Pular para o conteúdo

Profecia do cacique Raoni Metuktire dos Kayapó sobre nosso futuro

19/09/2019

Esta advertência do Cacique Raoni Metuktire, do povo Kayapó, foi publicada no jornal The Guardian,e difundida entre nós pela Midia Ninja http://midianinja.org/news/nos-povos-da-amazonia-estamos-cheios-de-medo-em-breve-voces-tambem-terao-diz-cacique-raoni/ Esses povos originários são portadores de grande sabedoria ancestral  e pressentem o que pode ocorrer com os humanos e com a natureza. Eles falam dentro do paradigma da grande tradição da humanidade (dos espiritos e da vida nas florestas, nos rios em toda a natureza) que se combina bem com a visão da nova cosmologia e biologia que entrevê a vida e o espírito que  se mostram em níveis próprios em todos os seres.  Raoni nos faz pensar. Por isso difundimos sua advertência aqui. Lboff

*********************

Eis palavras severas do cacique Raoni:

“Por muitos anos, nós, os líderes indígenas e os povos da Amazônia, temos avisado vocês, nossos irmãos que causaram tantos danos às nossas florestas. O que você está fazendo mudará o mundo inteiro e destruirá nossa casa – e destruirá sua casa também.

Temos deixado de lado nossa história dividida para nos unirmos. Apenas uma geração atrás, muitos de nossos povos estavam lutando entre si, mas agora estamos juntos, lutando juntos contra nosso inimigo comum. E esse inimigo comum é você, os povos não-indígenas que invadiram nossas terras e agora estão queimando até mesmo aquelas pequenas partes das florestas onde vivemos que você deixou para nós. O presidente Bolsonaro do Brasil está incentivando os proprietários de fazendas perto de nossas terras a limpar a floresta – e ele não está fazendo nada para impedir que invadam nosso território.

Pedimos que você pare o que está fazendo, pare a destruição, pare o seu ataque aos espíritos da Terra. Quando você corta as árvores, agride os espíritos de nossos ancestrais. Quando você procura minerais, empala o coração da Terra. E quando você derrama venenos na terra e nos rios – produtos químicos da agricultura e mercúrio das minas de ouro – você enfraquece os espíritos, as plantas, os animais e a própria Terra. Quando você enfraquece a Terra assim, ela começa a morrer. Se a Terra morrer, se nossa Terra morrer, nenhum de nós será capaz de viver, e todos nós também morreremos.

Por que você faz isso? Você diz que é para desenvolvimento – mas que tipo de desenvolvimento tira a riqueza da floresta e a substitui por apenas um tipo de planta ou um tipo de animal? Onde os espíritos nos deram tudo o que precisávamos para uma vida feliz – toda a nossa comida, nossas casas, nossos remédios – agora só há soja ou gado. Para quem é esse desenvolvimento? Apenas algumas pessoas vivem nas terras agrícolas; eles não podem apoiar muitas pessoas e são estéreis.

Você destrói nossas terras, envenena o planeta e semeia a morte, porque está perdido. E logo será tarde demais para mudar

Então, por que você faz isso? Podemos ver que é para que alguns de vocês possam obter uma grande quantia de dinheiro. Na língua Kayapó, chamamos seu dinheiro de piu caprim, “folhas tristes”, porque é uma coisa morta e inútil, e traz apenas danos e tristeza.

Quando seu dinheiro entra em nossas comunidades, muitas vezes causa grandes problemas, separando nosso pessoal. E podemos ver que faz o mesmo em suas cidades, onde o que você chama de gente rica vive isolado de todos os outros, com medo de que outras pessoas venham tirar seu piu caprim. Enquanto isso, outras pessoas passam fome ou vivem na miséria porque não têm dinheiro suficiente para conseguir comida para si e para seus filhos.

Mas essas pessoas ricas vão morrer, como todos nós vamos morrer. E quando seus espíritos forem separados de seus corpos, seus espíritos ficarão tristes e vão sofrer, porque enquanto vivos fizeram com que muitas outras pessoas sofressem em vez de ajudá-las, em vez de garantir que todos os outros tenham o suficiente para comer, antes de alimentar a si próprio, como é o nosso caminho, o caminho dos Kayapó, o caminho dos povos indígenas.

Você tem que mudar a sua maneira de viver porque está perdido, você se perdeu. Onde você está indo é apenas o caminho da destruição e da morte. Para viver, você deve respeitar o mundo, as árvores, as plantas, os animais, os rios e até a própria Terra. Porque todas essas coisas têm espíritos, todas elas são espíritos, e sem os espíritos a Terra morrerá, a chuva irá parar e as plantas alimentares murcharão e morrerão também.

Todos nós respiramos esse ar, todos bebemos a mesma água. Vivemos neste planeta. Precisamos proteger a Terra. Se não o fizermos, os grandes ventos virão e destruirão a floresta.

Então você sentirá o medo que nós sentimos”.

Cacique Raoni Metuktire, da nação Kayapó.

Fonte: http://midianinja.org/news/nos-povos-da-amazonia-estamos-cheios-de-medo-em-breve-voces-tambem-terao-diz-cacique-raoni/

Anúncios
7 Comentários leave one →
  1. Braulio permalink
    19/09/2019 13:06

    Entender o pensamento e a oratória indígena é, certamente, decodificar um complexo de relações orgânicas entre o homem e o ambiente natural, como patrimônio cultural imaterial intimamente ligado ao ecológico, especialmente no Brasil.

    Curtir

  2. Marízia Costa Carmo Lippi permalink
    19/09/2019 13:57

    Quanta sabedoria, sensibilidade, afetividade, respeito nas palavras do Nativo! Eles podem nos ensinar muito, para o bem da Humanidade e da nossa Casa Comum ! Deus seja Louvado!

    Curtir

  3. Alex Sorlino permalink
    19/09/2019 14:07

    Pai Nosso, que estais no céu, imploro sua presença nas florestas para protegê-las. Santificada seja a mensagem sua ao coração das populações urbanas. Venha a nós o vosso reino para que impere a vida livre a toda criatura e não apenas ao homem-branco, soja e gado. Seja feita a vossa vontade assim na terra como no céu. O pão nosso de cada dia, nos dai hoje subtraindo na mesma proporção a fome e a ganância, irmãs siamesas igualmente opostas à generosidade e à justiça. Perdoai nossas ofensas diretas e indiretas à Criação, consumindo menos os recursos, assumindo mais o protagonismo pela preservação, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido. E não nos deixeis cair na tentação do cansaço, do medo, da solidão. Amém.

    Curtir

    • 20/09/2019 22:20

      Alesx, agreadeço pela bela oração. Oxalá seja lida por muitos e, quem sade, usada nas reuniões sobre ecologia. Parabéns lboff

      Curtir

  4. Valquiria worst permalink
    20/09/2019 19:39

    quanta verdade e quanta consciência, que falta para nós.

    Curtir

  5. Marízia Costa Carmo Lippi permalink
    21/09/2019 0:17

    Estamos vivendo o Setembro Amarelo, o combate ao suicídio.É possível que não estejamos entendendo, ou usufruindo de tudo de bom e de belo que o criador nos oferece para que tenhamos alegria de viver aqui, e depois voltar ao Coração de Deus!

    Curtir

Trackbacks

  1. Profecia do cacique Raoni Metuktire dos Kayapó sobre nosso futuro — Leonardo Boff | Pelotas Occulta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: