Skip to content

“A beleza salvará o mundo”: Dostoiewski nos ensina como

27/04/2014

Dos gregos aprendemos e isso atravessou  os séculos, que todo ser, por diferente que seja, possui três características transcendentais (estão sempre presentes pouco importa a situação, o lugar e o tempo): ele é o unum, o verum e o bonum, quer dizer ele goza de uma unidade interna que o mantem na existência, ele é verdadeiro, porque se mostra assim como de fato é e é bom porque desempenha bem o seu lugar junto aos demais ajundando-os a existirem e coexistirem.

Coube aos mestres franciscanos medievais, como Alexandre de Hales e especialmente São Boaventura que, prolongando uma tradição vinda de Dionísio Aeropagita e de Santo Agotinho, acrescentarem ao ser mais uma característica transcendental: o pulchrum vale dizer, o belo. Baseados, seguramente na experiência pessoal de São Francisco que era um poeta e um esteta de excepcional qualidade, que “no belo das criaturas via o Belíssimo,” enriqueceram nossa compreensão do ser com a dimensão da beleza. Todos os seres, mesmo aqueles que nos parecem hediondos, se os olharmos com afeição, nos detalhes e no todo, apresentam, cada um a seu modo, uma beleza singular na maneira como neles tudo vem articulado com um equilíbrio e harmonia surpreendentes.

Um dos grandes apreciadores da beleza foi Fiodor Dostoiewski. A beleza era tão central em sua vida, conta-nos Anselm Grün, monge beneditino e grande espiritualista, em seu último livro “Beleza: uma nova espiritualidade da alegria de viver”(Vier Türme Verlag 2014) que o grande romancista russo desolocava-se pelo menos uma vez ao ano até Dresde, na Alemanha, só para contemplar na capela a formosa Madona Sixtina de Rafael. Permanecia longo tempo em contemplação diante daquela esplêndida figura. Tal fato é surpreendente, pois seus romances penetraram nas zonas mais obscuras e até perversas da alma humana. Mas o que o movia, na verdade, era a busca da beleza pois nos legou a famosa frase:”A beleza salvará o mundo”dita no livro O Idiota.

No romance Os irmãos Karamazov aprofunda a questão. Um ateu Ipolit pergunta ao príncipe Mynski como “a beleza salvaria o mundo”? O príncipe nada diz mas vai junto a um jovem de 18 anos que agonizava. Aí fica cheio de compaixão e amor até ele morrer. Com isso nos quis dizer: beleza é o que nos leva ao amor condividido com a dor; o mundo será salvo hoje e sempre enquanto houver essa atitude.

Para Dostoiewski a contemplação da Madona de Rafael era a sua terapia pessoal, pois sem ela desesperaria dos homens e de si mesmo, diante de tantos problemas que vivia. Em seus escritos descreveu pessoas más e destrutivas e outras que mergulhavam nos abismos do desespero. Mas seu olhar, que rimava amor com dor compartida, conseguia ver beleza na alma dos mais perversos personagens. Para ele, o contrário do belo não era o feio mas o espírito utilitarista e o uso dos outros, roubando-lhe assim a dignidade.

“Seguramente não podemos viver sem pão,mas também é impossível existir sem beleza”repetia. Beleza é mais que estética; possui uma dimensão ética e religiosa. Ele via em Jesus um semeador de beleza. “Ele foi um exemplo de beleza e a implantou na alma das pessoas para que através da beleza todos se fizessem irmãos entre si”. Ele não se refere ao amor ao próximo; a contrário: é a beleza que suscita o amor e nos faz ver no outro um próximo a amar.

A nossa cultura dominada pelo marketing vê a beleza como uma construção do corpo e não da totalidade da pessoa. Então surgem métodos e mais métodos de plásticas e botoxs para tornarem as pessoas mais “belas”. Por ser construída, é uma beleza sem alma. E se repararmos bem, nesta estética fabricada, emergem pessoas com uma beleza fria e com uma aura de artificialidade, incapaz de irradiar. Daí irrompe a vaidade, não o amor, pois a beleza tem a ver com amor e a comunicação. Dostoiewski observa, nos Irmãos Karamazov, que um rosto é belo quando você percebe que nele litigam Deus e o Diabo entorno do bem e do mal. Quando percebe que o bem venceu, irrompe a beleza expressiva, suave, natural e irradiante. Qual beleza é maior? A do rosto frio de uma top-model ou a do rosto enrugado e cheio de irradiação da Irmã Dulce de Salvador, Bahia, ou a da Madre Tereza de Calcutá? A beleza, característica transcendental, se revela como irradiação do ser. Nas duas Irmãs, a irradiação é manifesta, na top-model existe mas é esmaecida.

O Papa Francisco conferiu especial importância na transmissão da fé cristã à via pulchritudinis (a via da beleza). Não basta que a mensagem seja boa e justa. Ela tem que ser bela, pois só assim chega ao coração das pessoas e suscita o amor que atrái ( Exortação A alegria do Evangelho, n 167). A Igreja não visa o proselitismo mas a atração que vem do amor e da beleza da mensagem que causa fascínio e produz esplendor.

A beleza é um valor em si mesmo. É gratuita e sem interesse. É como a flor que floresce por florescer pouco importa se a olham ou não, como diz o místico Angelus Silesius. Quem não se deixa fascinar por uma flor que sorri gratuitamente ao universo? Assim devemos viver a beleza no meio de um mundo de interesses, trocas e mercadorias. Então ela realiza sua origem sânscrita Bet-El-Za que quer dizer:”o lugar onde Deus brilha”. Brilha por tudo e nos faz também brilhar pelo belo que se irradia de nós.

Leonardo Boff escreveu A força da ternura, Editora Mar de Idéias, Rio 2011.

47 Comentários leave one →
  1. José Rubens Naime permalink
    27/04/2014 22:26

    Maravilhosa interpretação da alma e de Deus e da Virgem Maria.Parabens. Vou compartilhar

  2. 27/04/2014 22:36

    Leonardo, este sem dúvida , é um dos motivos que nos tem levado a continuar fazendo rosas do Manifesto das Flores. Paz e Bem!

  3. 27/04/2014 22:37

    RESULTA SORPRENDENTE LA COINCIDENCIA DE UNUM, VERUM Y BONUM GRIEGOS, CON EL BRAHMA, SHIVA Y VISHNU DE LA CULTURA INDIA. O CON EL PRIMER, SEGUNDO Y TERCER PRINCIPIO TERMODINÁMICO, DE LA CIENCIA MODERNA…
    Y QUE EN CUALQUIERA DE ESTAS COSMOS-VISIONES SE ESTABLEZCA LA BELLEZA COMO SINÓNIMO DE VERDAD…

  4. 27/04/2014 23:40

    Que beleza de crônica!! É bela como as Irmãs citadas.

  5. 28/04/2014 0:13

    Acho a beleza é a harmonização do interno com o brilho externo (sorrir,olhar,se cuidar, e ter a cabeça sempre conectada com a realidade…)

  6. 28/04/2014 8:46

    A verdadeira beleza para Platão se consubstancia na busca de viver e fazer o Bem.Quem ama a beleza espiritualmente falando está bem pertinho de Deus,Parabéns Prof.Leonardo Boff pelo esplêndido texto carregado pela Força da Ternura.Recomento leitura desse seu pertinente e referido livro.
    Ah se não fosse a ternura o universo seria preto e branco..

  7. Roberta Lima permalink
    28/04/2014 9:00

    Esse é pra ti levares no grupo de oracao de quarta😉 Ao final o significado de beleza em sãnscrito: detonou…rs…

    Bjo….bjo!

    Belo mio!!!

  8. Bira permalink
    28/04/2014 12:08

    Lindo texto e de umaprofunidade ímpar tal os conceitos – humanos e transcedentais – envolvidos. Parabéns!

  9. Adriana Reis Figueiredo permalink
    28/04/2014 12:22

    Professor, por isso devemos banir a palavra “diferenças” pois esta subentende um modelo… fomos feitos para sermos plenos, pois somos filhos do PAI e estamos sob sua lei… o modelo imposto é o modelo do, e do falso poder terrestre o mercado e devemos combatê-lo em detrimento ao respeito à manifestação de Deus que é o nosso
    próximo…

  10. JORGE KHARRERO permalink
    28/04/2014 18:09

    PRISÃO E EDUCAÇÃO
    QUANDO SE FALA EM EDUCAÇÃO, SUBTENDESSE ESTRUTURA E NÍVEL DE CONHECIMENTO. CONHECIMENTO ESTE QUE SE CONQUISTA MEDIANTE A ESFORÇO DO SUJEITO. ISSO, SE ELE QUISER E ESTIVER ABERTO A PROCURAR E A CONHECER.A EDUCAÇÃO PRECISA SER BUSCADA E REBUSCADA EM TODOS OS CONTEXTOS QUE NORTEIAM NOSSA VIDA. A EDUCAÇÃO, ELA SE TORNA LIVRE E ABERTA PARA INDIVÍDUOS QUE SE LIBERTE E SEJA LIBERTADO DE CORRENTES QUE POR VENTURA LHE APRISIONEM . A FORMA DE CONHECIMENTO, ESTÁ TOTALMENTE FORA DA (CAVERNA),E O GUARDIÃO DA CAVERNA, ESTÁ FORA VIGIANDO A ENTRADA, PORQUE OS CONHECEDORES ESTÃO LÁ DENTRO TENTANDO ENCONTRAR UMA ESTRATÉGIA, E UMA TÉCNICA PARA CONTER E DOMAR O GUARDIÃO. POIS, O CARCEREIRO TAMBÉM É SUPER EDUCADO E CONHECEDOR DE REGRAS E TÉCNICAS TEM O PAPEL DE MESTRE EDUCADOR..
    A CAVERNA, QUE O EDUCADOR FORMA E ENSINA OS ALUNOS QUE VIVEM PRESOS LÁ DENTRO TEM UMA GRANDE GRADE, E ELE APLICA TODOS OS DIAS UM TERRÍVEL E VIOLENTO CURRÍCULO A DISCIPLINA É OPRESSORA E REPRIME QUALQUER UM.O EDUCADOR GUARDIÃO DA PRISÃO,APLICAVA TESTES DE CONHECIMENTO;E UM DOS ALUNOS QUESTIONOU O MESTRE EDUCADOR NO TOCANTE A GRADE CURRICULAR DISSE ELE:- GRADE CURRICULAR DAR UMA CONOTAÇÃO DE PRISÃO E NÃO QUEREMOS FICAR MAIS PRESO TROQUE ESSA GRADE POR DISCIPLINA TRANSFORMADORA, E CONHECEDORA DA VERDADE, E LIVRE-NOS DESSA PRISÃO, E DESSAS CORRENTES. CONTUDO, DEPOIS DESSE QUESTIONAMENTO TRANSFORMADOR,O EDUCADOR QUEBROU A GRADE, E FOI OBRIGADO A LIBERTAR OS ALUNOS; EM TROCA, O QUE VIGIAVA A PRISÃO, SE UNIU AO GRUPO, E PASSOU A PENSAR COM COM OS ALUNOS, TRANSFORMANDO ESCOLAS, E A EDUCAÇÃO.
    JORGE KHARRERO,5 DE NOVEMBRO, DE 2013, FORTALEZA- CEARÁ.
    Curtir · · Compartilhar

  11. Rebeca permalink
    28/04/2014 19:37

    Lindo….Belo e verdadeiro

  12. 28/04/2014 21:31

    Texto simplesmente maravilhoso.

  13. isabel sa fontoura pinho permalink
    28/04/2014 21:53

    Que verdade! A beleza salvará o mundo, tenho certeza. Explico:surgiu uma polêmica sobre a utilidade ou inutilidade do acontecimento Copa do Mundo. Não me interessei em questionar porue ouvi duas autoridades sérias: José Fortunati e Tarso Genro posicionarem-se favoravelmente, prefeito e governador de de nossa cidade-estado. São inteligentes, brilhantes advogados e, bem intencionados. Mas a história rolou. Np momento falam em obras inacabadas, mas aí penso: nem tudo sai como imaginamos, mas também acredito eu nada de tão grava se passa que não possa ser reparado.Na vida- de qualquer um de nós há momentos em que nos deparamos com um rio: e, este tem que ser atravessado,depois vê-se o melhor a fazer.Assistindo a um programa do tradicionalista Romeira criei alma nova: contava ele que os gaúchos iriam se preparar para receber o pessoal da copa. São pessoas extremamente lindas, cantam o amor ao próximo, ao campo, à terra, à amizade. ao irmão necessitado, imagine mostrarmos, mais que isto, trocarmos com nossos visitantes o que temos de mais rico: a beleza interior desse povo . Voei para a internet à procura da interpretação de Fafá de Belém do Hino Nacional e, encontrei por ocasião da Constiuuite Fafá nos revelando a beleza das potencialides de nosso Brasil e, a imaginei também recepcionando nossos visitantes. Pensei na beleza estoanteante do Rio de Janeiro, a mais linda cidade do mundo.Sendo prática, as quaisuer coisas inacabadas materialmente com uma recepção desse nível ninguém sairá insatisfeito.. Os chamados vândalos deverão ser afastados, são poucos e débeis. As máscaras deverão, na minha opinião ser proibidas porque a intenção é intimidação.Democracia só existe no respeito, com respeito à integridade física e moral. Para relaxar, então, procurei Martinho da Vila que ensina com sabedoria e humidade, mas determinação” a vida vai melhorar”.Pensou bem a sra Presidenta sobre a conveniência do evento;De fato é uma pessoa inteligentíssima. Um abraço, Isabel

  14. 28/04/2014 23:12

    Republicou isso em PASO A LA UTOPÍA.

  15. 29/04/2014 1:25

    Quem não se deixa fascinar por alguém que lhe ama gratuitamente, como a flor que sorri para o universo, e enxerga nesse ser a beleza como um todo e não apenas aquela uma mente estética.

  16. 29/04/2014 3:03

    Absolutamente MAGNÍFICO !!!

  17. André Lacerda permalink
    29/04/2014 8:09

    Ótimo texto! A meu ver, a beleza verdadeira transcende a forma e ao tempo, e vive latente em todos nós. E eis que num determinado momento, surge no observador a oportunidade de vê-la, tocá-la, senti-la, senão na sua totalidade – já que a beleza brilha infinita em sua renovação – mas na sua plenitude. Abraço

  18. elza permalink
    29/04/2014 18:31

    Nossa! Que lindo! Me emocionei.

  19. 29/04/2014 22:26

    Alguém saberia informar onde encontro o texto no qual o Leonardo Boffi discute a onipresença, onisciência e onipotência de Deus ?

  20. Janes Rocha permalink
    30/04/2014 8:00

    Pena que o texto contradiga tudo o que Leonardo Boff e sua TDL vem dizendo e fazendo desde sempre: pois para ele é o dever, a moral, O QUE DEVE SER feito, o PROJETO, a HERANÇA ÉTICA de Jesus, é que salva o mundo, e não a gratuidade, o dom, a presença de uma AMIZADE gratuita ( o VERBO de DEUS que HABITA entre nós). Ele trocou o Reino- DOm de Deus, pela Babel da engenharia social. Sigamos o modelo que é Jesus, é o seu mote. Mas como Dostoiévski tao bem lembra, só pode amar e construir amor quem é profundamente tocado e amado pelo AMOR e não apenas quem sabe o que DEVE ser feito. A sociedade mais justa, o mundo mais correto, isso tudo é mera pretensão, se não somos pessoas amadas, libertadas. Só quem se sabe amado pode amar. Fazer o bem à mulher por mero senso do dever, da indignação ética não basta para sustentar uma fidelidade no ideal. Não que seja errado, é que não somos capazes, o Antigo Testamento (no qual Boff ainda vive) mostra no que resulta a pretensão de achar que somos capazes da justiça. Mas a novidade de Jesus é essa: Ele, com sua presença amiga, seu amor que se doa até a cruz, é a BELEZA do PAI presente aqui e agora. Não é a mera “herança” moral de um Jesus histórico que nos move, não nos movemos por uma ideia ética, mas por uma atração profunda porque temos sido amados por alguém que vive aqui e agora. Os gestos amorosos e corajosos de um homem para com uma mulher, são muito mais autênticos quando brotam do coração enamorado, são muito mais humanos e vivos do que se brotassem apenas da consciência (e isto é Teologia da Libertação) ética, de quem se sabe fraco para seguir o que a consciência diz ( e se não se sabe cria uma pretensão farisaica). Mas fazer o bem, lutar pela justiça e pelos pobres, porque se sabe amado (e assim se quer irradiar o amor recebido) ah isso faz toda a diferença. Essa é A BELEZA que salva o mundo! Esse é o grande tesouro que a TDL moralista não enxerga. Por isso a cara do Leonardo Boff é tão tristonha e suas palavras são tão amargas.

    • 01/05/2014 1:13

      Janes,
      Creio que vc não leu nada de minha cristologia que ao todo soma mais de mil paginas. Não tem nada a ver com aquilo que vc expõe. É melhor se informar melhor para não fazer injustiça aos autores e desinformar os leitores
      lboff

      • Júlio Cezar permalink
        11/06/2014 14:12

        É uma percepção anêmica da coisa.Se bem que anêmica é elogio à Janes.

      • Janes permalink
        19/08/2014 12:54

        Não importam muito as palavras que você usa para defender sua obra das críticas. Importa sobretudo o seu coração diante dAquele que vê e sabe todas as coisas mais íntimas e profundas que existem em nós, para além do braço que não queremos dar a torcer e das máscaras que não queremos deixar cair. E tenho certeza que para além da persona pública que você precisa manter diante de uma opinião pública já cativada, você sabe dialogar e abrir seu coração diante dEle. E você sabe perfeitamente em quais partes das suas obras transparece mais a moral, a regra, o dever ser assim e assado , o projeto e a engenharia social que esconde a graça que salva e sabe também quais partes (como no texto deste post) mostram que o Amor é fruto de um encontro que liberta o coração e assim nos torna capazes de amar…Você sabe bem, lá no seu íntimo onde sua obra favoreceu ou não aos leitores a percepção dessa humilde abertura diante de uma graça maior que nossos projetos cheios de autossuficiência moral que julga tudo e todos pelo nosso esquema ideológico (e aí se acha o fulcro do conflito do magistério da igreja com alguns pontos da sua obra). Afinal não apenas você, mas todos nós somos assim. É mais fácil falar do amor e da justiça que devemos praticar do que crer que somos amados. Crer (e experimentar!) que nossas obras boas, podem ser frutos de um Amor que nos ama e abraça primeiro é um ousado gesto de confiança e abertura ao Mistério que nos envolve e chama pelo nome. E achar que somos nós que fazemos tudo, é uma pretensão e uma tentação não para Leonardo Boff apenas, mas para cada um de nós. E cada um de nós, lá no silêncio do coração, sabe perfeitamente bem quando não deixamos que seja Ele a ocupar o centro, a amar em nós e por meio de nós. Por isso não importa tanto o que você diz, mas aquilo que você mostra ao Senhor, quando você e Ele estão a sós, longe das torcidas humanas, das imagens e reputações já conquistadas, do status intelectual já adquirido. Apenas rezo a Deus que a honestidade de coração que você e eu demonstrarmos diante dEle, se traduza na honestidade intelectual, assumida com humildade e publicamente. Aliás, uma pessoa que tanto cobra (dos outros!) abertura ao pensamento divergente e à crítica alheia, saberá com certeza, se esforçar para praticar o que aconselha aos outros.

      • 19/08/2014 22:35

        Janes, agradeço as judiciosas ponderações. Nós valemos por aquilo que somos diante de Deus e não diante dos outros.O que me importa é que consiga levar um pouco de luz a quem quiser abir os olhos.Mas se não quiser, não tem importância. Uma estrela não se importa se a vemos ou não.
        abraço
        lboff

      • JORGE GONALVES permalink
        20/08/2014 23:37

        EDUCAÇÃO X PALMATÓRIA EDUCAR HOJE É BEM DIFERENTE DE OUTRORA. O PROFESSOR NÃO É MAIS AQUELE DITADOR DE SALA, ONDE SÓ MENTE ELE FALAVA, E TINHA UM CONHECIMENTO POLIVALENTE, E INQUESTIONÁVEL. ALUNOS FICAVAM CALADOS NÃO ABRIAM A BOCA CONCORDAVAM COM TUDO QUE O PROFESSOR DIZIA OU TALVEZ FOSSE COM MEDO DE REPRESÁLIA, E DISCIPLINAS CASTIGADORAS.TODAVIA, O TEMPO MUDOU E TRANSFORMOU-SE MEXERAM NAS ESTRUTURAS DA EDUCAÇÃO. O ENSINO ERA RADICAL E SISTEMÁTICO ERA UMA DITADURA ESCOLAR. AS CABEÇAS MUDARAM, E MANIFESTOS ECLODIRAM, E JOVENS FORAM AS RUAS COM SUAS BANDEIRAS FAIXAS E CARTAZES, EM MOVIMENTOS DIZENDO E PROTESTANDO PARA MELHORAR A EDUCAÇÃO, E TEREM UMA EDUCAÇÃO JUSTA PARTICIPATIVA, DEMOCRÁTICA E IGUALITÁRIA, ONDE OS ALUNOS TIVESSEM VEZ E VOZ NO SEU APRENDIZADO NA ESCOLA E NA SALA DE AULA. COM FIM DA DITADURA, EDUCACIONAL E MANIFESTOS ESTUDANTIS CESSOU A PALMATÓRIA, E SEVERAS DISCIPLINAS APLICADAS POR PROFESSORES, MANDADA PELA EDUCAÇÃO, E SEGUIDA PELA ESCOLA. A PALMATÓRIA, ERA UM INSTRUMENTO CONFECCIONADO DE MADEIRA PARA PUNIR ALUNOS QUE DESOBEDIENTES AS REGRAS E NORMAS. DIRETORES E PROFESSORES BATIAM NAS MÃOS DOS ALUNOS DEFERINDO 6,12 OU 24 PANCADAS OU PALMADAS, DEPENDENDO DO GRAU DOS FEITOS E DESOBEDIÊNCIA DOS ALUNOS. ESSA EDUCAÇÃO FOI ABOLIDA E EXTINTA DAS ESCOLAS BRASILEIRAS. O ENSINO FORA MODIFICADO; ALUNOS CONQUISTARAM SEU ESPAÇO NA ESCOLA E NA EDUCAÇÃO. OS ALUNOS CRESCERAM NO SEU CONHECIMENTO, E PERDERAM O MEDO DE FALAR E QUESTIONAR EM SALA DE AULA. ENTRETANTO, A VERDADEIRA EDUCAÇÃO, E O BOM ENSINO NAS NOSSAS ESCOLAS DEVEM FORMAR CONSCIÊNCIA NOS ALUNOS, TORNANDO-OS PENSADORES PARA ATUAREM COMO BONS PROFISSIONAIS NA SOCIEDADE.

        JORGE KHARRERO,13 DE AGOSTO DE 2014, PEDAGOGIA DO MEDO,P.15, JUAZEIRO DO NORTE CEARÁ- BRASIL.

        Date: Wed, 20 Aug 2014 01:35:29 +0000 To: windy71live@hotmail.com

    • Rosangela permalink
      07/05/2014 23:48

      Janes, Você é que está sendo amargo, tratando Leonardo Boff, assim. Deus lhe proteja dos julgamentos. Você está julgando e, também será julgado!

  21. 01/05/2014 8:26

    Republicou isso em Espaço da Cidadania.

  22. 01/05/2014 20:37

    Leonardo Boff , sabes falar do belo na expressão do sagrado! Nossa gratidão, na perplexidade que nos envolve ao ler este texto, por tudo que nos tem ensinado com suas obras e exemplo de vida, e por nos fazer sentir, através de suas palavras, a verdadeira Face de Deus! Ivete de Azevedo Freitas- Psicóloga Junguiana/ Nova Serrana. MG

    • 01/05/2014 22:24

      Ivete
      C.G.Jung foi um dos poucos psicanalistas que valoriazaram a espiritualidade como uma poderosa força curativa
      É um dos meus mestres e interlocutore.
      abraço
      lboff

      • 01/05/2014 22:54

        Caro Leonardo, tivemos a grande honra e alegria de conhece-lo e recebe-lo em nossa casa a anos atrás em Nova serrana. Continuo em contato com Maristela, grande amiga, e guardamos a lembrança carinhosa de sua pessoa e Márcia junto a nós.Faço parte de um grupo de estudos das obras de JUNG. Agradecemos muito sua contribuição nas obras Junguianas, reconhecemos no nosso grupo de estudos seu grande valor dentro da Psicologia Analítica, se Jung é seu mestre, saiba que para nós,Junguianos, te temos como representação dele. Grata sempre! Ivete e Marcelo

  23. Rosangela permalink
    07/05/2014 23:39

    Eu sempre acreditei que a verdadeira Beleza está no nosso interior, mas amei saber que
    Beleza é o lugar onde Deus brilha. EU TENHO TANTO ORGULHO EM SABER QUE LEONARDO BOFF É BRASILEIRO. A nossa mídia deveria dar mais valor aos que têm muito a oferecer ao povo brasileiro!

  24. ferraridan67 permalink
    08/05/2014 10:58

    Caro Leonardo, muito obrigado por toda sabedoria e beleza que compartilha! O Bem, a Paz e a Harmonia, sempre!

  25. Carlos Rosado permalink
    23/05/2014 8:47

    Hola. ¿No han traducido este artículo al inglés? ¡¡¡Saludos!!!

  26. 25/05/2014 11:48

    Republicou isso em cadinhodemim.

  27. Danielle permalink
    01/09/2014 22:14

    Prezado L. Boff. é a primeira vez que escrevo aqui. Admiro sua profundidade. Obrigada por disponibilizar textos tão ricos de conhecimentos. Abraço.

Trackbacks

  1. “A beleza salvará o mundo”: Dostoiewski nos ensina como | EVS NOTÍCIAS.
  2. “A beleza salvará o mundo”: Dostoiewski nos ensina como
  3. “A beleza salvará o mundo”: Dostoiewski nos ensina como | Domingos Massa
  4. Beleza: O lugar onde Deus brilha | Para além do agora
  5. O Pulchrum |
  6. A beleza salvará o mundo: Dostoiéwski nos diz como « Associação Rumos
  7. Somos todos de barro. | Oficina do Pinduca
  8. Do casamento de Malkut com Tipheret | Ani Dabar
  9. Do casamento de Malkut com Tiphereth | Ani Dabar

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: