Skip to content

Não fiz as críticas a Lula que falsamente me atribuem

24/04/2017

Correm pelas redes sociais críticas que teria feito a Lula. Elas são falsas. Pessoalmente não fiz nenhuma crítica. O que fiz foi publicar no meu blog (leonardoboff.wordpress.com) um artigo de Carla Jiménez no jornal espanhol El Pais que leva como o título:”Uma elite amoral e mesquinha se revela nas delações da Odebrecht”.

Considerei o artigo bem informado sobre a corrupção que tomou conta das empreiteiras. Estas  corromperam e beneficiaram a quase todos os grandes partidos com caixa 2 ou com propinas. Um olhar de fora é sempre instrutivo, pois quando alguém escreve algo semelhante, aqui dentro do país, frequentemente é desqualificado como partidista, oportunista e mesmo falso.

No referido artigo Carla Jiménez, no final, faz críticas ao Lula o que considero, dentro da democracia, legítimo, embora não concorde.

Fiz um introdução bastante longa ao artigo e depois o transcrevi.

Pessoas mal intencionadas tomaram aquele tópico critico a Lula e o atribuiram a mim como se eu tivesse escrito tal coisa. E assim foi distribuido nas redes sociais. Repito: tal crítica não é minha, mas da jornalista do El Pais. Repudio a má fé de quem tirou do texto aquele tópico e falsamente afirma que a crítica foi feita por mim.

Corrupção se realiza não apenas nos negócios, mas corrupção existe também nas mentes de pessoas interessadas em desfazer a imagem do outro atribuindo-lhe coisas que não disse e não fez.

Fica aqui o meu esclarecimento em função da verdade e como denúncia de uma atrbiução feita malevolamente.

Leonardo Boff, teólogo, filósofo e articulista do JB on line.

 

 

 

Anúncios
56 Comentários leave one →
  1. Wanderson Alves permalink
    24/04/2017 11:05

    Pessoas esquecem que o mundo é uma floresta e que precisamos voar de asa-delta sempre que nos enchermos de incertezas, duvidas e insegurança.

  2. Andre permalink
    24/04/2017 11:16

    Sr. Leonardo Boff,

    Pena que sua crítica não foi mais contundente ao Governo Lula e Dilma.

    Esperava mais do Senhor. Mas como mesmo disse, devemos respeitar as opiniões divergentes.

    Meu pai foi um grande fã do Senhor. Lembro-me que “Teologia da Libertação” era o seu livro de cabeceira.

    Eu também tive grande afeto aos governos intitulados “sociais” e “democratas”. Mas como disse Durkheim, “as paixões são perigosas”, posto que obliteram os sentidos.

    Mas agora é hora de ver a verdade, que nos salta aos olhos.

    O presidente então “social” e “democrata” montou um grande esquema de corrupção professado por alguns dos homens fortes do partido: “Dirceu”, “Palocci”, “Jaques Wagner”, dentre outros. E hoje fartamente documentado nas operações da Lava Jato.

    A própria Heloísa Helena se sentido enojada ao saber do mensalão do partido da estrela solitária e vermelha. Admitia que não concordava que TODAS as campanhas eram feitas através de caixa-dois, preferiu se isolar voltando ao seu estado natal. Agora, compreendo sua postura.

    Sabe, uma frase me vem a mente é impossível servir a dois senhores, ou oraremos a Mamom ou a Deus. O PT e os ditos governos “sociais” se renderam a esquemas de propina, lavagem dinheiro, corrupção passiva e ativa. Não é possível mais entende-lo como social e democrata, quando democracia não se faz mais com votos, mas com propina. E não é possível fazer justiça social, quando o dinheiro é colocado em paraísos fiscais, mansões, apartamentos, etc; e não em saúde, educação e segurança.

    Um grande abraço de um amigo. Que também como muitos ex partidários do PT e da esquerda, conseguiu perceber que não podemos mais ter políticos de estimação, seja do PT ou do PMDB, ou mesmo PSDB. Devemos amar apenas nossa pátria e nosso povo. Este ultimo cansado de ver tanta sujeira e degenerescência.

    • Marcia permalink
      25/04/2017 2:29

      Parabéns pela colocação, André

      • Andre permalink
        25/04/2017 16:20

        Obrigado! Independente das posturas ideologicas ou partidarias, temos que respeitar os outros! O Sr Leonardo Boff tem uma história de luta! Devemos nos comportar frontalmente contra a corrupção, mas não contra as pessoas! Muitos estão ainda enganados, mas este é só o “princípio das dores” (MT 24,8).

    • 25/04/2017 10:16

      André, meus parabéns pelo seu comentário, democrático e consiste! Disse o que a maioria dos brasileiros desejaram responder a esse Sr. L. Boff, que, parece estar em uma ciranda dos ideais socialista…. Também já fui adepta da Teologia da libertação, das suas obras, porém hoje não sinto consistência, diante das propostas desses governos populistas, que iludiram a população brasileira….

  3. Maria cecilia alcantara e silva permalink
    24/04/2017 11:22

    Ontem elogiei sua coragem ao criticar eses abusos de corrupção. Imaginei o quanto deveria ter sido sofrido, digo isso por mim que tambem perdi a esperança e confiança em figuras do psdb que ainda quero bem e terei como amigos, nao mais como dirigentes. Infelizmente retiro o elogio. Tambem reconheco os avancos dos governos pt mas isso bao os isenta da culpa da corrupção deslavada. Pena! Te entendi mal.

    • Marcia permalink
      25/04/2017 2:33

      Maria Cecilia, o mesmo, infelizmente, senti eu. Perceber que um “ídolo”, em algum momento, se tornou um obstinado é bem dolorido e amedrontador…
      Que pena…

  4. 24/04/2017 11:55

    Estou com você Boff!

  5. 24/04/2017 12:32

    Perdeu a oportunidade de merecer meu respeito.
    Continuará não tendo.

  6. leonardo permalink
    24/04/2017 12:36

    Se ainda não refletiu sobre uma crítica a Luiz Inácio, querido pensador, deveria fazê-lo… nem que seja apenas por honestidade intelectual.

  7. Luiz Otávio Pereira permalink
    24/04/2017 13:20

    Não houve intenção de alterar o que Leonardo Boff disse. ===== Antes de reproduzir o artigo publicado no jornal El País, Leonardo Boff escreveu isto: “(…)Precisava vir alguém de fora, de uma jornalista Carla Jiménez do jornal espanhol El Pais (17/04/2017) para nos dizer as verdades que precisamos ouvir(…)” ===== Diante do que foi escrito pelo Boff, só se pode entender que ele concordou com as verdades ditas no artigo publicado no jornal El País.

  8. 24/04/2017 13:29

    Meu caro, foi ingênuo da sua parte. Com a direita que temos era evidente que aproveitariam esse artigo da forma como aproveitaram.

  9. Josa medeios permalink
    24/04/2017 14:06

    Professor, sua imagem jamais será abalada com essas falsas notícias.

  10. Marilda Varejao permalink
    24/04/2017 14:11

    Jamais duvidei dos seus ideais, os quais compartilho. Também não li a reportagem a qual se refere como ditada/refigida por vc. Mas o trecho colocado pela a autora do texto entte aspas, que a mesma declarava ter sido extraído do se site (o qual confesso não abri, por falta de trmpo, vez que estava em voma da hora de uma fisioterapia), achei deveria ser procedente. Não apenas porque desde quando me desfiliei do PT, à época fo Mensalão, penso daquela forma, mas por trr ouvido de vc, na mesa redonda realizada com o Betto e o Yves Lesbaupin recemtemente aqui em Petrópolis, no Sindicato da Saúde, que estava na hora do partido fazer uma autocrítica. Peço desculpa por talvez hoje, embora fiel aos nossos ideais, discordar do apoio que continua dando a Lula, ter lido erroneamente o que li e postei no FB. Mas fique claro: mesmo discordando em muitos momentos do que escreve, jamais pensei tenha em algum momento abandonado sua opção pelos pobres e a Teologia da Libertação. Paz e Bem!

  11. Ronaldo Oliveira permalink
    24/04/2017 14:37

    Correto mestre Boff, mas suas palavras sobre o PT, nessa introdução, certamente induziu a tal pensar. Creio ser indevido, desproporcional, a adjetivação de quem caiu nessa “interpretação”.

    No mais, lamento que não tenha chegado a hora de perceber que a colunista somente está correta, inclusive nessa parte do texto.

  12. Marco Aurélio Machado permalink
    24/04/2017 14:51

    Muito bom grande irmão! Fraterno abraço!

  13. Eveline Gloria Borges Samary permalink
    24/04/2017 15:24

    Tinha absoluta certeza disso.

  14. Abner Sótenos permalink
    24/04/2017 18:48

    Eu sabia que tinha sido manipulação!
    Tempos difíceis…!!!!

  15. 24/04/2017 19:14

    Obrigado por esclarecer! Nunca é demais deixar tudo bem claro.Assim dá para entender também quanto sofre o Papa Francisco quando suas palavras são distorcidas e manipuladas para favorecer opiniões próprias, ideologias ou que for… Nas últimas semanas não tem faltado falsificação e, apesar do esclarecimento do Vaticano, nem jornais nem pessoas da igreja consertaram o problema.

  16. Carlos Brant permalink
    24/04/2017 19:43

    Mas porque não concorda com as críticas?

  17. Cristina Coluccini permalink
    24/04/2017 19:59

    Nunca duvidei de sua verdade. O meu respeito pelas suas opções e opiniões ideológicas!
    Abraços!

  18. José Carlos Sá permalink
    24/04/2017 20:37

    Só vemos isso hoje.
    É impressionante como muita gente se alimenta de alimentar os outros com falsidades, distorções.

  19. Rutiene Mesquita permalink
    24/04/2017 21:38

    Melhor fazer um vídeo desmentindo, pois os golpistas estão usando e abusando dessa farsa!

  20. Ana Luce Galvão Moreira permalink
    24/04/2017 22:20

    A má fé está em toda parte! Pessoas inescrupulosas que semeiam o ódio e a discórdia. Professor Leonardo Boff tenho respeito e admiração pelo Senhor e pelo seu trabalho. Espírito de grande envergadura que se preocupa com o planeta. Tenha a minha solidariedade neste momento em que as pessoas de bem são consideradas pelo grupo trevoso de má índole. Paz e Bem, querido!

  21. 25/04/2017 0:07

    Uai… quando o senhor diz “a mim não interessa o partido” isso não significa uma ruptura? O partido não lhe interessava quando o senhor estava em cima do palanque do mesmo PT nas eleições?

  22. Eliane permalink
    25/04/2017 6:47

    Estou com vc Leonardo Boff. O povo infelizmente, anda muito odioso e ignorante.

  23. Vania permalink
    25/04/2017 7:25

    Caro mestre,
    O senhor deveria gravar um video, sua imagem e voz marcando seu sempre coerente posicioemanento​ calarao forte os manipuladores.

  24. 25/04/2017 9:22

    Pauta-me o blá, blá, blá sobre Boff ter ou não criticado Lula.
    1º) Quem é Carla Jiménez para merecer o endosso do teólogo? Seja lá qual for a biografia foi decisão de Boff escolhê-la e, portanto, é de Boff o ônus de retocar alguma “derrapada”. Já que foi feito o devido esclarecimento sobre a reprodução, ainda que nenhuma retificação na “introdução” publicada, prefiro ficar com o óbvio, que é o que está escrito. E o óbvio é que foi feita uma crítica ao Lula. Qual o problema nisso?

    2º) Me recordo que na década de 80, uma dos grandes nós que a esquerda enfrentava era a dúvida se valia a pena “jogar o jogo” da política institucionalizada, suja como sempre foi, corrupta como sempre foi, medíocre como sempre foi. Nunca me iludi, sobre a escolha que foi feita. Meu voto, nesse sentido foi muito consciente. À época, nos propunhamos (ou não!) a “procurar brechas internas ao sistema para desmontá-lo”. Me corrijam se estiver errado. Assim, para o que foi proposto, chegamos ao limite e…. propositalmente ou não, o desmonte está sendo feito.

    3º) Com a leitura do passado e os limites do presente, precisamos dar mais um passo, adiante. Quais são os nós que se nos apresentam agora? O desmonte da tal política institucionalizada está sendo feita e, provavelmente, tenhamos que reconstruir o modo de fazer política. A esquerda ainda será capaz de fazê-lo? Ou vamos, nos deter, fazendo “mea culpa” de erros que não são nossos.

    4º) O erro de alguns foi chafurdar suas individualidades políticas, mas haveria como evitar que isso acontecesse? O purismo da moralidade (religiosa cristã) não pode ofuscar nossas decisões e a consciência do que fizemos historicamente. Para aqueles que se fiam na moralidade religiosa cristã (e não se decepcionam com ela), é importante lembrar quantos erros foram cometidos na prática e quantos foram cometidos na própria defesa daquela moralidade. E talvez seja necessário perguntar: quantas vezes o cristianismo foi autocrítico?

    • Bruno permalink
      25/04/2017 11:54

      Eu concordo com o ponto colocado pelo ‘quitandasite’.
      O Boff foi muito ingênuo.
      Quando reproduzimos de forma positiva a opinião de alguém, de uma certa forma damos destaque e um certo aval à mesma, mesmo que de forma crítica.
      É óbvio que a direitona que NUNCA dorme iria se aproveitar disso.
      Tem que ficar atento!

      Lair Gomes, você é o cara!
      Se olharmos com olhos “distantes” e sem paixão, vamos perceber o lado positivo de tudo isso: as máscaras estão caindo e mostrando a verdadeira e escancarada podridão institucionalizada.
      Os políticos, os juízes e desembargadores, o PGR, o MP, a PF, as PM’s, as Forças Armadas, as igrejas e ONG’s (em sua maioria) estão expondo suas faces que estavam há séculos escondidas: MONSTROS.

      Como se conserta tudo isso?
      Os luminares da sociedade têm que sentar, conversar com equilíbrio e chegar a um novo projeto de NAÇÃO antes que a barbárie se instale de forma definitiva.
      O “fósforo” está a um milímetro do barril de pólvora…

      • 25/04/2017 18:19

        Brunp.este é o texto que publiquei agui no blog, no JB on line e no Globo de hoje. Manipularam um texto que não era meu.
        Não fiz as críticas a Lula que falsamente atribuem a mim

        Correm pelas redes sociais críticas que teria feito a Lula. Elas são falsas. Pessoalmente não fiz nenhuma crítica. O que fiz foi publicar no meu blog (leonardoboff.wordpress.com) um artigo de Carla Jiménez no jornal espanhol El Pais que leva como o título:”Uma elite amoral e mesquinha se revela nas delações da Odebrecht”.

        Considerei o artigo bem informado sobre a corrupção que tomou conta das empreiteiras. Estas corromperam e beneficiaram a quase todos os grandes partidos com caixa 2 ou com propinas. Um olhar de fora é sempre instrutivo, pois quando alguém escreve algo semelhante, aqui dentro do país, frequentemente é desqualificado como partidista, oportunista e mesmo falso.

        No referido artigo Carla Jiménez, no final, faz críticas ao Lula o que considero, dentro da democracia, legítimo, embora não concorde.

        Fiz um introdução bastante longa ao artigo e depois o transcrevi.

        Pessoas mal intencionadas tomaram aquele tópico critico a Lula e o atribuiram a mim como se eu tivesse escrito tal coisa. E assim foi distribuido nas redes sociais. Repito: tal crítica não é minha, mas da jornalista do El Pais. Repudio a má fé de quem tirou do textoaquele tópico e falsamente afirma que a crítica foi feita por mim.

        Corrupção se realiza não apenas nos negócios, mas corrupção existe também nas mentes de pessoas interessadas em desfazer a imagem do outro atribuindo-lhe coisas que não disse e não fez.

        Fica aqui o meu esclarecimento em função da verdade e como denúncia de uma atribuição feita malevolamente.

        Leonardo Boff, teólogo, filósofo e articulista do JB on line.

  25. Ricardo Cardoso permalink
    25/04/2017 10:13

    Certo. Está explicado. E qual é exatamente a sua posição sobre o Lula. Talvez seja o momento de que seus seguidores tenham acesso a uma franca exposição do que pensa.
    Sds.

  26. JOSE SEBASTIAO PEDROSA permalink
    25/04/2017 10:20

    Impossível que sua consciência não lhe mostre o que está à vista de todos. Perdemos para a moral , perdemos a oportunidade de criar um Brasil melhor. Admita fomos ingênuos. Esse sujeito é um egoísta. Cultua a própria personalidade. Economicamente quebrado o país impõe aos pobres maiores restrições.

  27. Murilo permalink
    25/04/2017 12:46

    Querido Mestre,
    Tens o meu respeito e minha admiração! Tua luta incansável em favor da justiça social te credencia a opinar sobre o momento atual. Tuas opiniões são relevantes e devem ser tratadas dentro do contexto. Infelizmente, os manipuladores de plantão estão a postos para aproveitar qualquer coisa que sirva a seus interesses de atacar a esquerda e seu líder maior neste país. Não permita, mestre querido, que seu grande coração ofereça, inadvertidamente, por lapso, munição ao adversário calunioso. Sei que é difícil manter-se sempre em alerta, mas eles estão à espreita e não respeitam a boa fé das pessoas do bem.
    Tens a minha solidariedade e admiração.

    • 25/04/2017 18:16

      Murilo, este é o texto que publiquei aqui no blog, no JB online e no Globo de hoje. Abraço lboff
      Não fiz as críticas a Lula que falsamente atribuem a mim

      Correm pelas redes sociais críticas que teria feito a Lula. Elas são falsas. Pessoalmente não fiz nenhuma crítica. O que fiz foi publicar no meu blog (leonardoboff.wordpress.com) um artigo de Carla Jiménez no jornal espanhol El Pais que leva como o título:”Uma elite amoral e mesquinha se revela nas delações da Odebrecht”.

      Considerei o artigo bem informado sobre a corrupção que tomou conta das empreiteiras. Estas corromperam e beneficiaram a quase todos os grandes partidos com caixa 2 ou com propinas. Um olhar de fora é sempre instrutivo, pois quando alguém escreve algo semelhante, aqui dentro do país, frequentemente é desqualificado como partidista, oportunista e mesmo falso.

      No referido artigo Carla Jiménez, no final, faz críticas ao Lula o que considero, dentro da democracia, legítimo, embora não concorde.

      Fiz um introdução bastante longa ao artigo e depois o transcrevi.

      Pessoas mal intencionadas tomaram aquele tópico critico a Lula e o atribuiram a mim como se eu tivesse escrito tal coisa. E assim foi distribuido nas redes sociais. Repito: tal crítica não é minha, mas da jornalista do El Pais. Repudio a má fé de quem tirou do textoaquele tópico e falsamente afirma que a crítica foi feita por mim.

      Corrupção se realiza não apenas nos negócios, mas corrupção existe também nas mentes de pessoas interessadas em desfazer a imagem do outro atribuindo-lhe coisas que não disse e não fez.

      Fica aqui o meu esclarecimento em função da verdade e como denúncia de uma atribuição feita malevolamente.

      Leonardo Boff, teólogo, filósofo e articulista do JB on line.

  28. Lourenço Gobira permalink
    25/04/2017 12:50

    Senhor Leonardo Boff,

    Eu sempre o admirei por sua coragem e determinação em defender os mais pobres e buscar o caminho para a igualdade. Contudo fico decepcionado em vê-lo tentar defender o indefensável: Lula e o PT cometeram crimes. Não pode haver desvios para a verdade.
    Seu discurso de que não criticou Lula não se sustenta pelas suas próprias palavras. Entendo que o Sr. fez sim as críticas, ainda que indiretamente. Senão vejamos:
    1 – Está escrito claramente na sua página “(…)artigos que escrevo semanalmente e de alguns outros que considero notáveis.” Devo supor que se está em sua página é porque está alinhado com seus princípios;
    2 – Em sua introdução o Sr. diz também: “Precisava vir alguém de fora, (…) para nos dizer as verdades que precisamos ouvir.” Ou seja, por uma interpretação direta, devo entender que o Sr. concorda com o que ela escreveu.

    Seja corajoso e fale as verdades que todos esperamos que o Sr., do alto da sua estatura moral, e sem vínculos com partidos, pessoas ou ideologias, deve dizer.

    Atenciosamente,
    Lourenço Gobira

    • 25/04/2017 18:14

      Lourenço, o que publiquei aqupi no blog, no JB online e no Globo de hoje é este texto:
      Não fiz as críticas a Lula que falsamente atribuem a mim

      Correm pelas redes sociais críticas que teria feito a Lula. Elas são falsas. Pessoalmente não fiz nenhuma crítica. O que fiz foi publicar no meu blog (leonardoboff.wordpress.com) um artigo de Carla Jiménez no jornal espanhol El Pais que leva como o título:”Uma elite amoral e mesquinha se revela nas delações da Odebrecht”.

      Considerei o artigo bem informado sobre a corrupção que tomou conta das empreiteiras. Estas corromperam e beneficiaram a quase todos os grandes partidos com caixa 2 ou com propinas. Um olhar de fora é sempre instrutivo, pois quando alguém escreve algo semelhante, aqui dentro do país, frequentemente é desqualificado como partidista, oportunista e mesmo falso.

      No referido artigo Carla Jiménez, no final, faz críticas ao Lula o que considero, dentro da democracia, legítimo, embora não concorde.

      Fiz um introdução bastante longa ao artigo e depois o transcrevi.

      Pessoas mal intencionadas tomaram aquele tópico critico a Lula e o atribuiram a mim como se eu tivesse escrito tal coisa. E assim foi distribuido nas redes sociais. Repito: tal crítica não é minha, mas da jornalista do El Pais. Repudio a má fé de quem tirou do textoaquele tópico e falsamente afirma que a crítica foi feita por mim.

      Corrupção se realiza não apenas nos negócios, mas corrupção existe também nas mentes de pessoas interessadas em desfazer a imagem do outro atribuindo-lhe coisas que não disse e não fez.

      Fica aqui o meu esclarecimento em função da verdade e como denúncia de uma atribuição feita malevolamente.

      Leonardo Boff, teólogo, filósofo e articulista do JB on line.

  29. 25/04/2017 12:51

    No site Brasil247 seu nome “Leonardo Boff” ficou proibido. Quando digito o seu nome sem espaços ou zeros no lugar dos “O”, o comentário não é aprovado. Será uma censura?

  30. 25/04/2017 14:40

    Republicou isso em Zefacilitador.

  31. 25/04/2017 14:51

    Leonardo, com a devida vênia, você começa sua apresentação do texto da Carla Jiménez dizendo que ela veio “para nos dizer as verdades que precisamos ouvir”. Logo você se inclui. Depois você continua: “Seguramente a grande maioria concorda com o conteúdo e os termos desta catilinária contra corruptos e corruptores”. Entendi que você também se incluiu nessa grande maioria que concorda com os termos dessa catilinária. Agora você vem dizer que o que a jornalista fala sobre Lula não é verdade e que com ela você não concorda. Por que você não fez essa ressalva no próprio texto?

  32. 25/04/2017 19:42

    Prezado Leonardo, perseguições ao PT ao Lula são condenáveis, todavia as críticas são necessárias. Não dá mais omitir a verdade que nos atropela. Abraços.

  33. adenir permalink
    26/04/2017 6:49

    Infelizmente o mau gosto e a fofoca fazem parte da imposição cultural brasileira. TRITURAR E ACHINCALHAR está na ORDEM DO DIA destas figuraças. Não temos sangue de baratas, mas nossos neurônios não podem se deixar levar por estas insanidades.Paz e justiça caminham juntos. Na pressa ou devagar.
    A esperança não pode ficar na sala de espera
    Nem o juízo correr solto sem um processo na justiça
    Mas, no movimento das águas perenes que correm
    Em rio caudaloso e que se debatem em busca da foz.
    Assim a liberdade de expressão e pensamento na busca
    De acordos, ajustes, chances à paz e convivência
    Com mudanças rápidas, confissão, denúncia e autocríticas
    Coragem de ser sem nada a temer, pois o futuro se abre
    Em preparo e processo de novos céus e nova terra
    onde habita a justiça, a paz e amor.

  34. 26/04/2017 18:48

    Pelos comentários acima, mesmo se descontarmos os que apenas exprimem má fé ou um sentimento rancoroso de desacordo (há pessoas que não entendem ainda que o desacordo e a oposição fazem parte de qualquer democracia civilizada), constatamos que o chamado fenômeno da pós-verdade está tomando conta do nosso país, assim como o populismo de direita e o oportunismo centrista de quem acredita na marcha inexorável do neoliberalismo como etapa inevitável do capitalismo globalizado. Os partidos de esquerda, apesar de todos os erros e contradições em diferentes episódios de suas militâncias e chegadas ao poder (particularmente no caso dos governos Lula e Dilma), ainda se mostram como única esperança dos trabalhadores e trabalhadoras brasileir@s para fazer frente aos banqueiros e elites que já tomaram o poder sem a legitimidade dos pleitos populares (já é a terceira vez que um líder do PMDB assume a chefia de Executivo sem ganhar um único voto da população). O PSOL, o PDT e o PSB, assim como o PCdoB, o PCB, o PCO e o PSTU, deviam unir-se ao PT e à Rede para formar uma ampla frente de esquerda, com reivindicações sociais bem definidas, se quisermos acabar de vez com os esquemas de corrupção, fisiologismo e autoritarismo que prevalecem nesse País há décadas –lembrando que não foi o PT que inventou tais esquemas, embora nada justifique os malfeitos de muitos de seus membros, políticos e governantes.

  35. Diogo Farias permalink
    27/04/2017 11:49

    texto seu:
    “Precisava vir alguém de fora, de uma jornalista Carla Jiménez do jornal espanhol El Pais (17/04/2017) para nos dizer as verdades que precisamos ouvir. ”

    texto da jornalista:
    “Lula, por outro lado, mais do que os crimes a que responde, feriu de golpe a esquerda no Brasil. Ajudou a segregá-la, a estigmatizar suas bandeiras sociais e contribuiu diretamente para o crescimento do que há de pior na direita brasileira. Se embebedou com o poder. Arvorou-se da defesa dos pobres como álibi para deixar tudo correr solto e deixou-se cegar. Martelou o discurso de ricos contra pobres, mas tinha seu bilionário de estimação. Nada contra essa amizade. Mas com que moral vai falar com seus eleitores?”

    Se isto não é admitir que são críticas a Lula, o que é?

    • 27/04/2017 18:24

      Diogo, leia todo o artigo e veja as denúncias que faz às empreiteiras e aos partidos que se beneficiaram delas. Pelo menos Lula nunca teve conta fora. Que é ter um apartamento e um sitiozinho depois de ser presidente por 8 anos? Só com o seu salário acumulado poderia comprar o dobro do que que lhe acusam.O que não se perdoa em Lula é que como operário foi presidente e é mais inteligente que todos eles juntos…

      • Diogo Farias permalink
        27/04/2017 19:49

        Eu li o texto e concordo com o que a jornalista escreveu, e ela faz duras críticas a Lula, e no seu texto introdutório ao dela, não há discordância explicita do que ela aborda, tanto a ele quanto a outros citados. Com isdo, a postahem apresenta uma concordância total com o que ela escreve.

  36. Ligia chiappini permalink
    01/05/2017 7:01

    Quem quiser criticar Lula pođe e deve fazer isso com argumentos objetivos e civilizados. Sem Ofensas e sem precisar se valer de citacoes de Boff ou de outr@s, principalmente se fora do contexto.

Trackbacks

  1. TRIBUNA DA INTERNET | Boff diz que não fez críticas, apenas republicou um artigo que critica Lula e o PT
  2. Boff aconselha esquerda a renovar as formas de se dirigir ao povo |
  3. Entrevista de Leonardo Boff a Carla Jiménez do El Pais sobre a crise atual no Brasil, as esquerdas e Lula | Leonardo Boff
  4. "Nenhuma mudança vem de cima," diz Boff ao El País - Xapuri
  5. Leonardo Boff: A crise atual no Brasil, as esquerdas e Lula | Página oficial do Comitê Estadual do PCdoB na Bahia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: