Pular para o conteúdo

O luto parece não ter fim

14/02/2019

O Brasil parece tomado por um luto que nunca termina. As pessoas andam acabrunhadas por causa do desemprego e pelas reformas conservadoras que o novo governo pretende introduzir, tirando direitos dos trabalhadores e atacando diretamente várias políticas sociais que beneficiavam os mais destituídos. Estudantes universitários que viviam com bolsas do governo tiveram que interromper seus estudos. Reformas na educação nos remetem à fase anterior ao Iluminismo, em alguns pontos, à Idade Média. Uma sombra escura pesa sobre o rosto de milhões de compatriotas.

Parece que cada dia acontece algo sinistro. Sem dúvida o grande luto nacional foi o criminoso desastre de Bromadinho-MG que, com o rompimento da barragem da mineradora Vale, foram dizimadas centenas de vidas em meio a um tsunami de resíduos de metais pesados, lama e água, poluindo o rio por dezenas de quilômetros. Luto foi a morte do conhecido jornalista Ricardo Boechat com a queda de um helicóptero. Luto foi a morte da grande artista, cantora e diretora Bibi Ferreira. E outros que caberiam ser citados.

Abordamos o tema do luto há pouco tempo atrás. Mas a situação é assim grave que nos convida dar-lhe um cuidado especial. Ao invés de utilizar a abundante literatura atual existente sobre o tema, permito-me relatar uma experiência pessoal que aclara melhor a necessidade de cuidar do luto.

Em 1981 perdi uma irmã com a qual tinha especial afinidade. Era a última das irmãs de 11 irmãos. Como professora, por volta das 10 horas, diante dos alunos, deu um imenso brado e caiu morta. Misteriosamente, aos 33 anos, rompera-se-lhe a aorta por uma doença rara.

Todos da família vindos de várias partes do pais, ficamos desorientados pelo choque fatal. Choramos copiosas lágrimas. Passamos dois dias vendo fotos e recordando, pesarosos, fatos engraçados da vida da irmãzinha querida.

Eles puderam cuidar do luto e da perda. Eu tive que partir logo após para o Chile, onde tinha palestras para franciscanos de todo o Cone Sul. Fui com o coração partido. Cada palestra era um exercício de autosuperação. Do Chile emendei para a Itália onde devia falar para religiosas de toda uma congregação.

A perda da irmã querida me atormentava como algo absurdo e insuportável. Comecei a desmaiar duas a três vezes ao dia sem uma razão física manifesta. Tive que ser levado ao médico. Contei-lhe o drama que estava passando. Ele logo intuiu e disse:

Você não enterrou ainda sua irmã nem guardou o luto necessário; enquanto não a sepultar e cuidar de seu luto, você não melhorará; algo de você morreu com ela e precisa ser ressuscitado”.

Cancelei todos os demais programas. No silêncio e na oração cuidei do luto. Restaurado, num restaurante, enquanto lembrávamos da irmã querida, meu irmão também teólogo, Clodovis, e eu escrevemos num guardanapo de papel esta pequena reflexão.

“Foram trinta e três anos, como os anos da idade de Jesus.
Anos de muito trabalho e sofrimento,
Mas também de muito fruto.
Ela carregava a dor dos outros
Em seu próprio coração, como resgate.
Era límpida como a fonte da montanha,
Amável e terna como a flor do campo.
Teceu, ponto por ponto e no silêncio,
Um brocado precioso.
Deixou dois pequenos, robustos e belos.
E um marido, cheio de orgulho dela.
Feliz você, Cláudia, pois o Senhor voltando.
Te encontrou de pé, no trabalho
Lâmpada acesa.
Foi então que caíste em seu regaço,
Para o abraço infinito da paz”.

Entre seus papéis encontramos a frase:”Há sempre um sentido de Deus em todos os eventos humanos: importa descobri-lo”. Integramos o luto mas ficou uma ferida que nunca se fecha. Até hoje estamos procurando o sentido daquela frase misteriosa. Um dia se revelará.

Leonardo Boff é teólogo e filósofo e escreveu: O cuidado necessário, Vozes 2012.

 

 

 

17 Comentários leave one →
  1. elizabetesantos permalink
    14/02/2019 3:40

    Este texto é um alento. Obrigada!

    Curtido por 1 pessoa

  2. 14/02/2019 7:13

    Gostaria de receber artigos. N tem isso de notificar?

    Curtir

  3. 14/02/2019 7:16

    Republicou isso em radio o proletárioe comentado:
    O luto não tem fim

    Curtir

  4. Jose Nunes permalink
    14/02/2019 7:36

    Esses caras precisam acordar pois agora foi escolhido pra governar alguem que realmente se preocupa com os brasileiros que são pobres. Esse Bof precisa largar de escrever coisa que são de responsabilidade dos ladroes que ficaram por quase trinta anos manipulando e fazendo das escolas um reduto de militantes partidario . Isso tudo que está acontecendo de Mariana Brumadinho Flamengo é por causa das roubalheiras e de termos que pagar propinas pra não termos fiscalização. O.povo já está de saco cheio desse mimimi por não poder receber mais dinheiro público . Arrume um lugar nos asilos e pare de encher o saco querendo que alguem que entrou no governo faz um mes seja responsabilizado pelo descalabro de governo que quebrou 200.000 eu disse duzentas mil empresas e que deixou 14milhões de pais de familia desempregados. A educação também é obra desse governo do PT que achou que dinheiro cai de árvores e ficou inventando universidades que ele achava que não precisava de ter recursos pra funcionar. A propria DilmAnta em 2015 cortou 10(dez) bilhoes da educação não foi o Temer que era do grupo de ladroes. Cortar direito do trabalhador se nem trabalho ele tem. Aonde voce já viu cortar direito de alguem que nem pode ter direito se os mesmos que dizem isso são os que mataram com o trabalhador. Leonardo Boff fica no seu cantinho e não seja ridiculo tentando fazer o povo acreditar em mentiras. Quem falava mentiras era o rei das mentiras está no lugar certinho na cadeia. Hoje temos quem governa o pais pros brasileiros que precisam. Chega de mentiras. Fora PT e toda esquerda de bandidos ladrões.

    Curtir

    • 15/02/2019 12:34

      Agora sim, temos milicianos pra metralhar quem discorda da bandidagem.
      Será que não entendem que a história da humanidade é feita de ciclos, que inclui o retrocesso e atricidades?
      É a única forma de se dar valor à convivência e tolerância.
      Enquanto o terrorismo contar com as máscaras das religiões e uso dos símbolos nacionais, as tropas de fanatismos travestidos de pessoas de bem, com toda cegueira, vão continuar destruindo o país.
      Quem imaginava que depois do Temer, não tinha como piorar, se enganou.
      Minha maior insatisfação, é saber que o eleitor é o maior responsável, contando que o arrependimento futuro, vai reparar o prejuízo dos últimos 5 anos.

      Curtir

  5. Regina Maria Melo Marinho Ferreira permalink
    14/02/2019 15:35

    Creio que sua irmã, prezado Leonardo Boff, plenificou o sentido de Deus na própria vida. Importa fazermos o mesmo, em meio à lama tóxica, ao sofrimento, a tantas dores e clamores.

    Curtir

    • Marizia Lippi permalink
      14/02/2019 19:49

      Caríssimo Irmão Leonardo Boff: “Eu Sou a Ressurreição e a Vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá”(Jesus).”A morte é o abraço de Deus” (Dom Orlando Brande).”Todas as pessoas que deixam este mundo voltam para Deus. É o encontro com o Pai de misericórdi. Quem tem um Pai como Deus não precisa se preocupar com os falecidos” (Pe. Augusto C. Pereira). “”Morrer não é nada, é acabar de nascer” (Cyrano de Bergerac).”A minha vida procede da Vida, por isto minha vida sempre é. Não existe a morte só existe a vida em mim”(Pe. Lauro Trevisan).”Sempre é tempo de acreditar que não existe a morte; existe a passagem para a vida mais feliz e mais completa, a vida que o próprio Mestre prometeu e ressuscitou para provar que estava falando a verdade” (Pe. L. Trevisan).”A vida eterna é a visão beatífica de Deus”(Bispo católico). “É morrendo que se vive para a vida eterna”(São Francisco de Assis).

      Livre de vírus. http://www.avast.com .

      Curtir

  6. 14/02/2019 16:00

    Republicou isso em RBarrose comentado:
    As pessoas andam acabrunhadas por causa do desemprego e pelas reformas conservadoras que o novo governo pretende introduzir, tirando direitos dos trabalhadores e atacando diretamente várias políticas sociais que beneficiavam os mais destituídos. Estudantes universitários que viviam com bolsas do governo tiveram que interromper seus estudos. Reformas na educação nos remetem à fase anterior ao Iluminismo, em alguns pontos, à Idade Média.

    Curtir

  7. Marízia Costa Carmo Lippi. permalink
    14/02/2019 17:19

    “Só se nasce para ir ao Céu” (São João Paulo II). “Tudo concorre para o bem daqueles que Deus ama”.”Morremos para ressuscitar”(Fr. Leonardo Boff). “Tudo está nas mãos de Deus, também a morte, logo, ela não é uma desgraça”(Pe César Moreira ,Redentorista).”A morte é a definitiva porta da vida que nos coloca diante do rosto Bom e Santo de Deus”(Frei Neylor J. Tonin).”Espero e acolherei simples e alegremente a chegada da minha irmã morte nas circunastâncias que agradar a Deus ma enviar”(São João XXIII).”A mote é o meio mais rápido de voltar a Deus que nos deu o ser. Voltar a Ele, é voltar para casa” (Santa Teresa de Calcutá). “Deus seja louvado pela vida dos que nos antecederam”(Dom Mauro Moreli).”Morrer é fechar os olhos para ver melhor”(Leonardo Boff).”No Céu veremos,louvaremos e amaremos”(Santo Agostinho).”Para mim viver é Cristo e morrer é lucro” (São Paulo, apóstolo).”A morte dá a vida em plenitude”(Dom Orlando Brandes, bispo).”A morte é uma partida para a Casa do Pai”(Dom Aloisio Lorschaider).”A morte não existe é uma passagem. Somos vivos ou ressuscitados”(Dom Pedro Casaldáliga).”Céu é mergulho em Deus”(Monge Marcelo Barros).”A vida não é tirada, é transformada” (Santo Agostino).”A morte é remédio divino”(Santo Ambrósio na passagem de seu irmão).”Depois da vida continua a Vida” (Pe. Lauro Trevisan). “Vou preparar-vos um lugar para que onde Eu estiver, estejais também vós”(João 14,3).

    Curtir

    • 14/02/2019 19:28

      Marízia, obrigado pelos belos pensamentos. Que outros possam saboreá-los porque são profundos e belos. abraço bem fraterno lboff

      Curtir

  8. Carlos Augusto Machado permalink
    14/02/2019 17:43

    Maravilhoso e oportuno artigo, Leonardo, e o poema é comovente. Obrigado por reparti-lo conosco.

    Curtir

  9. Marilene de Fátima Silva permalink
    14/02/2019 18:28

    Meu querido amigo e companheiro, reverbero sua dor em meu coração. Possa nosso bom Deus consolar seu coração e lhe multiplicar alegrias nesses tempos de dores e angústias. Se serve de consolo, suas palavras expostas em textos belíssimos tem me confortado e trazido paz e alegria ao meu coração. Deus o abençoe!

    Curtir

  10. Aristóteles Barros da Silva permalink
    16/02/2019 23:15

    Professor Leonardo Boff: muitíssimo obrigado por escrever coisas tão lindas e que calam fundo nos corações daqueles/as que têm sensibilidade!

    Curtir

  11. Maria Altina Almeida Nunes permalink
    17/02/2019 8:48

    Sou Portuguesa, mas também brasileira de coração. Os seus textos sempre foram um bálsamo para o meu coração.
    Com imensa gratidão
    Maria Altina

    Curtir

  12. Maria Luíza Villela permalink
    20/02/2019 11:40

    É o que eu penso. Ultimamente percebi que o demônio invadiu o planeta. Conquistou primeiro o país mais rico financeiramente através do Thrump e depois conquistou o país mais rico de amor que é o Brasil. Com essa percepção voltei a frequentar a igreja Católica diariamente para ver se conseguimos escapar dessa máfia demoníaca.

    Curtir

    • Marizia Lippi permalink
      21/02/2019 11:18

      “A Humanidade perdeu a paz porque excluiu Deus”(Pe. Luis Mello, Diocese de Perópolis-RJ-Brasil). Se todos observassemos os Mandamentos da Lei de Deus e os Ensinamentos de Jesus Cristo, o Céu teria início aqui e agora. Deus fez a parte d’Ele, enviou o Salvador, a Humanidade criada e amada por Deus deve fazer a sua parte… Cordial e fraternalmente, Marízia Lippi.

      Curtir

Trackbacks

  1. O luto parece não ter fim – Blog das Comunidades

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: