pelo presidencialismo de coalizão. Parece que este modelo de fazer política e de organizar o Estado, controlado por estas classes e que implica grandes negociatas e muita corrupção, não pode ser mais levado avante. É demasiadamente destrutivo A Lava-Jato teve o mérito de desmascarar este mecanismo perverso e anti-social. Oxalé surja a chance de uma nova construção social

No entanto, o golpe parlamentar foi dado por estas classes no interesse de prolongar esta ordem que garantiria seus privilégios, no propósito de desmantelar os avanços sociais das classes populares emergentes e alinhar-se à lógica do Grande Capital em escala mundial, hegemonizado pelos USA.

Como observou Márcio Pochamann, um dos melhores analistas das desigualdades sociais e da riqueza e pobreza do pais, “a elite brasileira escolheu o lado errado”(O golpe e a traição das elites: http://www.redebrasilatual.com.br/blogs/blog-na-rede/2017/05/traicao-das-elites ). Ao invés de aliar-se ao novo, ao arranjo político, econômico e social, à maior iniciativa de desenvolvimento multilateral desde o final da Segunda Guerra Mundial, iniciada na Eurásia que propõe uma globalização inclusiva e que nós pelo BRICS estávamos incluidos, escolheu o alinhamento tardio às forças que detém a hegemonia mundial sob a regência dos USA. O orçamento desta nova iniciativa da Eurásia está estimado em US$ 26 trilhões até o ano de 2030 envolvendo 65 outras nações que responde por quase 2/3 de população mundial. Criam-se oportunidades de desenvolvimento, a começar pelos países mais necessitados. Aqui poderíamos estar e não estamos por causa de nossa inépcia e de nossa subserviência.

Esse projeto aponta para uma nova ordem mundial, uma espécie de keynesianismo global, inovador, com uma possível maior igualdade e justiça social, respeitada a soberania das nações.

O grupo ao redor de Temer optou pelo velho sistema militarista e imperial cuja segurança reside em bases militares distribuidas por todo o mundo. Entre nós estão na Argentina, no Paraguai, no Chile, no Peru, na Colômbia e também no Brasil através da cessão da base de Alcântara no Maranhão.

A venda de terras a estrangeiros, especialmente, lá onde existe grande abundância de água – por aqui passa o futuro da humanidade junto com a biodiversidade – fere profundamente nossa soberania e ofende o povo brasileiro, cioso de seu território.

Uma vez mais estamos perdendo a oportunidade do lado positivo da crise e do caos atuais. Desperdiçamos esta chance única, por falta de um projeto de nação livre e soberana. Deve-se, usando uma expressão de Jessé Souza à “tolice da inteligência brasileira” que está aconselhando Temer.

O efeito se nota por todas as partes: os 14 milhões de desempregados, os 61 milhões de inadimplentes, a desindustrialização, os 33 navios em construção entregues à ferrugem e a neocolonização imposta que nos faz apenas exportadores de commodities.

Assistimos, anestesiados, a este crime contra o futuro do povo brasileiro. Temer, sob vários processos, cuida de si mesmo ao invés de cuidar do povo brasileiro. Uma onda de indignação, de tristeza e de desamparo está se abatendo sobre quase todos nós. Da recessão econômica estamos passando à depressão psicológica. Se não reagirmos e não nos munirmos de coragem e de esperança, a barbárie poderá estar apenas a um passo. Recusamos aceitar este inglório destino.

Leonardo Boff é articulista do JB on line, escritor e escreveu De onde vem? Respostas da nova cosmologia, Mar de Ideias, Rio 2017.

Anúncios
14 Comentários leave one →
  1. adenir permalink
    06/07/2017 4:47

    O SISTEMA REPUBLICANO veio da cultura greco-romano e não do Brasil Colonia. O SENADO veio da aristocracia e a plebe do lixo.As discriminações dos JOGOS SUJOS de uma cultura violenta de guerras e conflitos. De maldades humanas que atravessam os séculos e que os fracos e covardes defendem. A CRISE é do UNIVERSO em expansão e preparo para os novos tempos do Reino de Deus que está sempre JUNTO e separado e onde habita a justiça e a paz que o mundo não pode dar. A GENÉTICA E INFORMÁTICA ainda trarão um NOVO TIPO DE SER HUMANO em novos tempos porque até aqui só mesmo o APOCALIPSE NOW e a PSICANÁLISE podem explicar a HISTÓRIA DA COVARDIA HUMANA.

  2. 06/07/2017 11:03

    Os 14 milhões de desempregados ficaram nessa situação nesse ano de governo ? A corrupção só ocorreu nesse ano de governo ? O temer sucedeu quem ? O Sr começa bem e termina mal sempre .

    • adoblio permalink
      06/07/2017 14:07

      Os 14 milhões de desempregados foram criados a partir da reeleição da Dilma, os golpistas não aceitarem a derrota e começaram o movimento do golpe parlamentar que resultou desse caos. A Dilma não mais conseguiu governar, quem governava era um parlamentarismo disfarçado e com o golpe entrou uma quadrilha que está jogando a população mais pobre e trabalhadores num abismo para proteger e alargar os privilégios do andar de cima.
      A corrupção sempre existiu desde o descobrimento do Brasil, o PT apenas embarcou no barco que estava passando, portanto, se igualou aos demais mais calejados.

      • Marizia Lippi permalink
        08/07/2017 23:01

        Penso que todos deveriam seguir a conduta do Criador : “Faz nascer o sol sobre todos, faz cair a chuva sobre todos!” “Amai-vos uns aos outros , como Eu vos Amei.” (Jesus Cristo). Esqueceram a dignidade de filhos de Deus !

      • 10/07/2017 12:12

        Frei admiro muito o SR , por tudo que escreveu sobre espiritualidade , mas não entendo como um sábio pode acreditar numa versão dessa . Lula e o PT devolveram todos e mais um tanto à miséria novamente . Traiu o discurso de toda uma vida . Ele não é ungido pelo Espírito Santo Frei . Vocês tem que acordar do sonho se não vão padecer nessa luta inglória por superioridade .

  3. Marízia Costa Carmo Lippi permalink
    06/07/2017 12:00

    Crise sugere mudança. Mudança para o bem de TODOS! A INJUSTIÇA SOCIAL TRAZ CONSEQUÊNCIAS, não esqueçam a destruição das TORRES GÊMEAS nos EUA. “TENDE CORAGEM, EU VENCI O MUNDO!” (JESUS CRISTO, DEUS CONOSCO, O EMANUEL).

  4. Luiz Müller permalink
    06/07/2017 22:32

    Republicou isso em Luíz Müller Blog.

  5. joao candido permalink
    07/07/2017 8:35

    Lula também se perdeu nas negociatas com a direita reacionária e exploratória… aliou-se a Malluf, Sarney, e outras tralhas… Fez negociata com os estádios para a a copa, com as Olimpíadas, etc… No início de seu mandato quando começou a usar terno de linho do Egito percebi que iria ser uma farsa… infelizmente para nós trabalhadores, socialistas, anarquistas, cristãos verdadeiros, quânticos e holísticos foi uma catástrofe… infelizmente temos de recuperar o que foi jogado no lixo…

    • 08/07/2017 17:28

      João Canndido, vasculharam tudo da vida de Lula. Ninguem do judiciário fez tais acusação que vc. faz. Formule isso ao juiz Sérgio Moro se estiver mesmo convencido. Nunca esqueça que 36 milhóes deixaram de passar fome e outro milhares pobres e negros puderam entra na universidade. Não sei se para vc isso significa alguma coisa, o que seria e lamenentar. Lboff

  6. Marízia Costa Carmo Lippi permalink
    09/07/2017 15:43

    É necessário mudar, mudar para melhor! “CONVERTEI-VOS E CREDE NO EVANGELHO!”

  7. Marízia Costa Carmo Lippi permalink
    09/07/2017 15:46

    DEUS É NOSSO PAI, SOMOS TODOS IRMÃOS . “Deus mandou que nos amássemos e não que nos amassemos!” ( Pe. Michel Quoist)

  8. Marízia Costa Carmo Lippi permalink
    10/07/2017 21:54

    A mudança ideal já foi apontada por Jesus, o Emanuel, o Deus conosco, no Evangelho, a Boa Nova. Resta ser colocada em prática. Nas bodas de Caná, Maria Santíssima, exemplo de fé e de santidade, disse aos serventes: “Fazei tudo o que Ele vos disser!”(João 2,6).

Trackbacks

  1. Da recessão econômica à depressão psicológica | Leonardo Boff | BRASIL S.A
  2. Da recessão econômica à depressão psicológica – Controvérsia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: