Skip to content

O que querem dizer as manifestações nas ruas do Brasil?

28/06/2013

Estive fora do pais, na Europa, a trabalho e constatei o grande interesse que todas  as midias daqui conferem às manifestações no Brasil. Há bons especialistas na Alemanha e França que emitem juízos pertinentes. Todos concordam nisso, no caráter social das manifestações, longe dos interesses da política convencional. É o triunfo dos novos meios e congregação que são as midias sociais.

 

 O grupo da libertação e a Igreja da libertação sempre mantaiveram viva a memória antiga do ideal da democracia, presente nas primeiras comunidades cristãs até o século segundo pelo menos. Repetia-se o refrão clássico:”o que interessa a todos, deve poder ser discutido e decidido por todos”. E isso funcionava até para a eleição dos bispos e do Papa. Depois se perdeu esse ideal nas nunca foi totalmente esquecido: o ideal democrático de ir além da democracia delegatícia ou representativa e chegar à democracia participativa, de baixo para cima, envolvendo o maior número possível de pessoas, sempre esteve presente no ideário dos movimentos sociais, das comunidades de base,dos Sem Terra e de outros.

 

 Mas nos faltavam os instrumentos para implementar efetivamente essa democracia universal, popular e participativa. Eis que esse instrumento nos foi dado pelas redes das várias mídias sociais. Elas são sociais, abertas a todos. Todos agora tem um meio de manifetar sua opinião, agregar pessoas que assumem a mesma causa e promover o poder das ruas e das praças.

 

 O sistema dominante ocupou todos os espaços. Só ficaram as ruas e as praças que por sua natureza são de todos e do povo. Agora surgiram a rua e a praça virtuais, criadas pelas midias sociais. O velho sonho democrático segundo o qual o que interessa a todos, todos tem direito de opinar e contribuir para alcançar um objetivo comum, pode em fim ganhar forma.

 

 Tais redes socias podem desbancar ditaduras como no Norte da Africa, enfrentar regimes repressivos como na Turquia e agora mostram no Brasil que são os veículos adequados de revindicações sociais,sempre feitas e quase sempre postergadas ou negadas:  transporte de qualidade (os vagões daCentral do Brasil tem quarenta anos), saúde, educação, segurança, saneamento básico. São causas que tem a ver com a vida comezinha, cotidiana e comum à maoria dos motais. Portando, coisas da Política em maiúsculo.

 

 Nutro a convicção de que a partir de agora se poderá refundar o Brasil a partir de onde sempre deveria ter começado, a partir do povo mesmo que já encostou nos limites do Brasil feito para as elites. Estas costumavam fazer políticas pobres para os pobres e ricas para os ricos. Essa lógica deve mudar daqui para frente.

 

 Ai dos políticos que não mantiverem uma relação orgânica com o povo. Estes merecem ser varridos da praça e das ruas.

 

Escreveu-me um amigo que elaborou uma das interpretações do Brasil mais originais e consistentes, o Brasil como grande feitoria e empresa do Capital Mundial,Luiz Gonzaga de Souza Lima.  Seu livro se intituia: “A refundação do Brasil: rumo à sociedade biocentrada” ( RiMa, S.Bernardo-SP, 2011). Permito-me citá-lo:”Acho que o povo esbarrou nos limites da formação social empresarial, nos limites da organização social para os negócios. Esbarrou nos limites da Empresa Brasil. E os ultrapassou. Quer ser sociedade, quer outras prioridades sociais, quer outra forma de ser Brasil, quer uma sociedade de humanos, coisa diversa da sociedade dos negócios. É a Refundação em movimento”.

 

 Creio que este autor captou o sentido profundo e para muitos ainda escondido das atuais manifestações multitudinárias que estão ocrrendo no Brasil. Anuncia-se um parto novo. Devemos fazer tudo para que não seja abortado por  aqueles daqui e de lá de fora que querem recolonizar o Brasil e condená-lo a ser apenas um fornecedor de commodities para os países centrais que alimentam ainda uma visão colonial do mundo, cegos para os processos que nos conduzirão fatalmente à uma nova consciência planetária e a exigência de uma governança global.

 

 Problemas globais exigem soluções globais. Soluções globais pressupõem estruturas globais de implementação e orientação. O Brasil pode ser um dos primeiros nos quais esse inédito viável pode começar a sua marcha de realização. Dai ser importante não permitirmos que o movimento seja desvurtuado. Música nova exige um ouvido novo.

 

 Todos são convocados a pensar este novo, dar-lhe sustentabilidade e faze-lo frutificar num Brasil mais integrado, mais saudável, mais educado e melhor servido em suas necessidades básicas.

 

 

 

Leonardo Boff desde Munique/Paris 24/06/2013

 

 

 

 

 

About these ads
36 Comentários leave one →
  1. 28/06/2013 10:43

    A juventude brasileira, que iniciou esta onda de protestos, está de parabéns. Não só de baladas e entorpecentes vive a juventude brasileira, felizmente.

  2. 28/06/2013 10:59

    Republicou isso em Teresaabath12's Bloge comentado:
    Vamos ler e entender…

  3. 28/06/2013 11:07

    Ontem (27/6/13), em Porto Alegre, percebi claras mobilizações do sistema para se manter vivo (carro de som, show, voz de comando). Patética demonstração de fim. O abandono da manifestação, por parte significativa dos manifestantes, demonstrou que a crise de representatividade continua forte. Ainda foi possível perceber, através da violência destes manifestantes, uma outra crise ainda mais grave: a crise existencial. As pessoas perderam a referencia de suas existências. Isso não é um problema. É bom que ocorra com todos nós. O que assusta é que, me parece, a maior parte não está instrumentalizada para resolver a crise. O problema me parece estar exposto. A questão agora é o que fazer a curto prazo. Valeu!

  4. 28/06/2013 11:22

    Penso: povo Brasileiro e Brasil, é demasiado tratar desta forma. Mesmo com tantas manifestações a nível nacional, ainda não há um conjunto consciente de manifestantes em prol da classe trabalhadora, em si. Mas, sinto que, assim como afirma L Boff, há algo de novo nascendo sim aqui no Brasil, que aos poucos “o povo” esta tomando consciência do seu papel na vida social, que é o de decidir os rumos de como iremos caminhar.
    Ainda engatinhamos em vários setores; economicamente, educacionalmente, politicamente. seja porque fomos empurrados pelos colonizadores a ocupar o papel de fornecedor de produtos primários, acarretado com uma educação elitista e depois massificadora positivista, e também “infantilizados” por uma politica de modelo patriarcal e patrimonialista, importado da Europa, e consolidado pelo capitalismo, cuja exploração da classe trabalhadora é sua base.
    Mas sim, não estamos imóveis, andamos, mesmo que se arrastando não estamos mas de quatro e de cabeça baixa pra tudo isso, “o povo” começa a se erguer sobre as barreiras postas pelo capital, e mesmo sem reconhece-lo como um todo, já esta tomando consciência de seus problemas. espero que logo em breve sustentados na educação, e numa política sustentável, possamos pegar mais uma vez o “Martelo” e quebrar os muros e correntes que nos aprisionam.

  5. 28/06/2013 11:59

    Prezado Leonardo, você traduziu perfeitamente um sentimento que não consegui manifestar em palavras: para música nova é preciso ouvido novo. Que agonia ver tantas pessoas experientes, na academia, na política e na mídia, não aceitar esta juventude, e este ato, como algo genuinamente novo. Quanto “vandalismo” intelectual, ao exigir de uma juventude criada, sim, num ambiente consumista, que assim não fosse; que tenha o conhecimento de doutores e que apresente pautas de soluções que estes mesmos experientes, em tantos anos e mazelas de Brasil, não conseguiram. Quanta injustiça! Colocar o jovem num microscópio, como se fosse objeto, ao invés de dialogar com ele. Que mais poderia se querer deles, que já fizeram muito em sair do seu confortável consumismo e ocupar as ruas? O consumismo pode ser óbvio a quem nasceu em outras gerações, mas para esta, é algo dado desde o princípio, como o oxigênio. Não deveria ser celebrada esta iniciativa, como uma prova de solidariedade apesar da condição de conforto idealizada para entorpecer as pessoas desde o nascimento? E diante dessa injustiça, vejo muitos jovens se recolhendo de volta ao silêncio. Seu texto me mostra não estar sozinho em minha leitura dos fatos. Se lhe interessar, meus pensamentos estão aqui: http://www.cidadaoguerra.com. Abraço!

  6. renatofreire permalink
    28/06/2013 13:32

    Olá Leonardo, boa tarde. Talvez sua visão seja essa por estar aí, e não estar aqui. Eu também tenho opiniões fundamentadas sobre muita coisa da Europa, mas estou aqui, não estou aí. Bem, algumas coisas me soaram estranho nessas manifestações aparentemente pelo “bem do coletivo”. Veja só que interessante: Tudo começou com o protesto contra o aumento das passagens de ônibus. As passeatas foram feitas por jovens burgueses QUE NÃO ANDAM DE ÔNIBUS! O pobre, aquele que levanta muito cedo, que não vive às custas dos pais, não se importa tanto assim com os valores das passagens, o problema está no transporte em sí, na qualidade dele. Então se fôsse uma manifestação legítima, feita “pelo povo”, não iriam reclamar a coisa errada! Depois em seguida veio a briga contra PEC 37 que tirava do MP o poder de investigar e julgar, ok? Poderiam julgar, mas a investigação seria da conta da Policia. Me parece razoável, afinal se todos nós pudéssemos ter o direito de investigar e punir nossos próprios erros, nunca seríamos punidos, entende minha colocação? AGORA VAMOS À MINHA TEORIA SOBRE AS MANIFESTAÇÕES: As passagens de ônibus envolviam, aqui em SP onde tudo começou, uma prefeitura do PT. Ninguém foi se manifestar em frente ao palácio do Governo de SP por melhores condições de segurança em SP, foram? E se fôsse um Governo do PT, acha que teria passado em branco? Este comentário é apenas um detalhe em meio a tudo isso, mas o que se vê nas ruas é uma tentativa de desestabilizar o governo Dilma. Não creio que o “Povo” tenha acordado e que esteja querendo um Brasil melhor, acho que há sim, por trás de tudo isso uma imensa manipulação da Elite para começar desde ja a “minar” o governo Dilma para enfraquecê-lo para próxima eleição. Pense nisso.

    • 30/06/2013 13:18

      Oi Renato, A C O R D A !!! O Partido dos Trabalhadores, assim como os seus cabeças têm personalidade PSICOPÁTICA: – difamam e atuam em redes de intrigas, desviando a atenção de seus atos e erros, querem ser sempre o centro das atenção, ausência de sentimentos, VENDO AS PESSOAS COMO COISA E OBJETOS, e pensam 24hs por dia em levar vantagem em tudo, são atores natos, nunca se poem nos lugares das vítimas, NUNCA sentem remorsos. São mestres na manipulação, e adoram ser o centro de atenção.Todos os golpes são meticulosamente planejados início, meio e fim. Suas primeiras vítimas são os parentes (vêem como coisas e objetos/ausência de sentimentos), a família. Porém, a psicopatia (Transtorno Anti-Social) não é doença, e sim uma anamolia cerebral adquirida na infância e desenvolvida até no máximo aos 15 anos, e o sinal começa com pequenos furtos em casa (CLEPTOMANIA), e suas vítimas futuras quando descobrem suas “façanhas” e manipulações, explorações, SEMPRE É TARDE DEMAIS. São e chegam a ser demoníacos nas vantagens, manipulações dos “OBJETOS / Pessoas), PORÉM têm plena consciência do que fazem, POR ISSO SÃO IMPUTÁVEIS de penas.
      Há sim, uma TENTATIVA DE MANIPULAÇÃO DO PT (LULA e seus Lambaris Amestrados), de desmoralizar os protestos para mudanças, promovendo e dando propinas a bando de marginais nas Capitais, onde os quebra-quebra se realizam, para direcionar as arruaças aos postulantes de mudanças (Contra-informação); método muito usando pelos militares na época recente da Ditadura. Felizmente não colou! E qualquer catedrático em sociologia, história e outros, sabem da máxima mundial: – Toda Nação só é livre QUANDO HÁ DERRAMAMENTO DE SANGUE. VIDE: Estados Unidos, França, Inglaterra e por último o EGITO. – ACORDA RENATO! Lulinha (filho) analfabeto, dono atualmente de mais de 20 Empresas, Jato no valor de U$ 50.000.000,00, 2 pilotos pagos a R$ 30.000,00 por mês, e aí vai muitos outros… Em tempo: O psicopata quando é desmascarado, entra em depressão, e se é também alcoólatra é passível de surtos psicóticos… Eu votei no Lula (PT) em seu primeiro mandato… E que decepção. ACORDA RENATO ! O BRASIL PRECISA SER LIVRE. E PARECE QUE É A HORA DE HAVER O DERRAMAMENTO DE SANGUE!

    • Jon permalink
      11/08/2013 1:07

      curti.

  7. Irm Priscila permalink
    28/06/2013 13:37

    Agradeo imensamente essas contribuies que tenho recebido. Obrigada, Ir. Priscila Date: Fri, 28 Jun 2013 13:27:47 +0000 To: irprisca@hotmail.com

  8. 28/06/2013 14:03

    Não sou uma pessoa PHD em nada, mas a unica discordância que tenho, é a baderna e as faces e cabeças cobertas. Os provocadores têm pernas longas, já tivemos perdas de inocentes e os vândalos continuam como se recebessem ordem superior. sei que bandido existe em todos os cantos, mas precisamos separar o joio do trigo.

  9. Armando Vargas permalink
    28/06/2013 14:18

    Sr. Leonardo isso que vç escreveu é muito bom pois o brasil é um país rico com todo o dinheiro que arrecada de impostos poderia fazer muito mais pelo país, e eu acredito que o maior erro cometido pelos políticos foi a venda da maior mina de minério de ferro do mundo, pois ao inves de vender o ferro bruto poderia vender o ferro ja processado em metalurgica mais somos pequenos e nao podemos fazer nada; obrigado pelo texto que vç escreveu…..

  10. 28/06/2013 14:46

    Reblogueó esto en PASO A LA UTOPÍA.

  11. 28/06/2013 14:59

    Desculpa Leonardo Boff mas não acredito que as primeiras comunidades viviam sob o jugo da democracia e sim da Teocracia.

    • 28/06/2013 19:01

      Mercio
      Veja os Atos dos Apostolos capitulos 2 e 4 e um pouco da história da Igreja. Ate o final do seculo III nenhum bispo era reconhecido legitimamente se não tivesse o voto popular. Igualmente os papas. Se isso não é democracia, então não sei onde encontrá-la.
      lboff

      • 02/07/2013 21:10

        Leonardo, mantenho meu ponto de vista, no contexto dos Atos dos apóstolos em especial o cap. 1 deixa claro que a escolha do novo apostolo no caso Matias se deu apenas entre eles, e que a escolha do 1º Papa a escolha foi do próprio Jesus Cristo, quanto aos cap 2 e 4 sugeridos por você o que prevaleceu na festa de pentecostes a decisão do Espirito Santo que ungiu todos com línguas de fogo e os ajudou no pedido de Jesus em pregar o evangelho em todas as terras. Amigo um Abraço Fraterno.

  12. rubens godoy sampaio permalink
    28/06/2013 15:24

    Olá Boff
    creio que a primeira grande vitória em todo esse movimento, foi a descoberta da capacidade de se organizar. O Brasil descobriu que há como se organizar, há como se rebelar e que temos força para construirmos um país decente.

    A segunda grande vitória foi de fato a resposta do poder público às exigências de diminuição do preço do transporte público.

    Mas é óbvio que ainda há muito para ser feito.

    Estou postando no facebook, e aqui, com a sua licença, o que penso ser necessário, nesse primeiro momento de levante da população. Espero poder contribuir com a elaboração desta pauta, e que ela possa encontrar ressonância nas redes sociais.

    Até o fim de 2013 o Governo terá entregue UM TRILHÃO DE REAIS PARA OS BANCOS. ESSE TRILHÃO É NOSSO.

    As 5 medidas da nova pauta do “ESTE É TRILHÃO É NOSSO”

    1. Cancelamento imediato da Copa do Mundo 2014

    2. Instalação da auditoria cidadã da dívida pública e imediata suspensão do repasse de 50% do orçamento anual para o sistema financeiro

    3. Com a suspensão do pagamento da dívida, metade do dinheiro destinado para os bancos deve ser redirecionado para a saúde por meio de um pacote de incremento das instalações do SUS e melhor remuneração para todos os profissionais de saúde.

    4. Com a suspensão do pagamento da dívida, a outra metade do dinheiro destinado para os bancos deve ser redirecionado para a educação promovendo o aumento imediato do salário dos professores e um pacote de investimento na educação.

    5. Desmonte da indústria da seca com o fornecimento de bombas hidráulicas para o pequeno agricultor do nordeste conseguir irrigar sua propriedade e o imediato cancelamento das obras da Transposição do Rio São Francisco.
    Importante é definir uma pauta bem definida. Para mostrar a força do movimento e dar visibilidade planetária ao que está acontecendo no Brasil.

    1. CANCELAMENTO DA COPA – A PRIMEIRA MEDIDA DEVE SER O CANCELAMENTO DA COPA DO MUNDO EM 2014. Algo imediatista, até mesmo sensacionalista, mas que vai causar impacto, dar força e visibilidade ao movimento no mundo inteiro.

    2. SUSPENSÃO DO PAGAMENTO DA DÍVIDA PÚBLICA – A SEGUNDA MEDIDA deve ser a instalação da AUDITORIA CIDADÃ DA DÍVIDA PÚBLICA COM A SUSPENSÃO IMEDIATA dos repasses orçamentários anuais de quase 50% do orçamento público para o sistema financeiro (bancos). Para quem não sabe o que é a dívida pública aqui está a aula magna: http://www.youtube.com/watch?v=cavZsp23STY. Até o fim de 2013 mais de UM TRILHÃO DE REAIS TERÁ SIDO ENTREGUE PARA OS BANCOS.

    3. INVESTIMENTO EM SAÚDE – A TERCEIRA MEDIDA deve ser a promoção de investimento em saúde. Com a suspensão do pagamento da dívida, metade do dinheiro destinado para os bancos deve ser redirecionado para a saúde por meio de um pacote que incremente das instalações do SUS, que crie um exército de agentes comunitários de saúde e que melhore remuneração para todos os profissionais de saúde. Para quem não sabe o que é saúde pública de qualidade e gratuita veja este documentáriohttp://www.youtube.com/watch?v=VoBleMNAwUg

    4. AUMENTO DO SALÁRIO DOS PROFESSORES EM TODO O BRASIL E UM PACOTE DE INVESTIMENTO EM EDUCAÇÃO – A QUARTA MEDIDA deve ser algo de longo alcance e profundo, que não seja imediatista mas que traga resultados permanentes e de longo prazo: AUMENTO DE SALÁRIO PARA PROFESSORES E UM PACOTE DE INVESTIMENTO NA EDUCAÇÃO COM CONSTRUÇÃO DE ESCOLAS PÚBLICAS DE QUALIDADE e com a criação de uma GRANDE ESCOLA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Com a suspensão do pagamento da dívida, a outra metade do dinheiro destinado para os bancos deve ser redirecionado para a educação e criando UMA GRANDE ESCOLA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA, utilizando o rádio, a TV e a internet, democratizando e possibilitando o acesso à internet para todos os cantos do Brasil, criando um exército de agentes comunitários de educação e aumentando o salário dos professores. Sobre educação pública de qualidade : http://www.youtube.com/watch?v=Sl7heh6blZY

    5. DESMONTE DA INDÚSTRIA DA SECA – A QUINTA MEDIDA DEVE DESMONTAR A INDÚSTRIA DA SECA NO NORDESTE, permitindo que a população retire água e irrigue o sertão por meio do fornecimento de bombas de água que retiram a água do subsolo e sem que sejam necessárias as obras faraônicas da transposição do Rio São Francisco que serviram não para desviar água para cá ou para lá, mas só serviram para DESVIAR DINHEIRO PARA AS GRANDES EMPREITEIRAS. E com isso o desenvolvimento se desconcentra do sul e sudeste e se difunde pelas regiões emprobrecidas do país.

    6. TRANSPORTE GRATUITO NAS GRANDES CIDADES – Com a suspensão do pagamento da dívida pública é possível fornecer transporte público gratuito, educação e saúde gratuitas para toda a população brasileira, irrigar o nordeste e fazer desse país um gigante acordado, saudável e instruído. O TRILHÃO QUE ESTÁ SENDO ENTREGUE PARA OS BANCOS DEVE SER ENTREGUE PARA O BRASILEIRO.
    O mais difícil de tudo é fazer com que o país consiga sair de dentro do seu TRIÂNGULO DAS BERMUDAS formado por Banqueiros, Empreiteiros e Ruralistas. Essas são as três classes que dividiram e cotizaram o Brasil. Mas para escapar deste TRIÂNGULO DAS BERMUDAS, a cidadania precisa crescer e descobrir como se impor. Sobre um país com políticos honestos é necessário ver: http://www.youtube.com/watch?v=-Yk4NQwpdYA

    Rubens Godoy Sampaio
    Doutor em Filosofia
    Advogado

    • 29/06/2013 17:09

      Pelo menos o cancelamento da realização da Copa do Mundo de Futebol, neste momento, não faz sentido. Somente poderemos recuperar os recursos já investidos se a Copa for realizada. O cancelamento nos remete ao acúmulo do prejuízo total já que o dinheiro foi gasto. As manifestações contra a realização da Copa somente fariam sentido quando o Brasil candidatou-se para realizá-la. Agora precisamos administrar para minimizar os efeitos e recuperar os investimentos.

  13. 28/06/2013 15:35

    Os imperialistas insistem nesse jogo sujo e cruel, quando as commodities, como mencionado no texto serão do povo brasileiro?
    Pensemos de forma única e sustentável, temos no Brasil uma dádiva a nossa terra e mesmo assim matamos centenas de animais para encher as pratilheiras dos hipermercados.

  14. Dani Ferron permalink
    28/06/2013 17:18

    Adorei o texto, realmente espero que o movimento do povo nas ruas e nas mídias sociais ajude a construir uma democracia participativa!

  15. 28/06/2013 18:04

    Verão que os filhos teus não fogem a luta.

  16. Isabel Pinho permalink
    28/06/2013 21:11

    Lindas as suas explicações, cheias de otimismo, vendo sempre o melhor de tudo,em tudo, em todos.O Brasil ao que tudo indica passa por um momento sensível, delicado e, finalmente determinado.Abre-se um caminho para o diálogo.Um abraço de retorno, Isabel

  17. 28/06/2013 23:39

    A pergunta que não quer calar: continuarão os protestos após o término da Copa das Confederaçoes? Voltarão a ocorrer durante a Copa do Mundo? Terão reflexos onde se espera que tenha, para que tudo não torne-se uma anarquia jurisidicional – leia-se, nas urnas? Ainda não houve uma efetiva “vitória sobre o poder público” quando exigências pontuais são atendidas prontamente – a isso ainda chamam de demagogia e populismo.
    É muito bonito – sob o prisma democrático – ver as ruas levantando-se, e gente que sequer aprendeu a primeira estrofe inicial de nosso Hino Nacional

    {“Espera o Brasil Que todos cumprais Com Vosso Deve-er; Eia avante, brasileiros, sempre avante; Gravai a buril Os Pátrios Anais Do Vosso Pode-er; Servi o Brasil, Sem Esmorecer, Com Ânimo Audaz, Cumpri o Dever Na Guerra e na Paz, a sombra da Lei, o Lábaro erguei Do Belo Brasi-il! Eia, Sus! Oh, Sus!”}

    o personalize de forma tão espontänea, restando apenas perceber se os protestos não são mera festa midiática orquestrada (como foram os “caras-pintadas” de 21 anos atrás, só que desta vez, mais global e menos doméstica).

    Acreditarei no “Outono Brasileiro” (um ano após a “Primavera Árabe”), quando ele fizer eco na “Primavera Brasileira de 2014″, nas urnas efetivamente… Do contrario, tudo não terá passado de um “Sonho de uma Noite de Outono” que tão somente vendeu jornais e “assuntou” sem efetividade prática…

  18. josé ronaldo luiz de oliveira permalink
    29/06/2013 10:08

    Quando Lula assumiu a Presidência da República acreditava que estava sendo montado umGoverno Popular ee uma República Popular ledo engano.Deveria com a força do Povo ter feito uma grande Reforma nada .Preferiu se uniu com forças do atraso.Ai hoje deu o que nos apresenta.

  19. cassio permalink
    29/06/2013 12:44

    Olá Leonardo,

    Esta escrito sobre a aparição de um gerente mundial, e esse gerente me parece ser profetizado como um tipo de ant Cristo, não sendo radical, mas o profecia aponta para o que você disse sobre a ignorância de muitos no que tange a “cegos para os processos que nos conduzirão fatalmente à uma nova consciência planetária e a exigência de uma governança global.”

    Seu ponto de vista sobre o assunto?

  20. Daniel V. Santos permalink
    29/06/2013 18:19

    PONTO A
    A DISCUSSÃO NÃO É PARA
    A DIMINUIÇÃO DA MAIORIDADE PENAL….
    MAS A CRIAÇÃO DE UMA LEI
    “DE RESPONSABILIDADE PENAL” – PARA QUALQUER CRIME, INDEPENDENTE DA IDADE DO CRIMINOSO…
    PONTO B
    LEVAR OS CRIMINOSOS PARA CADEIA SEM PROGRESSÃO DE PENA

    SERÁ QUE OS NOSSOS LEGISLADORES TEM MEDO DO TIRO SAIR PELA CULATRA?
    Daniel V. Santos

  21. Medeiros Braga permalink
    30/06/2013 0:47

    A verdade é que algo diferente aconteceu. Os jovens foram às ruas. Externaram a sua indignação, o que já é um bom começo. Com faixas e cartazes cobravam aquilo que a UNE, Os Sindicatos e os Partidos de esquerda deviam fazê-lo e não o fizeram. Espero que se integrem a essas manifestações.

    Temos que reconhecer que o nível de educação política não é o recomendável. Mas, pelas suas reivindicações e mais umas pitadas de saber político, merecem um crédito de confiança.

    Então vem alguém e diz: “isso é uma imensa manipulação da Elite para começar desde já a “minar” o governo Dilma para enfraquecê-lo para próxima eleição.”

    Companheiro, quem está minando o governo atual é a sua prática desonesta, é a omissão do PT, é a indiferença do movimento sindical, é o comportamento da UNE.

    O PT passou por cima de tudo de bom que foi construído com muita luta em muitos anos. Só os fundadores incoerentes nele permanecem, e só entram nele aqueles que não sabem onde estão pisando.

    Isso é tão verdade que hoje, muitos estão pensando em rever e consertar o que foi feito de errado. Mas, no meu entendimento é preferível fazer outro que consertar o que foi destruído.

  22. 30/06/2013 12:20

    O Brasil está amadurecendo ,e a prova disso está nas ruas com o povo despertando para uma nova etapa da sua história .

  23. josianldo Dantas da silva permalink
    01/07/2013 12:07

    É com muita alegria que vejo este momento novo do nosso povo. Um momento convocado pelos jovens inspirados também por jovens do passado, que lutaram pela libertação da opressão militar. Hoje os jovens atuais lutam pela libertação da verdadeira democracia escravizada pela democratura. Como cristão acredito que o Espirito de Deus não está preso a quatro parede; instituição; a mãos ou invocação de consagrados, mas livre para agir no mundo revelando seu desejo maior dentro do homem a ponto de desperta-lo e agir diante das estruturas e conjunturas exploradora. Recordo o titulo do professor e pensador Leonardo Boff: Cinzas sob Brasas, o fogo não se apaga. Fica a pergunta professor. Diante de tanta denuncia e pedido do povo, qual o papel das igrejas, dos sindicatos, das organizações sociais, das universidades para que esta a democracia de fato aconteça?

  24. 01/07/2013 22:59

    OLA MEUS CAROS COLEGAS BRASILEIROS VOCES QUEREM VER SOBRAR DINHEIRO ATE PARA PAGAR NOSSAS DIVIDAS PESSOAIS E SO ACABAR COM CARGOS INUTEIS PARA NOS QUE PAGAMOS OS NOSSOS IMPOSTOS COMO CARGOS DE VERIADORES E DEPUTADOS ESTADUAIS E FEDERAIS VOCES JA IMAGINARAM QUANTOS BILHOES SERIAM ECONOMIZADOS POR MES ESSA IMENSA QUANTIA PODERIA SER UTIL PARA NOS QUE PAGAMOS OS NOSSOS IMPOSTOS E NAO PARA LADROES TRAJADOS DE POLITICOS COM CARTA BRANCA PARA ROUBAR O NOSSO DINHEIRO QUE E PAGO COM TANTO SUOR PORQUE ELES FAZEN LEIS SOMENTE EM BENEFICIO PROPIO E NAO EM PROL DOS CIDADOES BRASILEIROS AQUI E SOMENTE UM TRABALHADOR BRASILEIRO QUE PAGA SEUS IMPOSTOS EM DIA E QUE VER O RETORNO DESSE DINHEIRO PARA O POVO TRABALHADOR E NAO PARA LADROES TRAJADOS DE POLITICOS PARASITAS.

  25. 06/07/2013 19:33

    vocês dos movimentos,infelizmente,são muito passivos,pela redenção,ou pela covardia,ou pela prazer que usufruirem com cumplicidade ,e pela não força que tem em suas representatividades,ficam colocando sugestões/revoltas na internet,como se isso fossem resolver.o que vai resolver é colocar soluções nos problemas(se é com 1.000.000,00 de assinaturas,vamos assinar e exigir),não vamos ficar nas expectativas,como estamos.
    não quero guerra,mas muita coisa tem que ser mudada,e podemos mudar de imediato,como esta demonstração de covardia destes deputados,que aprovam tudo o que queremos agora,como se isso fosse um favor.
    chega.vamos administrar este pais com dignidade,com sabedoria,sem roubalheira(tem um caso que gostaria de contar,estava no banco e uma pessoa queria tirar dinheiro de uma terceira pessoa,sem ter a criptografia da mesma, e não conseguia,e disse¨neste pais de merda tudo é possível),ai eu fiquei muito chateado,porque não é somente ter consciência ,mas também punir.esse pessoal da politica tem que ter curso para pegar uma legislação e atualiza-la.o que vejo são somente incapacitados para este fim,mas ainda vejo um desafio
    dos mesmos como se fossemos merda e eles mandam a gente para a descarga a hora que
    quiserem.chega…….

  26. Julia Pilar permalink
    07/08/2013 22:10

    Acho relevante a participação em massa do povo nas ruas mesmo que demore os feitos para as melhores condiçoes de vida. Que este movimento seja apenas um ensaio para que 2014 todos os brasileiros possam ir para as ruas e reivindicar todos seus direitos legais.

  27. paulobarbosa permalink
    02/10/2013 11:29

    sem comentarios

  28. 21/11/2013 21:33

    a va

Trackbacks

  1. Manifestações no Brasil destacam necessidade de reformas, diz Fitch | alrocha-antenacultural

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 396.657 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: